História As Sete Denominações - Capítulo 69


Escrita por:

Postado
Categorias Saint Seiya
Tags Albafica De Peixes, Guerra, Luta, Poderes, Thor De Phecda
Visualizações 135
Palavras 2.143
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Hentai, Lemon, Magia, Romance e Novela, Saga, Slash, Sobrenatural, Survival, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oii, demorou uma pouco mas aqui estou eu com mais um capítulo!

Quero muito agradecer a:

~Nobuu
~Brenotw
~Amoshiryu
~Amy_Eli
~Flowey2121
~Carrasc0
~Hiero_De_Virgem
~Linus_De_Touro
~Lumen_de_gemeos
~Tenebra_-
~Jehuh_-
~nobuo_-

Por terem comentado no capítulo anterior!!! 💟💟💟


Abaixo nós temos:

•Spear, O Aquos De Bagre
•Güney, O Aquos De Água-Viva


Boa leitura a todos!!! ❤❤❤

⚠️Leiam As Notas Finais!!!⚠️

Capítulo 69 - Busca Pela Vantagem


Fanfic / Fanfiction As Sete Denominações - Capítulo 69 - Busca Pela Vantagem

POV Kagaho ON

Corro junto com Aiolos, indo na direção do que agora temos certeza que é uma saída. - Está acontecendo alguma coisa! - Aiolos me olha de maneira rápida, sem perder a concen-tração da frente. - Desde que aquela energia poderosa desceu ferozmente voando do céu, algo mudou, como se tudo a cima de nós fosse uma simples ilusão, que houvesse se quebrado! Esse é o céu de verdade! - Digo ao ver as aves marinhas cruzando os céus. - Creio que logo poderemos sair desse labirinto infernal! Mesmo que só tenhamos ficado "dois dias" aqui, o tempo que foi adiantado deixou meu corpo com uma sensação horrível! 

Aiolos: Eu confesso que sem dúvida ficarei muito feliz quando puder finalmente sair desse lugar e derrotar os Lexus! - Paramos de correr ao perceber que o caminho é dividido em duas passagens, deixando-nos confusos sobre qual direção tomar, pois ambas parecem iguais. - Kagaho, siga pelo caminho da esquerda! Que eu irei pelo caminho da direita! Nós dois não podemos perder tempo! Vamos nos encontrar depois! - Ele solta um pequeno sorriso, e eu faço um sinal de afirmação com a cabeça; vejo quando ele vai embora, então começo a correr pelo caminho da esquerda.

- Mais uma vez eu estou me separando de alguém, eu não gosto nem um pouco disso! - Começo a correr cada vez mais rápido; prefiro não levantar voo só por precaução. - Só espero que o Aiolos fique bem! Assim como torço para que o Aldebaran também esteja bem! - Então eu começo a ouvir o barulho de ondas, sim, ondas se quebrando ao se chocar contra alguma coisa. Vendo que não existe mais caminho para seguir em frente, pego uma passagem que vai para a esquerda; e após passar algum tempo correndo nesta direção, chego a um lugar como uma varanda de pedras, dou alguns passos para a frente, enxergando o mar, e dou um suspiro, sentindo a brisa, me lembrando de minha casa, e do maldito dia em que fui enviado para cá em uma missão junto com os meus companheiros; e observo que uns quatro quilômetros seguindo a linha costeira, é possível ver uma faces de terra da Ilha De Lexus, indicando que o labirinto termina antes disso. - Eu posso ir nadando até lá, e sair do labirinto! Lá eu vou poder ajudar melhor! - Quando eu executo o mergulho, um tornado de água surge do nada, e me atinge em cheio; lançando-me contra uma das paredes.

Spear: Eu sinto muito por dizer, mas você não conseguirá sair daqui, ao menos não por aqui, onde eu e meu colega estamos guardando! - Minha visão fica turva por causa do forte impacto que sofri, mas aos poucos consigo enxergar melhor e focar no que está na minha frente: um rapaz de estatura mediana, cabelos acinzentados, olhos com um forte tom de violeta; pele branca e porte magro. - Eu sou Spear, O Aquos De Bagre! - Ele usa uma armadura azulada, com o elmo feito no formato da cabeça de um bagre; em seus cotovelos ela possui barbatanas.

Güney: Você está perdido! Nestas circunstâncias nós temos vantagens sobre você, não vai conseguir dar um único passo além daqui! - Aparece outro rapaz. Ele possui a mesma estatura do primeiro, seus cabelos são pretos assim como seus olhos, que possuem íris pequenas. Seu porte também é magro e sua pele é branca. - Eu sou Güney, O Aquos De Água-Viva! - Ele usa uma armadura também azulada; elmo com o formato de um guarda chuva, com dezenas de fios finos que chegam quase até seus tornozelos.

