1. Spirit Fanfics >
  2. Asceta >
  3. Festa não é festa sem...

História Asceta - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


Oi amoreeeeees, td bm? Espero q ss.

Mais um cap pra vcs, espero q gostem. Dsclp n postar capítulo ontem, eh q foi mto corrido e n deu. Dsclp msm!

Boa leitura 📖😄 e dsclp qqr erro ortográfico ☺️😄

Bjoooooooooooos
😘😘😘😘

Capítulo 6 - Festa não é festa sem...


New York, 2020

Ariana estava dormindo -de bruços- apenas com sua langerie Angels da coleção da Victoria Secrets quando Shawn entrou pela sua janela e deitou na cama, tentando não acordá-la com seu peso. Depositou beijos delicados e molhados pelas suas costas até o início de sua coluna. Ariana acordou.

-Veja só quem chegou.- sussurrou, a voz rouca de sono. Esticou o braço para o criado mudo ao lado da cama e tateou o celular para ver o horário- Duas e meia?

-Cheguei tarde, desculpa.- sussurrou ele também. Afastou o cabelo dela e deu mais alguns beijos em sua nuca -Nossa como você é doce!

Shawn lambeu a nuca dela e ela riu, se afastando dele para poder encará-lo de frente. Ele tirou a blusa e o cinto, descalçou os sapatos e recostou as costas na cabeceira da cama.

-Como foram as coisas? Vocês se beijaram?- Ariana perguntou. Ela estava sonolenta e poderia claramente estar perguntando tudo isso para ele amanhã, mas queria saber já!

-Sim, foi tudo bem e não, não nos beijamos!- afirmou Shawn, cruzando os braços em frente ao peito- Mas fiquei sabendo muitas coisas sobre ela e você tinha razão, ela tem uma coisa...

Ariana sorriu ao ouvir isso. Qualquer namorada em uma situação como essa, ao ouvir coisas como essa, ficaria puta da cara, mas eles nunca foram um casal normal, para começar.

-Sobre o que vocês conversaram?- Ariana escora a cabeça nas duas mãos ao tempo que balança as pernas no ar, interessada e olhando intensamente o namorado.

-Quase tudo. Fiquei sabendo que ela nunca esteve em um relacionamento antes e que é virgem.- ele disse, com uma naturalidade imoral. Ariana arregalou os olhos, surpresa.

-Ela te contou isso?- perguntou, arqueando uma sombrancelha.

-Sim. Reparei que era a primeira vez que ela bebia também, ficou bêbada rápido demais.- ele coçou a nuca- Mas eu não me surpreendi, ela nunca fez coisas erradas e ilegais. Você acabou de perverter ela!

-Eu?- disse com falsa indignação- Só porque fiz ela matar aula, flertar com meu namorado e beber? Ah, tenha dó!

-Isso tudo em um dia!- os dois riram- Te vi falando com o Cameron.

Ariana engoliu em seco. Estava escuro, ele nem iria perceber que ela estava nervosa.

-E daí, somos amigos.- ela deu de ombros. Não iria contar o que realmente aconteceu se não ambos ficariam chateados e isso era o que menos queriam ficar um com o outro agora.

-Eu sei que foi por causa dele que foi embora, Ari, não sou idiota.- ele disse.

-Mas não rolou nada entre nós dois.- falou Ariana e era a pura verdade.

-Eu sei, confio em você.

-Então por que está tocando nesse assunto?- perguntou Ariana, na defensiva.

Shawn abriu a boca para falar algo, mas sua moral foi rebaixada e ele não tinha mais argumento, então fechou-a em seguida.

-Você tem razão. E eu não quero brigar.- disse Shawn, se acalmando.

-Não estamos brigando, apenas conversando.- Ariana também de acalmou. Ele engatinhou até mais perto dele e abraçou seu peito- Você é tudo pra mim, Shawn, não duvide disso por um só segundo.

-Eu te amo...

-Pra sempre e mais um dia!- ela sorriu ao cortar ele- Agora vamos dormir, por favor!

Deram um último selinho e Shawn se arrumou melhor na cama para ser a conchinha maior e abraçar Ariana com seus longos braços.

(...)

Sexta-feira passou tão rápido quanto um trem bala. A maior parte da escola contava os minutos para a festa na casa da Ariana e claro que a própria elite também.

Sábado de manhã, Ariana foi atrás das coisas para a festa. Comprou mais bebida do que realmente seria usado e já avisou os empregados para que trancassem todos os quartos, menos os de hóspedes -caso alguém queira ter uma noite muito mais do que divertida, melhor que transem nos quartos, onde era só trocar os lençóis, do que nos banheiros, onde a limpeza teria de ser bem mais profunda- e esconder itens de valor, aí não viria a acontecer de roubar ou quebrar. Para vocês terem uma noção, até às TVs foram retiradas e colocadas dentro dos quartos trancados!

Jully e Vanessa estavam ajudando na programação da festa. Respectivamente, uma cuidava do som e a outra lidava com a comida. J contratou um DJ para tocar na festa, não tão famoso quanto Alok mas dava pro gasto! E V trouxe vários pacotes de salgadinho do mercado e falou que pediria umas pizzas quando estivesse perto da festa começar.

Ariana foi para seu quarto e deu uma geral, arrumando coisas pequenas aqui e acolá. As bebidas só iriam chegar mais tarde, então ela decidiu tomar um banho de banheira e relaxar. As meninas iriam dormir na casa dela, então depois que terminassem seus serviços, poderiam fazer o mesmo que ela.

Era gratificante ficar submersa na água com sais e pétalas de rosa enquanto estava com uma máscara dourada da Kylie Jenner esperando ela fazer efeito em seu rosto para depois tirá-la e sentir o ar fresco tocar sua pele divina.

Seu alarme tocou depois de vinte minutos e ela saiu da banheira, jogou fora a máscara facial e foi para dentro do box. Banheira é real e incrivelmente relaxante, mas convenhamos que não limpa o corpo (só a mente!).

