História At last loving...you. - Capítulo 35


Escrita por:

Visualizações 356
Palavras 2.437
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Esporte, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá amoras!
Perdoem-me pela demora. Para me redimir, um capítulo mais longo.
Boa leitura! ❤
PS: provavelmente essa semana não terei tempo de produzir outro capítulo, não me matem, tenho prazo para entregar um trabalho até domingo, vou me dedicar a ele essa semana e vou ter que deixar a fic um pouco de lado 😢

Capítulo 35 - Você não vai se ver livre de mim


Fanfic / Fanfiction At last loving...you. - Capítulo 35 - Você não vai se ver livre de mim

Cartagena.

Volto para o hotel onde estou hospedada. Ainda não tive coragem de abrir as mensagens de Marco, o pouco que a tela do celular me deixou ver não era bom. Eu precisava descansar antes e refletir em tudo o que aconteceu antes de falar com ele.

Chego ao meu quarto exausta. Bianca está dormindo na outra cama e dou graças a Deus que meus pais estão em outro quarto. Dr. Roberto não iria gostar de me ver chegando essa hora.

Tomo uma ducha rápida e deito na cama. Durmo das 8 até as 14 horas. Acordo cansada mas não consigo dormir mais. Como alguma coisa e rodo pelo hotel, tudo isso para tomar coragem para ligar para Marco. Não adio mais, pego o celular e ligo. Não sei o que me espera...

-Oi Marco.- falo desconfiada.

-Oi.- ele fala frio.

-O que foi que aconteceu?- pergunto com medo da resposta.

-Eu estou com tanta raiva que não sei nem se quero falar com você!

-Marco! Por favor...o que eu fiz?

-Eu te peço em namoro, você recusa e logo depois vai para os braços de James!

-M-mas como você sabe?

-Ah não sabe?! Não viu as notícias?

-Que notícias?- eu realmente fiquei longe do celular no dia de hoje.

-“As férias calientes de James!”. Na internet está rolando várias fotos de vocês na balada. Olha Larissa, faz o que quiser da sua vida, só me esquece, tá bom?

-Não, Marco! Espera ai!- ele desliga em minha cara.

Só então vou procurar na internet e vejo as fotos. Mas que merda, são muitas! Tem foto da gente dançando, foto da gente se beijando, foto de James pegando em minha bunda e por fim a gente saindo da balada de mãos dadas.

Mas que merda!! Começo a chorar. O que foi que eu fiz? Estou em um conflito interno! Um lado meu quer mandar tudo se foder! “Eu estou solteira, não é mesmo?!”. E o outro lado está se martirizando “Sua idiota, é assim que você retribui o amor dele?! Parabéns, perdeu ele de vez!”.

Volto para o quarto chorando, tranco-me no banheiro e fico lá. Depois me vem a cabeça que preciso falar com a Dani também. Mesmo ela já estando separada de James há meses, eu sou amiga dela e preciso...contar, mesmo que ela saiba. Eu preciso saber se está tudo bem!

-Dani...-ligo temerosa. Já perdi o Marco, será que vou perder minha amiga também?!

-Oi Lari!- ela responde em um tom alegre, isso é bom sinal.

-Está tudo bem?

-Tudo ótimo e com você?

-Estou bem, eu acho. Então...eu...queria contar algo.

-Pode parar, eu já sei do que se trata.

-Desculpa, amiga...eu realmente não...

-Shh...-ela me interrompe.- Lari! Eu não estou brava e nem nada! James e eu agora somos amigos e pais de Salomé, só isso! E estou até aliviada...

-Como assim?

-Pelo menos eu te conheço e sei que ele está com uma pessoa que gosta dele, não é interesseira. Esse é meu maior medo, entende?

-Obrigada Dani! Mas...foi só uma noite. Sabe que...

-Você ama o Asensio? Sei sim, está estampado na sua cara!- ela sorri me fazendo rir junto.

-Eu acho que o perdi, Dani.

