1. Spirit Fanfics >
  2. At The Limit Of Attraction >
  3. Capítulo 1 - Pedido

História At The Limit Of Attraction - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


✄ Já faz bastante tempo que eu tenho essa fanfic salva nas minhas histórias, quer dizer, ela estava salva nas histórias da minha antiga conta mas ela também estava salva no meu pen drive e por isso eu resolvi postar ela hoje, porém antes eu nunca tive coragem de postá-la, ela é o meu xodó e eu estou muito animada e empolgada com essa fanfic, eu ralmente espero que vocês gostem;
✄ Observação: Leiam as notas finais, os avisos que eu coloquei nela são muito importantes;
✄ Boa leitura!❤

Capítulo 1 - Capítulo 1 - Pedido


Deitada em minha cama de barriga para cima e com os olhos abertos, eu me encontro escutando música nos meus fones de ouvido com os mesmos no volume máximo enquanto penso mentalmente e me lembro do que aconteceu hoje durante o meu dia e no pedido que o Sasuke, meu melhor amigo, me fez.

Flashback on

— Eu não acredito que você está transando com o Gaara. - falo desacreditada enquanto levo o meu sanduíche até a boca e mordo um pedaço do mesmo. — De todos os garotos de Konoha você foi logo sair com ele Ino, o meu ex namorado, sério isso? - faço uma careta e vejo ela dar de ombros.

— Qual é o problema? Nós dois temos dezoito anos, somos solteiros, desimpedidos e curtimos transar sem compromisso, é o relacionamento perfeito. - a loira diz e pisca o olho para mim.

— Relacionamento perfeito? Relacionamento aberto não é perfeito, você só está sendo corna e mesmo assim sabe e gosta, isso é o significado de relacionamento aberto. - Temari diz e manda um beijo no ar para Ino.

— Exato, relacionamento aberto é uma droga. - falo baixo. — É mais fácil vocês se agarrarem as vezes por diversão porém sem denominar como um relacionamento, seria menos vergonhoso. - falo sem encarar Ino nos olhos.

Não pense que é por ciúmes, de fato eu não sinto mais nada pelo o Gaara porém eu realmente acho relacionamento aberto uma grande merda e por isso eu tento fazer com que Ino continue pegando o Gaara porém sem nomear essa pegação deles como um relacionamento, traduzindo, relacionamento aberto significa pessoa corna que sabe que é corna e gosta disso então qual é a o sentido de ter um relacionamento aberto? Nenhum.

— Acho que vocês duas estão com inveja. - Ino fala e eu e Temari a encaramos incrédula. — Estão com inveja porque o Gaara é lindo e quem transa com ele todos os dias sou eu e não vocês.

— Você e mais cem garotas da nossa escola, se toca Ino ele só tá te usando, seja menos trouxa e menos burra, eu sou irmã dele e não faço o tipo de pessoa que curti incesto. - Temari fala de um modo rude.

De fato ser tachada como invejosa também não me agradou.

— E no pau que você tá sentando eu já sentei mais de cinquenta vezes, não tente competir comigo gata porque se fosse pelo o Gaara nós estaríamos namorando até hoje.

— Exato, mas não estão apenas porque você colocou dois par de chifres nele e mesmo assim ele ainda queria continuar o relacionamento de vocês. - Temari diz entre risadas e eu vejo Ino revirar os seus olhos e se levantar da mesa na qual estamos sentadas e seguir caminho para fora do refeitório. — Ui, toquei no ponto fraco. - Temari debocha e eu faço uma careta.

— Ino não admite mas ela está começando a gostar do Gaara. - falo e tomo um gole do meu refrigerante. — Pena que no momento ele não quer mais namorar com ninguém, eles dariam um belo casal. - dou de ombros.

— Talvez, mas você deixou ele traumatizado então agora ele só quer transar sem compromisso, coitado. - Temari debocha novamente.

— Ele é o seu irmão e mesmo assim você debocha dele, as vezes eu não te entendo loirinha. - falo não deixando de soltar uma gargalhada e vejo Temari rir junto comigo.

Me levanto do banco após pegar a minha bolsa do chão e vejo Temari me olhar com uma expressão interrogativa.