Já era próximo das sete quando Ariana começou a se arrumar. Colocou sua playlist do Spotify que sempre usava para animar o ânimo antes de ir para uma festa e começou a se vestir.

Ela havia comprado a roupa perfeita no dia que mataram aula na quinta. Uma saia curta de couro preta -Dior- e um cropped tomara que caia também preto e de couro -Chloé-, com um zíper na frente. Prendeu o cabelo em um rabo de cavalo alto e passou um pouco de pomada fixadora para que não sobrasse um só fio solto. Nos pés calçava suas botas de salto -dez centímetros- Christian Louboutin.

Fez um delineado marcado e bem puxado, com aspecto chique, e colocou os cílios postiços com muito cuidado. Preencheu a sombrancelha e aplicou a base, sua base favorita da MAC com cobertura alta e matte. Finalizou passando seu queridinho gloss que deixava a boca com um super brilho!

Se olhou uma última vez no espelho e ficou mais do que feliz com o resultado. Borrifou Chanel N° 5 no pescoço e nos pulsos e desceu para a sala debaixo.

Assim que pisou no último degrau, ouviu a campainha tocar. As bebidas, tem de ser as bebidas!, pensou Ariana se apressando em atender a porta.

-Encomenda para Ariana Grande...

-Sou eu mesma!- cortou ela, eufórica. Estava quase na hora da festa começar, já não era sem tempo de as bebidas terem chego- Onde eu assino?

-Aqui e... Aqui.- apontou os dois lugares em uma folha segurada pela prancheta e Ariana assinou- Onde eu posso deixar as bebidas?

-Me segue.- falou ela e começou a andar em direção ao lado de fora da casa, no quintal.

As empregadas da casa sabiam direitinho como eram -e sempre seriam- as festas, então deixaram mesas do lado de fora para que os comes e bebes fossem servidos ao público. E foi bem ali que Ariana pediu para que o homem colocasse as bebidas. Os barris de chopp foram postos a lado, por conseguinte.

Não muito longe dessa atração, tinha uma outra: a piscina. Ariana tinha muito receio em deixar a cambada do colégio, e outras pessoas que elas provavelmente convidaram, usar, mas não tinha o que ser feito com relação a isso, não é como se desse para ela escondê-la como o resto das coisas da casa.

Assim que o cara das bebidas foi embora, Shawn entrou pela porta. Vestindo uma calça cáqui marrom Armani e uma camisa de linho e botões também Armani, e apesar da minha descrição ele não parecia tão arrumadamente chique. Com os primeiros botões soltos, o que deixava a mostra seu peito pouco peludo, e os cabelos bagunçados, caindo sobre a testa, adotava um estilo mais despojado e descontraído. Resumindo: era de pirar a libido de qualquer garota ou garoto.

-Oi, amor.- Ariana sorriu um pouco ao vê-lo tão arrumado. Deu mini pulinhos até seu encontro e o abraçou apertado. Estava cheiroso- Perfume novo?

-Sim, achei que iria gostar.- disse ele sorrindo e roubando um selinho dela- Onde estão V e J?

-Se arrumando, eu acho. Vai receber as pessoas comigo?- choramingou, fazendo biquinho.

-Só se eu puder pegar um copo de Gin com tônica antes.- ele sorriu para ela e ela sorriu de volta. É claro que ele podia pegar o que quisesse da casa, inclusive a própria anfitriã!

Ele saiu em busca de sua bebida e Ariana foi abrir a porta para que as pessoas chegassem sem precisar bater.

Vanessa e Jully desceram logo em seguida. Elas estavam bem parecidas no quesito roupa. J usava um vestido tubo de alças finas totalmente preto e uma bota cano alto preta que ia até o meio de suas coxas. V estava com um vestido exatamente idêntico ao de Jully, exceto pela cor. Ela ousou no vermelho, que também estava presente em seus lábios. Calçava um tênis Fila branco e uma meia arrastão que ia até o final do tornozelo. Ambas estavam lindas mas seriam ofuscadas por Ariana, de qualquer modo.

-Uau, Ariana, você está linda!- disse Jully, sorrindo de orelha a orelha.

-Obrigada,- respondeu ela, passando a mão no cabelo- Vocês também estão lindas!

-Mas o que é isso, eu morri e cai no paraíso?- uma voz muito familiar abraçou Ariana por trás e beijou a bochecha dela.

Ari ficou rígida e deu tapinhas no braço que a agarrava para que lhe soltasse.

-Tá muito do abusado em, Cameron.- falou ela, se colocando a uma distância segura dele para que não ouvesse perguntas.

-Calma, gatinha, eu não mordo. A não ser que você peça!- ele piscou para ela e sorriu galanteador.

-Tá com a bola toda hoje em, Cam.- comentou Vanessa sorrindo. Ele veio na direção dela e a abraçou também, tirando-a do chão e rodopiando com ela no colo- Me ponha no chão, seu grande idiota!

Rindo, ele atende seu pedido e vai para a próxima pessoa a cumprimentar. Para no mesmo instante e fica sem graça. Coça a nuca sem saber como agir e diz:

-Ãhn, oi, irmã...

-Oi, Cam.- ela também estava constrangida. Os dois estavam se evitando desde o ocorrido, mas meio que agora não tinha como fugir.

-Está bonita.- ele acrescentou. Deveria ter ficado quieto, doce Cameron, pois isso fez um largo sorriso crescer no rosto de sua querida irmãzinha!

-Você também!- ela falou animada, pensando que os dois já tinham feito as pazes e, talvez, estavam até melhores do que ela própria pensara.

Cameron vestia uma calça jeans rasgada -tipo, beeeeeem rasgado- e tinha um aspecto de sujo, mas nem por isso perdeu sua classe. Uma camisa social rosa claro, quase desbotado, de mangas curtas e com um único bolso ao lado esquerdo do peito. O cabelo despenteado como sempre o deixava mais gato do que nunca.

