História Ator pornô - 2 temporada (Yoonmin) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Monsta X
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Bangtan Boys (BTS), Jimin Bottom, Sope, Vmin, Yoongi Top, Yoonmin
Visualizações 65
Palavras 1.018
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hii voltae!!

Espero que tenham uma boa leitura !

Capítulo 2 - Número desconhecido


Acordei com uma dor de cabeça horrível, e Taehyung estava deitado ao meu lado. Lembrei do que havia acontecido no dia anterior. Nós não transamos, mas pedi para que dormisse ao meu lado, algo que nós sempre fazíamos quando ainda frequentávamos nossa antiga escola.

Não queria perder sua amizade, na verdade não podia. Desde pequenos nós apoiamos um no outro, e quando tudo ficava difícil buscávamos consolar um ao outro, perder uma amizade dessas seria uma das piores coisas.

Olhei para o relógio que ficava no criado mudo, passavam um pouco das dez e ele precisava acordar, afinal Tae tem seus trabalhos, e não posso querer que fique o dia todo comigo, ainda mais depois do que aconteceu ontem.

Percebi que se mexeu na cama, estava já para acordar. Coçou levemente os olhou e bocejou, incrível a dualidade desse homem...

- Bom dia. – falou com sua voz meio rouca acabar de acordar. Sorri.

- Bom dia. Acho melhor você se apressar, isso se você for trabalhar hoje...

- Se eu chegar atrasado, a culpa é sua que me prendeu aqui.

- Desculpa. Me desculpa pelo que aconteceu ontem, me desculpa de verdade, espero que continuemos bem... – recebi uma abraço carinhoso por parte dele, retribuí.

- Está tudo bem. Agora irei ver como ficaram as fotos que tirei com o Jungkook ontem, a revista será lançada daqui dois dias.

- Hm... Esse Jungkook te pegou de jeito pelo visto. Ai, aí, sinto que estou perdendo o meu amigo.

- Sem drama! E sim, ele me chamou a atenção. Ya, você precisa conhecer ele, se o visse tenho certeza que também se interessaria, na verdade poderia comprar a edição dessa revista e tirar suas próprias conclusões.

- Vou pensar nisso, mas acho difícil te superarem.

- E o que você vai fazer hoje?

- Ficar atoa pelos próximos dias, não quero me envolver com nada relacionado ao trabalho.

- Eu venho te ver depois então.


Dias depois*


O lançamento da revista do Taehyung aconteceu, e por curiosidade acabei comprando uma revista. Não acredito nisso mas, esse Jungkook é realmente atraente, está explicado o interesse dele.

No meu caso, o meu filme foi lançado e eu vi certos comentários. Dentre eles tem um que sempre comentou nos meus vídeos desde o começo, até hoje um tal de Yunki Stalker. O comentário desse vez foi diferente.

“ Não sei, mas você não me parecia bem. De qualquer forma, estarei te acompanhando e apoiando daqui”

Como ele sabia que não estava bem? Minhas atuações são perfeitas, nunca transpassou meus problemas durante o trabalho. Bom, que seja! Não vai fazer muita diferença mesmo...

Meu celular vibrou, logo o peguei para ver o que era. Era Taehyung dizendo que iria filmar um pornô com o cara por quem estava interessado, sério nunca havia visto animado disse jeito antes.

Mandei uma mensagem parabenizando, e que finalmente ele ia desencalhar. Porém logo que o respondi, recebi outra mensagem de um número que não estava salvo no meu telefone, em seguida ele tocou, chamada do número desconhecido. Resolvi atender

- Alô? – falei confuso, porém escutava só uma respiração meio pesada do outro lado da linha, novamente resolvi dizer algo – Quem está falando?

- PK? – eu? Mas, quem era?

- Sim...?

- Wow! É você mesmo? De verdade? Nossa que legal! Ok, ok... Ahm... Eu sou muito seu fã! Desde os 17 anos de idade! Tudo bem que agora eu tenho 24 então... Que incrível!

- Quem te passou o meu número? – ok, o cara tem 24 anos e é meu fã desde os 17? Será que ele é o...

- Eu pedi para um amigo conseguir para mim. Sabe? Ele conseguiu conhecer o ídolo pornô dele favorito, seria injustiça eu não te conhecer também, né?

- Seu amigo? Quem é o seu amigo?

- Jeon Jungkook. Ele apareceu na edição especial da revista da Playboy, ele nem me contou que apareceria nela, para ver o belo amigo que tenho. – e você não está reclamando de barriga cheia? Conseguiu o meu número.

Mas espero, o Jungkook? Hm, então ele é um fã do Taehyung. É como eu disse, ninguém resiste a ele.

- E o que quer? Eu estava no meu de uma conversa importante...

- Serei breve. Eu só quero poder te ver pessoalmente. Eu quero isso desde que assisti sua primeira obra, e também quero conversar sobre a recente... Quero te conhecer de verdade.

- E acha mesmo que eu tiraria um tempo para encontrar? Nem sei quem você é, nunca te vi. Talvez seja um maníaco querendo me sequestrar, quem sabe me matar. Por acaso é um dos valentões da minha antiga escola? Se for pode esquecer – escutei uma risada gostosa do outro, espera o quê?

- Você é engraçado. – dizia ainda rindo – Me desculpe. Mas não, eu sou apenas um dos seus muitos fãs, juro que não sou nenhum maníaco, nem ninguém de sua antiga escola, até porque se eu fosse, acho que hoje nós seríamos ao menos amigos. Mas a questão do te sequestrar, já não prometo. Eu pretendo passar um dia inteiro com você...

- Ótimo jeito de tentar me convencer, viu? – ele é idiota? Se quer mesmo me convencer disso, deveria transpassar tranquilidade? – novamente eu escutei sua risada.

- Por que não nos encontramos em um lugar onde há bastantes pessoas? Um lugar público talvez te deixe mais à-vontade. – talvez não seja tão ruim assim. 

Eu estou no tédio há dias, só saí de casa para comprar coisas para fazer comida. Se eu confirmar que esse cara conseguiu meu número com o Taehyung ou o Jungkook, não há porque temer.

- Está bem, onde pretende? – escutei um “isso!” do outro lado, sorri.

- Eu vou mandar o endereço do local para você, estarei esperando lá. Até mais tarde! – disse em um ânimo e desligou.

Mandei uma mensagem para Taehyung para confirmar o que o outro havia dito, e aconteceu isso mesmo. Ele havia passado meu número para o Jungkook, foi uma condição para aceitar participar do filme. Que absurdo, fui usado!

Mas era uma boa maneira de eu conseguir me distrair...


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...