História Até que enfim (kagehina) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Haikyuu!!
Personagens Shouyou Hinata, Tobio Kageyama
Tags Kagehina
Visualizações 45
Palavras 577
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Musical (Songfic), Romance e Novela, Shonen-Ai
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


oikk to escrevendo isso inspirado no arco recente do mangá de haikyuu, onde se passa no brasil. não tem muito o que dizer aqui, então não vou enrolar

sintam-se a vontade para críticas construtivas ♡

Capítulo 1 - Capítulo único


"Quem mandou você roubar o brilho do Sol
E guardar dentro do olhar?
Ah, esse cabelo em forma de caracol
Que eu quero me embaraçar"


Kageyama se via confuso. Havia aceitado acompanhar Hinata ao show de seu grupo de pagode favorito, Ferrugem, mas não esperava que fosse associar o amigo com uma das músicas que tocavam.

Observava atentamente o ruivo em seu lado; a visão era encantadora. Ele cantava junto com os músicos e balançava o braço em sincronia com a canção.


"De hoje em diante, os seus lábios de mel
Só eu quem posso beijar
O teu corpo é como um pedaço do céu
Que eu tô pronto pra voar"


Seu rosto ficava mais vermelho a cada minuto, não sabia o que pensar. Seu coração batia aceleradamente, como um tambor. O que pensava que estava fazendo, pensando em Hinata ouvindo uma música?

Continuou ouvindo atentamente, tentando entender o que sentia.


"Tô te esperando já faz tempo
Tipo assim, a vida inteira
Eu já te amava em pensamento
Juro, não é brincadeira"

Por um momento, Tobio pensou que seu coração iria parar. Encarou Hinata mais uma vez, dessa vez vendo o mesmo gravar o espetáculo com o celular. O sorriso que mantinha em seu rosto era adorável, ao seu ver.

Levou as mãos ao peito, sentindo seus batimentos cada vez mais rápidos. Será que o que sentia por Shouyou era amor?


"E quando meu olhar achou o seu
Descobri que valeu te esperar
E naquele segundo
Acho que o mundo até parou pra suspirar"

Estava próximo do refrão. Percebeu a animação nos olhos do pequeno, o que lhe chamava atenção. Adorava ver Hinata empolgado, o fazia ficar mais fofo do que já era.


"Quando você chegou, eu perdi o sentido
O teu sorriso quase que acabou comigo
Me acertou em cheio esse tal cupido
O amor nasceu em mim"

Este era o refrão, a platéia toda cantava junto, mas só prestava atenção no ruivo e no quão bela era sua voz por mais que estivesse num tom mais elevado que o normal. Naquele momento, naquele lugar, no meio de todos, Kageyama percebeu que estava apaixonado por Hinata. Por impulso, o moreno segurou do queixo do outro, aproximando os dois rostos.

Talvez fosse se arrepender do que faria a seguir, mas não conseguia mais controlar seus sentimentos reprimidos. Fechou lentamente os olhos e acabou com a distância que tinha do rosto do amigo, unindo os lábios em um beijo.

Foi uma surpresa para Hinata, mas não parou o beijo. Os sentimentos de Tobio eram totalmente recíprocos. Abraçou a cintura do mais alto e tentou aprofundar o beijo, que antes não tinha língua.

O mundo inteiro parou para os dois enquanto se beijavam. Era como se tivessem almejado por isso a muito tempo. Descolaram suas bocas por conta da falta de ar.

Se encaravam, corados e ainda sem reação.

- Kageyama, o que você...

- Eu te amo, Hinata. - Diz, desconcertando o ruivo que apenas lhe encarava com os olhos arregalados. Hinata sorriu ao sair do transe.

- Eu também te amo, Kageyama. - Responde, fazendo o outro sorrir. Hinata era o único que conseguia tirar um sorriso genuíno do rosto do novo namorado, achava seu sorriso de verdade extremamente atraente, e fazia o garoto ficar mais bonito do que já era naturalmente.


"Me diz onde esse mundo tinha te escondido
Te procurei até que me achei perdido
Agora finalmente tudo faz sentido
Te encontrei, até que enfim!"



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...