Ariana ficou entediada com o rumo da conversa e foi procurar o namorado, não sem antes soltar:

-Estão responsáveis por recepcionar todo mundo, vou pegar uma bebida. Tchau!

E ela saiu, rebolando sua bundo perfeita e ridiculamente empinada. Avistou Shawn na cozinha, virando um copo de bebida. Foi em direção a ele e o lhe tascou um beijo certeiro na boca. Surpreso, ele recuou, mas ao ver quem era, abriu um sorriso e prendeu o pequeno corpo de Ariana entre a ilha e seus braços.

-Será que se eu te arrastar para o armário da limpeza agora você vai ficar com a ereção aparecendo?- sussurrou ela, com um sorriso perverso nós lábios e tocando levemente seu membro sobre a calça.

-Talvez, aí você terá de me aliviar...- ele também sussurrou, mordendo o lóbulo da orelha dela.

-Vem comigo.- ela pegou a mão dele e guiou para onde tinha sugerido.

Apesar da casa de rico, o armário de limpeza deixava um pouco a desejar para uma casa tão grande. Mas isso que deixava o clima mais excitante: o espaço pequeno, forçando seus corpos a se unirem e se esfregarem entre si.

-Parece até que estamos no colégio.- riu Shawn, passando as mãos nas curvas da namorada.

-Tais-toi.- mandou e beijou-o em seguida. As mãozinhas dela deslizaram de sua nuca para dentro da blusa dele, arranhando todo seu perfeito abdômen musculoso.

Shawn também não deixou barato e passou a agarrar a bunda de Ariana com força, puxando-a cada vez mais contra si. Subiu um pouco a saia dela e se surpreendeu ao ver que ela estava sem calcinha.

-Pode me explicar?- cortou o beijo e passou a mão na lateral de seu quadril, onde normalmente ficaria seu fio dental.

-Tá vendo isso?- ela apontou para o cropped- Não dá para usar de sutiã e se não estou de sutiã...

Apesar de não ter completado a frase, Shawn -e nós, lindos leitores- entendeu muito bem o que ela quis dizer.

-Está sem nada por baixo dessa roupa?- perguntou incrédulo mas com um fundo de duplo sentido. Ariana confirmou com a cabeça, mordendo o lábio- Então se eu descer isso aqui...

Ele colocou os dedos no zíper do cropped dela com apenas uma intenção, que foi completamente interrompida por um barulho de música alta tocando. Os dois amantes se olharam confusos.

Ariana arrumou a saia, abriu a porta e saiu, com Shawn em sua cola. A casa já estava lotada e o som já estava ligado, com o DJ mexendo em seu aparelho e fazendo a galera curtir e dançar. Duas pessoas passaram em sua frente com copos de plástico vermelho -com muita bebida misturada- em mãos.

-Como lotou tão rápido assim?- perguntou Shawn.

-Eu não sei, mas ainda bem que lotou, por um momento fiquei com medo de que ninguém viesse.- confessou Ariana.

-Vamos achar o pessoal. Vem.- ele pegou a mão dela e abriu caminho no meio da multidão.

Os amigos estavam dançando na pista de dança improvisada no meio da multidão. Nash estava se agarrando com uma garota no sofá não muito longe dali, o que já estava ficando obsceno, fala sério!

Vanessa dançava colada com um cara que parecia ser da faculdade e não digo isso só pelo seu porte físico alto e a barba formada no rosto, mas sim pela camisa ridícula que ele usava escrito "Eu sou da Faculdade de NY!". Jully tentava se aproximar de Cameron e este estava fugindo dela, conversando com diferentes pessoas. Matthew estava em um canto, bebendo uma garrafa de Heineken e olhando para umas meninas rebolando na sua frente, provavelmente escolhendo com qual delas dormiria essa noite.

-Ok, isso tá escroto pra caralho- comentou Ariana, estranhando a cena que estava vendo- Chama todo mundo pro meu quarto, agora, eu vou dar um jeito de ninguém perceber que a gente sumiu.

Então eles se separaram para cada um cumprir sua devida missão. Ariana foi falar com todo mundo da festa, ou pelo menos com as pessoas que deram, era muita gente. Viu de rabo de olho toda elite subir a escada e estava planejando subir alguns minutos depois.

-Ariana!- exclamou, surpresa e animada, Tina Fisher, a menina que assistiu a uma "aula" que a diretora pediu carinhosamente que Ariana fizesse, e esta se prontificou lindamente a fazê-lo.

-Tina.- falou, não tão animada quanto ela.

-Que festa demais, está super divertida!- ela disse, mostrando o copo de bebida que estava segurando.

-Obrigada, a intenção é essa.

-Que roupa incrível, você está muito linda!- comentou novamente, olhando Ariana de cima a baixo e se sentindo meio mal por ter vindo tão desarrumada se comparada a ela. Mas deixa eu te contar um segredo, pequena Tina, você nem ninguém se compara a ela.

-Obrigada, digo o mesmo de você.- Ariana disse, mas não notou realmente que roupa a menina estava usando aquela noite- Se me der licença um segundinho.

-Claro, você tem uma festa pra... E você já foi...- percebeu, Tina, depois que Ariana já tinha saído do seu campo de visão. Bebeu um gole do drink para disfarçar.

Ariana subiu as escadas e deu uma última olhada para ver como a festa andava e, entrando pela porta, viu ela.

Romena estava deslumbrantemente quente. Usava uma calça de couro branca, com uma body transparente da mesma cor com as mangas compridas e um top rendado preto por baixo. No pé, calçava um coturno vintage branco com solado preto. Esse tipo de calçado fica bom em poucas pessoas, mas ficou perfeito em Romena. As roupas dessa garota podiam não ser de marcas caras ou estilistas famosos -e não duvidaria nada se ela tivesse comprado em um brechó perto da casa dela-, mas ela, com certeza, tinha estilo!

