História As trilhas da perdição. (Interativa) - Capítulo 1


Escrita por:

Visualizações 21
Palavras 458
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Lírica, Literatura Feminina, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Poesias, Policial, Romance e Novela, Sci-Fi, Seinen, Shoujo (Romântico), Shounen, Sobrenatural, Steampunk, Survival, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que gostem.

Capítulo 1 - Prólogo: Os contos do ancião.


Fanfic / Fanfiction As trilhas da perdição. (Interativa) - Capítulo 1 - Prólogo: Os contos do ancião.

A chuva caia pesadamente nesta noite sombria, você corria pelas ruas escuras da cidade para tentar se abrigar dela, relâmpagos e trovões rasgavam os céus, o frio rasgava sua espinha e os monstros buscavam algo para saciar sua fome.

No caso parece que seria você...

Ninguém abriria a porta para lhe salvar, você gritava e batia de porta em porta, mas ninguém lhe atende nestes tempos sombrios. Você poderia ser um assassino, uma bruxa, talvez uma mercenária, um maníaco, uma prostituta, ou talvez uma boa pessoa? Quem iria saber?

Sentindo o hálito gelado deles na sua nuca você sente a morte tocar sua espinha, os pecados sobem pelas suas costas, mas felizmente você se alegra ao ver que uma casa abriu a porta para você.

Desesperado você se joga dentro da luz, um senhor frágil fecha a porta rapidamente e tranca, ouvindo as batidas e rugidos das criaturas.

Vocês dois estão esbaforidos.

O homem lhe estende a mão e lhe tira do chão. Ao se levantar ele sorri para você.

–Bem-vindo seja ao meu lar... Você está bem? – O senhor sorri, mas você nada diz.

–Não sabe falar criança? –O velho diz preocupado com você.

Mas infelizmente ele não tem resposta sua. Decepcionado o homem caminha com sua bengala para perto da lareira, onde havia um bule de chá e quatro xícaras, apenas uma virada para cima.

–Você deve estar com frio... Gostaria de um chá? Aquecer os pés na lareira. –Ele oferece ao sofá para você se sentar.

Aceitando e tomando o chá você sente o calor invadir seus pulmões, um som calmo de sinos do vento da casa do velho. Sente-se revigorado, sente paz de espírito nessa noite sombria, talvez o seu primeiro refrigério em dias?

Você não sabe.

–Porque estava sozinho nessa escuridão meu jovem? Ou minha jovem? Meus olhos cansados não conseguem ver seu rosto de baixo desse capuz preto que está usando. –Sorri o velho.

–Sou apenas um humilde soldado. –O homem olha para fora e vê a forte chuva que cai. –Essa noite sombria me lembra uma história sabe... Mas você não deve querer ouvir um velho contando histórias não é? – O soldado sorri oferecendo alguns biscoitos e uma fatia de bolo.

Você sabe se vai aceitar?

E não estamos falando dos biscoitos aqui.

 

Um reles ancião, mal jantado e só. Se alimenta de solidão e dor. Você se aproximou e ele lhe estendeu a mão.

Entrando na casa a pessoa pode voltar a respirar, podendo esperar. O ancião ex-soldado oferece um café, uma lareira e uma história.

Você aceitaria?

Ouvir a trilha da perdição? Talvez aprender algo?

Ou voltaria para chuva? Consumando sua destruição?

Qual é seu nome? Quem você é?  Apresente-se!

Você  que está lendo essas palavras... Quer ouvir histórias?


Notas Finais


Apresente-se personagem?

Nome do personagem:
Sexo do personagem:
Idade do personagem:
Aparência do personagem:
Um pouco da personalidade do personagem:

(Aviso de esclarecimento e declaração do criador do personagem: O personagem não tem história criada, é de total direito e uso do escritor da história sendo doado por mim para o autor usar nesta história. Podendo o personagem ter qualquer história, passado, presente e futuro. Podendo também o autor alterar levemente a personalidade que eu indiquei, mas respeitando o original do personagem.)

Espero que tenham gostado, comentários e recomendações são sempre bem vindos.
Esta fic terá em média um capítulo por semana. Preferencialmente aos sábados. Diferente das minhas outras fics que costumo postar a cada dois ou três dias.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...