História As paixões de July II - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias CNBlue, EXO, Infinite, Monsta X, NU'EST, SHINee, VIXX
Personagens Baekho, Chanyeol, Dongwoo, Hongbin, Hoya, Hyung Won, Kai, Kang Min Hyuk, Leo, N, Personagens Originais, Ravi, Ren, Suho, Sunggyu, Taemin Lee, Won Ho
Tags Drama, Exo, Hospital, Infinite, Monsta X, Morte, Nu'est, Sangue, Shinee, Vixx
Visualizações 95
Palavras 973
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


19/07/2016 terça-feira

Capítulo 21 - XXI


Fanfic / Fanfiction As paixões de July II - Capítulo 21 - XXI

-Bom dia Dra.! Os meninos já arrumaram suas coisas e levaram para sua nova sala. Estão todas encaixotadas, é só colocar no lugar, SunHee e eu podemos ajuda-la se quiser.

-Bom dia Sook! Quero sim, mas antes quero que encontre o Raphael e diga que preciso falar com ele urgente. Se não estiver no hospital peça para ele vir, e só entrem depois que ele sair. Obrigada.

Segui para minha nova sala, que por sinal é no mesmo corredor da do diretor, mas tudo bem! Comecei a colocar minhas coisas no lugar. Raphael entrou.

-Bom dia July! Precisa de ajuda?

-Oi, bom dia! Não quero ajuda, senta!

-O que aconteceu? Por que me tratar assim?

-Fala agora...

-O que July? Está me assustando!

-O Yunjun não seria demitido, não é mesmo? Vocês tramaram isso para eu aceitar o cargo! Bem pensado meu protegido...

-July, entenda. Sabíamos que não aceitaria, então eu tive que fazer, desculpe. Nós precisamos de você aqui!

-E fizeram esse grande teatro só para eu aceitar. Não acredito nisso Raphael. Estou muito decepcionada...

-Para July, você está fazendo drama, não foi tanto assim para decepção. Por favor, entenda! Você faria bem pior se fosse necessário, apenas usei um de seus artifícios, aprendi com você como manipular as pessoas.

-Está bem, aprendeu muito bem, mas te ensinei isso para usar com pacientes e familiares, não comigo! Saia, por favor.

-Ah! Seu protegidinho ficou muito feliz em saber o que você fez por ele. Aliás o hospital inteiro quer sua proteção...

Ele saiu e voltou, sentou na minha frente e pegou minhas mãos.

-Ju, desculpa. Sabe que te amo né. Estou adorando que seja minha superiora novamente... Foi isso que me levou a fazer o que fiz, você pode ser louca as vezes, sair xingando todos, gritando, brigando e falando português para não entendermos o que quer dizer. Você é diferente, consegue dizer por favor quando manda e obrigado quando está brava. Consegue consolar quando mais precisamos de você. Seu jeito irreverente de levantar a gente, isso ninguém irá conseguir fazer. Enfrenta tudo e quem for preciso para defender alguém. July era isso que o hospital precisava, por isso o diretor me pediu ajuda, o conselho inteiro votou em você, e o ex vice quem lhe indicou antes de se aposentar. Leve em consideração, eu só fiz a parte prática...

-Cala boca Raphael, sai que tenho muito que fazer e você está tomando meu tempo!

Ele levantou, me abraçou e saiu. Comecei a rir... SunHee e Sook chegaram para me ajudar. Arrumamos tudo durante o dia.

-Meninas, preciso falar com vocês. Agora que estou aqui, precisarei de apenas uma de vocês, a outra irá ficar com o Chen e o Antoni, terá que monitorar as agendas dos dois. Quero que vocês duas sentem e conversem e cheguem ao consenso de quem ficará comigo e quem ficará com eles.

-Dra. eu acho que a Sook é mais indicada para trabalhar com você, pois eu já trabalho com os dois e ela já conhece bem seu trabalho e agenda. O que acha Sook?

-Eu adoraria continuar com a Dra. July.

-Bom se vocês acham bom assim, eu também concordo. Então SunHee apresente-se aos dois dizendo que será você quem irá ficar com eles e Sook fica aqui comigo. Sook quero que arrume suas coisas na sala aqui na frente da minha, preciso de você!

Peguei minhas coisas e desci.

-July, tudo bem?

-Hongbin? O que faz aqui?

-Vim te convidar para comer algo, vamos?

-Não, eu não irei. Não quero problemas para você.

-Não arrumará, sei que está com Dongwoo de volta, ele não irá se importar. Venha sei também que ele não está, só quero conversar como faziam antes.

-Está bem vamos.

Fomos a uma cafeteria e ficamos um tempo lá, sempre era legal conversar com ele, nós nos damos bem desde sempre. Ele me levou embora.

-Vamos subir?

-Não July, ai é me arriscar demais.

Nos despedimos e subi. Passei rapidinho para ver minha bonequinha. Chin pediu para eu ficar um pouquinho com ela. Levei-a para casa.

-Olha quem veio nos visitar... Uma princesa! Nossa casa está com duas meninas lindas...

-Oi. Temos um rei entre nós...

Ele começou a rir e me beijou.

-Irei tomar um banho.

*Traz ela para mim Ju, por favor!

Levei Kaila para casa e voltei. Dongwoo ainda estava no banho então resolvi entrar junto. Demoramos mais que eu imaginava. Saímos e fomos comer algo no centro.

-Sabe Ju, conversei com o Sunggyu e ele me aconselhou a não falar com você sobre isso, mas eu preciso...

-Antes que você fale de alguma coisa, quem mais sabe sobre nós.

-Todos sabem, não escondi de ninguém! Continuando, vamos casar July, esse era nosso plano antes do acidente, se não quiser tudo bem! Mas eu preciso saber...

-O que vamos comer?

-Vem vamos ali.

Fizemos nosso pedido.

-Diga July, o que você quer, podemos continuar assim se quiser...

-Eu quero casar com você, minha resposta não mudou. Eu amo você! Tudo que eu quero neste momento é estabilizar minha vida.

-Eu amo você também July, quero formar uma família, termos dois filhos e vivermos felizes como o Edu e o Chin.

-Calma, filhos? Dong sabe que não posso... E a minha carreira? E a sua carreira?

-Eu sei que não pode, podemos adotar, nossas carreiras podemos conciliar...

-Vamos pensar em filhos depois do casamento, pode ser?

-Claro, só mais um coisa. Tenho que te apresentar para minha família. Sei o quanto está relutante para isso. Mas precisamos fazer.

-Certo, marque com elas que irei.

-Sabe o quanto te amo?

-Sim eu sei. Vamos para casa? Estou cansada... Ainda tenho muito que fazer e estudar no hospital...

-Vamos. Vou cuidar bem de você! Tão bem que nem irá lembrar de seu trabalho amanhã... (Disse isso bem baixinho em meu ouvido)



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...