Ariana desceu as escadas quase que correndo para cumprimentar a amiga.

-Romena, você veio!- disse Ari, abrindo um sorriso de orelha a orelha.

-Claro, por que não viria?- Romena abriu o mesmo sorriso.

-Uau, você está muito linda!- olhou-a de cima a baixo, reparando em suas curvas, não perceptíveis no uniforme da escola.

-Digo o mesmo para você!- a novata fez a mesma coisa- E aí, como está indo a festa?

-Bem, bem, todos estão se divertindo.- disse, vagamente.

-Que bom. Tem bastante gente, não?- perguntou Romena, olhando em volta e vendo gente em todos os cantos.

-Sim, chega a ser um inferno.- riu Ariana- Mas não se preocupe, a verdadeira festa não é aqui embaixo.

Ela sorriu malicioso para R e esta ficou confusa por um instante.

-Vai me dizer que tem um clubinho secreto onde só pessoas eleitas participam?- debochou Romena.

-Quase isso.- sorriu torto- Você me segue?

-Vai na frente!- ordenou, rindo.

Ariana foi na frente, mas não muito. Por dois motivos claros: 1- não queria que Romena se perdesse no meio das pessoas que passavam por elas sem nem mesmo pedir licença; 2- aproveitou a situação para que quando subissem as escadas Ariana pudesse empinar sua raba, a qual ela estava contando que Romena olhasse. E não é que a safada olhou!

Passado essa etapa, seguiram até o final do corredor e na última porta estava o quarto de Ariana. Era grande e acomodava todos da elite, ainda sobrava espaço. Ela saiu da frente para que Romena entrasse -e quando entrou, seus olhinhos vagaram por todo o local, admirada- e foi em seguida, fechando e trancando a porta atrás de si.

-Esse é o meu quarto.- disse ela, sem a necessidade- Chicas, olhem quem eu achei perdida lá na muvuca!

-Romena!- celebrou Jully. Ela se levantou do carpete felpudo de onde estava sentada para abraçar a novata.

-Oi, Jully.- esta corou um pouco com tal proximidade, mas retribuiu o gesto, meio sem jeito.

-Sinta-se a vontade, Romena.- disse Ariana- Tem bebidas ali naquele canto- e apontou para a penteadeira dela que foi rapidamente lotada por várias garrafas de bebidas caras- E... Ei, meninos, eu não acredito que vocês tão acendendo um baseado na minha cama!

Nash olhou para trás com o beck na boca. Shawn, Cameron e Matthew mais que depressa saíram de cima da cama de Ariana e se sentaram no chão, junto das meninas.

-Passa pra cá!- mandou, Ariana, estendendo a mão.

-Pra você confiscar ou fumar?- perguntou, Nash, insolentemente.

-E tem diferença?- Ari falou com deboche e o drogado riu- Espero que não tenham sujado minha cama!

-Não foi muito.- ele se levantou da mesa com um cinzeiro em uma mão e dois becks na outra. Ele deu um deles para Ariana, com uma cara fechada, como uma criança que perdeu seu brinquedo- Toma!

Ariana colocou o fino entre os dedos depois na boca.

-Alguém tem isqueiro?- perguntou, olhando para seu grupinho.

Cameron se levanta e vem ao seu encontro, fuça no bolso e tira de lá um Dupont assinado com suas iniciais. Levantou a tampa e ascendeu para Ariana. Esta tragou profundamente, segurou um pouco dentro da boca e depois soltou a fumaça na cara do amigo.

-Obrigada.- disse sorrindo. Sim, caros leitores, maconha acalma os nervos, mas não era por isso que Ariana sorria. Viu de longe que Romena a encarava com curiosidade; se aproximou dela, se sentando ao seu lado e ofereceu o beck para ela- Quer um tapa?

A novata a encarou meio incerta. Estava óbvio que nunca tivera fumado nada antes, mas será que seria certo experimentar agora? Tipo, ninguém iria a pressionar se ela não quisesse, só que parecia tão errado recusar.

-Se tem preferência, Vanessa tem Marlboro na bolsa.- Ariana acrescentou, após a hesitação de Romena.

-Não vai querer essa porcaria química, vai por mim! Maconha é natural.- interrompeu Nash, quase ofendido com que preferência Romena poderia ter.

Grier é um maconheiro de carteirinha. Ele nunca sai sem seu estojo cheio de becks bem bolados. Fuma uns três por dia, por isso é uma das pessoas mais calmas e divertidas com quem você nunca poderá conversar na vida!

-Me passa.- decidiu, por fim, Romena.

Ariana colocou o baseado na boca dela. Esperou que ela puxasse a essência do bagulho e tirou delicadamente de seus lábios. Pra quem via de fora, isso era uma cena super* sensual, Ariana estava extremamente perto de Romena, olhando para seus lábios e a segunda estava olhando para Ariana, analisando seus olhos encantadores.

-Não sopra ainda, segura um pouco...- aconselhou Ari, baixinho. Romena obedeceu; segurou por um tempo e dentro de segundos sentiu seu pulmão queimar um pouco- Agora solte, devagar.

A novata expirou a fumaça aos poucos, como foi mandada. Tossiu umas três ou quatro vezes e sorriu para todo mundo.

-Caralho, isso é forte!- indagou ela, colocando a mão em frente a boca. Arrancou risadas de todos e se sentiu feliz com isso.

-Pode ficar com esse, eu monto outro.- Ariana deu o beck para Romena e se juntou ao Nash, na cama, para montar mais um.

Shawn não perdeu a oportunidade, e nem deu a outra pessoa, de se sentar ao lado de R.

-Compartilha comigo?- pediu ele e ela lhe passou.

Shawn já estava acostumado a fumar então não precisou de uma instrutora, como Romena. Puxou o bagulho e passou, fazendo um ciclo até que eles terminassem o baseado.

