1. Spirit Fanfics >
  2. A ascensão de uma humana caida . . . ( Charisk ) >
  3. Um novo amigo? Ou inimigo...?

História A ascensão de uma humana caida . . . ( Charisk ) - Capítulo 6


Escrita por: vituou

Notas do Autor


Capitulo ficou longo pra caramba!

Capítulo 6 - Um novo amigo? Ou inimigo...?


Fanfic / Fanfiction A ascensão de uma humana caida . . . ( Charisk ) - Capítulo 6 - Um novo amigo? Ou inimigo...?

Enquanto Frisk andava ela achou um sapo... Ela lembra de já ter visto um desses nas rúinas  

Sapo – ribbit ribbit ribbit!!! *Eu irei pegar a sua alma!* 

Frisk – Oque ele ta falando? 

Sapo – Ribbit ribbit * Meu nome é froggit!* 

Froggit começa a atacar frisk sem parar com moscas que pegam fogo 

Frisk – Me desculpe sapinho mas não tenho outra alternativa... 

Frisk ataca Froggit e faz ele virar pó... 

Frisk – E-eu devia ter feito isso? 

Frisk continua andando até chegar novamente naquela ponte aonde ela quase desmaiou. 

Frisk – Bom daqui pra frente não tem nada e... 

Frisk vê uma faquinha de brinquedo na neve e pega 

Frisk – Essa faquinha pode servir para mim dar mais dano né? 

Frisk continua seu caminho dando meia volta até que ela ouve passos na neve e congela de medo 

Pensamentos de Frisk – EU VOU MORRER AAAAAAAAAAAAAAAAA 

Frisk fica com calafrios e se arrepia toda até que uma voz diz algo. 

????? - H U M A N O 

Frisk - ... 

????? - Não sabe cumprimentar um novo amigo? Aqui aperte minha mão se for corajosa o suficiente 

Frisk olha pra trás com os os olhos fechados e aperta a mão do sujeito e lentamente... Abre os olhos 

*Som de pum que parece que nunca acaba* 

Frisk - ... 

Sans – Eae pivete, Meu nome é Sans, Sans o esqueleto 

Frisk – V-você não vai me matar né? 

Sans – Relaxa vou não, Mas meu irmão o Papyrus é um caçador de humanos fanático! Ele quer capturar um humano para entrar para guarda real e ser reconhecido... Ele é tipo o MTT 

Frisk – MTT? 

Sans – Ah o MTT é o... 

*Sons de passos na neve*  

Sans – Epa deve ser meu irmão chegando, rápido se esconda naquele abajur de forma muito conveniente 

Sans aponta para um abajur do tamanho ideal para Frisk e Frisk se esconde atrás desse abajur. 

Papyrus – IAI MANINHO? 

Sans – eae mano 

Papyrus - VOCÊ AINDA ESTÁ VAGANDO POR AI NAS SUAS “HORAS VAGAS” ? 

Sans - é ué 

Papyrus – EU NÃO ACREDITO QUE MEU IRMÃO É TÃO PREGUIÇOSO ASSIM ‘-’ 

Sans – relaxa manin alias acho que vi um humano passando lá por snowdin 

Papyrus – EU IREI PEGA-LO E CAPTURA-LO PARA MANDAR PARA O REI! E SER FINALMENTE UM MEMBRO DA GUARDA REAL! 

Sans – oloko você ta se esforçando até os ossos em? 

Papyrus - ... 

Papyrus vai embora com uma com uma cara de irritado 

Sans – beleza já pode sair dai pivete 

Frisk – Sans aquele era seu irmão? 

Sans – sim 

Chara gritando – O FRISK! 

Frisk – Err tenho que ir andando. 

Sans – beleza fica tranquilo que vou ficar de órbita aberta por ti  

Frisk vai embora e Sans fica lá 

Frisk – Oi Chara 

Chara – Caramba em? Você demorou 

Frisk – Desculpa é que passei por alguns pequenos imprevistos 

Chara – Imprevistos? 

Frisk – Sim... 

Chara - Não minta para mim 

Chara a encara com uma cara de séria 

Frisk – TA BOM EU FALO EU ENCONTREI UM ESQUELETO CHAMADO SANS! 

Chara – Sans? Esse nome é familiar... 

Frisk – Como assim? 

Chara – ah sei lá... bom já tá ficando tarde é melhor irmos dormir 

Frisk e Chara deitam na neve e dormem até que a mão de Frisk encosta na mão de Chara e Chara aperta a mão de Frisk com uma leveza e Frisk da um sorrisinho enquanto dormia 

Frisk - *bocejo* Caramba já é dia... Eu acho 

Chara – Que foi? 

Frisk – O Sans me falou um nome de uma cidade... Eu não lembro direito. 

Frisk tenta lembrar o nome da cidade que Sans falou... 

Chara – Tenta lembrar andando vamo embora 

Chara e Frisk se levantam e vão andando pela trilha da floresta até chegar em uma cidadezinha com muitos comércios, casas, monstros e etc 

Frisk – SNOWDIN! Esse era o nome! 

Chara – Claro que você lembrou agora você olhou para placa ‘-’ 

Frisk – err 

Chara e Frisk exploram a cidade, compram algums items importantes continuaram andando e conversando. 

Frisk – Chara, qual seu objetivo? E porque você me segue e me protege tanto? 

Chara – Meu objetivo é sair do subsolo e eu te sigo e te protejo porque... porque... 

Chara cora 

Frisk - Não quer falar? 

Chara olhando para baixo corada continua andando 

Chara – eu não quero falar sobre isso... 

Frisk e Chara vão até uma area com neblina e não conseguem enchergar muita coisa ao redor... 

Frisk – Que neblina né Chara? 

... 

Frisk – Chara?! 

Chara tinha sumido e Frisk com medo continuou seguindo em frente até que chega em Papyrus e Sans do outro lado de um labirinto invisivel pelo que parece 

Papyrus – HUMANO EU DUVIDO VOCÊ PASSAR DO MEU GRANDE LABIRINTO INVISIVEL ELÉTRICO NYEHNYEH NEYH HEH 

Frisk vê pegadas na neve e segue essas pegadas e passa do labirinto sem levar um choque... 

Papyrus – A... 

Frisk – Bem fácil 

Papyrus – GRRR SORTE DE PRINCIPIANTE A FRENTE TEM MUITOS OUTRAS ARMADILHAS NYEH HEHEHEHEHEH 

Papyrus vai embora rindo 

Sans – fica tranquilo pivete ele só está se divertindo *da uma piscadinha* 

Frisk – Certo valeu Sans 

Sans – denada 

Frisk segue em frente pensando em quando vai sair dali... do subsolo... daquele lugar estranho e pensa tanto que bate de cara numa árvore e desmaia... 

Frisk – UGHH... 

Sans – Pivete?! 

Sans vai correndo até Frisk que está zonza e pega ela no colo para ir até a sua casa e de seu  irmão Papyrus 

Sans – Relaxa pivete vai ficar tudo bem... Eu espero... 

Frisk – chara 

Sans – chara? 

Frisk – chara me ajude 

Sans se lembra de algo em ouvir o nome Chara mas não liga muito e segue em frente correndo para casa  

Sans - Não sei do que tu ta falando pivete mas sei que você vai ficar bem. Confia em mim *chorando* 

Frisk apaga de vez e vê pela ultima vez a imagem de Chara dizendo... 

Chara – daqui a pouco poderei possui-la... só falta convencer ela a matar mais monstros para fazer o genocidio... 


Notas Finais


Quase 1000 palavras em?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...