1. Spirit Fanfics >
  2. Asian Collegial - Imagine Byun Baekhyun >
  3. Treino

História Asian Collegial - Imagine Byun Baekhyun - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


Yo! Demorei um pouco, mas novo capítulo prontinho pra vocês hehe

Capítulo 6 - Treino


Fanfic / Fanfiction Asian Collegial - Imagine Byun Baekhyun - Capítulo 6 - Treino

(Baekhyun)

Após terminar a aula de educação física fui para o vestuário e assim que abri o armário percebi uma “surpresa”

- Boa tarde! Você é o Byun Baekhyun? – Falou Camille

- Sim, sou eu. – respondi indiferente.

- Sabia! Tem algo que quero falar com você.

- Não me importo, mas você poderia sair do meu armário, por favor?

- Ok.

Os demais garotos ficaram pasmos ao ver ela ali, então ela saiu e ficou me esperando do lado de fora.

Assim que terminei de me trocar fui até ela ver o que queria.

- Finalmente! Eu quero encontrar um modo de derrotar alguém e me foi dito para encontrar o rapaz chamado Byun Baekhyun.

- Aposto que foi a Milene que enviou você, eu não sei o que ela quer, mas...

Me irrita que essa garota esteja fazendo o que a Milene quer... Mas, ela é a primeira garota além da (S/N) a me pedir ajuda para derrotar alguém.

- Eu quero que me ensine a lutar karatê.

- Tudo bem, faremos enquanto mato o tempo esperando uma amiga minha, portanto venha comigo depois da aula e iremos começar o seu treino.

- Treino? Certo!

- Pra começar, me dê o seu melhor soco.

- Assim? – Ela me deu um soco no rosto.

- Eu pensei que seria melhor, mas cara... Você é incrivelmente fraca, nem um gatinho bate tão fraco assim.

- Gatinho? Então você pode me tornar mais forte?

- Sim, mas o quão forte só depende da sua determinação, em um mês, eu poderia lhe fazer... Talvez mais forte que o soco de um cachorrinho.

- E isso é forte?

Segui para minha sala e segui assistindo as aulas normalmente, assim que acabou todas segui para a sal de (S/N) chamar a loirinha.

- Ei, vem comigo loirinha. – Falei chamando Camille.

- Meu nome é Camille, não loirinha... – Falou ela carregando sua bolsa.

- Tanto faz, só me siga.

- Ok!

(Milene)

Pelo visto parece que meu plano está indo melhor do que eu pensei; olhei para (S/N) completamente surpresa e dei um sorriso de canto.

Vi ela apontando para os dois saindo juntos e resolvi quebrar o silencio entre nós

- Sim, foi isso o que aconteceu. – Disse para ela.

- VOCÊ VIU ISSO? O QUE ELES ESTÃO FAZENDO JUNTOS? – Falou me balançando.

- Não sei... – Arrumei o cabelo de volta - Acalme-se obviamente tem algo acontecendo entre eles, aliás é a primeira vez que o Baekhyun fala assim com uma garota além de você, pode ser que os dois...

- Não; Não pode ser! Até por que, ela tem um noivo. – Falou coçando o cabelo. – M-mas talvez.

Isso mesmo (S/N), era esse o desespero que estava faltando em você.

(Baekhyun)

Enquanto andávamos tentei absorver mais um pouco do que essa loira realmente queria;

- Ah, sim. Quem é a garota que você está tentando derrota afinal? Ela é forte?

- Bem... De acordo com a Milene, ela é tão forte quanto um gorila.

- Uma garota... Tão forte quanto um... Gorila?

Será que é (S/N)? Não, sem chance.

- Parece que ela é bem forte mesmo.

- Sim! Mas eu vou vencer!

Segui para o banheiro a fim de me trocar para colocar uma roupa para fazer exercícios e mandei camille fazer o mesmo.

Após isso esperei ela no banco próximo aos banheiros ali

Depois de alguns minutos ela veio com o cabelo preso e uma roupa de exercícios também.

- Já se trocou?

- Sim!

- Beleza, vamos começar correndo até o portão da escola. – Falei começando a correr devagar

- Vamos sair do campus? Ei espere por mim.

- Sim, porque o campo e o ginásio estão sendo usados pelos clubes de esportes agora, mas enfim... Estava me esquecendo, vamos nos aquecer antes e depois correr duas voltas ao redor da escola. – Vi ele sentada no banco. – Qual o problema?

