História As Vantagens De Estar No Controle - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Draco Malfoy, Harry Potter
Tags Drarry
Visualizações 242
Palavras 2.263
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Hentai, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 7 - Capítulo 7


Draco marchou desajeitadamente pelos dormitórios da Grifinória, em direção à saída para esta torre abandonada por Deus. Todo esse lugar era um depósito confuso! Era tão confuso, e foi montado com claramente nenhum gosto em design. Quero dizer, olhe só para aquelas cortinas! Nenhum gosto na decoração interior evidentemente em tudo. E o violento vermelho que estava estampado em todas as paredes era simplesmente medonho, honestamente. Como os grifinórios aguentaram? Ele simplesmente morreria!

Outra coisa que atualmente aumenta a antipatia dele pela torre, era o fato de que ele estava um pouco perdido. Mesmo se você ignorar as escolhas de design atroz, o layout foi confuso e não fazia sentido também! Mesmo que, de alguma forma, você consiga navegar com sucesso pelo 8º ano, você ainda tem um outro conjunto de dormitórios para enfrentar!

Honestamente. Grifinórios sangrentos.

~ oOo ~

Cerca de meia hora depois, vários Grifinórios do terceiro ano assistiram Draco Malfoy, um mal-humorado pijama vestido, atravessar a sala comunal, murmurando sombriamente, um par gigante de asas brancas estendido atrás dele e um choque de cabelo ruivo claramente visível em sua cabeça. Fazendo uma carranca, ele se abaixou através do buraco do retrato, ainda resmungando enquanto se fechava atrás dele.

…Está bem.

~ oOo ~

Harry ficou parado em seu quarto, ainda olhando para a porta, boca ligeiramente aberta em estado de choque. Isso realmente aconteceu? Ele acordou com Draco Malfoy em sua cama, que então teve uma birra e foi embora? Que porra é essa? 
O que aconteceu na sua vida nas últimas semanas que levaram a isso? Ele nunca foi exatamente normal, mas sempre achou que, se derrotasse Voldemort, poderia viver uma vida vagamente pacífica. Mas não, isso era impossível para Harry Potter, porque ele tinha que ir e foder tudo se transformando em uma fada, basicamente, e lidando com toda essa merda esquisita.

As coisas mudariam mais uma vez agora, e provavelmente para pior, já que Malfoy agora estava ciente do vínculo e do fato de que Harry era um submisso. Sua vida provavelmente estava prestes a se tornar um inferno com toda a honestidade. Mas isso não mudou o fato de que ele teve que ir e enfrentá-lo de qualquer maneira. Ninguém mais faria isso por ele.Infelizmente.

Harry se esticou, estremecendo ligeiramente nas costas. Suas asas haviam ficado presas por um tempo agora, como ele não as deixara sair na noite anterior, e elas estavam começando a ficar visivelmente desconfortáveis. Mas ele só teria que lidar com isso por um tempo, como ele tinha aulas, e estava determinado a ir a todos eles hoje.

Ele vestiu as vestes, bocejou e dirigiu-se para a sala comunal do oitavo ano. Ron e Hermione não estavam lá por uma vez, mas Seamus estava. "Ei, Seamus, Ron e Hermione já foram comer?" Harry perguntou, bocejando.

Seamus assentiu. “Estou apenas esperando por Dean. Como você se sente sendo a terceira roda do casal feliz o tempo todo? ”Ele perguntou com um sorriso.

Harry revirou os olhos. "Não é tão ruim assim, eles normalmente evitam todo o relacionamento quando estou com eles, mas às vezes ... eu sinto que estou me intrometendo um pouco, sabe?"

Seamus assentiu sabiamente. “Bem, espero que você não tenha que ter uma terceira roda por muito tempo. Há muitos caras aptos em Hogwarts neste termo, Harry. Até Malfoy voltou este ano com boa aparência! Como seriamente, se não fosse por Dean então ... Seamus lobo assobiou, levantando as sobrancelhas sugestivamente para Harry. Harry bufou quando Seamus continuou. "Tem alguém lá fora para você, Harry, tenho certeza disso."

Harry sorriu. "Obrigado Seamus, eu aprecio isso." Harry disse a ele. Ele realmente esperava que o destino da pessoa tivesse a intenção para ele ou o que quer que não fosse Malfoy, mesmo que isso fosse o que o laço sugeria ...

Harry olhou para um relógio na parede e seus olhos se arregalaram em choque. Ele estava atrasado! "Desculpe Seamus, eu tenho que ir, eu tenho aulas." Ele disse.

Seamus sorriu. “Sod azarado. Dean e eu temos períodos livres primeiro e segundo, ao contrário de você.

Harry revirou os olhos e deu a Seamus o dedo do meio. "Vejo você Seamus!" Ele chamou atrás dele quando saiu da sala comunal.

~ oOo ~

Harry quase teve tempo de pegar uma torrada antes dos encantos, o que ele teve um período duplo. Então ele teve um terceiro período livre e o DADA quarto, terminando o dia com McGonagall em Transfiguração. Tudo bem. Ele poderia passar por quatro aulas, fácil.

