História Até que o Contrato se Quebre - Capítulo 24


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Drama, Escolhas, Problemas, Romance
Visualizações 78
Palavras 1.213
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Harem, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 24 - Cap 24


Fanfic / Fanfiction Até que o Contrato se Quebre - Capítulo 24 - Cap 24

[Jimin on]

Depois que saí da casa de Yoonmi, ainda não me senti confiante, eu ainda estava com medo. Me vesti de maneira que pudesse me esconder e fui até a casa de Nandi. Eu realmente gostava dela, estava (acho que) apaixonado. Passei umas horas agradáveis com ela, comendo queijo e vinho, assistindo filme, abraçados, como um verdadeiro casal. Mas eu teria que por um fim naquilo. 

Jimin: Nandi...? 

Nandi: Oi? 

Jimin: Preciso te contar uma coisa... Até agora eu só falei isso pra Yoonmi, ela tem sido minha melhor amiga e confidente há tempos, eu me sinto a vontade em demonstrar pra ela minhas fraquezas... Mas tenho que me abrir com você pois meus sentimentos por você são fortes... Talvez tenha ouvido falar que há duas pessoas n internet inspirando ódio contra mim, dizendo que vão me matar no concerto etc... Eu me mostro tranquilo com isso, mas na verdade não estou... Tenho medo e me sinto inseguro. Lembra daquela nossa conversa semana passada? 

Nandi: Sobre assumir um namoro? Sim... 

Jimin: Sobre assumir um namoro com você, Nandi. Não é um namoro aleatório. eu não conseguira ficar escondido em relação a isso, eu não consigo esconder esse tipo de sentimento. É difícil pra mim e pra você, mas eu me deparei com a situação em que minha maior preocupação é você. O que poderiam fazer com você tentando me atingir? Eu não posso arriscar por você no meio da bagunça que está minha vida, por isso, essa coisa linda que a gente tem entre a gente, tem que parar, alguém pode descobrir e eu não quero que você sofra pelo tipo de pessoa que eu sou. 

Nandi: Jimin? Eu não sou uma criança, nem uma adolescente, sou até mais velha que você, lembra? Tudo o que você sente por mim, eu sinto de volta, e eu não me iludi com a história de podermos ser felizes pra sempre, pelo menos não agora. Sem falar que eu tenho uma filha, e você sabe disso, você a conheceu e vocês fizeram amizade o que é maravilhoso pra mim, mas eu sei da realidade das coisas. Agradeço por ter me feito feliz por esse tempo, por mais que nos machuque essa é a decisão certa. Você sempre terá meu apoio. 

As palavras dela... Me davam coragem. Eu sabia que era a pessoa certa, porém, na hora errada. Mas se um dia no futuro ela ainda estiver aqui, eu vou tentar de novo. Agradeci e me despedi com um beijo, e fui pra casa. 

Quando cheguei em casa notei um alvoroço entre todo mundo.

Jimin: Ya... O que está acontecendo? 

Jin: Ah você chegou! Você deveria ter chegado antes, não sabe da maior novidade! 

Jimin: Qual? 

Hope: Nosso menino de ouro está namorando! 

Jimin: Oi? (risos)

Nam: Nós saímos para comprar comida, e quando voltamos, Jungkook estava ao telefone falando com uma tal de Lee Ji-eun, todo amoroso, chamando de querida, então quando ele nos viu, desligou e não teve mais jeito...

Yoongi: Ele teve que contar pra gente afinal. Mostrou a foto deles juntos, eles pareciam um casal... 

Hope: Eles SÃO um casal! 

Yoongi: Na verdade eu  tenho saído com a Song Sora... Quando ela está aqui.  Quando não está, trocamos mensagens... 

Jin: Ya... Nós já sabemos...

Jimin: Isso todo mundo sabe, ela viaja a trabalho sempre, e quando volta vocês ficam juntos, é perfeito pra você esse tipo de relacionamento. 

