História As Vezes Eu... - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags American Horror Story, Lana Del Rey, Melanie Martinez
Visualizações 11
Palavras 773
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 9 - 18?


acordei com a pior dor de cabeça que já senti em minha vida. olhei ao redor e tudo parecia familiar. esfreguei os olhos e olhei novamente, eu estava em casa... em casa? por que diabos eu estou em casa? ouço alguém bater na porta e abri-la, não consigo ver direito quem é....

   mãe- Lucy?
   eu- mãe? que porra eu tô fazendo aqui? 
   Jude- você apagou noite passada, então liguei pra minha mãe e te trouxemos até em casa
   eu- Jude, você ficou louca?
   mãe- filha...
   eu- filha é o caralho!


 me levanto com ódio, pego meu celular e saio atropelando tudo na minha frente. quero ir até a casa de Jason. paro na esquina de casa e ligo pra ele


   Jason- alô? Lucy?
   eu- oi Jason eu preciso conversar!
   Jason- mas são 8 da manhã, eu ainda estou no Justin!!!
   eu- eu preciso muito! tô indo pra sua casa!
   Jason- tudo bem então


  e lá vou eu andar 5 quarteirões até a casa de Jason e o espero anciosa no portão até que ele chega me dá um abraço e entramos, fomos até seu quarto


   Jason- diga, o que aconteceu?
   eu- Jude me levou pra casa ontem a noite
   Jason- eu sei
   eu- você sabe que não quero ver a cara da minha mãe, porque deixou que ela me levasse até lá?
   Jason- você desmaiou Lucy! ficamos desesperados, não sabíamos o que fazer
   eu- mas Jason voc...


  meu celular toca, era Jude


    eu- alô
   Jude- onde você está?
   eu- porque quer saber?
   Jude- sua mãe e eu estamos preocupadas
   eu- foda-se 
   Jude- tudo bem então, como quiser.

  Jason- nossa você tá realmente brava
   eu- nossa Jason, percebeu sozinho? tô indo embora.


 então eu saio, sem rumo, sem dinheiro pra ônibus, somente meu celular e uma dor de cabeça insuportável. até que vejo um grupo de adolescentes que pareciam familiares no fim da calçada. eles me vêem e começam a rir... vão chegando mais perto até que posso ouvir o que estão dizendo


   - é ela mesma cara kkkk
   - funcionou muito bem, parabéns kkkk
   -olha a cara dela de drogada, qual era o nome mesmo do que você usou nela?
   -oi garota, como está se sentindo nessa manhã de domingo?


  um deles me perguntam


 eu- eu estou bem, porque?


então eles começam a rir muito e fico assustada com isso... o que fizeram comigo?


   - tem certeza de que está bem? kkkkk
   eu- quem são vocês?
   - você não se lembra? ah é, não conseguia encherga um palmo a frente do nariz Kkkkkk
   eu- como assim? o que aconteceu?


eles saem rindo e me deixam falando sozinha... o que aconteceu? corro pra casa e vejo Jude entrando no carro de Joane, ela me vê, desde do carro e vem ao meu encontro


   Jude- meu Deus que cara é essa o que aconteceu?
   eu- é o que quero saber! um grupo de garotos passou por mim falando sobre ontem perguntando se eu estava bem em tom irônico, o que me deram?
   Jude- eu não faço ideia! vamos pra casa ver o que podemos fazer!!!


entramos e foi só Joane virar em uma esquina que comecei a passar muito mal


   eu- eu tô com ancia de vômito, pode parar um pouco?
   joane- mas é claro!


 então ela parou, eu saí do carro e vomitei, mas aquilo não era o que eu esperava, tinha sangue no meio de tudo aquilo, comecei a ficar mais preocupada ainda.


   Joane- acho melhor levá-la até o hospital
   Jude- não mãe, podemos cuidar dela em casa!
   eu-como assim, Jude? 
   Jude- não discute, entra no carro, e vamos pra casa.


   eu obedeci, e fomos até sua casa. saindo do carro vomitei sangue de novo, mais do que esperava. foi só pisar dentro de casa que apaguei de novo. "acordei" no quarto de Jude, tinha gente em volta de mim, muita gente, não conseguia ver quem era, apaguei de novo. acordei com os gritos do meu pai. espera... meu pai? então ele entra com tudo no quarto, me vê e começa a chorar


   pai- graças a Deus eu te achei!
   eu- oq... oq tá acontecendo?
   


então ele me pega no colo e eu apago de novo. acordo com um cheiro familiar, aquele cheiro de esparadrapo e banheiro limpo. olho ao redor e é tanta claridade que mal posso enxergar, mas reconheço o lugar, é um quarto de hospital. vejo meu pai dormindo na poltrona do quarto


   eu- pai? paai? PAI?
   pai- Lucy! até que enfim!!!


  ele vem, me da um beijo na testa e começa a chorar


   pai- sabe que dia é hoje?
   eu- não...
   pai- é seu aniversário de 18 anos Lucy!
   


  


Notas Finais


O que esperam para o próximo capítulo?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...