— Eu tenho que ir agora, combinei com o Sasuke de me encontrar com ele na saída da escola, vamos ir ao parque juntos. - vejo Temari levantar o canto de seus lábios e eu rapidamente nego com a cabeça enquanto nós duas voltamos a rir. — Não não, o Sasuke pode ser muito lindo mas ele tem namorada é o meu melhor amigo, não vejo ele como nada além disso então não eu não vou transar com ele. - falo rindo porém de um modo firme.

— Até quando vai negar que vocês dois estão loucos para se pegar? Vocês dois se olham com um fogo enorme, desde muito antes dele começar a namorar a Karin vocês já estavam se paquerando, por que não transam logo?

— Não não, nós estávamos zoando, apenas isso. As vezes eu até dou um selinho nele porque eu gosto de ver ele todo vermelho e falando todo nervoso que não é o certo porque ele tem namorada mas nada além disso, eu só gosto de zoar ele mesmo. Eu nunca vou transar com ele acredite.

– Nunca diga nunca, nós não sabemos quais serão os nossos desejos e sentimentos no amanhã.

— Bla bla bla, eu falo porque eu não acredito nessas coisas, o Sasuke é muito certinho e deve curtir transar a luz de velas. - escuto ela começar a gargalhar alto novamente e isso me faz rir também. — É sério poxa, somos totalmente diferentes, você sabe que eu gosto de sexo bruto e selvagem já o Sasuke ao invés de falar foder ele fala "fazer amor", é muito brega.

— Credo, acho que nem a minha vó mais fala fazer amor. - dou de ombros agora parando de rir e apenas sorrindo.

— Pois é, Sasuke Uchiha é uma pessoa única e além do mais se eu me envolvesse com ele eu iria quebrar o coração dele e eu não estou a fim de ver o meu melhor amigo chorando por causa de uma desilusão amorosa, ainda mais uma desilusão amorosa causada por mim, é melhor ele continuar com a chata da Karin mesmo, ela é insuportável mas pelo menos gosta dele de verdade e valoriza a pessoa maravilhosa que ele é. - falo agora ficando séria.

— Ui, altos elogios. - ela fala agora mais calma e eu dou de ombros.

— Sasuke pode ser um careta mas tem um coração muito bom, pode soar meio brega mas eu realmente amo ele, como melhor amigo óbvio mas mesmo assim amo, ele merece uma pessoa boa e não alguém que só queira transar com ele sem compromisso. 

— Realmente soou bem brega. - ela faz uma careta. — Mudando de assunto, vai vir amanhã na aula?

— Acho que não, vamos sair mais cedo então provavelmente eu vou ficar em casa mesmo, talvez eu convide o Naruto para me fazer uma visita amanhã durante o dia, minha mãe vai estar trabalhando. - lanço uma piscadela para a mesma e vejo ela me olhar com um sorriso malicioso. 

— Garota você não presta.

— Isso eu não posso negar. - mando um beijo para ela no ar. — Amanhã de noite eu te ligo para te contar como foi o meu dia com o loirinho. 

— Vou querer saber dos mínimos detalhes, saiba disso.

— Ok. - falo entre risadas e dou as costas para a loira logo me dirigindo para a saída do refeitório sentindo vários olhares sobre mim.

Os garotos me desejam, as garotas me invejam e saber disso faz eu me sentir muito bem.

(...)

— E então, sobre o que queria tanto falar comigo? - pergunto após alguns minutos encarando o rosto perfeito e belíssimo do meu melhor amigo que se encontra com uma expressão facial muito estranha desde que me viu. 

Sasuke normalmente é quieto como está agora porém ele quase nunca me olha como se estivesse...tímido? É, talvez essa seja a palavra certa para definir como ele está agora, com as bochechas coradas levemente, com os seus olhos ônix perfeitos encarando qualquer canto do parque menos os meus olhos.

Definitivamente ele não está normal, eu e ele quando estamos juntos trocamos olhares a todo o momento e nunca evitamos nos encarar.

Sentir que ele está com vergonha ou com receio de olhar para mim me provoca uma sensação estranha que eu não sei definir qual é, talvez tristeza ou medo? Não sei ao certo, só sei que eu definitivamente prefiro quando ele está com os seus olhos presos em mim.