-Quer um drink?- perguntou ele, apontando para as bebidas.

-Por favor.

-Qual?

-Me surpreenda!- ela disse. Ela não queria realmente uma surpresa, mas não sabia nada sobre bebidas e não queria passar a vergonha de falar bosta e, possivelmente, ser motivo de piada.

Shawn sorriu e foi pegar os drinks.

-Oi- disse uma voz com quem Romena nunca tinha conversado-, nunca tivemos a oportunidade de conversar adequadamente. Prazer, Matthew Espinosa.

-Romena Benítez.- disse ela, sorrindo simpática.

Ele estava sentado para o lado oposto dela, fazendo com que eles ficassem frente a frente ao invés de lado a lado, como era com seu antigo companheiro.

-Quer me ajudar a escolher uma música para animar essa merda aqui? Tá tudo tão... Menininha, fofocas ali, fofocas aqui. Aff!- reclamou ele, tirando seu celular do bolso- Oh Ariana, onde tá tua JBL?

-Do lado da mesa perto do banheiro!- gritou sem olhar. Ainda bem! Ficaria uma fera se soubesse que Matthew estava mais perto de Romena do que ela aceitaria.

-Valeu.- respondeu. Foi pegar rapidinho a caixa de som e voltou, com ela em mãos- Que tipo de música vocês curte?

R abriu a boca para responder mas antes que pudesse realmente fazê-lo, Shawn voltou e se sentou ao seu lado. Ignorou completamente a presença do amigo e falou:

-Aqui. Espero que não esteja muito forte.- entregou para ela um copo; mesmo copo que estava sendo usado na festa de baixo.

Romena bebeu um gole e, não cuspiu apesar da vontade, fez uma careta.

-Tá forte, né?- perguntou ele, rindo. Ela riu em seguida e concordou com a cabeça.

-Um pouco, mais eu aguento.- ela sorriu para ele e ele para ela, logo depois.

-E então, Romena?- perguntou Matthew, voltando ao assunto anterior como se a interrupção não tivesse acontecido.

E, de novo, ela foi interrompida.

-Agora não, M.- disse Shawn. Ele sabia das intenções de Matthew e não queria dar uma só brecha.

-E por que não, S?- só que Matthew também sabia das intenções de Shawn e não iria deixar que ele ganhasse mais uma vez a garota.

Shawn não tinha uma resposta pronta para essa pergunta; teve de improvisar o mais rápido possível. A primeira coisa que veio a sua mente, que pensava em coisas bem perversas por causa da pegação que teve com Ariana no quartinho de limpeza, foi um jogo. Um jogo que sempre acaba em bosta, putaria, verdades revelas e fofoca.

-Vamos jogar verdade ou desafio!- disse convicto. Todos na sala olharam para ele, de olhos arregalados.

-Verdade ou desafio? Isso não é jogo de criança?- Romena pergunta. Se sentiu meio broxada pela sujestão nada atrativa.

-Não do jeito que nós jogamos!- Jully respondeu, com uma cara de malícia.

Ariana, com um novo beck -aceso- entre os lábios, veio se sentar no chão com todo mundo seguida por Nash, que também estava fumando um.

Todos já estavam animados e ansiosos para jogar, então não se alongaram a se sentar em uma roda. Matthew revirou os olhos e se virou de frente para o pessoal, parabéns, Shawn, você conseguiu contar a onde dele!

Ariana estava de frente para Romena, e esta estava sentada entre S e M. Cameron veio se sentar ao lado de Ari depois de pegar uma garrafa vazia que tinham largado em um canto depois de ter acabado seu conteúdo.

-Todos conhecem as regras- disse ele, com a mão na garrafa pronta para girá-la-, tudo que acontece aqui, fica aqui!

A tá que alguém vai guardar segredo! Segunda feira de manhã, a primeira coisa que todos vão estar comentando é sobre o ocorrido desta noite.

Cameron bateu na ponta da garrafa e deixou ela rodar. Demorou que ela parasse e, quando fez, caiu em Vanessa para Nash.

-Verdade ou desafio?

-Desafio, gatinha, óbvio!- disse ele, soltando fumaça.

-Tire toda essa sua roupinha estilosa, menos a cueca, por favor, e fique assim até o final do jogo.- olhou perversamente para ele. Ok, não é muito pesado mas beeeem quente!

Enquanto Grier ficava seminu diante de todos, a garrafa girou mais uma vez. Jully para Cameron.

-Verdade ou desafio?

-Des...- começou, mas se lembrou de quem havia perguntado e logo mudou de ideia. Sensato, na minha opinião, vai que ela forçasse ele a beijar, ou fazer outras coisas, com ela- Verdade.

-Em quem você pensa quando se masturba?- perguntou ela. Estava convicta de que sabia a resposta e quase deixava transparecer seu ar de superioridade. Ela achava que era ela.

-Ariana.- confessou, corando e com muita hesitação.

Shawn fechou os punhos e tentou não demonstrar que estava bravo porque estava perto de Romena, mas ele estava bem bravo com a situação. O resto ficou um pouco surpreso e olhou, tanto para Shawn quanto para Ariana quanto para Jully, esperando uma reação. Jully ficou puta da cara também, mas Ariana continuava impassível, apenas fumando seu baseado -talvez já estivesse chapada demais.

A garrafa girou mais uma vez e caiu em Ariana para Romena. A primeira sorriu.

-Verdade ou desafio?

-Desafio.- disse incerta. Ela queria escolher verdade, mas as vezes essa era uma pior opção do que desafio. Pelo menos desafio você não tem que expor seus segredos ou vida.

-Beija o Shawn.- arqueou uma sombrancelha, convencida, com um sorriso malicioso nos lábios. Ninguém ficou realmente surpreso por Ariana entregar seu namorado de bandeja para outra garota, mas sim por Romena ainda não saber que Shawn e Ariana eram um casal. Não que isso fosse um assunto muito comentado, já que não era uma novidade.