- De onde vocês estão tirando isso? Darkus possui vantagem sobre Aquos de acordo com o esquema hexagonal estabelecido desde que o nosso universo foi criado! - Levanto-me do chão, e fico preparado para assumir a postura de batalha e lançar uma de minhas técnicas a qualquer momento. Vejo que tanto Spear quanto Güney, possuem em seus pescoços as coleiras de Ionia, mantendo-os presos a fazer todas as suas vontades. - Não posso matá-los! - Digo em um sussurro, para que nenhum dos dois me escute. E de fato, de forma aparente, eles apenas me viram sussurrando, mas não conseguiram entender o que falei.

Spear: Você fez a lição de casa bem direitinho! Mas um rapaz entendido como você, também deveria ter o conhecimento de que, quando dois guerreiros usuários de um mesmo atributo, entram na batalha lutando do mesmo lado, e fazem uma relação entre si, estes irão adquirir vantagem sobre os guerreiros daquele atributo que teem vantagens sobre o mesmo. Criando assim uma inversão no esquema hexagonal! - Lembro-me de tudo que ele fala, e devo reconhecer que o que ele diz é de fato verdade. - Relação Gêmea Entre Aquos E Aquos!

Güney: Relação Gêmea Entre Aquos E Aquos! - Seus poderes começam a se elevar até um nível muito perigoso, e logo começo a me sentir fraco, dominado, inferior, intimidado e subjugado, diante da incalculável energia que começa a ser acumulada. - Bomba De Vapor - Ele acumula uma esfera de água em suas mãos, que começa a crescer a cada segundo que se passa; ele lança a esfera na minha direção, e sem muito esforço eu consigo me desviar; mas ao olhar para trás vejo que a parede atingida quase derreteu por conta da temperatura altíssima expelida pelo vapor da esfera de água quando se desfez.

Spear: Nota-se que você é alguém dotado de poderosa velocidade! Mas isso não é algo que me cause grande preocupação, pois minha técnica é baseada em capturar o oponente onde quer que ele esteja! - Ele eleva o seu poder sem fazer esforço; o nível de poder é tão alto que chega a formar a imagem de um bagre atrás de si. - Terror Dos Rios - Ele cria uma cúpula de água ao meu redor, fechando-se completamente; a água impede que eu respire, e por mais que eu nade não consigo chegar até o fim da cúpula. Então eu vejo vários bagres feitos de energia começarem a aparecer, seus dentes são como farpas prontas para dilacerar minha carne; eles começam a se aproximar rapidamente.

- Vendaval Das Trevas - Uso o que restou do meu fôlego para ativar a técnica. Elevo o meu poder e formo um ciclone acinzentado do meu redor, desfazendo a cúpula de água e os bagres de energia feitos por Spear, aproveito a poeira que o golpe levantou para dar um salto, caindo de pé, na frente dos dois, apenas a alguns centímetros de distância. Os dois me olham surpresos e assustados. - Se era isso que vocês dois tinham, eu sinto muito, mas não é o suficiente para me derrotar! Posso não ser muito mais velho que vocês, mas eu já treinei e batalhei muito mais do que qualquer um dos dois! 

Güney: Nós também não somos fáceis de derrotar! Por esse motivo Ionia nos mandou para essa borda do labirinto, ele sabia que uma das baratas iria conseguir chegar até aqui, e tentaria fugir! - Ele eleva o seu poder também sem fazer grande esforço, criando a imagem de uma água-viva atrás de si mesmo. - Fios Urtigantes - Ele começa a aumentar o tamanho dos fios; e lança um deles na minha direção, e assim que este me atinge, sinto como se milhões de agulhas penetrassem meu corpo de uma só vez, fazendo-me dar um grito e me soltar do fio de forma desesperada. - Agora imagine todos de uma só vez! Não é uma técnica mortal em sua essência, mas sim torturante e agonizante!

- Essa não! Esse golpe é terrível! - Digo ao imaginar todos os fios me atingindo de uma só vez. Vejo que Güney prepara todos os fios para lançar sobre mim de uma só vez. - Pavor Do Escuro - Formo uma névoa preta que bloqueia a visão de Güney e Spear, deixando-os incapazes de me atacar, pois não veem um único palmo a suas frentes. - Como pretende me torturar agora, Güney? - Faço aparecer a ilusão de vários monstros felinos, que começam a andar ao redor de meus dois oponentes; eles ficam de guarda esperando os felinos lhe atacarem, e acabam se esquecendo de mim. - Agora eu vou ter vantagem! - Aproveito o efeito do golpe para me dividir em três. Logo em seguida desfaço a névoa e as ilusões.

Spear: Agora nós temos três Kagahos! - Ele eleva o seu poder, como se ele e Güney fossem um só. - Então teremos que ficar piores para conseguir te vencer, e eu garanto que podemos fazer isso! - Ele lança uma rajada de água na minha direção, que de alguma forma também é lançada das mãos de Güney. - Esse é o resultado da relação que fizemos anteriormente! - A rajada que envolve o poder dos dois juntos, segue na minha direção de forma violenta e rápida.

