História Assaltando corações(Naruhina) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Naruto Uzumaki
Tags Naruhina, Tragedia
Visualizações 72
Palavras 1.386
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi meus bakas-hentai, desculpem a demora, estive passando por um pequeno(só que não) bloqueio de criatividade, mas depois de quase 2 meses eu To aqui, não sei se vou postar mais um Cap de "on ice" ainda essa semana, sei que vocês estão curiosos tbm, mas vou tentar até semana que vem postar mais um Cap dela, e depois vou ficar ocupada novamente com semana de retomada e recuperação, mas vou tentar manter as fics ativas postando pelo menos um Cap a cada 2 semanas, me desculpem novamente.

Perdoem os erros, e boa leitura.💗

Capítulo 2 - Exames


Fanfic / Fanfiction Assaltando corações(Naruhina) - Capítulo 2 - Exames

-ok, uma missão?-perguntou.

-sim, uma missão solo de perseguição-respondeu Madara.

-eu não saio em missões solo!-falou ela sentando-se na mesa a frente de seu superior.

-você não está em posição pra negar!-falou ele.

-qual é Madara? Pra que ter um grupo se você vai mandar ela ir sozinha?-interviu a ruiva sentada no canto da sala.

-é uma missão simples, nível "B", apenas quero que ela colete informações-retrucou.

-então, mande alguém de nível mais baixo, não uma das nossas melhores agentes!-respondeu o loiro.

-além do mais, não entendo essa sua cisma com a garota-acrescentou a ruiva.

-fiquem quietos!-falou Madara.

-Madara...-cochicho Hinata no ouvido dele.

-Não comece...-falou ele.

Houve risadas de um certo casal na sala.

-já foi escolhida, essa missão é sua, você parte amanhã de manhã!-falou.

-o que tem de tão especial nessa missão?-perguntou Minato.

-e por que tem que ser a hinata?-perguntou kushina.

-tem um certo senhor em especial, suspeito-falou ele, abrindo uma gaveta e pegando uma ficha amarela.

-qual o nome?-perguntou Hinata, tentando ler algo na ficha que estava na mão de Madara.

-Obito...-falou, e entregou a ficha para a garota em seguida, levantou-se e andou até um armário, abrindo-o com a chave e retirando de lá, outra ficha.

Hinata passou os olhos sobre a ficha, olhando a foto de uma pessoa de mais ou menos seus 50 anos em sua vista, esse que ela descobriu ter seus 37, e que sua aparência dava-se por um acidente de carro que ele sofreu, que levou sua mulher de 33 anos e seu filho de 5. Ele não parecia alguém que faria mal, mas ela já havia aprendido que bem tudo é o que parece. Continuou passando seus olhos sobre as escritas, endereço, onde nasceu, pessoas mais próximas, locais mais frequentados, altura, horários, etc. Falava tudo.

-mas você não acha meio arriscado me mandar sozinha pra um cara que diz ser um pisicopata, sadomasoquista, sequestrador, cientista maníaco, e tudo mais? Sério, aqui na ficha não diz ser algo de um nível baixo-afirmou a garota.

-ok, fale com seu time, todos vocês vão, espero mesmo que seja mais rápido possível, ele pode fazer mal pra muitas pessoas.

-pode ir-falou, e a garota se retirou.

-Hinata!-gritou a ruiva atrás dela.

-sim?-falou virando-se e olhando um pouco pra cima, pela diferença de altura.

-ele está bem? Aquele cabeça oca? Ele anda comendo direito? Ele anda se exercitando? Como vai os treinos? E como deu os exames dele?-perguntou.

-ahhhhhhh... Ele está bem sim, não acho ele tão cabeça oca assim... Sim, ele está se alimentando bem, todo dia, ele está bem fortinho, para um garoto que antigamente não levantava nem uma moeda-falou e riu-e sobre os exames, eles vão ser feitos hoje a tarde-respondeu-você não quer falar com ele?

-acho que hoje eu quem faz os exames!-falou ela, kushina trabalhava como médica, 1 vez por semana, no lugar de Tsunade, então tinha uma oportunidade dela fazer os exames do time de Hinata, esses exames eram feitos de 3 em 3 meses ou a cada missão.

-bom, então nos vemos daqui a pouco-virou e começou a se afastar.

-Hinata!-kushina fez ela parar novamente de andar, e olhar para ela.

-senhora-falou. 

-como é seu relacionamento com ele?-perguntou fazendo a garota arregalar os olhos.

-senhora?-perguntou novamente, pois não acreditava na pergunta.

-esquece, se cuida!-falou e voltou a sala de Madara, enquanto a garota ficou parada, tentando raciocinar o tipo de pergunta que ela tentou fazer.

"Como é seu relacionamento com meu filho?"repetiu a frase dita em sua cabeça.

Após um tempo parada, virou-se e começou a caminhar com a ficha em mãos. 

.

.

.

-que tipo de missão é?-perguntou temari.

-apenas para recolher mais informações-respondeu Hinata sem interesse-vamos logo!

-calma!-respondeu neji.

-não revira os olhos, nanica!-falou Naruto um pouco a frente deles, sem transportar pensamentos em suas palavras, foi algo dito da boca para fora.