-Tente explicar seu lado. Pelo que sei, vocês ainda não estavam namorando. Ele não pode pedir muita coisa de uma pessoa solteira de férias em Cartagena, né? Kk

-Ai Dani kkk Mas ele me pediu em namoro e eu adiei a resposta.

-Se vocês se amam, tudo vai dar certo no final! E caso não dê certo...Salomé vai adorar te ter como madrasta kk

-Você não existe, Dani kk Queria saber lidar com as coisas assim, que nem você!

-Um dia você aprende! Kk

Estou um pouco aliviada, não perdi a amiga. Mas tento falar com Marco de novo, quem sabe eu não tenho mais sorte dessa vez?

Mas ele não me atende. Eu já estou ficando louca! Minha irmã aparece no quarto com um rosto nada legal.

-O que foi, Bianca?

-Papai viu as notícias de sua noite com James num programa local.

-Mas que porra! Não se pode ter nem um momento de privacidade?

-Não quando você está com a maior estrela do país, né sua tonta!

-Para!

-Já que você terminou com o Dybala, agora vou apostar no James. Se Luana continua no Asensio, problema é dela!

-Nem vem, sua idiota! Olha no que deu com Dybala, não quero estragar minha amizade com James!- nessa hora meu pai entra furioso no quarto.

-Larissa Anastásia Constantine Villasboas!- ele fala meu nome completo. Puta que pariu, sei que ele fala isso quando está com ódio. E me pergunto se ele não estava com ódio quando colocou esse nome em mim! Sempre odiei meu nome, apesar de ser por uma causa bonita(Anastásia foi uma homenagem a minha avó, mãe do meu pai) porque não fizeram de uma forma mais harmônica? O nome Larissa não combina com nada, já basta por si só!

-Não fala meu nome todo, pelo amor de Deus!- reclamo.

-O que essas suas fotos...sem vergonha estão fazendo nos noticiários de toda a Colômbia?

-Eu também queria saber.- soei sarcástica apesar de ter expressado a verdade.

-Não me vem com sarcasmo numa hora dessas mocinha!

-Mas eu realmente quero saber!- explico.

-Já te falei para esquecer esses jogadores, são homens complicados. Não servem para você! Você é linda e inteligente, vai arranjar alguém da sua área, não é possível que não ache!

-Eu não tenho culpa, tá bom? Parece que sou a porra de um imã para jogadores. Não pedi isso!

-Controla a boca, garota!

-Não consigo, pai!- meus olhos se enchem de lágrimas.- Não tenho cabeça para pensar em mais nada...

-Vou ver o que posso fazer para controlar essa invasão de privacidade...

-Não é isso o que me preocupa pai! As fotos são...até que inocentes. Só estou curtindo com ele. O problema é que nesse momento eu estou perdendo o amor da minha vida e não posso fazer nada!- ele para e pela primeira vez seu Roberto não sabe o que falar.

-E por que você não pode fazer nada?- ele pergunta e na hora tenho um pensamento rápido. Ele sorri, sabe o que acabou de fazer. Ele era mestre em me instigar.

-Eu te amo, pai!- o abraço.

-O quê? Eu nunca entendo vocês dois!- Bianca reclama.

-Você saiu insensível que nem sua mãe kk- meu pai brinca.- Vai, minha filha! Recupera o seu amor. Você não vai desistir até conseguir, está me ouvindo? Porque um Villasboas nunca desiste! Agora vai, não tem muito tempo!

Eu pego minha mala e jogo as roupas dentro. Corro para o aeroporto e pego o primeiro voo para a Espanha. Marco não vai se ver livre de mim, não agora!

...

Madrid. 6 de janeiro de 2018.

Estou em Madrid há um dia. A primeira coisa que fiz foi ir ao CT e regularizar meu contrato.

-Larissa, estou tão feliz com sua volta. Queria que coordenasse o setor de recuperação mas você é teimosa!

-Me deixa começar debaixo, Afonsito!- ele sorri.

Ele me devolveu o posto na equipe médica que acompanha os jogadores. Eu pedi, assim fico mais perto do Asensio.