- Agora sim vou poder chegar ao ponto mais elevado grau de poder que tenho! - Elevo o meu poder. - Petrificação Sinistra - Meus dois clones começam a se transformar em estátuas de pedras, e suas energias migram para meu corpo, deixando-me em uma forma de poder imponderável. - Agora sim! É isso que chamam de vantagem! - De forma imediata eu começo a ver tudo lentamente, inclusive a rajada de água de Spear e Güney, que eu paro no ar usando apenas a ponta do dedo indicador, e assim anulo o golpe. 

Güney: Agora ele está em um forma muito pior! - Eles ficam me olhando de forma assustada, ambos começam a dar passos para trás, e só param ao ver que estão na beira do precipício. - Do que está com medo, Spear? Somos guerreiros Aquos! A água não vai nos fazer mal! - Ele diz tentando encorajar o outro a pular, e fugir de mim. Mas quando olham para trás, nenhum dos dois possui coragem para fazer tal ato. E é olhando para os dois garotos assustados que percebo que ainda são praticamente crianças, e que eu não teria coragem de matá-los mesmo que precisasse fazer isso.

Spear: Não seja louco, Güney! - Diz com a voz bastante trêmula. - Nós nunca poderíamos fugir da luta e fazer pouco caso da confiança dada por Ionia! - Eles dão um passo para a frente. - É isso mesmo que o Missulena quer! Kagaho quer ver nossa covardia e o nosso medo diante dele! É isso que ele está tentando fazer! - Berra com a voz ainda trêmula, mostrando todo o seu nervosismo e insegurança. - De alguma forma ele conseguiu criar dois clones, depois petrificar eles, e absorver seus poderes, assim que ele ficou mais forte! Só porquê ele parou nosso golpe fundido com um dedo, não vamos perder o autocontrole e a frieza! Por mais que de fato, ninguém nunca tenha conseguido tal feito!

- Por mais que consigam ter frieza o suficiente para analisar essa situação com calma, nunca conseguirão me superar e ganhar vantagens sobre mim na forma como estou neste momento! - Elevo o meu poder, e concentro uma forte energia destrutiva nas minhas mãos. - Esfera De Plasma - Formo uma grande cúpula de plasma negro e faíscas elétricas nas minhas mãos, e à lanço na direção de Spear e Güney; com um grande velocidade, despedaçando todos os átomos ao seu redor.

Güney: Essa não! - Ele eleva o seu poder de uma forma repentina e rápida. - Bomba De Vapor - Cria uma esfera de água ainda maior do que antes, e lança na minha direção como se não soubesse muito bem o que está fazendo. A técnica se choca com o meu golpe, criando uma onda de energia causada pelo impacto; uma técnica anula a outra.

Spear: Muito bom, Güney! Um tiro no escuro que acertou o alvo! - Diz em alto e bom som, dando um tapinha nas costas do parceiro. - Como você já pode imaginar, nenhum de nós dois conseguiu ver a sua investida por conta da velocidade! Güney apenas expandiu o próprio golpe para uma escala que pudesse bloquear a passagem de sua técnica! 

- Ele foi exemplar! - Admito. Então eu elevo o meu poder para dar o golpe final, não neles mas sim nas coleiras em seus pescoços. Crio novamente uma neblina de trevas que impede a passagem dos raios de luz, deixando Spear e Güney cegos. - Presas Terríveis - Dou um salto por trás deles, e corto as coleiras com as garras metálicas que cresceram em meus dedos rapidamente como efeito da técnica que ativei. - Estão livres! - De forma súbita saem fumaças cinzentas dos corpos dos dois. - Suas imortalidades foram seladas! - Eles são envoltos por auras roxas, e desaparecem. - Consegui! - Olho para o mar e penso em mergulhar, mas uma magnífica elevação de poder que está a dentro do labirinto, deixa-me atraído, e vou nesta direção 


Notas Finais


Obrigado a todos que chegaram até aqui!!! 😙😙😙

O que acharam dessa luta do Kagaho e do capítulo no geral?


Parabenizo todos os que escolheram a alternativa B, que era a correta!!

Parabéns a:

~Amy_Eli
~Hiero_De_Virgem
~Linus_De_Touro
~Tenebra_-
~Jehuh_-

👏👏👏👏🎆🎆🎆🎆🎆


No próximo capítulo outra luta ocorrerá, e segundo vocês, de quem será essa luta?


A)Aerus e Pyrus VS Shunrei e Shion?

B)Darkus e Geus VS El Cid e Yuzuriha?

C)Pyrus e Darkus VS Shion?

D)Aquos e Luminus VS Aiolos?

E)Cronus e Pyrus VS Shunrei?


Coloquem as que julgarem correta nos comentários!

Lembrando que essa dinâmica já está em sua reta final!! 😔

Até o próximo!!! ❣❣❣❣


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...