História As Tartarugas Ninjas - Minha Versão - Capítulo 20


Postado
Categorias As Tartarugas Ninja
Personagens April O'Neil, Baxter Stockman, Chris "Dogpound" Bradford, Donatello, Hamato "Karai" Miwa, Hamato "Mestre Splinter" Yoshi, Ivan "Rocksteady" Steranko, Kirby O'Neil, Leonardo, Michelangelo, Oroku "Destruidor" Saki, Personagens Originais, Professor Zayton "Fugitoid" Honeycutt, Raphael, Shinigami, Tiger Claw (Garra de Tigre), Triceratons
Visualizações 16
Palavras 1.050
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Fantasia, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Literatura Feminina, Luta, Magia, Mistério, Policial, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que goste!

Capítulo 20 - Ameaça Biológica!


Fanfic / Fanfiction As Tartarugas Ninjas - Minha Versão - Capítulo 20 - Ameaça Biológica!



   Capítulo 20: Ameaça Biológica!

   Donatello levantou-se lentamente do chão, apoiado em seu bastão danificado:

   -O-onde está aquele Mutante?...- Donatello perguntou.

   -Korugane desapareceu, e levou o Sora junto com ele...- Yoshiko respondeu, trêmula.

   -Isso é sério?! Ele conseguiu passar por nós tão facilmente?...- Donatello exclamou.

   Yoshiko pegou a sua Katana e guardou-a na bainha que ficava em suas costas:

   -Donatello, de todos os quatro, você é o mais inteligente.- Yoshiko disse á ele.- Não sabemos o que essa nuvem é, mas eu sei que você pode descobrir.

   -Y-Yoshiko...O que você vai fazer?- Donatello indagou, confuso.

   -Descubra o que é essa coisa e pare o avanço dela.- Yoshiko continuava falando.- Eu não estarei aqui para ver o seu progresso, então eu conto com você.

   -Pra onde você vai?! Esse é o pior momento para nos separarmos!- Donatello exclamou.- Não me diga que...

   -...Sora é muito especial para mim.- Yoshiko cerrou o seu punho.- Por mais que eu tente ou queira, não posso viver longe da pessoa que salvou a minha vida e praticamente me criou!

   Donatello ainda insistia em pedir para Yoshiko ficar:

   -Sora é um homem forte! Ele vai sabe se virar!- Donatello disse á ela.- A última coisa que ele iria querer é te colocar em perigo!

   -Você não entende, Donatello...Isso está muito acima das minhas escolhas. É a minha obrigação!- Yoshiko falou.- Há dez anos, Sora escolheu salvar a minha vida ao invés de fugir sozinho, e agora cabe á mim tomar essa decisão...E eu não quero fugir!

   Yoshiko respirou fundo e olhou para o horizonte:

   -Me prometa que não deixar ninguém vir atrás de mim.- Yoshiko disse.

   -Não faça isso! Você não pode abrir mão da sua própria segurança desse jeito!- Donatello gritou.

   -Me prometa isso, por favor...- Yoshiko diz.

   Donatello enxugou as suas lágrimas, e percebeu que ele não poderia fazer nada para impedir Yoshiko:

   -Eu prometo...Tome cuidado.- Donatello disse á ela.

   Yoshiko começou á caminhar pelas ruas, afastando-se cada vez mais dos seus amigos:

   -Yoshiko...- Donatello sussurrou.

   Yoshiko desapareceu no horizonte, e Raphael acordou:

   -Caramba...- Raphael levantou-se do chão.- O-o que aconteceu?...Onde está a Yoshiko?

   -Acorde os outros e vamos voltar pra casa. Eu vou explicar tudo lá.- Donatello disse á seu irmão.

   Raphael acordou Leonardo, Michelangelo e Splinter, e todos eles voltaram para casa; No subterrâneo, Donatello começou á contar o que aconteceu:

   -Aquele tal de Korugane derrotou todos nós, e ainda conseguiu capturar o Sora.- Donatello falou.- Quando eu acordei, Yoshiko me pediu para estudar aquelas nuvens...E ela foi atrás do Sora.

   -O quê?!- Leonardo exclamou.- Por que diabos você deixaria ela ir sozinha atrás do Sora?!

   -Eu não tive escolha! Ela até me fez prometer que ninguém iria atrás dela!- Donatello respondeu.- Eu tenho quase certeza que só o que ela quer é que fiquemos seguros. Mas seguir com uma missão dessas é suicídio.

