História Até você chegar (Sehun - EXO) - Capítulo 29


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Kai, Sehun, Suho, Xiumin
Tags Drama, Romance, Sehun
Visualizações 494
Palavras 776
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa Noite!! Espero que todos estejam bem :)

Não gosto de demorar muito a atualizar a história gente, mas estou tendo uns probleminhas com meu computador (mas já estou cuidando disso).Pelo que tenho visto nos comentários acho que estão gostando da mudança do Sehun, fico feliz por isso <3 Espero que gostem do capitulo de hoje!!

Bjsss <3 e Boa Leitura :)

Capítulo 29 - Passeio Surpresa


Fanfic / Fanfiction Até você chegar (Sehun - EXO) - Capítulo 29 - Passeio Surpresa

 

[ S/N ]

 

Era o comecinho da tarde de um fim de semana, e mais uma vez eu estava em meu quarto trancada deitada na cama olhando para o teto. De repente ouço alguém bater na porta, de dentro respondi; 

 

(S/N) – Entre... – Era Sehun e me surpreendi, pois essa era a primeira vez que ele batia antes de entrar. – O que quer?

(Sehun) – Arrume-se, vamos sair.

(S/N) – O que?? Você disse que vamos sair? Eu e você? Sair dessa casa? – Estava realmente surpresa. Fazia sei lá quanto tempo que não saíamos, quanto mais juntos, por isso perguntei várias vezes para ter certeza que era mesmo verdade. 

(Sehun) – Sim! Foi isso que eu disse, nós vamos sair! – Falou revirando os olhos meio sem paciência.

(S/N) – Sério? Para onde??

(Sehun) – Vamos dá um passeio... Vamos se apresse! – Disse saindo do quarto.

 

( . . . )

 

Insisti durante todo o caminho para que Sehun me dissesse onde estávamos indo, mas foi em vão, ele não disse uma só palavra durante todo o percurso. Apenas dirigia sem olhar para mim, e de vez em quando eu podia ver um pequeno sorriso de lado em seu rosto. Começamos a nos afastar muito da cidade e uma onda de pensamentos malucos começaram a tomar conta da minha mente.

 

(S/N) – Sehun agora é sério, onde estamos indo? – O interroguei e ele continuou calado. – Sehun você não vai me levar para algum lugar deserto me matar e enterrar meu corpo não né?

 

Nesse momento ele deu uma gargalhada como eu nunca tinha visto, e seu sorriso era tão bonito que o carro e tudo ao nosso redor pareceu ficar iluminado, no mesmo instante me dei conta de como ele ficava incrivelmente belo quando ria.

 

(Sehun) – Está assistindo filmes demais! Pare de pensar bobagens, estamos quase chegando. – Falou olhando para mim e desviando rapidamente sua atenção de volta a estrada a nossa frente.

 

Quando ele fez a última curva comecei a ouvir um barulho de pessoas e de música também. E quando finalmente o carro parou e descemos, pude ver do que se tratava o lugar.

 

Era realmente lindo! Haviam luzes, brinquedos e barracas espalhadas por toda parte. Era possível ouvir o riso das crianças correndo, e toda a atmosfera do ambiente emanava alegria. 

 

(S/N) – Me trouxe a um parque de diversões? 


 

[ SEHUN ]

 

Passei o dia inteiro pensando no que podia fazer para tornar minha relação com a S/N melhor. Depois do incidente em que ela foi parar no hospital eu prometi a mim mesmo que iria compensa-la, e melhorar as coisas entre nós fazia parte disso, mas por alguma razão não estava conseguindo fazer isso direito. Discutíamos tanto e o tempo todo, que meio que não sabíamos lidar um com o outro sem acabar brigando em algum momento.  

 

A noite quando fecho os olhos antes de dormir, ainda sou capaz de ouvi-la dizendo “eu te odeio”. Aquelas palavras doeram eu confesso, ainda dói... Tudo o que eu desejo agora é que toda a raiva e mágoa que ela sente por mim, mudem e se transformem em seu perdão. E quem sabe um dia essas três palavras de ódio possam ser substituídas por outras três de carinho que eu tanto sonho ouvi-lá dizer...

 

Levei horas andando pela casa pensando no que fazer, até que uma foto sua quando criança junto ao meu pai em um porta-retrato na estante da sala, me deu a resposta que eu procurava.

 

( . . . )

 

(S/N) – Me trouxe a um parque de diversões?

(Sehun) – Não gosta? – Imaginei que tinha errado de novo! Mas respirei aliviado com sua resposta.

(S/N) – Eu adoro!! Sabe a quanto tempo não venho a um lugar desses?

 

Os olhos dela brilhavam intensamente explorando todo o lugar. Ela levou uma de suas mãos ao peito como se quisesse acalmar seu coração que eu quase conseguia ouvir bater de tão acelerado que estava. Havia um sorriso enorme em seu rosto que me deixou paralisado, ela era sem dúvida ainda mais bonita sorrindo. Fui despertado daquele transe em que estava quando ela falou; 

 

(S/N) – Eu quero andar em tudo tá? 

 

Fiz apenas um gesto que sim com a cabeça, pois por alguns segundos as palavras me fugiram e não conseguia dizer nada. Ela segurou minha mão me puxando em seguida em direção aos brinquedos. Andamos em vários, no início eu não me sentia muito confortável mas queria fazer sua vontade, e no final já estava me sentindo como uma criança de novo.

 

Nunca a tinha visto tão feliz, vê-la contente e se divertindo daquela maneira enchia meu coração de alegria e de uma vontade enorme de fazer com que ela sempre estivesse sorrindo assim...


Notas Finais


AVISO:

Vou precisar fazer uma viagem pessoal e devo ficar sem internet, o que quer dizer que provavelmente não haverão novos capítulos pelos próximos dias :( De qualquer forma tentarei postar a parte 2 deste capítulo antes de viajar, mas se não for possível já sabem.

Bjss <3 <3
Até...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...