— B-bem... ‐ ele começa a falar e suspira alto tomando coragem suficiente para continuar falando. — É que é meio complicado e vergonhoso...

Ergo as sobrancelhas. 

— O que é meio complicado e vergonhoso? - o encaro esperando a sua resposta e lentamente eu vejo os seus olhos ônix se desviarem da paisagem e se focarem nos meus.

Uma corrente elétrica passa pelo o meu corpo e eu instantaneamente desvio os meus olhos para os seus lábios vermelhos e carnudos.

— Bem... - ele começa a falar novamente e eu volto a encarar o mesmo. — É que a Karin tentou transar comigo ontem...

— É sério? Era isso? - pergunto fazendo uma careta e vejo ele assentir constrangido. — Ela é sua namorada, isso é normal e vocês já devem ter feito isso tantas vezes, não entendo o motivo do nervosismo. - reviro os meus olhos.

— Na verdade eu ainda sou... - ele da uma pausa, respira fundo e novamente volta a se pronunciar. — Virgem...

— O QUE? - praticamente berro e rapidamente vejo ele desviar o seu olhar do meu e ficar mais vermelho do que uma pimenta, sinto vários olhares em mim de pessoas que devem estar me achando estranha mas mesmo assim eu apenas ignoro. 

Estou ocupada demais encarando o meu melhor amigo como se ele fosse uma aberração para me preocupar com olhares alheios.

— Sasuke Uchiha você tem dezoito anos e ainda é virgem? Me diz que isso é mentira. - pergunto fazendo gestos com as mãos e apontando o meu dedo na direção do seu rosto.

— Não é mentira Sakura, eu e a Karin namoramos a quase um ano e mesmo assim eu nunca encostei nem um dedo nela. - ele diz e eu faço uma careta.

— Caralho Sasuke, não me diz que tu é gay? - pergunto e vejo ele me lançar um olhar irritado.

— Óbvio que não, eu sou bem homem.

— Pois não parece, tu vive em que século? Não consigo acreditar que a Karin nem pra isso foi útil. - faço uma careta e sinto o olhar raivoso de Sasuke sobre mim. 

— Ela tentou diversas vezes, ok? Eu que sempre fugi ou inventei uma desculpa, eu não me sinto pronto com ela sabe? Não me sinto seguro...

— Falando desse jeito você tá parecendo uma marica. - acabo soltando uma risada mas logo paro quando vejo Sasuke suspirar frustrado. — Tá ok, mas o que eu tenho haver com isso? Me chamou aqui apenas para desabafar?

Eu realmente não consigo acreditar que a Karin não tenha conseguido transar com o Sasuke, poxa mesmo ele tentando fugir havia várias formas de fazer com que ele queresse ainda mais que ela, era só ser esperta e fazer ele sentir desejo, e existem várias formas de fazer isso.

Ela deve ser mais inexperiente do que o próprio namorado que ainda é virgem.

Poxa, se o Sasuke fosse meu namorado no primeiro dia do nosso namoro nós já estaríamos transando em várias posições diferentes, ainda mais o Sasuke que tem um corpo não muito sarado mas que mesmo assim é bem forte e definido, seus cabelos rebeldes e negros assim como os seus olhos que tem a mesma cor, céus, meu melhor amigo é uma perdição e saber que a Karin tem um namorado gostoso desses e não aproveita faz eu me sentir agoniada.

— Eu quero que você me ensine, quero que você me fale o que eu devo fazer para conseguir satisfazer a Karin na hora do sexo, eu não me sinto seguro pois não sei se vou conseguir deixar ela satisfeita sabe.

Porra Sasuke só de você estar falando com essa voz rouca perto de mim eu já quase estou tendo um orgasmo aqui mesmo, duvido muito que você não vai conseguir fazer aquela Karin gozar.

— Falar? Sexo não é algo para falar Sasuke, eu só conseguiria te mostrar na prática. - falo como se fosse óbvio e acabo sorrindo quando vejo as bochechas de Sasuke corarem, tão adorável. — Você disse que não se sente seguro não é?

— Sim. 

— Ok, façamos assim. Eu vou te emprestar alguns livros sobre sexo que eu tenho em casa e aí você vai ler todos eles atentamente, também vou te emprestar alguns filmes pornôs que eu tenho e você vai assistir, caso você ver e ler tudo mas mesmo assim não entender o que deve fazer e não se sentir pronto, eu mesma irei tirar a virgindade do bebê. - falo a última palavra com deboche. 