Romena olhou para Shawn esperando ver algum ressentimento ou que demonstrasse que não queria isso, só que ele estava sorrindo também. Seus olhos estavam a convidando a se aproximar e, em um processo lento, ela foi.

Uma vez que seus lábios se tocaram, Shawn pediu espaço com a língua e ela cedeu, abrindo a boca para explorar a dele. Uma dança começou e os dois trabalhavam muito bem, em mesma sincronia e ritmo. Romena não sabia dizer se era porque Shawn era um pegador nato ou se eles combinavam tanto, que o beijo chegava a ser apaixonante, mas sabia que estava muito bom e que não queria parar.

Shawn se inclinou mais para frente e agarrou os cabelos da nuca dela, juntando mais ainda, se possível, seus rostos. Sua outra mão ficou descendo e subindo na sua perna em uma carícia suave. Chegando cada vez mais perto, e discretamente, de sua bunda. Mas antes que pudesse usar sua mão boba o beijo foi cortado por uma voz falando:

-Tá legal, o do porno, vamos continuar?

Cameron, tinha que ser. Só o que conseguiu foi fazer com que Romena corasse violentamente e Shawn lhe lançasse o dedo do meio. Mas se bem que dou um pouco de razão para Cam, ninguém estava ali para ver os dois se pegando... Todos queriam a verdadeira e esperada ação. E vai por mim, vocês também vão querer isso!

Ariana mordeu o lábio com a cena que se passou, um tanto preocupada e excitada. Um mais do que o outro, mas deixo por imaginação de vocês decidir qual foi.

A garrafa girou novamente. Nash para Jully, desta vez.

-Verdade ou desafio?

-Desafio.

-Fica trancada no banheiro comigo 10 minutinhos.

Jully revirou os olhos. Considerou relutar, mas pensou que isso poderia fazer com que Cameron sentisse ciúmes, então se levantou e seguiu para o local, esperando o bonito para que pudesse trancar a porta. O que quer que eles fossem fazer ali dentro era por conta, já que no desafio não estava incluso qualquer coisa que fosse além de se trancar ali.

Não iriam esperar que eles saíssem do banheiro, assim como não esperaram Nash tirar a roupa, e seguiram com o jogo. A garrafa apontou para Cameron e Ariana.

-Verdade ou desafio?- perguntou ele.

-Verdade.

-Ainda sente alguma coisa por mim?

Ariana foi pega de mãos atadas. Olhou de soslaio para Shawn, o que passou despercebido por Romena, e hesitou em responder.

-Não. Não além da amizade.- disse, por fim, com pesar. Tentou não olhar para ele com pena, mas a cara arrebatadora que ele fez despedaçou seu coraçãozinho.

E nada se foi feito, a não ser encarar Cameron por um curto período de tempo. Isso o deixou irritado.

-Gira logo essa porcaria!- mandou ele, quase em um sussurro. Ariana tragou uma última vez o beck, girou a garrafa e deixou a parte não fumável num cinzeiro próximo a eles.

Vanessa para Romena.

-Verdade ou desafio?

-Desafio.

-Beija o Matthew.- mandou Vanessa.

Romena olhou para Shawn, o cara que acabara de beijar um tanto assustada. Ela jamais ficará com mais de um garoto em uma noite, para falar a verdade nunca nem tinha ficado com garotos, apenas namorava sério. Shawn foi uma excessão porque eles estavam flertando desde quinta feira. Não seria nada legal, nem para ela nem para Shawn, uma situação em que fosse forçada a beijar outro.

Shawn olhou para Ariana. Os dois temiam exatamente isso, mas também sabiam no que estavam se metendo quando decidiram partir para esse jogo. Apelar tem suas consequências, tava ai uma delas.

-Eu não acho que...

-Você não tem que achar nada. Escolheu desafio, só tem de cumprí-lo.- Vanessa cortou Romena, com um ar superior.

A primeira engoliu em seco, estava em um beco sem saída. Não havendo mais opção alguma, virou-se para Matthew, que a aguardava com um sorriso convencido -quase malicioso- nos lábios, e aproximou seu rosto do dele, esperando que ele fizesse o mesmo.

Diferente do beijo de Shawn, Matthew partiu direto para o que interessa, sem rodeios e/ou preliminares de selinho e essas coisas. Abriu os lábios dela com os seus e adentrou sua língua na boca dela, dando partida a um beijo selvagem e rápido. Não era ruim, mas não era nada do que Romena estava acostumada, e foi um pouco difícil ela se adaptar ao ritmo dele.

Não quis se demorar muito no beijo, não por não ter gostado, mas porque não queria causar uma má impressão a todos a sua volta. Em outras palavras: não queriam que pensassem que ela era uma vadia. Sinto lhe informar, benzinho, que todos nesse grupo tem esse título. Separaram-se e Romena ficou um pouco constrangida. O jogo prosseguiu.

Matthew para Vanessa.

-Verdade ou desafio, gata?

-Desafio.

-Dorme comigo essa noite.- falou, com uma cara de malícia.

-Se eu me recusar isso vai ser tipo um estupro?- Vanessa rebateu, debochando.

-Tá bom, gatinha, então mostra os peitos.

Vanessa revirou os olhos e abaixou as alças do seu vestido. Exibiu seus seios a todos. Matthew, como sempre, não conteve sua pervesidade e piranhagem e assoviou para o belo par de peitos que lhe foi mostrado. O resto se manteve inalterado.

Ela cobrou de volta os seios, envergonhada, e girou a garrafa, a qual todas as atenções foram chamadas. O jogo continuou por mais alguns minutos até Nash e Jully finalmente saíram do banheiro. J estava com os lábios inchados e Nash com o cabelo bagunçado, já estava óbvio o que ocorrera lá dentro.

