História At last loving...you. - Capítulo 10


Escrita por:

Visualizações 611
Palavras 1.121
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Esporte, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hoje teve dobradinha sim! E só digo uma coisa: Preparem seus corações! Esse capítulo tem uma novidade das grandes AAAA
Estou tentando adiantar um pouco a fic porque sei que daqui a pouco vou ficar sem tempo e não quero deixar vcs na mão. Vou tentar postar dois capítulos por dia ou então um maior.
Gif dessa DEUSA MARAVILHOSA
Boa leitura ❤

Capítulo 10 - A Namorada


Fanfic / Fanfiction At last loving...you. - Capítulo 10 - A Namorada

CASA DE ASENSIO

Essa semana eu praticamente me mudei para a casa de Marco. Quando dava, nós vínhamos juntos ao CT e quando não, pelo menos voltávamos juntos. Foi incrível tudo que passamos, era tão harmonioso e divertido. Eu estava feliz e amando. Logo eu que sempre fui “anti-amor”, sempre tive medo de mostrar meus sentimentos. Aqui estou eu, me derretendo por Marco, sorrindo bobo a cada instante que me lembro do seu sorriso, seu olhar. Posso dizer que amar é muito bom!

...

Estávamos comendo alguma besteira na cozinha, eu sentada no balcão e ele na minha frente.

-Você não se incomoda com os olhares dos seus colegas de trabalho lá no CT? Agora que eles sabem mesmo que estamos juntos, meio que piorou, não foi?

-Piorou mas eu não ligo. Meu chefe está ciente e eu só respondo a ele e mais ninguém. Além disso, eu estou com você! Nada mais importa!

-Você...arriscaria seu emprego por mim?- olho dentro dos olhos dele e respondo.

-Sim, Marco. Eu faria de tudo se não me deixassem ficar com você. Eu...lutaria com unhas e dentes para ficar com você, mesmo custando a minha paz no trabalho.- ele me beija.

-É o que está acontecendo agora, não é? Você não tem paz lá...por causa de mim.

-Não, meu amor...- acaricio o rosto dele. Mas eu menti, minha paz lá já não existia por conta do meu relacionamento com ele.

-Mas tudo bem...estou feliz que esteja comigo!

-Eu também!- o beijo mais demorado.

-Eu te amo!- ele fala me dando vários beijos curtos.

Acordo na sexta de noite para ir para meu plantão, a universidade exigia pelo menos 3 por mês. Já ele tem um jogo no sábado, pelo menos é aqui em Madrid.

Deixo um beijo em Marco que dorme feito anjo.

-E aí, como estão as coisas em Valdebebas?- Carla me pergunta. Agradeci tanto por fazer plantão com minha amiga e matar a saudades do Sanitas.

-Horríveis!- sorrio.

-E por que essa cara feliz?

-Porque estou com Marco e ninguém vai tirar essa felicidade de mim!

-Eita que está toda apaixonada! Kk

-É a primeira vez que me sinto assim. Eu nunca me declarei e nunca abri meu coração para ninguém como fiz com ele. Eu...me entreguei de corpo e alma.

-Oh que lindos!

-E eu acho que ele quer nos tornar oficial quando o pai e o irmão chegarem a Madrid.

-Nossa quem diria hein?! A garota que disse que nunca ia se envolver com um jogador, está caidinha por um.

-Queimei a língua, não foi? Kkk

-Sim mas fez muito bem kk ele é um gato.

-E é muito fofo...ele é perfeito!

-Meninas,- a chefe da ala de emergência nos chama.- chegou um paciente com sinais de fratura. Vamos?

-Claro!- me levanto. Quando ela sai da sala.- Esse plantão vai durar quantas horas?- pergunto bufando.

-12 horas, pelo menos foi o que disseram.

-Aff!

E foram as 12 horas mais longas de minha vida! Chego em casa, troco de roupa e vejo que Marco deixou uma mensagem.

