História As seis maneiras de prazer! BDSM - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga)
Tags J-hope, Jin, Jungkook, Suga V
Visualizações 72
Palavras 1.735
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ecchi, Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Literatura Feminina, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olaaaaaaaa , bem eu quero agradecer pelos favs . Gente eu juro que pensei que isso seria uma péssima ideia por causa do contexto da história , já que a mesma fala sobre BDSM e eu não sei colocar muito o assunto em questão , mas quando eu vi que gostaram da história eu resolvi continuar . Obrigado por tudo mesmo meu armozinhos , amo muito vocês .

Provavelmente irei lançar outro cap nessa fic só que irá ser com o nosso Chim Chim , estou fazendo uma fic com o Jin , mas irei lançar só ano que vem por causa de umas coisas .

E o aniversário do nosso bb chegou , mandem vários beijinhos merecidos para o nosso oppa maravilhoso e perfeito . Adoro ele e odeio o fato de eu não poder abraça - lo e mir ele , mas enfim . Vão dando muito amor para o nosso bb perfeito e é só isso beijinhos amores amo vocês💖🍥🍪

Capítulo 6 - Masoquismo


Fanfic / Fanfiction As seis maneiras de prazer! BDSM - Capítulo 6 - Masoquismo

Masoquismo — Jung Hoseok

Estou na mesa de jogos totalmente exposta , minhas pernas estão amarradas de um jeito que ambas ficara separadas , meus braços estão amarrados e pressionados contra os meus seios . Estou sendo punida por provocar o meu dominador vulgo meu marido — Jung Hoseok — eu o provoquei de forma totalmente errada , eu decidi fazer ciúmes com meu ex marido Min Yoongi já que o mesmo era ainda meu amigo . Eu sempre fui de falar as minhas relações com meus ex's com o Hobi e sempre dizia como eu gostava das minhas relações sexuais com ele e assim o Hoseok compartilhavam a sua experiência com as ex's dele.

Bem de começo eu falei sobre o Jeon Jungkook — Bondage — eu o conheci em lugar totalmente pecaminoso e fui sua submissa por dois anos , depois eu falei sobre uns dos meus namorados mais velhos , Kim Seokjin — Disciplina — nessa época eu já tinha namorado o Yoongi e terminamos ai depois eu conheci o Jin , nós ficamos juntos por dois anos .

E teve o Kim Namjoon — Dominação — ele era muito carinhoso , porém , ciumento . Namoramos por três anos e meio teve o Kim Taehyung foi um dos meus relacionamentos mais duradouros , ele fudia bem pra cacete ' . Por último , Min Yoongi , meu marido por 2 anos , ele era um ótimo marido mas algo me fez cansar e pelo visto não era só eu que pensava assim.

—Hobi-ah , foi só uma brincadeira — Falo manhosa vendo o meu marido chegar bem pertinho de mim.

—Brincadeira tem hora — Foi breve e depois andou até o armário de vidro para pegar o vibrador .

Arfei exatamente na hora que ele se aproximou e começou a passar o vibrador ligado em minhas pernas .

—Você foi muito teimosa sub , eu realmente achei que você iria se comportar — Hoseok foi subindo o vibrador até a minha intimidade quente e escorregadia .

—Hoseok...own...f-foi...eu não fiz por mal — Senti ele enfiar aquilo em mim abrindo os meus lábios vaginais e me alargando por dentro.

— Eu acho que foi por mal sim amor — Tirou o vibrador me fazendo gemer em reprovação — Mais não se preocupe sei que irá adorar a sua punição .

Ele foi novamente ao armário de vidro e pegou uma mordaça e veio em minha direção e a colocou em mim . Desamarrou as cordas das minhas pernas e me levou para cama no colo — estilo noiva — pegou as correntes que havia na cabeceira e acorrentou as minhas pernas.

— Vejamos o que tem aqui — disse passando as suas mãos nos objetos sob o criado mudo — Chicotes , cordas , palmatória de madeira e renda . Qual eu deveria escolher?— Perguntou a sí mesmo enquanto passava as mãos sobre o objeto.

Meu corpo suava , tremia e todas essas sensações eram mandadas para o meu baixo ventre . Eu sentia a minha intimidade escorrer cada vez que o meu Domi olha para mim , sentia as minhas duas entradas pulsarem .

— Palmatória de madeira ! — Falou com o maior orgulho me fazendo temer com o que estar por vir.

Ele passou a palmatória pelos calcanhares e deu um pequena palmada alí , passou pelas panturrilhas e bateu forte no local .

E minha buceta como está?

Escorrendo.

Ele veio em direção das minhas coxas e distribuiu dez palmadas — cinco em cada — eu me sentia nas nuvens , eu sempre adorei a brutalidade no prazer .

— Amor a sua bucetinha está escorrendo , ela deve estar bem escorregadia — Passou de leve a ponta da palmatória de madeira no meu clitóris e fenda , gruni sentindo a minha intimidade pulsar.

— Sabe SN , tem tantos brinquedos novo que eu comprei justamente para esta ocasião — Se afastou me fazendo implorar com olhar.

—Eu tenho aqui um plug anal e uma borboleta vibratória , sabe para que serve amor ? — Pergunta pondo os dois objetos ao meu lada . Eu balancei a cabeça em negação.

Porém , eu sabia só do pulg mas não fazia idéia do que a borboleta se tratava , o objeto pareciam um pregador mas tinha o design de borboleta.

— Bem , o plug eu sei que você sabe , já a borboleta ela serve para dar prazer , porém , em uma área especial que é o clitóris. — Hoje eu irei te "comer" de uma maneira diferente .