   -A garota só tem 14 anos!- Splinter disse.- Ela vai morrer se for para a base dos Inclementes sozinha!

   -E se formos atrás dela, também podemos morrer.- Leonardo ressaltou.- Korugane disse que faz parte de um grupo de nove Inclementes comandantes...Se existirem oito Mutantes com uma força igual á dele, não teremos chance alguma de sobrevivência.

   -Mas aqui é BODYBUILDER!- Michelangelo exclamou, referindo-se aos seus músculos.- Tá na hora do cascudo! Eu vou bater tanto naqueles Mutantes que eles vão ficar com a cara igual á do Raphael!

   -Você vai ver o que eu vou faze com a SUA cara!- Raphael gritou com o seu irmão.

   -Ah! Morre diabo!- Michelangelo zombou de Raphael.- Você sabe que só eu posso vencer aqueles caras.

   -Então por que você perdeu daquele jeito humilhante?!- Raphael exclamou.

   -Já chega, vocês dois!- Splinter falou.- Vamos respeitar os desejos da Yoshiko e deixá-la salvar o Sora sozinha.

   -Mas, mestre!- Raphael diz.- Isso é loucura! Yoshiko não vai sobrevive sem a nossa ajuda!

   -Eu prometi á ela que ninguém a seguiria.- Donatello disse á Raphael.- Se você gosta mesmo da Yoshiko, deve deixá-la ir!

   -Eu não estou nem aí pras suas promessas!- Raphael se irritou.- Uma amiga está prestes á se matar, e vocês ficam parados olhando?!

   Raphael pegou os Sais, e guardou-os na sua faixa na cintura:

   -Eu não sou assim...Eu nunca vou dar as costas para um amigo!- Raphael saiu da sua casa.

   -Rafa, não!- Donatello exclamou.

   -Deixa ele.- Splinter disse.- Raphael é muito explosivo. Não dá pra argumentar com pessoas assim.

   Donatello respirou fundo:

   -Sendo assim, a única coisa que eu posso fazer é estudar essa nuvem.- Donatello dirigiu-se ao seu computador.- Isso pode demorar um pouco, então não garanto nada.

   -Dê o seu melhor, Donnie.- Leonardo disse ao seu irmão.

   Depois de cerca de trinta minutos estudando a natureza da imensa nuvem verde criada por Korugane, Donatello teve a pior surpresa da sua vida:

   -P-pessoal...É melhor vocês verem isso aqui.- Donatello engoliu seco.

   Splinter e Leonardo se aproximaram da tela do computador, e viram a representação de um DNA humano:

   -Isso não é um DNA comum?- Splinter indagou.

   -Eu descobri que a nuvem nada mais é do que um agente viral poderoso.- Donatello falou.- Dentro daquelas nuvens incomuns, reside um vírus que pode espalhar um doença muito perigosa!

   -E o que isso tem á ver com o DNA que está na tela?- Leonardo perguntou.

   -Esse é o DNA humano comum, sem o vírus das nuvens.- Donatello digitou no seu teclado.- Mas olha como ele fica quando o vírus atinge um corpo humano.

   O DNA mostrado na tela começou á se contorcer, e aderiu á uma cor esverdeada e acinzentada, assemelhando-se á alguma coisa podre:

   -Meu Deus!- Splinter estava espantado.

   -Quando o vírus toma conta de um corpo humano, ele "Mata" todos os órgãos, exceto o cérebro, cuja a atividade cai em 97%. Isso faz com que a pessoa infectada tenha apenas três instintos: Os cinco sentidos, o movimento do corpo, e a vontade de comer...- Donatello falou.- Isso quer dizer que...

   -As pessoas se transformam em zumbis!- Leonardo exclamou.- Isso não pode ser verdade...Como esse vírus se espalha?!

   -O único jeito do vírus se proliferar é com uma chuva vinda daquela nuvem estranha.- Assim que Donatello terminou a sua frase, um trovão foi ouvido por todos.

   Por alguns segundos, todos ficaram em silêncio:

   -Korugane atacou Manhattan com uma arma biológica...- Leonardo falou.

   -Temos que buscar o Raphael!- Splinter disse á seus filhos.
                                                                                                                                                                          CONTINUA...


Notas Finais


Obrigado por ler!

Opiniões são sempre bem-vindas :v


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...