História Ask Me Whatever You Want - Camren G!P - Capítulo 80


Escrita por:

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony, Peça-me o que quiser
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camila, Camren G!p, Fifth Hamorny, Lauren G!p, Romance
Visualizações 883
Palavras 1.346
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, LGBT, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Acidente??? 😇😇😇 Grave?? 😇😇😇 Tragédia??? 😇😇😇 Alguém pediu esses sabores de pizza por aqui???


@Isix_12 "Mas acho que deveria acontecer algo grave o suficiente com a Camila pra que a Lauren comece a repensar as atitudes dela."
@Helo1503 "Acho que a Lauren deveria ter um pequeno susto em relação a Camila... Realmente seria uma pena se algo acontecesse a Camila e a Lauren se sentisse culpada...kkkkkkkk"
@theeduarda "Queria q mais pra frente tivesse um drama"

Capítulo 80 - Dona Camilla, já podemos partir?


Fanfic / Fanfiction Ask Me Whatever You Want - Camren G!P - Capítulo 80 - Dona Camilla, já podemos partir?

Nessa noite não consigo dormir. Fico olhando para o vazio e esperando  o despertador  tocar. A mãe de Lauren me convenceu a voltar para Madri no jatinho da família, me despeço da duas com muitos abraços e lágrimas. Quando o táxi me deixa no aeroporto já sigo em direção a pista, desejo sair o mais rápido possível daquele país, escutava as vozes de Andy e Lucas cantam:

Te entregaré un cielo lleno de estrellas, intentaré darte una vida entera en la que tú seas tan feliz, muy cerquita estés de mí.

Quiero que sepas..., lelalela.

Tento cantar, mas minha voz está embargada. Não consigo. Simplesmente não consigo. Sinto alguém colocar a mão no ombro e tomo um susto.

- Björn?!

O homem me olha, solta uma gargalhada e brinca:

- Caramba, Camz, está escondendo algum contrabando nessas malas?

Abro os braços, ele dá um passo à frente e nos unimos num abraço carinhoso.

- O que você está fazendo por aqui?

Björn afasta uma mecha de cabelo do meu rosto, coloca atrás da orelha e responde:

- Não, linda. A pergunta é: o que você está fazendo aqui? - Não entendo. Pisco os olhos. – Você não pode ir embora de munique.

- Por quê?!

- Lauren precisa de você, e precisa já.

- Não tenho nada pra fazer em Munique, Björn. Você mesmo viu, pelo que aconteceu naquela noite, que as coisas não estavam dando certo entre a gente. Você viu que...

- O que vi é que você me beijou pra deixá-la com raiva. Foi isso que vi.

- Droga, Björn! Nem me lembre.

- Foi tão horrível assim? — zomba. E, quando vou responder, ele dá uma gargalhada e pergunta: — Mas, cá entre nós, querida, por que você fez isso?

Cada vez mais desconcertada, contraio as sobrancelhas e tento explicar:

- Te beijei porque Lauren precisava apenas de um empurrãozinho pra me expulsar da vida dela. Tinha acabado de dizer isso minutos antes e eu só facilitei as coisas.  Quando você chegou, me desculpa, mas te vi e tive que fazer aquilo. Te beijei pra que ela dessa o último passo e me mandasse embora da vida dela. Eu não quero mais falar nisso.

- Camz?

- Você não vai me fazer mudar de ideia.

- Ok, já entendi. Você que ir embora e eu não posso te segurar. Mas pelo menos leia isso. – Ele me entrega uma carta.

- Eu leio.

- No avião. Espero que você mude de ideia lindinha. – Ele me dá um novo beijo na bochecha um abraço forte e se despede.

Eu sigo para o avião, me sento perto da janela, ligo novamente meus fones e ouvindo músicas que faziam uma bela trilha Sonora para aqueles filmes românticos clichés quando a mocinha vai embora e antes do avião decolar o mocinho para o avião. De uma coisa eu tenho certeza eu não sou a mocinha que o mocinho vai salvar na última hora, afinal de contas para par era nada mais nada menos do que o iceberg do titanic.

-  Dona Camilla, já podemos partir? – O piloto me pergunta.

- Claro, Stefano. Estou com saudades da minha Madrid. – O homem da uma risada já indo para a cabine. Resolvo olhar a carta que Bjorn tinha me entregue quando o avião já tinha decolado e eu estava mais km longe da mulher da minha vida.

“ Camilla, eu sei que você é muito cabeça dura e não vai querer me ouvir, então resolve fazer um plano B, para que você saiba de toda a história e decida voltar logo para aquela rabugenta que te ama, como nunca amou ninguém.

