História Athenas Espartana - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Mitologia Grega
Personagens Personagens Originais
Visualizações 2
Palavras 708
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura
Avisos: Álcool, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Capítulo 2 - União


Lilsan acorda dentro de uma Barraca, ela ouve os pássaros mas no estado que ela estava aqueles piados para ela pareciam o som do sub mundo

Sam: finalmente acordou

Lilsan: aaaaa... oque que aconteceu?

Sam: você desmaiou de bebada, mas estamos atrás do demônio que você viu no bar, você topa ajuda a gente né?

Lilsan: claro que ajudo

Pehn: Sam... ele ta aqui.

Disse o elfo entrando na barraca

Sam: o jiv?

Pehn: sim, o Nervem foi falar com ele, mas ele não me viu, por sorte

Sam: da pra gente ouvir a conversa sem ele nos ver?

Pehn: sim

Lilsan: eu vou com vocês

Sam: mas você não tava "morrendo de ressaca"?

Lilsan: e tô mas eu sou uma guerrereira, não uma incompetente, não é uma dor de cabeça que vai me imepedir de fazer meu trabalho obviamente.

Os três se escondem atrás de moitas e começam a ouvir a conversa entre o mago e o demônio

Nervem: então você segue a hades ?

Jiv: Sim, hades é o único Deus pra mim, você também o segue não?

Nervem: sim... claro...

Jiv: hehe sinto cheiro de sarcasmo

Nervem: mas eu não...

Jiv se prepara para dar um soco em Nervem mas o mago o atinge na cabeça, com uma pequena bola de magma que sai do cajado, o demônio cai de costas no chão e então seu corpo vira fogo e desapareçe

Sam: Eita

Pehn: como pode ter sido tão fácil assim ?

Lilsan: é porque não era ele

Nervem: mas...

Lilsan: era um clone de sua alma bem mais fraco, acreditem eu ja caçei demônio antes

Nervem: mas será que agora ele saiba de mim? que eu to contra ele

Sam: acho que sim, a gente devia juntar mais gente pra tropa ficar bem mais forte, vocês conhecem mais alguém?

Lilsan: tenho uma amiga gladiadora

Pehn: conheço uma samurai

Nervem: eu conheço um Dragão

Sam: excelente, podem trazê los até nós?

Lilsan: mas onde vamos nos encontrar depois?

Pehn: aqui mesmo, so precisamos de um ponto de referência

Nervem: e eu ja sei qual.

O mago crava seu cajado no chão e uma pedra de 30 metros começa a emergir do chão

Sam: eita

Nervem: Rochocinese

Sam: enquanto vocês vão atrás dos aliados eu procuro jiv

Pehn: sozinho? Mas e se ele te ver e for pra cima de você?

Sam: ce ta falando com um ninja movido por ódio, amigo.

Após combinarem o plano cada um deles seguiram um lado, pehn foi para nemeia, lilsan foi para olimpia, Nervem teleportou para arcadia e Sam prosseguiu em esparta atrás do demoníaco jiv.

O ninja viu na floresta rastros do que parecia ser de algum demônio, restos mortais e seres que aparentemente haviam morrido sem motivo específico como se tivessem simplesmente perdido suas almas de uma hora pra outra, vendo aquela chassina o ninja empunha sua nova espada feita com diamante roxo (o material mais forte da terra) que ele havia comprado recentemente, ja se faziam quarenta dias que os quatro haviam se separado, Sam caminha entre os cadáveres bem lentamente, após caminhar por algum tempo ele encontra uma pequena aldeia, logo na entrada ele é recebido por kroupt, um ser estranho q falavam em outra língua pois se tratava de um vampiro (uma raça específica de espectro que é conhecida por andar em grupo), Sam ja passou alguns dias convivendo com vampiros então ele ja sabia um pouco de sua língua, ele havia falado sobre a razão dele estar ali e então kroupt chamou oque parecia ser o líder dos vampiros, "nastro" era seu nome e ele n possuia mão esquerda, após uma longa conversa os vampiros toparam ajudar Sam se o ninja os mostra-se seus aliados, após isso Sam levou os vampiros até o ponto de referência, e la eles permaneceram, após dois dias Nervem chegou com dramond (Dragão), seu amigo de infância, depois disso após alguns segundos pehn chegou com sua namorada, kramanti (samurai) e por fim após mais oito minutos lilsan chegou com nekris (semi deusa) e starry (gladiadora)

Sam: wow temos até apoios dos deuses, que incrível, ao julgar pelo tridente desenhado em sua armadura, seu paí deve ser poseidon certo?

nekris: sim, a lilsan não disse que tinham vampiros na tropa

Lilsan: pois é quem são eles Sam?

Sam: eles toparam nos ajudar

Nastro: LAEEE

Pehn: é oque?

Sam: ele disse... "morram" ?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...