-Posso colocar minha roupa?- perguntou ele, antes de se sentar.

-Sim.- responderam todos em uníssono. Então ele o fez.

A garrafa rodou mais uma vez. Ariana para Romena, de novo.

-Verdade.- disse Romena, antes que Ariana pudesse sequer perguntar.

Ela pensou por um instante, sem saber o que perguntar. Estava contando que ela escolhesse desafio, já tinha um pronto em sua mente -e não insistam porque eu não vou contar a vocês qual é!

-Quem beija melhor, Matthew- falou, depois de um tempo, apontando para o anunciado- ou Shawn?

Dessa vez quem hesitou foi Romena, não porque não sabia a resposta, isso já estava bem claro para ela, mas porque quem quer que fosse sua resposta, a outra pessoa não escolhida poderia se ofender.

O Shawn beijava do jeito que toda garota ama ser beijada; lenta e viciantemente com uma pegada discreta mas decidida. Já Matthew beijava do jeito que toda garota desejava secretamente, lá em seu íntimo, ser beijada; selvagem e rapidamente, como se estivesse se preparando pra fodê-la louca e fortemente.

-Shawn.- confessou ela, corando. Shawn despertava nela muito mais do que uma sensaçãozinha na ponta do estômago de um beijo bom, ele fazia com que ela sentisse uma vontade louca de experimentar coisas novas, coisas que normalmente nunca faria. E ela adorava sensação de êxtase que só o olhar dele lhe poderia lhe causar. Não estava nem um pouco arrependida da sua resposta, talvez com uma pequena pena de Matthew, mas não passava disso.

Ariana abriu um belo de um sorriso, convencido, apesar do assunto não de tratar dela. Ela havia ganhado e Matthew, perdido, para ela era tudo que bastava.

-Cansei de jogar. Vamos fazer outra coisa?- perguntou ela, se levantando.

-Vamos dançar, por favor!- implorou Vanessa- Matthew, som na caixa e eu quero ver todo mundo com uma bebida na mão e mexendo essa raba!

Espinosa sorriu e conectou seu celular no amplificador de Ariana. Romena pegou sua bebida, que tinha deixado de lado por conta do jogo, deu um grande gole e foi se servir de mais enquanto os outros estavam se preparando para balançar o esqueleto -dialeto velho, eu sei, me senti uma idosa agora!

Ao som de alguma música do 50 cent, Ariana se aproximou da mesa de bebidas para se servir de mais e se aproximar de Ariana.

-Gostando da festa, Cariño?- perguntou ela, se referindo a essa festinha particularmente exótica.

-Não era nada do que eu havia imaginado.- respondeu, vagamente.

-Isso é um sim?- Ariana entornou bastante Smirnoff pura em seu copo e preencheu o resto com suco de laranja que tinha ali.

-Veremos, a festa ainda não terminou!- Romena piscou para Ari, pegou seu copo já cheio novamente e voltou para a pista de dança. Ariana sentiu a vontade de beijar ela com força e quase o fez. Quase...

As duas voltaram juntas para a pista improvisada e começaram a dançar e beber. Elas estavam próximas o suficiente para sentir a respiração uma da outra, mesmo com o ar ficando cada vez mais quente e abafado.

Ariana bebeu o resto do gole e jogou seu copo para trás, sem olhar para onde -ou quem- iria acertar. Passou os braços pela cintura de Romena e juntou mais ainda seus corpos.

-Fique olhando a reação de Shawn.- sussurrou ela em seu ouvido. Óbvio que Ariana não estava só fazendo isso para ajudar Romena a conquistar seu namorado, mas também para se aproveitar um pouco da situação e poder passar as mãos pelas curvas dela sem que ela se desse conta.

Romena sorriu maliciosa em resposta, já entendendo o que a amiga queria dizer. Virou-se de costas para Ariana e começou a rebolar junto com ela, as duas sensualizando para o garoto que estava sentado na cama, que observava elas.

De canto de olho, Ariana viu Shawn sorrir, mordendo o canto do lábio inferior. Prestou mais atenção e viu sua ereção marcada na calça e não pode deixar de dar uma gargalhada.

Confusa com o que poderia ter ocorrido, ou até com sua falta de jeito para sensualizar, Romena se virou.

-O que foi?- perguntou ela, corando.

-Nada, é que Shawn tá louquinho por nós.- ela falou, um pouco sincera demais. Bebida, hello? Posso saber porquê você só fez efeito agora?

Romena olhou para o garoto em questão e viu do que a morena estava falando. Também soltou uma gargalhada. Ari não pode deixar de sorrir com isso, era incrivelmente sexy e excitante saber que ela estava se divertindo causando uma ereção em seu namorado.

Cansado de ficar de fora, Shawn se levanta e vai em direção a elas.

-Se importam se eu dançar com vocês?- ele pergunta, colocando a mão na cintura de ambas as meninas.

-Claro que não.- Ariana sorri maliciosa e fecha os olhos, deixando a música a levar para bem longe.

-Não.- Romena falou, tímida, corando.

Shawn se enfiou entre as duas e começou a passar a mão no corpo delas enquanto elas rebolavam coladas em seu corpo. Romena se virou de costas para ele, se esfregando nele sem a menor cara de pau, e Ariana alisava seu peito musculoso enquanto mantinha seu olhar fixo e apaixonado no do namorado -sorte que R não estava vendo.

Eles iam revesando em quem ficava no meio. A vez de Romena foi a coisa mais estranha e maravilhosa que ela já experimentara na vida. Shawn beijava seu pescoço, por trás dela, e subia e descia a mão por suas coxas. Ariana ficava pela frente, basicamente tendo que se contentar em segurar as mãos de Romena e fazer uma dança sensual enquanto esta a observava. R estava pouco se fodendo para que estava olhando, era realmente muito bom ter atenção de duas pessoas ao mesmo tempo.