— O-o q-que? - vejo ele corar. — Desde quando você assisti filme pornô e lê esse tipo de livro?

— Há muitos anos mas isso não importa no momento, enfim, você vai querer ou não? Se a sua resposta for não você pode ser virgem pelo o resto da sua vida e ver a sua preciosa Karin te largando pra ficar com outro, é pegar ou larg...

— Eu aceito. - ele me interrompe falando sem me encarar e isso me faz sorrir animada.

— Ótimo, eu tenho uns filmes ótimos que mostram tudo nos mínimos detalhes. - vejo ele fazer uma expressão de nojo que me faz rir. — Mas não se preocupe, se não adiantar nem os filmes e nem os livros eu vou te ensinar na prática bebê e eu vou te ensinar tudo o que você precisa saber, até posições diferentes que de fato irão fazer a Karin nunca mais querer te largar.

— Transar e perder a minha virgindade com a minha melhor amiga vai ser estranho. - ele diz e por mais estranho que seja eu me sinto incomodada com essas suas palavras mas tento não demonstrar.

— Você diz isso agora, quando me sentir pela primeira vez você vai querer me sentir toda hora e de várias formas diferentes. - seu olhar se encontra com o meu e é impossível eu não sentir o meu coração começar a acelerar.

Como alguém consegue ser tão lindo?

Flashback off

Escuto o meu celular vibrar em cima de meu peito fazendo com que a música pare por alguns segundos e isso faz com que eu desbloqueie a tela e logo abra as minhas mensagens sentindo o meu coração ainda batendo aceleradamente por causa dessas lembranças de hoje mais cedo.

Sasuke: Vai estar em casa que horas amanhã? Vou passar aí para buscar os filmes e os livros. 

Mordo o meu lábio inferior antes de digitar a resposta.

Sakura: Vou estar livre a tarde toda, vem cedo que aí nós dois podemos assistir um dos filmes que eu vou te emprestar juntos.

Sasuke: Não vai ser estranho?

Sakura: Claro que não, se caso isso não der certo você vai transar comigo então não, isso não é nada estranho, apenas relaxa Sasuke.

Sasuke: Ok, chego 13:30, até amanhã.

Sakura: Até baby.

Suspiro e jogo o meu celular na minha cama e me sento na mesma, só de pensar em mim transando com o Sasuke faz com que eu sinta o meu baixo ventre se contrair.

Será que a Temari realmente estava certa?

Será que eu sempre me senti atraída pelo o meu próprio melhor amigo?


Notas Finais


₍💌₎ O primeiro capítulo foi meio curto não é? É porque ele é como se fosse um prólogo para vocês saberem como foi o pedido do Sasuke para a Sakura e mais ou menos entenderem como a fanfic será, um pouco mais abaixo eu deixei alguns avisos muito importantes para você ler, ok? Ok.

♡゚・。。A fanfic terá conteúdo sexual explícito e terá linguagem imprópria também, se você não gosta ou tem menos de dezoito anos eu não recomendo que você continue lendo;
♡゚・。。Provavelmente a fanfic terá até vinte capítulos;
♡゚・。。Não atualizarei todos os dias e nem marcarei data para atualizar, quando eu estiver inspirada eu venho escrever o capítulo e posto mas apenas quando eu puder e estiver inspirada, no entanto, como a fanfic está nos seus primeiros capítulos talvez eu atualize ela mais rapidamente;
♡゚・。。Se quiser favoritar a fanfic favorite, se quiser comentar e deixar a sua opinião comente e se quiser ser um leitor(a) fantasma seja porém toda a escritora gosta de saber o que os seus leitores estão achando da sua fanfic;
♡゚・。。Críticas não construtivas serão apagadas e eu posso até denunciar dependendo do comentário;
♡゚・。。Capa da fanfic feita pela maravilhosa: @adoniss
♡゚・。。Por enquanto é só, se eu me lembrar de algo que eu não coloquei nos avisos do primeiro capítulo eu colocarei nos próximos;
♡゚・。。Até o próximo capítulo anjinho. ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...