Em encantos, eles estavam trabalhando no complicado charme Aditam que literalmente trazia objetos inanimados para a vida. Sendo um charme tão difícil, Harry teve que realmente focar, o que foi bom, pois permitiu que ele esquecesse seus problemas de veela.
No entanto, como resultado disso, ele também não percebeu os olhares especulativos e sussurros sendo lançados em seu caminho por toda a lição. Em vez disso, ele conseguiu animar completamente seu pato de borracha e a extensão de animar um ursinho de pelúcia, que era mais difícil, pois tinha mais componentes.Ele não estava ciente de nada fora do comum até que ele olhou para cima e encontrou um dedo apontado diretamente para ele do outro lado da sala de aula. A aluna, um Ravavlaw do ano anterior que ele não conhecia, pareceu envergonhada quando notou que ele a tinha visto e retirou a mão, mas deixou Harry confuso e um pouco nervoso. O que estava acontecendo?

Uma vez que os Feitiços terminassem, ele tinha um período livre, então ele foi até a biblioteca para começar a lição de casa sobre a teoria da Animação que o Professor Flitwick tinha acabado de definir. Bateu vagando pelos corredores como um fantasma, olhando com pesar para sites que o enchiam de lembranças.

Ele se dirigiu para o canto habitual da biblioteca, que estava bastante isolado e escondido entre as estantes de livros. Ele trabalhou em paz por cerca de meia hora, até que um grupo de garotas excitantes do sexto ano veio e se sentou na única mesa próxima. A tagarelice deles era administrável por alguns minutos, mas uma vez que as garotas o notaram, imediatamente começaram a sussurrar e dar risadinhas, e lançaram olhares pontiagudos para ele de vez em quando.

Um monte de garotas aleatórias rindo de você era muito difícil de ignorar na melhor das vezes, mas era especialmente irritante quando Harry estava tentando se concentrar. Mas esse foco desapareceu completamente quando uma das garotas mais corajosas realmente se aproximou dele e bateu em seu ombro.

"Hey Harry." Ela respirou animadamente. “Tipo, há esse rumor de que Draco Malfoy foi visto com asas na sala comunal da Grifinória esta manhã, e todo mundo está dizendo que ele é uma veela e alguns dos meus amigos estavam, tipo, se perguntando se você era sua veela mate, porque Tipo, você voltou do verão mais quente do que antes, e tipo, é como ... acrescenta. ”Ela disse tudo isso bem rápido, mas o sangue de Harry ficou frio assim que ele percebeu o que ela estava perguntando. Merda.

As garotas estavam todas olhando para Harry com expressões de expectativa, mas ele podia ouvir seu coração batendo em seus ouvidos."Hum ... eu tenho que ir." Ele se ouviu dizer a eles. Em um torpor de medo, Harry recolheu suas coisas e fugiu. Seus pensamentos eram de pânico nervoso. Ele estava apostando em passar por este ano sem ser descoberto e depois entrar no mundo dos adultos, deixando Malfoy e seus problemas de veela para trás.Mas se todo mundo descobrisse ...

Ele vagamente se perguntou se Malfoy sabia.Como isso aconteceu? A garota disse que Malfoy tinha sido visto na torre da Grifinória com suas asas no show ... Claro! O idiota idiota deve ter acabado de atravessar a torre da Grifinória com as asas para fora depois de sair do quarto de Harry! O idiota do caralho!

Harry parou de andar quando chegou a essa conclusão, respirando com dificuldade, ciente de seu entorno pela primeira vez. Ele estava sozinho em um corredor vazio, olhando diretamente para uma estátua não identificável.Enquanto respirava lentamente, tentando se acalmar, sua mente racional entrou em ação pela primeira vez. Foi apenas um boato. As pessoas esqueciam disso, ou podiam dizer que era um feitiço ou algo assim. Provavelmente iria explodir depois de um tempo.

Ele permaneceu em estado de inquietação, no entanto, até Defesa Contra as Artes das Trevas.Ele gostava de Defesa. Não foi difícil, e ele já sabia muito disso, deixando-o com a liberdade de zerar completamente se quisesse. No entanto, ele precisava de um excelente NEWT para entrar no aprendizado de professor da DADA que ele queria obter, então ele tentou prestar atenção, pelo menos.

Eles estavam fazendo uma recapitulação desta lição, de “feitiços úteis que podem ser empregados contra as artes das trevas”. Harry quase podia garantir que ele tinha usado todos eles antes, mas ele folheou a lista de qualquer maneira. Sim, o usual. Expelliarmus, Stupefy, Reducto, apenas magias geralmente úteis. No entanto, ficou mais interessante quando o professor Reliqur decidiu emparelhá-los e ter duelos na aula.

Infelizmente para ele, Harry fez uma parceria com Zacharias Smith, o idiota pomposo. Harry teve muitas experiências com esse garoto e nenhum deles terminou feliz. Mas, pelo menos agora, ele poderia simplesmente limpar o chão com ele. Harry rangeu os dentes e apertou sua varinha.

