História Assinado, alguém em mudanças. - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Descobrimento, Romance Adolescente
Visualizações 2
Palavras 708
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, LGBT, Poesias, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Lembre-se, você só tem a vista da montanha que escalar.

Capítulo 1 - Piloto


Lisboa, dia 5 de janeiro de 2019. 

Hugo estar arrumando as malas com a sua namorada e planejando como vai ser a vida deles dali pra frente:

Hugo: até que em fim o grande dia chegou. Hugo fala animado e arrumando a sua mala que estar em cima da cama. 

Alicia: pois é. Fala Alicia toda desanimada. -pra quem estar saindo do país e deixando a namorada você estar muito feliz. Continua Alicia com o ton da voz irônico.

Hugo: oh minha princesa, logo, logo você estará lá comigo também, antes você precisa terminar sua faculdada e resolver sua vida aqui. Hugo senta ao lado da namorada.

Alicia: eu sei, falta só um ano e você poderia ficar aqui comigo até eu terminar, mas você só pensa em você, você não (Hugo interrompe)

Hugo: você não vai começar com isso de novo não né ? Eu tô cansado disso. Amanhã eu viajo e você vai querer brigar ?. Hugo levanta da cama bravo e volta a arrumar a mala.

Alicia: eu não vou brigar. Alicia levanta e começa ajudar o namorado, e depois de colocar duas camisa na mala ela começa a fazer cosquinha nele. 

Hugo: não faz isso. Hugo rir e Alicia continua, mas logo Hugo reverte o jogo e joga ela em cima da cama e começa a fazer cosquinha e dar um beijo em Alicia. Eles começa a se acariciar, mas logo Hugo volta a arrumar a mala.

Alicia: volta aqui vai, é nossa última noite juntos quero te aproveitar todinho. Alicia fala toda sapeca. 

Hugo: agora eu preciso terminar de arrumar as malas, se você me ajudar a gente termina mais rápido. Hugo falando dando um sorrisinho de canto de rosto. 

Alicia revira os olhos e continua arrumando a mala dele. Quando Hugo fecha a mala o interfone toca

Alicia: deve ser a comida, eu atendo. Alicia fala animada e correndo pra atender. -Alô, tá bom, tô indo aí buscar. 

Alicia grita: tô descendo pra pegar a comida

Hugo: tá bom, tem cuidado. 

Alicia: pode deixar, se o loubo mau aparecer eu deixo ele me comer. Alicia rir e ainda fala baixinho: já que você não faz mais nada. 

Alicia volta com a caixa da pizza e vai até o quarto e ver Hugo dormindo.

Alicia: ah não, eu que não vou acordar ele, vou comer a pizza todinha sozinha, ninguém mandou ele dormir. 

Logo depois de comer, Alicia deita ao lado de Hugo e adormece. 

Lisboa, dia 6 de janeiro de 2019. 

Hugo já estará todo arrumado para ir para o aeroporto, e olha pra alicia que ainda estar dormindo, ele olha aqueles cabelos claros da cor de mel quase no mesmo tom de seus cabelos e sua pele branca de encontro ao edredom e pensa... 

Hugo: tem alguma coisa de errado, será que eu não amo mais ela ? Será que o meu desejo por ela acabou ? Eu não sei o que tá acontecendo comigo. Deve ser só o estresse da viagem, e o nosso namora já tá bem desgastado, acho que a viagem vai fazer tudo melhorar, um longe do outros e a saudade vai bater... É, é isso, vai dar tudo certo. 

Hugo vai até a cama... 

Hugo: princesa, chegou a hora, eu preciso ir. Sua mãe ligou e disse que você precisa ir urgente pra casa que seu pai passou mau e não estar bem. 

Alicia: não vai, fica comigo. 

Hugo: eu não posso, preciso voltar pro Brasil, minha mãe tá me esperando. Mas assim que der, eu volto pra ver você ou você vai lá me ver, até a gente decidir definitamente onde vamos morar aqui ou no Brasil. 

Alicia: eu te amo e tem cuidado, assim que chegar lá me avisa, eu vou morrer de saudades de você... Alicia fala já chorando 

Hugo: você vai voltar a dormir ? Lembra que sua mãe tá precisando de você agora... 

Alicia ainda deitada

Alicia: vou dormir só mais 5minutinhos, meu pai deve ter chegado bêbado de novo e eu não vou perder meu sono por isso não. Ela dar um beijo em Hugo e deseja a ele uma boa viagem e volta a dormir. 

Hugo vai saindo de casa, fecha a porta e fala: 

Hugo: meu Brasil, meu Recife, meu nordeste, estou voltando... 



Notas Finais


Esse Hugo não estar muito contente com o seu namoro... Será que essa volta pro Brasil vai ter muitas surpresas ?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...