Ariana teve sua vez um pouco curta, porque ela sentiu que estava ficando sóbria demais para estar perto e com tanto contato com Shawn e Romena ao mesmo tempo. Se o efeito calmo que a erva lhe proporcionava passasse, ela iria ficar ansiosa demais para estar entre eles.

-Eu já volto.- ela disse a eles. Shawn acenou com a cabeça e deu um tapa muito forte na bunda dela, Romena mandou beijinho para ela.

Ela foi primeiro a mesa de bebidas para de refrescar pois, apesar de estar dançando lentamente, estava muito quente ali. Pegou uma Smirnoff Ice e foi para a cama enrolar um baseado.

Era muita maconha espalhada pela sua cama, os meninos exageraram dessa vez, mas talvez tivesse valido a pena já que em momento algum qualquer deles ficaram sóbrios.

Beck montado; ela acendeu com um isqueiro que Nash deixou e voltou para a pista de dança, tragando profundamente. Mas antes que pudesse voltar para Shawn e Romena, foi interrompida por ver esses dois se beijando. Ela ficou feliz e ao mesmo tempo mal, porque tipo, ela meio que queria estar ali junto deles, provando do beijo de ambos.

Bebeu em um só gole a garrafa inteira que tinha na sua mão e tragou mais profundamente ainda do que antes seu beck, chateada por ter sido excluída. Mas não ficou sozinha por muito tempo.

-Ei, ei, vai com calma, baby!- só a voz fez com que Ariana revirasse os olhos.

-Matthew.- disse ela, se virando para o garoto- Posso ajudar?

-Bom, considerando que você acabou estragar uma foda minha- apontou para Romena, que ainda beijava Shawn- Você me deve no mínimo uma mamada...

-Aff, cala a boca, seu...- ela cortou ele, mas ele também passou as palavras por cima da frase dela:

-Mas como eu sei que você não vai fazer isso,- ele acrescentou- Eu deixo você me beijar!

Ariana teve um ataque de riso -o que não chamou a atenção de ninguém- e uma crise de tosse logo em seguida. Tragou novamente o baseado para de acalmar um pouco e expirou a fumaça na cara de Matthew.

-Obrigada pela honra, mas vou deixar passar.- ela disse sorrindo, convencida.

-Ah qual é!- M bateu o pé no chão, emburrado- Pelo menos dança comigo, então.

Quando Ariana estava prestes a recusar, olhou de rabo de olho para o casal que a minutos atrás estava na companhia e repensou.

-Tá legal. Uma dança e você mantenha essas suas mãos taradas longe da minha bunda!- avisou ela, tragou e soprou a fumaça na cara de Matthew de novo.

Ariana foi na frente para a pista de dança e Espinosa comemorou atrás dela, achando que tinha conquistado algo melhor do que ele planejava "comer" hoje.

Matthew rodeou, sem demoras, a cintura de Ari com seus braços, colando bem seu corpo com o dela. Começaram um balancê lento, de um lado para o outro, enquanto ele analisava cada centímetro de pele perfeita que a morena tinha.

-Posso?- ele olhou para o baseado que ela segurava entre os dedos e ela colocou na boca dele. Ele puxou e baforou a fumaça na cara dela também. Seu hálito era uma mistura gostosa de menta, bourbon e cigarros Marlboro. Ariana soltou uma risada nasal com essa falha tentava de sedução que ele jogou para cima dela; queria ver onde isso iria dar, por isso não cortou deu barato em cima da hora.

Ela colocou o beck na boca logo depois e acabou com o resto da ponta que havia sobrado do baseado. Jogou a bituca no chão -fora do tapete felpudo- e olhou fundo nos olhos de Matthew.

Sentindo-se confiante, ele descolou seus corpos, afastou ela girando e depois a puxou para si. Quando Ari finalmente parou de girar, tombou de costas com o corpo quente do cara com quem dançava. Soltou um gemido surpresa, tanto pela ação quanto pela ereção que estava começando a sentir crescer em sua bunda.

Matthew, achando que ela estava gostando, abraçou mais forte seu corpo com uma mão e a outra afastou os cabelos de Ariana e beijou a nuca pouco suada dela. Ela tinha gosto de baunilha, ele pensou, então a lambeu também. Subiu a mão para o peito da morena e o apertou.

-Agora você já está abusando, garoto!- Ariana falou, um pouco brava e afastou as mãos dele de seu corpo.

Ele a segurou pelo braço e falou, com uma cara de arrependido:

-Desculpa, desculpa. Vamos tentar de novo?

Ela semicerrou os olhos, desconfiada. Matthew era um galinha e quase que totalmente desrespeitoso com as meninas, mas se viu sozinha e entediada sem a companhia dele. E qualquer coisa era só ela dar um chute no saco dele, a festa ficaria até mais divertida!

-Última chance!- ela disse e se aproximou dele novamente.

Eles estavam só dançando dessa vez, um de frente para o outro e Matthew não tentou mais nada, a não ser puxar uma conversa.

-Você e o Shawn tem um relacionamento aberto?- ele perguntou, olhando para Shawn e Romena, o que Ariana não conseguia fazer pois estava de costas.

-Não é da sua conta, com todo respeito.- ela disse, calma.

-Meio que é, ele empacou minha foda.- Matthew pareceu aborrecido.

-Ela não é sua foda garantida, M.- Ariana revirou os olhos.

-Hmf,- debochou ele- Tá bom.

Ariana não falou mais nada e Espinosa não tentou puxar outro assunto. Ficaram apenas dançando e... A verdade é que ele se mostrou um ótimo companheiro de dança!

Esse não é normalmente os disfeixos que as festas de Ariana Grande Butera transmitem, mas dá para o gasto! Pelo menos todos vão ter o que comentar na segunda...


Notas Finais


Ent amores, gostaram? Espero q ss.

Obrigada pela atenção e até o próximo capítulo 😊❤

Bjoooos
😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...