História Noivas Sakamakis - Capítulo 5


Escrita por: e Subaru870502

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Beatrix, Carla Tsukinami, Christa, Cordelia, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Richter, Ruki Mukami, Seiji Komori, Shin Tsukinami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz", Yui Komori, Yuma Mukami
Tags Diabolik Lovers, Subaru870502
Visualizações 19
Palavras 764
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - Capítulo 5


Fanfic / Fanfiction Noivas Sakamakis - Capítulo 5 - Capítulo 5

Yumi On 

Acordo sentindo um peso sobre meu corpo,abro os olhos e vejo Reiji. 

— Saia de cima de mim,agora! — Meu olhos ficam vermelhos. — Ou você que ser morto?

Reiji — Uma dama não deveria agir assim. — Ele encosta seu nariz em meu pescoço. 

— Se quer sangue beba logo. Não tenho o dia inteiro! — Reclamo. 

Ele beija meu pescoço,e logo ó morde,sugando o sangue com força. Sinto suas mãos apertarem minha cintura com força. 

Ele prensa mais seu corpo contra o meu,quase me impossibilitando de respirar. 

— Saia! — Ele contínuo Bebendo meu sangue. — SAÍA! — Empurro ele e me levanto da cama. — Que merda. — Entro Banheiro. 

Reiji — Você realmente precisa de modos. — Arruma seus óculos. 

— É mesmo? Que se dane. — Fecho a porta do banheiro. 

Todo banho,escovo os dentes e visto uma roupa confortável. 

Me telesporto para a sala. 

Meninas — Bom dia One-san! 

— Bom Dia maninhas. 

Todos os meninos já estamos na mesa,menos Reiji. É as meninas também é eu que acabei de chegar é claro. 

Reiji — Bom dia. Façam comam suas refeições. 

O café da manhã foi super normal, silencios— 

— Aqui é a mansão Sakamaki? — Uma garota ruiva de olhos verdes para no meio do Hall. 

Reiji — Senhorita, Quem é você? Invadir a residência dos outros e uma falta de respeito! 

— Apenas respostas minha pergunta. 

— Sim,aqui é a mansão Sakamaki! — Eu respondo. — Algum interesse aqui? 

— Sim,eu tenho! Sakamaki Karlheheiz me mandou para morar aqui.

Reiji — Como assim ele não me avisou de nada. 

Shu — Agora parando para pensa,'ele' me ligou e falou que uma menina veria para aqui. — Shu se pronuncia. 

Reiji — E porque você não me avisou,seu não sabe nada? 

Shu — Falar com você gasta muita saliva. 

Loviny — Então porque você foi mandada para aqui? 

— Karlheheiz quer que eu vigie seus filhos com as noivas. 

Yuri — Como você se chama? 

— Sakura. Sakura Yoshida. Aliás onde fica meu quarto? 

Reiji — Bem,tem um quarto para hospedeiro, é só sobi a direita, é a primeira porta. 

Sakura — Ótimo,muito obrigado. — Ela sobe as escadas,todos nós estávamos olhando para ela.

Ayato — 'Ele' está contratando babá,para nós? 

Laito — Isso de fato é muito estranho. 

Subaru — 'Ele' deve ter mandado ela para fazer alguma coisa. 

Kanato — Más o que seria? 

Subaru — Eu sei lá,mas nós temos que descobrir. 

Reiji — Ótimo,o café da manhã acabou. 

Todos saem da mesa. Eu me levanto da mesa, é saio andando para algum lugar. 

Yumi Off. 

Yuri On

Subaru — Já disse para você não vir aqui! — Subaru pega meu braço. 

— Eu ando onde eu quiser! — puxo meu braço de sua mão e lhe dou um soco no rosto. 

Subaru — Quem você pensa que é para me bater?! — Subaru me empurra,acaba indo para no chão,mas eu levei ele junto! 

É o que resultou nisso? Nós nos beijamos. 

Subaru estava me olhando meio assustado,e dava para notar um avermelhado em suas bochechas. 

Ele estava com vergonha,que fofinho! 

Subaru — i-idiota olha só o que você fez! — Diz envegonhado,ainda pelo beijo. Ele já estava levantado. 

— Eu não! Foi você que me empurrou! — Me levanto do chão. — Porque você está vermelho? 

Subaru — i-idiota e-eu não estou com Vergonha! 

— Sério? Sério mesmo? — Ele assenti. — Então você não vai reclamar disso! 

Ó puxo pela gola da sua camisa,e junto nosso lábios. 

Ele não respodeu de primeiro o beijo,mas cedeu depois. 

Suas mãos vão para minha bunda, à apertando com força.

Coloco minha língua dentro de sua boca,a explorando por inteira. 

Eu estava jurando que nós íamos transar ali mesmo, no jardim. 

Mas me sinto alguém me empurrar,pensava Subaru tinha me empurrando,mas não foi ele. 

Quando olho era garota que tinha chegado a 10 minutos atrás. A tal Sakura. 

— Ó! Você é louca? — Aquilo me deixou com raiva. Eu me levanto do chão limpando minha roupa. — Eu vou quebrar você! 

Sakura — Beijar os noivos é proibido. Você não pode fazer isso,se fazer vai receber uma devida punição. 

Subaru — Não! Mas nem pensar! Ninguém pode tocar na Yuri! — Subaru protesta. 

Sakura — É você também se não ficar de bico calado. — Ela fala friamente e Subaru rosna de raiva. — Se pegar isso mais uma vez,darei a devida punição. — Desapareceu. 

Eu e Subaru nós olhamos. 

— Essa vai um problema. 

Subaru — Temos que mandar,ela embora. — Subaru fala sério. 

'Vadia.' penso. 

Contínua...? 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...