1. Spirit Fanfics >
  2. Athena no Universo Marvel >
  3. Prólogo

História Athena no Universo Marvel - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Pessoal se vocês tem interesse na história comentem, para que eu possa continuar. Vou gostar muito.
deixarei no final alguns links que julgo importante que vocês vejam, sintam-se a vonatde.

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Athena no Universo Marvel - Capítulo 1 - Prólogo

Em algum lugar no vasto universo um planeta em explosão é contemplado por quem a provocou. No vácuo observa seu feito com uma expressão indiferente, é um acontecimento rotineiro para ela, Athena.
Athena com convicção lhe é um nome familiar, e sim ela é filha de Zeus, porém seguiu um caminho bem diferente do pai. Vejamos podemos classifica-lá como uma destruidora de mundos, ladra, mercenária ela é o que o contratador a pagou para ser. E por tais motivos Zeus não aceitou o estilo de vida da filha favorita, principalmente depois do crime cósmico que ela cometeu...
Athena com ganância de poder tinha em mente possuir uma das Jóias do Infinito,desejava em especifico uma: Poder. Seu pai havia lhe contado que tal jóia ja estivera em seu cofre, mas por eventualidade acabou a perdendo. Então ela começou seu mirabolante plano, que não era nem um pouco fácil de ser executado. Como Athena não sabia a localização da Joia, decidiu que seria mais fácil a roubar de seu próprio pai, no passado.
Bem primeiramente saiu em caçada de alguém que detinha o poder de viajar no tempo. Ela conhecia alguém, Kang o Conquistador. Ele seria a melhor opção, pois já tivera uma intriga com Zeus, ela o procurou e lhe contou seu plano. Kang a "ajudaria", porém em troca ela serviria a ele por quinhentos anos, sendo sua confidente. Eles orquestraram o plano que por consequência foi um sucesso, porém Zeus descobriu os propósitos de Athena e a baniu do Olímpo e do Panteão Olímpico. E assim Athena seguiu por quinhentos anos servindo a Kang.
Antes de continuar, preciso contar a história de amor de Athena e Thor. Muito antes de tais acontecimentos citados, Hércules e Athena lideravam um grupo de guerreiros gregos para enfrentar os Nórdicos que estavam sobre a proteção do deus Argardiano Thor. Esse conflito levou a uma guerra entre os Asgardianos e os Olimpianos. Zeus secretamente se uniu com Odin, o governante dos Asgardianos, e os dois deuses não só deram fim a guerra, mas também formaram uma aliança, para defender a Terra de eventuais ameaças.
Quando tal aliança aconteceu, houve uma comemoração em Asgard, onde Zeus e seus filhos foram convidados a participar, Athena claro estava presente.

Asgard 

Athena acabara de cruzar Bifrost uma grande ponte representada por um arco-iris, junto de seu pai, ela era a única que lhe acompanhara naquele momento. Ela contempla o lugar, que por sinal lhe chama atenção é lindo, com grandes monumentos e belas construções. Athena se dispersa de sua observação, quando avista Odin e seus filhos a espera de seu pai.
­-Pai, não acredito que me fez vir aqui, Hércules deveria se encarregar de suas encrencas...- ela cochichou sem desviar o olhar dos Asgardianos.
-Athena a confusão foi de vocês dois. Agora cale-se.- Zeus retrucou.
Os dois chegaram ao encontro de Odin, com um sorriso.
-Zeus, é um prazer lhe receber em Asgard.- Odin disse e logo se cumprimentam com um aperto de mãos.- Esses são meus filhos, Thor e Loki.
-É um prazer é claro, devido a nossa aliança.- Zeus sorri.- Bom meus filhos são desnaturados por natureza, mas Athena me acompanhará hoje.
Athena sorri sem muita emoção, Thor já lhe era um rosto familiar do campo de batalha. Mas era a primeira vez que ela via Loki.
-Sem exageros.- ergue a sobrancelha.- É um prazer.-  ela se dirige a Loki.
Ele sorri e toma sua mão a beijando.
-O prazer é todo meu. Meu irmão está mudo?- Loki provoca Thor com um tom irônico.
Thor logo estende a mão à Athena e eles se cumprimentam com um aperto de mãos. Há uma tensão entre os dois, no campo de batalha os dois não chegaram a lutar. Porém era claro o quanto se encaravam e não era um olhar sanguinário os dois se sentiram atraídos pelo errado. 
Depois da confraternização eles se dirigiram ao palácio, onde acontecera um grande banquete e uma festa, em comemoração da aliança entre Odin e Zeus.
Sentada á mesa ao lado de seu pai, Athena degusta um cacho de uvas, e logo um comentário surge.
-Zeus não disse que sua filha era tão linda.- Fridda a rainha de Asgard diz.
Realmente Athena é dona de uma beleza incomparável, cabelo loiro e longo, olhos azuis como o mar, a voz é rouca porém delicada e sedutora, é dona de lindas curvas. Ela sempre chamou atenção de todos os homens, na Grécia é considerada a deusa de maior beleza. Athena sempre teve muitos amantes, gosta da luxúria e de chamar atenção, tanto que estava com um vestido branco, quase transparente e bem decotado.
-Obrigada.-ela sorri.
Athena observa Thor no fundo do salão, em uma sacada que tem uma vista privilegiada de todo o reino.
-Com licença.- ela coloca a mão no ombro do pai, e se levanta com uma taça de vinho nas mãos.
Ela caminha até Thor, e para do seu lado o mesmo observava a paisagem, ele fitou Athena um pouco nervoso.
-Olha sei que começamos com o pé esquerdo no campo de batalha.- disse o encarando no fundo dos olhos.- Mas quero recomeçar.- ergue as sobrancelhas e estende a taça para um brinde.
Thor desviou o olhar e exitou por um momento, mas observara por uns segundos o rosto de Athena então molhou os lábios e os dois brindaram.
-Nossos pais formaram uma aliança, nada mais justo que os filhos sigam os passos dos pais.- ele disse.
Ela sorri sem mostrar os dentes e se encosta na sacada observando a paisagem.
-Seu pai tem um belo reino.- se virou para Thor novamente, encarando-o de cima a baixo.
-Posso lhe mostrar um dia.- ele sorriu.
Athena sorri de canto, balançando sua taça. Ela da um passo em direção ao Thor.
-Eu adoraria.-disse com a voz serena, olhando disfarçadamente os lábios dele.

 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...