Todos riram. 

Depois de muita perturbação, fomos fazer nosso jantar. 

[Jimin off]

 

[Lee Yoon Mi]

Eu estava em casa trabalhando, quando Sohee entra igual uma doida em casa gritando e me chamando, eu me assustei e perguntei o que era, indo até ela. 

Sohee: Eu consegui! Peguei meu diploma e apresentei meu TCC, a mulher que avaliou é uma editora de uma revista famosa, ela me deu um emprego se assistente na empresa dela, unnie!!! Eu estou muito feliz!!! 

Nós nos abraçamos e gritamos muito, finalmente a garota se encaminhou na vida e eu estava muito feliz por ela. Missão cumprida! Como o emprego dela era distante da nossa casa, resolvemos ir atrás de um apartamento pra ela, que fosse mais perto  do serviço. era uma grande oportunidade que ela não poderia perder. 

Como eu fiquei basicamente sozinha num apto. maior do que o necessário pra mim, resolvi me mudar também... Mas eu faria isso no outro dia, Sohee e eu precisávamos dormir. 

Na manhã seguinte, Sohee pesquisou o melhor lugar para si, para que agilizasse o processo de mudança antes que seus dias na empresa começassem. Eu levantei cedo e fui até a LGP, conversei com o Sr. Oh, e pedi demissão. Ele tentou aumentar meu salário e me dar benefícios, tudo para que eu não saísse, mas já era minha hora de sair. Com isso, meu contrato de assessora na Big Hit seria anulado e outra pessoa seria posta em meu lugar. Eu pedi pra que fossem discretos e apenas mandassem um comunicado pros meninos. 

Duas horas depois quando todo processo de demissão foi efetuado e um comunicado foi enviado para todos os funcionários da LGP e Big Hit, inclusive BTS. Recebi várias mensagens e ligações após isso, mas ignorei todas. A única que eu respondi foi a do Namjoon: "Não se preocupe, antes de sair deixei tudo pronto para suas viagens para Saipan está toda planejada e correta, só aguardando Taehyung melhorar vocês partem". Depois disso procurei um novo lugar pra morar, e a respeito de emprego eu procuraria isso depois, eu tinha uma promessa a cumprir. 

Liguei para Park Ho e contei a ele os detalhes de tudo, e ele disse apenas pra que eu ficasse de fora e deixasse com ele. Depois nos encontramos na casa dele para discutir melhor os detalhes, ele iria invadir o lugar e intimidar a garota que fazia as ameaças. Ele iria agir como um fã do Jimin, que está enraivecido pela atitude dela. Passado uma semana só achamos a pessoa e fomos até lá. Eu fiquei no carro apenas esperando ele ir fazer o que tinha de fazer. 

Diante da situação, considerando tudo, estava tudo bem. Mas eu ouvi um barulho alto e coisas quebrando, não tinha dúvidas, aquilo foi um barulho de tiro. Eu fiquei desesperada, sem imaginar o que exatamente poderia ter levado a isso. Desci do carro e entrei no lugar, era três pessoas que estavam lá dentro e elas realmente tinham um plano arquitetado para apagar o Jimin. Quando vi aquilo me senti com raiva, joguei álcool e botei fogo em tudo que pude, eu estava enfurecida com a doença dessas pessoas. De repente Park Ho abre a porta com um ferimento no braço, ele disse que as pessoas estavam armadas e que era pra sairmos dali rápido. Enquanto ele falava e me empurrava em direção a saída, vi alguém atrás dele com a arma apontada para ele, num instinto troquei de lugar com ele, e senti um forte impacto em minha perna, não doía tanto assim, mas eu senti minha perna perder a sustentação... Eu caí no chão e as coisas foram ficando cada vez mais escuras e os sons ficando distantes... Eu só vi Park Ho chamar meu nome e se enfurecer atirando em todos os três que estavam lá. Depois disso, eu não vi mais nada. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...