História Até os opostos se atraem - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Jungkook
Visualizações 8
Palavras 769
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Famí­lia, Ficção Adolescente, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


desculpa o capitulo curtinho mas é que tava a muito tempo sem postar

Capítulo 6 - Onde estou? O que aconteceu?


Fanfic / Fanfiction Até os opostos se atraem - Capítulo 6 - Onde estou? O que aconteceu?

Bianca, Janeiro de 2015 

O que? O que está acontecendo? Por que tudo está tão escuro? Por que está tão frio? Onde estou? Minha perna dói, preciso de ajuda e não sei onde estou. Cadê mamãe e papai? Preciso deles...

Uma luz? Está clareando novamente, mas onde estou? Por que minha perna dói tanto?

Desconhecido - Meu Deus menina, acorde! É perigoso aqui na rua a essa hora. - tem alguém me chacoalhando, quem está fazendo isso? Quem está tocando em mim? 

- O que...? Moço? Onde estou? 

Desconhecido - Na porta da minha casa e eu preciso que a senhorita se levante, está na frente da porta e eu não consigo entrar - ele parecia envergonhado, mesmo que tenha sido uma frase grosseira acho que não era a intenção. 

- Me desculpe, não queria lhe atrapalhar - disse levantando - me 

Eu levantei, mas na hora que me levantei senti uma dor se expandir pelo meu corpo inteiro. Minha mochila, onde está?  Não está aqui. 

- Senhor? Desculpe atrapalhar novamente mas, será que viu uma mochila branquinha com tons de azul pastel? E o senhor saberia informar - me a nossa localização? 

Desconhecido - Ah, claro. Sua mochila está atrás deste arbusto e a nossa localização eu não me recordo bem, estou meio atordoado, mas olhe no seu celular deve informar o local se a senhorita ativar a localização. 

- Obrigada senhor, bom vou indo. 

Peguei minha mochila atrás do arbusto e logo a abri, ufa. Estava tudo la dentro inclusive o celular. Quem me trouxe aqui? Posso perguntar ao homem, mas não sei se ele me dirá. A não, não acredito que ele entrou.

Seria incomodo demais bater na porta? Acho que estou sendo chata com isso, mas eu preciso de informação ;-; 

Uma, duas, três batidas e ninguém. Acho que estou sendo incomodo demais. A porta está se abrindo e revela o homem novamente.

- Desculpe novamente, mas quem me trouxe aqui? 

Desconhecido - Sem problemas, é um prazer ajudar - deu um sorrisinho - mas, quem lhe trouxe aqui pelo que eu vi foi um menino de cabelos castanhos, ele estava com o rosto inchado e lágrimas nos olhos. Não aparentava ser francês nem europeu, parecia asiático. 

- Como o senhor se recorda tão bem assim dele? 

Desconhecido - Foi uma cena muito triste, ele estava em desespero e disse que não sabia qual era sua casa, apenas seu bairro e lhe deixou aqui. 

- Ah, então estou no meu bairro, obrigada... Cadê ele? Onde ele está? 

Desconhecido - Disse que daqui a pouco voltava já que apenas havia ido procurar sua casa. 

- Obrigada pela milésima vez, sei qual é minha casa. 

Desconhecido - Espere, olhe ele ali correndo.

Ele...? Jungkook? Mas o que? 

Ele estava correndo na minha direção aliviado, mas ainda chorando desesperadamente. 

Senti um calor ao meu redor e meu ombro sendo molhado por alguns pingos. Me jogaram um cobertor mas ele era fino então começou a chover e me molhou? Não, claro que não. Isso é um... Abraço... 

Jungkook - Me desculpe te entregar nos braços de qualquer rapaz que dizia que era afim de você só porque você é pesada, eu não deveria ter feito isso. Pensei que ele te levaria para casa. 

- O que está acontecendo? 

Jungkook - VOCÊ PERDEU A MEMÓRIA - ele começou a chorar mais, alguém tira esse verme daqui? 

- Não, eu não perdi. Não sei como nem onde voc...

Jungkook - COMO ASSIM NÃO SABE? 

- Fique quieto e me deixe dizer, não sei onde me achou, não sei como sabia meu bairro, a última coisa que me lembro é do chute que você me deu e por último, me solta porque eu não gosto de abraços nem de você.

Jungkook - Aé, esqueci que a gente se odeia. Deixa eu te soltar garota da laje porque não sou obrigado. Agora vai pra sua casa que eu vou pra minha. 

- Quem você pensa que é para falar assim comigo?

Jungkook- Não meu anjo, quem você pensa que é pra falar assim comigo. Agora sai da minha frente que eu vou voltar pra brincar com a minha sobrinha. 

- E aquilo de "ai me desculpa" "eu não devia ter feito tal coisa"? 

Jungkook - Eu fiquei tonto porque nunca vi alguém tão cheia de sangue igual você ficar em pé, agora some da minha frente embuste. Ah, e você vai lavar minha camiseta porque manchou com o seu sangue. 

- Você que me abraçou. 

Jungkook - Mas o sangue é seu, agora para de alongar assunto que eu vou embora. 

Ele me empurrou de leve pro lado e foi embora...



Notas Finais


mas Jungkook não estava conhecendo a sobrinha? O que aconteceu com a Bianca? Como o Jungkook achou ela? Por que ele saiu de casa? OLHA AS DUVIDAS EM.

amo vocês e perdoem - me pela demora 💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...