"Em suas marcas, preparar, vai!"

Harry teve grande prazer em bater no outro garoto. Seus reflexos eram ótimos, treinados por anos como um buscador, e reforçados por seu lado de veela, e ele nem sequer teve que bloquear metade dos feitiços, ele foi capaz de simplesmente sair do caminho. Ele lançou feitiços verbais e não-verbais, e uma vez, ao ser desarmado, sem vento, convocou sua varinha ao choque e ao temor do resto da classe.

Ele não estava de forma alguma aflito ou com medo, ele poderia cuidar de si mesmo muito bem em um duelo. Na verdade, ele era o oposto direto de chateado, ele estava cheio de alegria feroz e um tipo de orgulho. Então, quando ele terminou o duelo com um “Levicorpus” sem palavras e deixou Smith pendurado no teto, ele ficou um pouco excitado demais. Harry socou o ar de prazer, que imediatamente desapareceu quando suas asas explodiram pelas costas de suas vestes.

Shiiiiiiiiiiiiiit.

~ oOo ~

O humor de Draco havia melhorado muito desde que saíra da torre da Grifinória naquela manhã.Não muito tempo depois de voltar para seus dormitórios e tomar um banho, ele sentiu seu cabelo voltar ao seu estado normal, encurtando-se e tornando-se muito mais fino. Finalmente!

Como resultado, ele sorriu quando vestiu as vestes e glamourou suas asas, ele sorriu enquanto olhava no espelho e penteava o cabelo, e havia um salto em seu caminho a caminho do café da manhã, onde ele alegremente devorou ​​quatro croissants. com amarras de geléia de morango. Yum! Ele sorriu contente através de poções duplas, evitando um sorriso feliz - ele tinha uma reputação - e não notou nada de errado quando as pessoas sussurravam durante Runas Antigas e Herbologia.

No entanto, ele notou alguma coisa errada quando um menino menor com cabelos negros se aproximou dele no saguão de entrada no almoço e lhe deu um soco direto no rosto.

~ oOo ~

Harry apertou a mão dele levemente, sentindo uma leve dor de onde ele bateu no outro garoto."O que diabos há de errado com você, Potter?" Spat Malfoy, uma mão segurando a mandíbula onde uma contusão já estava começando a se formar em seu rosto.

“O que há de errado comigo?” Harry se irritou."Eu não sou o único que andou pela torre da Grifinória esta manhã com minhas asas para fora, exibindo-as para qualquer um que se importasse em olhar."

Malfoy ficou boquiaberto. "O que?"

"Você mostrou um monte de terceiro ano suas asas mais cedo E TODOS EM HOGWARTS SABE SOBRE ELE" Harry gritou.

"Potter, as pessoas vão ouvir você" Malfoy sibilou com raiva, olhando em volta, caso eles tivessem sido ouvidos.

“Você está me ouvindo Malfoy? Eles já sabem sobre foder tudo graças a você! ”Harry gritou.

"OK não. Potter, pare de gritar comigo. ”Malfoy instruiu em frustração, instintivamente usando a Voz Alfa. Harry, é claro, instantaneamente se acalmou um pouco e parou de gritar. “Eles não podem saber tudo só de ver minhas asas. Diga-me o que você sabe."

“Então, quando você deixou a torre da Grifinória esta manhã, você teve suas asas para fora, e alguns terceiros anos viram você e eles estão dizendo a todos, e você é literalmente o clichê veela exato, então não foi difícil resolver isso.Então, é claro, rumores surgiram em todos os lugares, e durante meu período livre um monte de garotas basicamente me confrontou sobre isso. Eu pensei que eles poderiam todos explodir, mas então no DCV eu posso ter ficado um pouco excitado e liberado minhas asas, e agora todo mundo em Hogwarts basicamente sabe. ”Harry terminou seu discurso, encarando Malfoy, cujo sangue tinha corrido frio.

"Estamos tão ferrado Potter, e é completamente sua culpa." Malfoy disse abruptamente após um momento de silêncio, girando para encarar Harry.

"O que? Se você não tivesse andado pela sala comunal em primeiro lugar ...

“Se você não tivesse ido e mostrado a todos as suas asas, tudo teria acabado!” Draco acusou em voz alta.

"Você está brincando comigo-" Harry começou em voz alta, mas foi interrompido pela alta clareza de uma garganta.

McGonagall estava de pé de frente para os dois, com uma enorme multidão de estudantes atrás dela, todos os quais pareciam estar observando a discussão, e sua boca parecia incrivelmente magra.

"Encontre-me em meu escritório em cinco minutos, Sr. Potter, Sr. Malfoy, acredito que precisamos conversar." A diretora disse severamente, antes de caminhar na direção de seu escritório. No entanto ela parou. "Eu gosto muito de gatos siameses em particular no momento." Ela disse, antes de continuar seu caminho.

Harry suspirou. "Estamos tão feridos."



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...