- Não consigo mais correr.

- Ta brincando?

Esse era só o começo pelo visto, então isso que é uma forma de vida inacreditavelmente fraca.

- Vem comigo, vamos pular a corrida e vamos para o próximo passo. – Falei indo em direção ao ginásio. – O próximo passo é o treinamento de força , não precisa de um lugar especial para fazer esse teste, mas para melhor desempenho, vamos usar essa beirada do ginásio.

- OK!

- Me mostre quanto abdominais você consegue fazer, deite-se.

Assim que ela se deitou segurei seus pés e mandei ela fazer os abdominais

- Um.... Ah, não consigo mais;

Respirei fundo e continuei

- Então, quantas flexões você consegue?

- Um... Não consigo mais.

- Ahh... Tem alguma coisa que consiga fazer mais de uma vez??

- Bem, sou boa em Damas.

- Damas? Sério isso?

- Parecido com esses que mandou eu fazer, acho que só pular corda, eu aprendi porque gosto de coelhos.

- Perfeito, não sei o que os coelhos tem a ver com isso, mas tanto faz.

Ela começou a pular corda e não é que ela consegue...

Observei ela pulando e percebi aqueles enormes peitos subindo e descendo, isso não pode me afetar então vou olhar para o teto.

Assim que fiquei olhando para cima ela parou.

- Hã? Por que está olhando para cima?

- São só uns exercícios de pescoço, pode continuar pulando.

Depois de 5 minutos pulando eu resolvi mandar parar e encerrar o treino de força por aquele dia.

- Estamos ficando sem tempo, então vamos parar o treino de força por hoje.

- Eu pensei que fosse morrer.

- Mesmo não tendo feito um quinto do que planejei? – Respirei fundo e apontei para os seios dela enquanto olhava para o lado. – Além disso, você precisa fazer algo sobre eles.

- O quê? Meus peitos?

- Não diga tão alto, enfim... Não estão lhe atrapalhando enquanto exercita? – Continuei olhando para o lado.

- Por que está olhando para o lado?

- Não importa, apenas saiba que eles me distraem;

- Como?

- Não importa, o que importa é que eles causam um monte de problemas, então... Jogue eles foram ou algo do tipo.

- Você está falando sério? Sabe que é impossível né?

(S/N)

Assim que acabou as atividades do clube de karatê sai correndo pela escola inteira procurando baek até que finalmente o achei no ginásio;

- O-oi Baek! Então é aqui que você está, já acabei com o clube, então vamos pra ca... – percebi ele segurando Camille por trás enquanto segurava ela na altura do pescoço.

- Entendeu o que fazer quando seu oponente se move desse jeito?

- Uhum....

- O QUÊ?! – Falei vendo aquela cena.

- Ah! É ela que quem eu quero derrotar. – Disse Camille;

- Arrg... Então é mesmo a (S/N). Ela é muito forte sabe?

- O QUE VOCÊS DOIS ESTÃO FAZENDO!?

- Por que ela está brava?

- Não faço a mínima ideia.

Segurei Baekhyun pela gola de sua camisa

- DIGA QUE PORRA VOCÊ ESTÁ FAZENDO AQUI!

- E-ei, por que você está tão brava?

- NÃO ESTOU BRAVA, EU SÓ QUERO SABER!

- Aawww... Então foi isso que a Milene quis dizer! Boa Milene. – Disse Camille, mas não dei atenção. – (S/N), (S/N), eu não vou ser sua inimiga mais.

- Hã? O que? – Fiquei sem reação ao ver Camille batendo levemente no meu ombro

- Bem, vou sair do treinamento também, tchau tchau!

Eu e Baekhyun ficamos olhando um para o outro sem entender nada.

Após isso Baekhyun me explicou tudo sobre o treinamento e isso me deixou um pouco mais aliviada.

- Então você estava treinando ela? E isso seria por qual motivo? E porque você dentre tantas pessoas?

- Eu achei que ela parecia muito interessada, mas no final eu estava errado, afinal não é divertido treinar desse jeito, apenas me divirto se você estiver comigo;

De novo não, ele é sempre tão...

- Oh... Sério? – perguntei corada.

- Sim!

- Ei, tem algo errado (S/N)? Seu rosto está vermelho.

- C-Calado!! Pare de olhar pra mim, seu idiota!

- Ai ai ai, por que me bateu?


Notas Finais


Baekhyun é bonito com as palavras, uma pena não entender o peso delas na (S/N) kk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...