Você é uma espanhola muito cabeça quente que toma decisões muito precipitadas. Lauren nunca mandou você ir embora, você é quem estava gritando que ia embora, e ela  acabou  dizendo que, se você quisesse ir, que fosse. Mas foi você, minha cara Camila que decidiu isso. Exatamente isso. Não! Não foi ela. Pois é, linda. Lauren está me deixando louco. Não para de falar de você e eu já não aguento mais. Sei até das tuas brotoejas, teus ataques de mau humor. Sei que você adora  trufas. Chiclete de morango. Por favor, já não aguento mais!

Seu comentário faz meu coração bater acelerado.

Lauren disse que ia voltar aos joguinhos sexuais. Mas, que eu saiba: acho até que ela vai  virar freira. Naquela dia em que você perdeu as estribeiras, minha amiga idiota e cabeça-dura ia te pedir em casamento. Pensa bem, Camila, por que você acha que eu cheguei com uma garrafa de champanhe? A questão é que ou ela não soube deixar isso claro ou você não quis ouvir.

Arregalo os olhos. Casamento? Lauren ia me pedir em casamento? Definitivamente está louco, louco!

Quando houve aquela história com Betta e ela descobriu todo o resto, ficou superchateada. A mãe e a irmã lhe deram uma bronca tremenda. Disseram que você não tinha culpa de nada. E que a maior culpada era ela própria, por ser do jeito que é. Ela não se aborreceu contigo, querida, mas com ela mesmo. Não conseguia entender como era capaz de ser tão intolerante a ponto de as pessoas precisarem mentir pra ela e esconder várias coisas. Quando foi lá em casa e me contou, eu disse o mesmo de sempre. A maneira dela de falar, tão fria, intimida as pessoas, as deixa inibidas pra contar as coisas. Ela custou a entender, mas finalmente a ficha caiu. Ficou dias pensando a respeito, e por isso não falava contigo e, quando se deu conta dos estragos que fez, quis consertá-los, mas tudo foi por água abaixo. Você me beijou. Ela ficou paralisada e você  foi embora.

A questão, linda, é que ela disse que você foi embora e você tem que voltar. É tão orgulhosa que, apesar de saber que errou, não consegue te pedir pra voltar, mesmo que esteja  se corroendo por dentro. Então, querida, se você a ama, tome a iniciativa. Todos que convivemos com ela vamos te agradecer. Vocês se amam. Por que não resolvem logo essa situação? Da primeira vez vocês terminaram porque ela te largou. Agora é porque você foi embora. Uma das duas vai ter que ceder na terceira vez, não acha?

Bjorn…”

Eu não sei o que pensar, eu não sei o que fazer, tudo que posso fazer agora é fechar os olhos, escutar a minha triste trilha Sonora e chorar.

 

 

LAUREN POV

Fazia algumas horas que eu sabia que Camila tinha entrado naquele avião, sem olhar para trás e me deixou aqui nessa casa enorme, que nada mais sentido sem ela. Sem a Camilla tudo que posso fazer é vegetar acho que a partir de agora essa é minha vida. Sentada no sofa e jogar video game com meu sobrinho.

Esse é outro que nem me dirige mais palavras, só senta ao meu lado e joga video game, toda a casa para estar de luto. O que Camilla fez com todos nós.

Eu estava sentada jogando com Klaus mais um dos jogos de matar zumbi, estavamos os dois em complete silêncio. Quando Simona entra desesperada, ela não sabia se chorava, se falava.

- Simona, o que aconteceu? – Eu levanto rápido indo até ela e Klaus me segue desesperado também sem entender.

- Eu … estava… assistindo a novela… quando o jornal entrou com notícia urgente… a senhora Camilla… - Ela começa a chorar e não consegue falar nada. Quando Klaus tem uma reação de tirar o jogo da televisão e colocar nos noticiarios.

“ NOTÍCIA DE ÚLTIMA HORA. AVIÃO DA MAGNATA DONA DA JAUREGUI ENTERPRISE CAI EM SOLO FRANCÊS A ALGUMAS HORAS. AINDA NÃO TEMOS POUCAS INFORMAÇÕES, TUDO QUE SABEMOS É QUE O PILOTO ENTROU EM CONTATO COM O SISTEMA AÉREO FRANCÊS DIZENDO QUE A ASA DIREITA DO AVIÃO ESTAVA EM CHAMAS. SEGUNDO AS AUTORIDADES ALEMANHAS E EMPRESA QUE CUIDA DOS AVIÕES DA EMPRESA A BILIONÁRIA NÃO ESTAVA NO JATINHO, APENAS A NOIVA DA MESMA, A JOVEM KARLA CAMILLA CABELLO, O PILOTO E COPILOTO. TENTAMOS ENTRAR EM CONTATO COM A BILIONÁRIA, MAS NÃO FOI POSSÍVEL CONTATO.”

- NÃOOOO. 


Notas Finais


Eu rio muito com vocês amores... Continue pedindo, vamos realizar sonhos 😇😇😇


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...