História Assassinos a Sangue Frio - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias The Seven Deadly Sins (Nanatsu no Taizai)
Personagens Ban, Diane, Elaine, Elizabeth Liones, Escanor, Gelda, Gilthunder, Gowther, Griamor, Guila, Hauser, Hawk, Hendriksen, King Liones, Liz, Margaret, Meliodas, Merlin, Oslo, Personagens Originais, Zeldris
Tags Baine, Kiane, Meldris, Melibeth, Yaio, Zelda
Visualizações 46
Palavras 929
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Luta, Mistério, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - 04 - Passado


Fanfic / Fanfiction Assassinos a Sangue Frio - Capítulo 4 - 04 - Passado

Ódio não consigo e manar mais nada nessa Merda de Vida , ódio pelo meu pai , mãe, colegas de escola , o retardado do Estarossa e principalmente ele Meliodas o pior irmão de todos pode falar que séria bom tê-lo como namorado, noivo , amigo , colega , conhecido , mais nunca queira ele como irmão. 

Normalmente me perguntava como ele podia ta noivo e namorando ao mesmo tempo esse idiota é muito tarado , muito mesmo , provavelmente deve está de noite , por causa que eu não a sendo a luz de dia (eu faço isso).

Respirava fundo com que Meliodas sosurou no meu ouvido , até senti o mesmo cair sobre mim  , o retardado do meu  Irmão Meliodas estava caido sobre mim eu tentava me manter sentado pois Meliodas era pessado de mas. Meus braços estava apoiando no chão, Meliodas estava perto demais até pra ele deve estar muito perto .

Nunca nos aproximamos assim faz muito tempo no décimo terceiro aniversário de Meliodas foi a última vez que nos aproximamos , que demos um a braço verdadeiro , eu , Estarossa e Meliodas nos abraçando como verdadeiros irmãos , meus país pegaram até a câmera e nos fotografou . Eu tinha cinco anos na época, Estarossa tinha oito, mau sabíamos oque Meliodas ia fazer nos Estados Unidos, 3 anos depois, aí foi a vez de Estarossa ir já tinha 13 anos e eu tinha oito anos  . Mais quando fiz 13 não tinha a voltade de ir pros Estados Unidos não tinha a voltade de fazer o mesmo caminho que meus irmãos , ai começou a mudar tudo , Meliodas e Estarossa estavam de volta quando souberam que eu não ia mais , os dois estavam distantes Estarossa até me olhava falava comigo mais era muito pouco depois de um tempinho comecei a ter dores na barriga ia muitas vezes pro banheira até  que um dia vi o banheiro todo sujo , e não era frescura, imagina o seu banheiro todo sanguentado , era como ver um filme de terror , ando vi a cena do banheiro tinha voltade de grita mais fui enpedido pelo meu Onee-Sama(Meliodas) que colocou a sua mão na minha boca o mesmo fais um sinal de silêncio com sua outra mão, o obedeço e ele me pede pra eu o seguir e o sigo , melhor do que ficar vendo a aquela cena .

Nós descemos e eu sentei e fiquei no sofá Melidas fica na minha frente com um olhar de raiva , nojo, e frustação.

_Por que não foi pra Memphis ? Meliodas se referia uma das cidades do EUA foi lá que Meliodas e Estarossa ficaram nesses anos todos .

_ É que... bem é. .. Eu não quis ir pois não queria sequir o mesmo caminho que vocês dois . Desculpe Onee-Sama . Falei calmo , tímido e principalmente nevorso de medo de como ele reagiria a minha resposta .

_Só? Não acredito nisso . - O mesmo tampava os olhos com mão e a outra na sintura , provavelmente estava estresado,  nervoso , mais espero que não esteja bravo .- Zeldris por que ? Sei que tem mais algo nessa história! - A baixo a cabeça e balanço a cabeça negativamente pra Meliodas - Não MINta pra mim Zeldris!  Sei que tem mais - Ele estava serto tinha mais. 

_ Eu tenho uma namorada, não queria deixá-la e  também não quero ir pra Memphis! Poxa . Meliodas estava com cara de bravo , e quando menos eu espero eu recebi um soco no estômago , que tinha me feito de ramar lágrimas de tristeza. 

_ Só por isso?! Você não quis vir por isso ?! Não acredito nisso . Zeldris sabe quem é nosso pai né?  Ele perguta com estrece . Sim sábia meu verdadeiro pai era um homem de empresas muito famosa, mais minha mãe e pai não concordavam muito então se separaram . Aí minha mãe se casou com o primo do primo do primo de meu pai. Confuso . Sim e eu também não tinha entendido nada naquela época! Mas como minha mãe era nossa mãe ela ficou com nossa guarda , na verdade ela conseguiu nossa quarda no juíze de menores(eu acho que é isso) 

_ Sim . Onee-San . Ele veio até mim , eu era criança a inda e continuo a ser , pois tenho  apenas 17 anos mais como Meliodas e Estarossa tem identidade falsas então precisei mentir ordens da minha mãe , acredite eu passei muito rápido na escola e fui direto pra faculdade. 

Meliodas se sentou no meu  lado do sofá e me pega e me coloca em seu colo . Fiquei assim até pergar num sono ! Acordo e eu estava na minha cama ? Como assim na cama ? Será que Meliodas me colocou na cama quanto dormia . 

Me arrumei pra escola e desso as escadas , meus irmãos estavam vendo TV , passava o Jornal e vi outra cena indesejada por mim !

Minha namorada toda em sanguentada e morta na tem A da TV .

Me perguntava quem podia ser .

Mais acho que sei , né Onee-Chan, ou sera que foi meu pai ?

Mas todo aquele momento era ele meu irmãozinho Estarossa que tinha matado a minha namorada ! Ele estava por trais de tudo , eu o odiava,  matou os meus únicos amigos que eu tinha ! 

eu os odeio !

Mas que tudo mais infelizmente somos irmãos e mesmo na morte cotinuaremos ser ! 

Meliodas, Estarossa, infelizmente somos irmãos mais não erei os obedeçer NUNCA .







Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...