“Quero te encontrar lá em casa depois do jogo! TQM”

Eu olho para o relógio e são 3 da tarde, ele deve voltar umas 9 horas. Vou descansar um pouco aqui e ir para a casa dele.

Acordo um pouco atrasada, são 8:30 da noite e vou à casa de Marco. Ele deixa a chave escondida no mesmo local, mas vejo que a chave não está mais lá e a porta está aberta. Meu coração bate acelerado. Será que entrou alguém e se foi um assaltante?!

Vejo que tem uma mala no pé da escada, subo na ponta dos pés e com o celular já com o número da polícia discado, qualquer coisa era só apertar. Então vejo a luz do quarto dele acesa.

Meu coração está para sair da boca. Abro devagarzinho e então vejo uma mulher só de lingerie deitada na cama dele, soltamos um grito juntas.

-Ai que susto!- ela fala a me ver.

-Quem é você?- pergunto parada na porta.

-Marina Muntaner, namorada de Marco.

Eu fiquei sem “SHAWN”! Não sabia como reagir, minha visão começou a ficar turva. Me segurei com força na porta para não cair.

-Na-namorada?- repito para ver se entendi certo.

-É...namorada. E você quem é?!- Eu não queria responder, eu só queria sair dali correndo e chorar.- Você está parecendo...ah a prima do Marcelo que os jornais falaram, agora me lembro. O que está fazendo aqui? Por acaso veio fazer faxina?- pronto, foi só ela falar isso que eu voltei para a terra e meu sangue ferveu.

-Por que eu iria fazer faxina?!

-Ah sei lá...veio do Brasil tentar a vida aqui...seu primo é famoso mas não te sustenta. Ai não sei garota, só me diz o que está fazendo aqui?

Eu já comecei a pegar ranço dela, primeiro por achar que sou faxineira só porque vim do Brasil. Segundo, essa vagabunda já poderia ter colocado uma roupa, não sou obrigada a ficar vendo ela de calcinha e sutiã.

-É melhor não...- eu falo me virando para a porta.

-Ei não vai sair daqui sem me dizer o que veio fazer na casa do MEU NAMORADO!

-Se você quer saber, eu vim a pedido dele!

-E por que ele pediria isso?

-Porque...- como dizer que é sou a amante do namorado dela, mesmo sem saber?

-Anda, fala!

-Nós estamos juntos, tá bom! E...eu não sabia da sua existência!- meus olhos se enchem de lágrimas.

-Ai Marco, não aguentou esperar eu voltar de viagem para arranjar uma amante...típico.- ela balança a cabeça com reprovação mas não está tão abalada.

-Como assim?

-Eu às vezes viajo a trabalho, para fotografar e Marco sempre faz isso. Mas como pode perceber, sempre continuamos juntos.

-Ele não me mandaria mensagem para vir aqui se ele soubesse que você estaria aqui!

-Resolvi fazer uma surpresa para ele, voltei hoje para a Espanha e bem...estou aqui!

-Surpresa mesmo...se não se incomoda...- me sento na poltrona para assimilar tudo o que aconteceu.

-Assim...agora que já sabe que foi só um brinquedinho para ele enquanto eu não estava,- ela começa.- pode ir embora. Estou aqui para fazer uma surpresa para ele e você está atrapalhando.

-Você acha que eu vou embora assim? Eu quero uma explicação!

-Já dei!

-Não de você! Da boca dele, quero saber porque ele me enganou durante todo esse tempo!

-Até parece que não conhece os homens!- ela revira os olhos.

-Esse lado eu não queria conhecer.

-Tá, deixa de se fingir de inocente! Agora sai daqui, eu estou louca para ter uma noite com meu namorado!

-Não fala assim comigo! Tá achando que pode me tratar como um lixo descartável?!

As coisas começaram a ficar quentes entre nós.


Notas Finais


QUE TIRO FOI ESSE, BRASEEL?!
Comentem o que acharam dessa "novidade". Parece que alguém vai tomar o lugar da Melania de personagem mais odiada não é mesmo?!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...