Ele livrou - me das cordas , das correntes e da mordaça , me deixou na posição — de quatro — e começou bater em minha bunda , ele me chamava de vadia ou de minha putinha . É talvez eu realmente fosse , mas eu sou a SUA vadia e de mais ninguém.

Minha bunda com certeza já se encontrava com hematomas roxos e pretos ,as eu não ligava pois aquela dor estava rente ao meu prazer.

—Amor sua bunda está tão linda com essas marcas —

Passou levemente as mãos pelas marcas e logo senti a dua boca macia beijar toda a área machucada , seus lábios tocavam toda a área com a maior delicadeza . Senti a sua respiração perto das minhas duas entradas e um gemido me escapou quando ele enfiou a língua em minha intimidade.

—H-Hobi...

Afundei a minha cabeça no travesseiro fazendo com a minha bunda ficasse mais próximo de seu rosto , dando um acesso livre para a minha vagina enxarcada e lisa.

— Vamos começar a brincadeira de verdade amor .

Ele saiu da cama e sentou na ponta da mesma , tirou sua cueca e deu duas leves batidas em sua coxa . Eu já sabia o que era , temos o nosso código.

—2 batidas — boquete

— 3 batidas — sentar - se em seu colo.

— 2 passadas de mão e 1 batida — cavalgue .

— 2 estalos de dedo — chupar a minha sub.

—3 estalos de dedos — fica de quatro.

E entre outros .

Me ajoelhei e vi seu membro rosado com a glande vermelha e escorrendo pré - gozo , seu pênis é enorme e grosso , é o tipo de pau que você sonha em ter na boca .

—Chupa

Ordenou. Lambi a sua virilha e logo um chupão foi deixado alí , dei dois beijos em suas bolas e as lambi e fui lambendo até a glande e fazendo uma sucção tirando um arfar do mais velho.

—Para de cerimônia e põe logo esse caralho na boca — Esbraveja passando o seu membro em minhas bochechas coradas .

—Sim Domi

Coloquei tudo de vez na minha boca sentindo a sua glande tocar a minha garganta ,Hoseok contraiu os músculos da coxa e puxou meu cabelo me empurrando para mais perto de seu membro.

—Ah...que boquinha gostosa de se fuder.

Ele começou a forçar seu membro para dentro da minha cavidade bocal , ele estava fudendo a minha boca sem pudor . Eu parei para respirar e enquanto isso eu dizia o quão gostoso era ter o seu pau em minha boca e que adoraria se ele me desse o seu "leitinho" . Voltei a enfiar aquele grande pênis em minha boca e o olhava .

—Porra! Você é t-tão boa sub .

Aumentei a velocidade vendo o maior se jogar na cama e arquear as costas .

—Eu vou...

E assim se desfez em minha boca , ele se levantou e me pegou no colo me levando até a cama , me jogou sem delicadeza alguma e se deitou em cima de mim . Senti seus beijos em meu pescoço — ele sempre fazia isso quando iria me chupar , mas sei que isso é só uma provoção.

—Me fode logo hobi — como uma putinha manhosa eu implorei e vendo ele rir .

— Sim amor .

Me penetrou de forma voraz , começou a dar estocadas realmente brutas enquanto distribua tapas e chupões em meu corpo , nosso gemidos estavam em completa harmonia assim como o som pornográficos que saiam de nossos corpos .

—Isso Hoseok...m-me fode com força — Gemi alto e arranhei a suas costas.

—Aperta o meu pau Jagiya .

Ele aumentou a velocidade me fazendo arquear e arranha - lo mais , minhas paredes vaginais estavam esmagando o seu membro e ele adorava . Senti uma pressão e calor no meu ventre e eu sabia que orgasmo estava próximo , Hoseok também sabia e por isso parou de me penetrar.

— Você não vai gozar agora — senti o meu orgasmo dar meia volta do caminho da felicidade.

Hope estalou o dedo três vezes e logo eu fiquei de quatro , minha intimidade ardia e "piscava" . Hoseok pegou o plug anal e o molhou com a minha lubrificação vaginal e logo enfiou isso na minha entrada — sorte que essa não era a primeira vez — ele deslizou para dentro e logo o ligou , fazendo eu gemer de dor e prazer.

— Ah Domi...por favor — Implorei sentindo a minha intimidade encharcar e doer por tanta excitação.

— Já já terminamos — disse calmo e ofegante enquanto abria as minhas pernas e ficava embaixo da minha buceta , ele prendeu o vibrador de clitóris e um choque me percorreu.

Ele saiu da posição e ligou ambos objetos .

—AHH!

Gemi alto sentindo o meu orgasmo mais próximo e os tapas de Hoseok em minha bunda e coxa . Ele voltou a me penetrar , me penetrava sem dó eu sentia ele me alargando por dentro .

—Ah sua vadia...que buceta mais gostosa .

Acelerou as estocadas me fazendo prender o ar e soltar com força , eu estava bem perto do meu ápice e o Hoseok novamente percebeu , porém , não parou por um segundo . Me penetrava com agilidade , senti as minhas paredes vaginais se contraírem e pressionar o seu membro e fazendo o meu Domi grunir . Depois de mais estocadas ambos chegaram ao ápice felizes es satisfeitos.

— Me leva para a UTI , acho que eu preciso de cadeiras de rodas — O mais velho gargalhou diante da minha declaração e me abraçou.

— Te amo amor , mas não faça mais aquilo — Disse afagando os meus cabelos .

— Também te amo e prometo que não farei mais aquilo .

E assim dormimos serenamente , pelo menos ele pois os machucados que eram tão prazerosos na relação agora doem pra cacete.


Notas Finais


6/6 Obrigado por tudo e desculpe os erros ortográficos !


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...