1. Spirit Fanfics >
  2. Às Personas >
  3. A persona de "Cão Raivoso da Port Mafia " e Rashomon

História Às Personas - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Voltei, mesmo tendo demorado tanto para atualizar a fanfic! Estava pensando em uma forma de escrever esse capítulo e ele não ficar "massante" , na real, estava tentando organizar meus pensamentos para este último capítulo.

Capítulo 5 - A persona de "Cão Raivoso da Port Mafia " e Rashomon


Fanfic / Fanfiction Às Personas - Capítulo 5 - A persona de "Cão Raivoso da Port Mafia " e Rashomon

Ryunosuke Akutagawa? O que dizer de um dos homens mais temidos de toda Yokohama, ou pelo menos de todos que já ouviram falar de sua reputação. Conhecido como o "Cão Raivoso da Port Mafia " , usuário de uma habilidade monstruosa chamada de Rashomon. O moreno sabia como usar seus poderes ao seu favor e da forma necessária. 

Akutagawa era um homem de muitos medos, não que o mesmo fosse se abrir para alguém, ele sequer sabia como fazer isto, tinha medo de perder sua irmã, o lugar onde ele pode chamar de lar. Mesmo inicialmente tem odiado o mesmo com todas as forças, agora protegia tal lugar com sua vida, e claro, obedecia as ordens com clareza, como um cão a serguir ordens de seu dono.

Não negava o fato de odiar Nakajima, contudo, o platinado possuía algo que ele não tinha, este tinha a admiração e o respeito de seu antigo mentor, Osamu Dazai. E ter tão fato esfregado em sua cara, era realmente irritante e doloroso, contudo o moreno não ligava mais, sua família era importante.

E ah, céus, como Nakajima Atsushi com suas lamúrias era irritante! Meu deus, seus resmungos com os problemas do passado era desconfortável, seus medos do passado lhe atormentavam, o que de certa forma não me importava, contudo viver preso ao passado é doloroso!

Não o odeio, contudo, tenho inveja do mesmo, ele tornou-se algo que eu não poderia ser... Um ser que consegue dar a esperança para os outros, realmente admirável, Nakajima.

Contudo, quem poderia dizer que mesmo com tudo isto, eu poderia tentar mata-lo? O tempo, havia passado com tudo isto, e de forma rápida até...

E então, o temeroso dia havia chegado, com a nossa batalha prestes a acontecer, as ruas de Yokohama estavam quietas demais, Osamu estava solto, o que significava que Fyodor também estava livre... Nada contra o Rato, contudo, ele chegava a ser mais irritante que Dazai, seus jogos mentais são irritantes.

E então, estavamos de frente um para o outro, em um clima chuvoso, quando estavamos a iniciar a batalha, senti arrepios, e vendo alguém atrás de mim, iria ativar Rashomon, quando vi o platinado atrás de mim, um tiro de raspão havia o atingido, era o que parecia.

Não sabíamos de onde o projétil havia vindo, contudo, era possível imaginar que isto era obra da Decadência do Anjo, contudo, não havia ninguém por perto ou havia?

E então, o ar ficou pesado, as finas gotas de chuva que insistiam em cair, Atsushi estava com uma de suas mão sobre o ferimento e então, fomos para um dos becos da cidade. Iríamos começar a correr, quando ouvimos barulho de explosão um pouco longe de nós, mais o que estava havendo?

Não, isto não importava no momento, a cidade estava sofrendo um ataque, e não sabíamos o que fazer. Foi quando ouvimos uma leve risada vindo do local onde estávamos, nos preparamos para atacar o ser, quando o mesmo se virou e proferiu.

- Precisam de ajuda? - Observando melhor, vimos que se tratava de Nikolai, um membro da Decadência do anjo, contudo, como ele havia chegado aqui?

O russo de cabelos loiros, e olhos claros, estava com roupas comuns e parte de sua capa rasgada, sem sua famosa máscara em seu rosto, rosnei, sabia que poderia ser uma armadilha do inimigo, contudo que escolha tínhamos? Então, o loiro levou-nos com seu poder para a agência de detetives armados, em seguida sorriu, assim sumindo da mesma forma que apareceu.

E desde daquele dia, não havia ocorrido mais explosões nem nada do tipo, tudo estava calmo demais, o que soava estranho. A agência estava trabalhando com a Port Mafia, o significava que via Atsushi com mais frequencia, e querendo ou não acabou por se apegar ao platinado.

Quando deu-se por sí, já estava a sentir seus batimentos acelerados, e um leve rubor em sua face quando ouvia Nakahara lhe jogar piadinhas sobre o platinado, sabia que talvez estivesse se apegado demais, contudo eram inimigos não mesmo?

Contudo, em mais um dia de encontros de ambos, um dia maravilhoso para ambos, contudo, na calada da noite, em sua volta para casa, um explosão foi-se ouvida, mesmo com a enorme fumaça atrapalhando sua visão, o moreno teve a impressão de ter visto a silhueta de Nakahara, mesmo sem certeza, o moreno viu a cor carmim diante da fumaça, em seguida ficando tudo escuro.

Ryunosuke, acordou no hospital, sem ao menos saber como foi parar neste local, ainda tentando absorver tudo que lhe ocorreu. O moreno, observou a janela, vendo um corvo sobrevoando o céu. O mesmo percebeu que seus batimentos estavam fracos, e por fim, mandou-lhe uma última mensagem a Atsushi, e em seguida Gin, em seguida ouviu passos se aproximando, tendo-se como sua última imagem uma Ushanka branca, em seguida o mesmo gargalhou.


Então, homem de olhos claros fechou o livro adentrando o pequeno portal que estava em sua frente, levaria seu livro reflexivo consigo. O mesmo sorriu, de forma divertida, e deu mais uma última olhada na cidade de que amava pegando fogo,  antes de adentrar no Rashomon. O mesmo sabia que este seria o fim de tudo e o início de uma nova era, contudo o caderno brilhava, afinal era capaz de mudar o destino e então o homem sumiu na escuridão diante do portal Rashomon.


Notas Finais


Bom, é isto, espero que tenham gostado! No último parágrafo quando, e dito " antes de adentrar o Rashomon" é uma das referências ao conto Rashomon de Akutagawa, que se ao portal Rashōmon, sendo assim o nome do portal que era da epoca de Heian (749- 1192) refere à entrada principal da capital milenar (que se a atual tornou Quioto), hoje e equivalente à regiao região onde se tem a estação central.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...