1. Spirit Fanfics >
  2. Assassinato em Wood River >
  3. Desafios Para Sobreviver - parte 2

História Assassinato em Wood River - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


Desculpem pelo tamanho do capítulo. O próximo será maior, ou do mesmo tamanho 🥂

Capítulo 7 - Desafios Para Sobreviver - parte 2


O tempo estava passando. Duas janelas já havia sido fechadas. Dando a entender que já havia se passado dois minutos. Sem perder mais tempo, Aleck apertou o botão vermelho no centro do controle fazendo a porta se abrir. De onde Aleck estava, não se via nada além do breu. O mais puro e assustador breu. 

Sem nenhuma outra escolha, Aleck foi andando até a porta. Entrou no cômodo escuro e começou a ouvir uma voz, uma voz mais que familiar. Era Carlos!

- Carlos: Aleck, voce chegou! 

- Aleck: Carlos, onde você está?! 

- Carlos: Estou aqui na sua frente meu amor. Onde sempre estive.

- Aleck: Por que esta tudo tão escuro?

- Carlos: Por quê temos que continuar o que não acabamos. Você lembra?! Da nossa última transa? Aquela onde você me machucou por completo?

Aleck rodopiava tentando achar de onde a voz estava saindo. Bateu em uma parede, e foi seguindo ela a procura de um interruptor ou até mesmo, de uma porta. Aquele lugar já estava dando medo pra Aleck, se era possível sentir mais medo que já estava. A tensão começou a tomar conta de seu corpo. A voz de Carlos ainda estava lá, ecoando naquele local amedrontador. Era sempre as mesmas palavras "você me machucou, está doendo. Você vai pagar". Aleck so chorava. 

A sensação de estar andando em círculos tomou conta de Aleck, o que fez ficar mais apreensivo. A porta havia se fechado, aquela única luz que vinha da outra sala, fraca, teria se apagado. Aleck caiu, sentiu um tipo de corrimão e bateu com o joelho no que parecia ser um degrau. A animação foi inevitável. Aleck se levantou, sem soltar o que poderia ser um corrimão e seguiu ele até sua fonte. Um tipo de subida. Aleck Não via nada, ainda. Após subir correndo, a batida na porta fez suas lágrimas cessarem. Procurava a maçaneta e nada, até que bateu em um tipo de ferro na altura de sua cabeça. Girou e a porta foi aberta, dando de cara com a recepção do hotel, que estava completamente vazia, não havia ninguém. O pequeno lustre que havia no teto, começou a balançar. Aleck caminhou até a janela e viu que nevava, uma neve que cobriu todo o asfalto e o capô de seu carro que ainda estava sem rodas. Aleck se virou a procura de um relógio, viu que era 3:47 da madrugada. Não sabia o dia, mas o horário sim. Foi até o balcão e não viu sinal de nenhuma pessoa ali, como se ja tivesse mais de quatro dias que ninguém ia ali. A sujeira que alj estava. 

- Aleck: Mas como isso é possível?! Toda essa sujeira aqui sem ter ninguém?! 

- Eu não contaria com isso caro rapaz 

Uma voz fez com que Aleck se virasse rápido pra ver quem era, ou talvez pra ver se não era mais uma gravação. Um homem um pouco velho, com o mesmo uniforme que Allef usava antes de morrer. 

- Aleck: Quem é você?

- Sou Alfred, ajudante do senhor Allef aqui no hot...

Um pedaço de madeira com uma ponta fina caiu em cima da cabeça do senhor, fazendo ele ir a morte. O sangue jorrou no rosto de Aleck, ele nak sabia como. Em instantes, toda aquela recepção estava coberta de sangue de um senhor que parecia ser carismático. A madeira ainda continuava na cabeça do senhor, Aleck Não sabia o que fazer. Ele tirava ou deixava lá?!

Os vidros começaram a bater, o lustre chacoalhava cada vez mais rápido. Aleck seu meia volta no corpo e saiu da recepção. A luz do corredor que dava acesso a cozinha começou a falhar, dando ar de tensão em Aleck. Nada podia ser feito, a não ser, salvar a sua vida e a vida de Clary. Que poderia estar em qualquer lugar dentro desse hotel, ou talvez fora dele. 


Notas Finais


Beijos e perdoe-me pelos erros ortográficos e gramaticais....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...