Depois fui procurar uma casa. Não quero abusar mais de Marcelo e Clarice. Finalmente está tudo voltando para o lugar, tudo está onde sempre deveria ter ficado...em Madrid. Eu nunca deveria ter saído daqui, só agora percebo.

Marco chega de Mallorca no dia 10 de janeiro. Mesmo ele não querendo me ver, o procuro em sua casa.

-Oi...-falo quando ele abre a porta.

-Larissa, eu já disse para me esquecer!

-Podemos conversar?- ele me olha.- Por favor!!

-Ok! Entra!- ele abre passagem e eu entro. Vejo que ele está sozinho em casa.- Vai se explicar? Começa então!

-Não fala assim!

-É para falar como? Você não merece nem meu tempo!- doía escutar isso.

-Não vem com 4 pedras na mão, Marco. Eu vim só...esclarecer. Eu disse que queria terminar o ano sozinha...queira quer não eu estou solteira ainda e posso fazer o que bem entender!- ele me olha fechado.

-Ai você vai e fica com James, meu amigo! Eu...não te entendo!

-Não foi planejado Marco, eu bebi demais e fiz coisas demais...e foi só sexo.- tento passar uma normalidade mas minha voz afinou.

-Você transou com ele depois que eu me declarei para você!- ele se aproxima com raiva.- Eu esqueci de todo o passado, te aceitei de volta...

-Espera ai!- o interrompo.- Está falando como se eu tivesse errado antes e você foi bom demais me querendo de volta quando regressei à Madrid!- me irrito.- Se você não se lembra, você pisou primeiro na bola comigo!

-Mas fiz de tudo para te ter de volta?

-Fez? Voltando para a Marina? Eu me lembro disso!- pronto, começamos a brigar de novo.

-Eu terminei com ela, se você não se lembra!

-Mas eu já estava com outra pessoa! Você acha que tudo tem que ser no SEU tempo?! Você queria que eu estivesse livre quando terminou com a Marina e queria que eu estivesse disponível quando terminei com Dybala. Mas não! Não é só no seu tempo!- começo a chorar.

-Então tem que ser no seu?!

-Eu não disse isso! Por favor, vamos parar, não quero brigar por coisas que já passaram!

-É...vamos falar da merda que você fez agora! Como pôde ficar com ele?! Vocês já se gostavam? Tem algo entre vocês dois?

-Não, Marco. Eu gosto de James como amigo.

-E transa com ele!

-Foi um acidente...

-“Acidente”- ele ri irônico.- Olha Larissa, como você disse...está solteira e pode fazer o que quiser...eu não sou seu dono.

-O que você quer dizer?

-Que está certa, tá bom?! Você realmente podia ter transado com 20 naquela noite que não seria da minha conta!

-Sei que vem um “mas” por aí...

-Eu cansei, Larissa! Cansei de fazer de tudo para te ter, cansei de correr atrás e você sempre fugir...cansei!

-Não Marco...-me aproximo dele.- por favor, eu estou aqui! Não precisa mais correr, eu estou aqui!- seguro o rosto dele com as duas mãos. Meus olhos suplicam, ele desvia o olhar e tira minhas mãos.- Eu te amo Marco e sou sua, sempre fui, sabe disso!

-Engraçado você perceber isso só quando eu desisto de você. Acho que você só gosta da sensação de ter alguém se arrastando ao seu pé.

-Óbvio que não! As nossas vidas ficaram bagunçadas, você errou, eu errei. Mas agora estamos aqui, prontos para sermos felizes.

-Eu não posso...eu te ofereci todo meu amor e você se negou. Eu abri meu coração, corri de volta para você e você simplesmente fechou a porta em minha cara.

-Não fiz isso...só pedi para terminar o ano sozinha para colocar as coisas no lugar.

-Mas eu me senti assim caramba!! Você consegue imaginar o que eu senti quando vi suas fotos com James?

-Me perdoa...-abaixo a voz.- Eu sei que errei, mesmo não tendo a intenção.