Fazendo com que a garota abrisse um pouco a boca em forma de surpresa.

-chegamos!-falou Gaara.

-oi-falou kushina recebendo eles-meu filho!-falou abraçando Naruto, que retribuiu.

-oi mãe-falou soltando ela-e o pai?

-está com Madara!-falou revirando os olhos-vamos começar os exames? Capitã de time entra junto com cada participante-falou, sabendo, que eles sabiam dessa informação.

-eu sei!-falou Hinata, que mesmo sendo a mais nova, era capitã de seu time.

-Temari, Gaara!-falou abrindo uma porta dando passagem pras duas garotas e o garoto, entrando em seguida, o exame deles era feito junto pela familiaridade dos dois.

.

.

.

-ok, os resultados vão estar com Matsuri, na recepção!-falou kushina-Neji, Shikamaru!-falou novamente dando espaço pra eles e Hinata passarem pela porta.

.

.

.

-Hinata, Naruto...-falou-acho melhor o restante já ir pro campo de treinamento, eles vão fazer mais uns testes lá, a Hinata vai passar na recepção depois para pegar os resultados!-falou por fim, fazendo com que Hinata assentice com a cabeça e entrasse na sala com Naruto, e o restante já fosse fazer o resto dos testes. 

Kushina entrou na sala fechando a porta atrás de si.

-podem se sentar!-falou apontando para as macas, atrás do casal, que obedeceu e sentaram-se nas macas, um de frente pro outro.

-ok, Naruto tire a camisa por favor-falou ela de costas ajeitando os óculos e pondo luvas, logo pegou uma prancheta e foi até o rapaz que já tinha atendido seu pedido-agora eu quero que você respire fundo!...-falou encostando o estetoscópio nas costas dele-de novo!-falou é ele repetiu o ato-mais uma vez-falou, e repetiu. Em seguida anotou algo na prancheta. Ela havia percebido que a garota não havia tirado os olhos de seu filho, e estava um pouco corada também.

-Hinata, sua vez-a garota retirou a blusa(o que, pra eles, não havia problema algum), e ela fez o mesmo processo feito antes.

Os dois se olhavam, parecia que algo os prendia no olhar um do outro, e que um imã os puxava.

-pronto... Naruto, você pode amarrar esse elástico no braço dela por favor!-falou entregando-lhe um elástico-eu vou ali buscar as agulhas e já volto-falou saindo por uma porta no canto da sala.

Naruto se levantou e segurou o braço dela. Novamente havia proximidade entre eles, proximidade de mais... Eles tentavam não manter contato visual, Hinata olhava para o peito do rapaz, e ele olhava diretamente para o braço dela, assim que terminado de amarrar o elástico, eles se olharam. E estavam cada vez mais próximos novamente. Naruto colocou uma de suas mãos na cintura da menina, enquanto a outra segurava o rosto dela. Enquanto isso a garota pôs uma mão nos fios amarelados enquanto a outra repousou no peito dele.

A menina fechou os olhos, enquanto os corpos de aproximavam cada vez mais.

Ela não podia estar mais linda na cabeça do rapaz, a respiração entre-cortada, às bochechas avermelhadas, a qual ele não sabia dizer se era por vergonha, ou pelo calor do momento, a franja cai da na testa, tudo nela parecia perfeito. Ele parou com a aproximação, suas respirações estavam pesadas, e eles conseguiam sentir tudo, parecia ter uma ligação entre eles. Não sabem quanto tempo passaram assim, mas Hinata acabou com a distância antes que eles consegui em pensar melhor nisso, ela puxava os cabelos loiros, enquanto ele apertava a pele Branca da cintura dela, sobindo a mão que estava na bochecha dela pros cabelos escuros, logo sentindo um arrepio, ela havia arranhado de leve o peito dele, e puxou com um pouco mais de força os cabelos da nuca.

Pena que durou pouco(bom, pelo menos na visão deles), quando Hinata ouviu o barulho da porta sendo aberta, ela empurrou Naruto fazendo com que ele caise na maca a frente da sua, tentando recuperar o ar, com os lábios mais vermelhos que o normal, enquanto o garoto tentava raciocinar o que havia acontecido.

-não é nada disso que a senhora está pensando!-falou a menina, para a ruiva que estava parada na porta, fazendo com que Naruto se virasse e percebesse o que estava acontecendo.

-eu sei o que eu vi Hinata!-falou.

-mãe, olha só...-ele parou assim que sua mãe levantou a mão em um sinal de "pare".

-vocês tem que dar graças a Deus que sou eu, se fosse outra pessoa vocês estariam fudidos-falou.

-calma... Que?-perguntou sem entender.

-qual é Hinata? Eu oercebo a mudança de tratamento entre vocês 2 desde pequenos, então Me poupem!-falou-vamos terminar os exames, que vcs ainda tem que fazer mais testes hoje, amanhã vai ser um longo dia!


Notas Finais


Perdoem os erros...
MEDESCUÇPEMADEMORAPELOAMORDEKAMI-SAMA😣

Bjinhos da autora emy-chan💗💗💗💗


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...