1. Spirit Fanfics >
  2. Assassina de aluguel- Imagine Jeon Jungkook >
  3. Capitulo 6

História Assassina de aluguel- Imagine Jeon Jungkook - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


Amores, minha criatividade hoje veio em excesso e aqui está mais um capitulo para vocês.

Boa leitura!

Beijos da Luz

Capítulo 6 - Capitulo 6


Fanfic / Fanfiction Assassina de aluguel- Imagine Jeon Jungkook - Capítulo 6 - Capitulo 6

S/n on

A fúria me dominou. Não consegui me conter.

Eu- Quem você pensa que é garota?!

Jennie- Ain, desculpe foi sem querer. Ela deu um sorriso disfarçado.

Aquele sorrisinho me fez sentir ódio puro.

Eu- Você fez isso de propósito! Admite!

Jennie- E se for?

Eu não consegui me controlar, puxei os cabelos dela. 

E só parei de puxar quando Jungkook me pegou pelo braço para me conter.

Eu- Me solta!

Jungkook- Se acalma S/n!

Eu- Me desculpa Jungkook, sei que após fazer isso você pode me demitir, mas eu não tenho sangue de barata pra aturar essa garota! : eu queria mata-lá mais ia aproveitar um pouco da situação para me fazer de vítima.

Dei o dinheiro pelo o que comi, e sai imediatamente dali.

Jungkook on

A S/n me surpreendeu, nuca conheci uma menina que pudesse ser tão... Intensa. 

Me sentia entediado com as meninas que andavam ao meu redor, e confesso que a Jennie andava muito ciumenta em relação a mim, sempre fomos amigos, mas ela tem sido muito possessiva.

O Jimin estava rindo.

Jimin- Meu Deus, que menina brava. Gostei dela, rsrsrs

Jennie- Você acha engraçado?! Ela quase arrancou o cabelo da sua amiga!

 Jimin- Cara, porque o Nanjoon não veio? Ele ia amar essa treta, rsrsrs

 Lisa- Jennie de certa forma você também foi errada, porque você jogou vinho na menina?

Jennie- Eu não gostei dela, e isso não e nada comparado com o que ela me fez

Jimin- Não mesmo, ela quase arrancou seu couro cabeludo. Tem certeza que não tem um tufo solto Jennie?

Jimin riu tanto que começou a soluçar.

Jennie- Kookie, você irá demitir ela não é?

Jungkook- Está chovendo muito, desse jeito ela ficará encharcada.

Eu corri para fora do restaurante, sem me importar com ninguém. 

Eu só me preocupei como S/n estaria, eu  peguei a bolsa que ela esqueceu. Eu a devolveria e pediria desculpas pelo que a Jennie fez.

 S/n on

Eu estava encharcada pela chuva. Estava tão frio, minha pele estava toda arrepiada.

 Nunca senti tanta raiva de uma garota como estava sentindo da Jennie, aquela vaca ia me pagar. Ia cortar aquele rosto bonitinho quando eu tivesse a chance. Aquela chuva.... Me trouxe uma lembrança.

Flashback on

Quando criança, eu era uma das crianças mais doces. Meus pais eram amorosos, e eu os amava. Mamãe sempre preparava uma deliciosa torta de amora, e contava uma história para mim dormir. Meu pai me levava pra andar a cavalo no vasto pasto da nossa fazenda. Minha família era muito rica, e na época eu tinha 5 anos. Até que tudo mudou, minha vida foi destruída. Uma noite chuvosa tentaram me sequestrar, mas não conseguiram. E então vi meus pais serem mortos na minha frente....

O sangue jorrou no meu rosto, fugi corri sem rumo pela chuva forte, a água escorria com força pela minha pele, e chorei. Chorei o mais que pude. 

Naquela noite perdi meus pais, minha felicidade, minha infância, e minha alma boa .....

Depois fui encontrada por um homem em um terno preto e óculos escuros. Ele me adotou, e cuidou de mim. Eu não era mais uma alma pura... Eu queria vingança... Queria matar. Mas esse homem que me adotou, me criou exatamente pra isso.

Ele me ensinou a ser fria, a ser cruel, a matar....

 Lembro da minha primeira vítima. Quando comecei a vê-lo como um pai, ele me deu um cachorrinho fofo. E pediu que eu o matasse

Eu não consegui, até que ele me ensinou como fazer e desde então virei essa mulher vazia

 Até que ele morreu de câncer no pulmão, por conta do cigarro. Ele me deixou muito dinheiro. E desde então eu comecei a  trabalha para a organização secreta AE.

 ( Assassinos de Elite) eu gostava dos meus amigos de crime os outros integrantes da AE que eram: Kai, Xiumin, Chen, Sehun, Yeji, Yuna e Lia

O nosso chefe era o Jay Park

Voltei a realidade, eu precisava chegar em casa logo. Me senti exausta, o hotel era muito longe para ir a pé.

Jungkook on

Corri o máximo que pudia para alcançar a S/n.

 Passei por vários becos, até passar pelo calçadão. Até que a vi.

Corri em sua direção

Eu- S/n! Espere!

S/n ficou surpresa.

Eu me aproximei dela, mas S/n continuava calada. 

Ela estava encharcada, e seu vestido provocante estava mais colado ainda em seu corpo perfeito. A peguei pela cintura, e a encostei a mim, para proteger ela da chuva. S/n estava tossindo.

Jungkook- Você pegou um resfriado!

S/n se aproximou ainda mais 

S/n- Não, estou bem, e quero que você se afaste. Não adianta me proteger da chuva. Já estou encharcada.

 Jungkook- Me desculpe pela Jennie, desculpe pelo o que...

S/n- Shhhh

Disse S/n colocando o dedo nos lábios de Jungkook.

 Ela se aproximou, acariciando o cabelo dele. Seu rosto estava a 2 centímetros dos lábios do Jungkook. Ele também se aproximou. Seus lábios estavam prestes a se tocar, Eles podiam sentir o cheiro um do outro. Estava prestes a acontecer o beijo até que S/n se afastou.

S/n- Até amanhã, chefe.


Notas Finais


Iai gostaram?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...