-Ninguém tem a intenção de machucar alguém mas machuca mesmo assim. Se quiser ser minha amiga, tudo bem. Se não, ótimo também. Só não quero mais nada. Acabou!- meus olhos estão cheios de lágrimas.

Não consigo dizer mais nada, Marco não olha para mim. Pego minha bolsa e saio correndo.

Não acredito que agora que finalmente estávamos livres um para outro, isso acontece! Eu sei que errei ao ter ficado com James mas será que foi tão grave assim?

Mais uma vez vou desabafar com Carla.

-Uau que casa enorme!- ela fala ao chegar na minha casa nova.- Uau que cara inchada kk-ela me faz rir.

-Estou há mais de uma hora chorando por Asensio.

-Meu Deus, vocês dois não tem jeito. O que foi dessa vez?- explico tudo para ela.

-Eu pisei na bola? Pisei! Mas eu assumi meu erro e...pedi perdão.

-É amiga...James é um pedaço de mau caminho real! Olha onde esse mau caminho te levou.

-Mas eu pedi para ficar sozinha...eu prometi que depois conversaríamos sobre nós.

-Eu sei mas na cabeça dele, você ficar sozinha é não ter contato com nenhum outro cara e quando ele viu você com o amigo dele, tenho certeza que pensou que você estava enrolando ele. E ele deve ter traumatizado com o lance com Dybala também.

-Pode ser...que merda! Eu errei feio!- bato a cabeça no sofá.

-Nada que não tenha conserto! Ora, ele te ama ainda, você o ama, lute por ele! Sabe que ele vale a pena!

-Mas ele não me quer mais, você tinha que ter visto o olhar dele...

-Ele está com raiva, Larissa! É normal! Levanta essa bunda e vai correr atrás dele, garota!

E foi o que eu fiz! Se prepare Marco, eu não vou te deixar livre até ser meu de novo!

...

Ao me ver no CT, ele fica um pouco sem jeito.

-Bom dia, Asensio.- falo sorrindo.

-Bom dia.- ele fala educado. Mas quero mais que isso. O acompanho ao gramado.- Para de me seguir!

-Ah não sabe?!- ele me olha questionador.- Larissa Villasboas, médica chefe da equipe de acompanhamento.- brinco e ele fica me olhando, vejo que ele está reprimindo um sorriso.

-Você é insuportável, garota!- ele sorri de lado.- Vou treinar!- ele sai correndo.

-Você não vai se ver livre de mim, Asensio!- aceno e ele me mostra o dedo vulgar do meio sorrindo.

Acho que isso é um bom sinal. Acho...

Lá estou eu, almoçando com os garotos, parece que tudo parou no tempo, de quando os deixei aqui, e agora retomava como se nada tivesse acontecido.

-Lari, vai para a festa do Marco?- Isco pergunta.

-Hum...vou, Marco?- pergunto olhando diretamente para ele. Ele abaixa a cabeça, olhando para a bandeja e depois olha para mim.

-Pode ir, se quiser.- ele dá de ombros.

-Tudo bem...

-Eu realmente odeio vocês dois kkk- Isco comenta me fazendo rir.

-Nem roteiro de novela mexicana é tão dramática quanto à relação de vocês!- Navas aparece sorrindo.- Só espero que o desfecho seja feliz kk

Tentei conversar sozinha com Marco mas ele estava me dando o troco, estava fazendo o que fiz com ele, fugindo! Mas uma hora teríamos que parar e conversar de novo.

...

É o aniversário dele e ele comemoraria numa balada. Estava animada porque os peligrosos vinham! Eu não os via há muito tempo.

Coloco uma roupa fatal, um vestido com um decote nas costas, a deixando toda desnuda. Meus cabelos pretos estava todo trabalhado no babyliss e a maquiagem marcada nos olhos e nude na boca deu o toque final. Me olhei no espelho e me senti a mulher mais linda e gostosa do mundo.

Marco, meu amor, você não perde por esperar!


Notas Finais


Mais drama para esses dois. A pergunta que fica é, por quanto tempo Marco vai resistir?! haha
Não me guento kk esses dois tem que ficar juntos logo AAA


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...