1. Spirit Fanfics >
  2. Até nos encontrarmos novamente - ONEUS >
  3. Me dá um omelete queimado?

História Até nos encontrarmos novamente - ONEUS - Capítulo 14


Escrita por: Stayteezen

Notas do Autor


Gente apenas lembrando que os capítulos seguirão nessa ordem. Menos de mil palavras, pois é a única forma de estar mais presente. " sorry".
Porém TALVEZ aos fim de semana pode passar, pois é o único tempo que tenho fds. Também não é certo ok? ...

Capítulo 14 - Me dá um omelete queimado?


Fanfic / Fanfiction Até nos encontrarmos novamente - ONEUS - Capítulo 14 - Me dá um omelete queimado?


Ravn  se sentou na cama atordoado com a mente ainda bagunçada, passou a mãos no cabelos os bagunçando levemente .  Esse sonho estava se tornando frequente ultimamente e ele não fazia idéia o que  poderia ser. E sempre acordava chorando, não sabia explicar pra si mesmo. 

Era exatamente a mesma coisa sempre, aqueles dois garotos muitos próximos um do outro, uma afinidade tão única, tão ímpar e pura.  Pequenos flashbacks do sonho invadiam a sua memória,  onde sem perceber deu um leve sorriso e   uma lágrima escorreu no canto do seus olhos se forma automática   ao lembrar que o que parecia mais velho em seu sonho que o loiro  e que tinha uma  feições mais delicada que o Moreno   fazia carinho em sua cabeça de forma  terna. 

Balançou a cabeça para espantar aqueles sentimentos estranhos que começou a despertar em sua mente fazendo as se dissiparem aos poucos o fazendo voltar a realidade. Se levantou pegando a sua toalha indo tomar um banho para ir a Universidade.

》》》》》》QdT《《《《《《

Depois de um banho para terminar de despertar  vestiu uma blusa preta e colocou sua jaqueta por cima  ja que o tempo mudara de repente dando uma esfriada e  uma calça jeans desbotada clara rasgada nos joelhos e calçou seu tênis também preto. Passou as mãos no cabelos penteando com os dedos com os cabelos  ainda molhados  em frente ao espelho. E com o cheiro ainda acentuado do condicionador  de baunilha já que não usava shampoo. Passou sua Colônia favorita,  pegou a sua mochila e trancou o seu quarto  indo para o andar de baixo para tomar café.

Descendo a escada já encontrou Yohan e Hyeongjun ambos sentados a mesa tomando o seu café enquanto a empregada ainda os serviam colocando o suco à mesa e se retirando. 

Ravn tirou a mochila dos ombros e sem se quer da bom dia ao seus irmãos afastou a cadeira para  se sentar à mesa na ponta ficando praticamente entre Yohan e Hyeojun,  os olhando de modo  sério os observado ainda sem dizer uma palavra pegando um copo de suco e levando a boca.

Enquanto os mais novos que estavam sentados um de frente para o outro se olhavam como se  conversassem em código, como que qual dos dois seria o corajoso a quebrar aquele silêncio aterrador entre eles.  

Yohan foi o primeiro a tentar a arriscar.

Yohan: Ravn, vou dormir na casa do meu amigo esse fim de semana. Tenho que discutir sobre o meu projeto. -falou de forma cautelosa, porém firme olhando o mais velho. Ele não estava pedindo, apenas era um aviso. 

Ravn: ---"Eu tenho que acampar  no próximo fim de semana". - finalmente levantou o seu olhar para Yohan que estava sentado do lado direito . --- "Ninguém estará em casa. Você precisa voltar para casa para ficar com Hyeongjun". - permaneceu sério. 

Yohan: ---"Mas..."- tentou argumentar, mas foi interrompido  pelo mais novo sentado ali que ouvia até então a conversa já tendo a certeza da resposta do Ranv. 

Hyeongjun:---"Está tudo bem. Eu posso ficar sozinho".- tentou amenizar. 

Ravn:---"Não, não pode". - negou o pedido   ríspidamente. ---"Você como sendo mais novo não pode é perigoso." - respondeu seco olhando para Hyeongjun. --- "Eu te ligo para verificar." - falou se virando para Yohan e em seguida se levantando da mesa e pegando a sua mochila. 

Hyeongjun: ---"E o café da manhã?". - perguntou o menor preocupado. 

Ravn apenas balançou a cabeça saindo o ignorando por completo. 

Eles não sabiam dizer porque o irmão  deles um garoto tão gentil doce de anos atrás se tornara uma pessoa tão amargurado  e seco com o tempo. Onde entre os três não havia mais  diálogos como antes  ou brincadeiras de irmãos. Sendo   agora  apenas três estranhos dentro de uma enorme mansão. 

》》》》》QdT《《《《《《

Após chegar a Universidade o Moreno estacionou o seu Nissan Altima Sport Preta. Tirou cinto de segurança ainda pensativo consigo mesmo pois aquele sonho ainda não havia saído da sua cabeça. Aquilo estava o corroendo por dentro lentamente.

Eram tantas perguntas que fervilhavam a sua mente. O por que disso? Porque tenho sonhado com os mesmos garotos? Quem são eles? Porque sempre quando os vejo no sonho tenho um sentimento de saudade. Porque sempre acordo chorando? 

 Pegou a sua a mochila olhando a hora no relógio  de pulso  para verificar se não estava atrasado a aula vendo que havia chegado até um pouco mais cedo decidiu passar na cantina/ restaurante para comer algo, já que não tinha conseguido comer nada ainda de imediato naquela manhã. Sendo agora que a fome começou  a dar sinal de vida uma vez que o caminho até a Universidade era um pouco longa.

E ali em frente a atendente não hesitou em nenhum instante em pedir um omelete.

"Será  que está queimado?!. 

Foi a única coisa que o Moreno conseguiu pensar sorrindo de canto. 


 

 


 






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...