História Atormentada Paixão - Byun BaekHyun e Park ChanYeol - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Mamamoo
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Hwasa, Jeon Jeongguk (Jungkook), Personagens Originais
Tags Baekhyun, Chanyeol, Exo, Hentai, Imagine Baekhyun, Imagine Chanyeol, Imagine Exo, Mamamoo, Triângulo Amoroso
Visualizações 12
Palavras 1.015
Terminada Não
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - XPrólogoX



O amor tem uma dupla personalidade, é herói e vilão, é alegria e dor, é esperança e ilusão.


[Pov.s Jeon Bella]



Termino de fechar a ultima caixa, olho em volta passando os olhos por todo meu quarto, era meu refúgio, sabia todos os meus segredos, assim como meu diário, nem acredito que finalmente estou indo para a faculdade, olho para a porta e vejo BaekHyun escorado no batente da porta me olhando, sorri colocando o cabelo atrás da orelha e ele se aproxima,  se abaixa e pega a última caixa levando para o carro.


Me jogo na cama suspirando, logo BaekHyun se deita do meu lado, me abraçando. 


-- Pronta para entrar na Faculdade Srt. Jeon? -- pergunta sorrindo radiante, BaekHyun sempre foi alegre, fofo, educado, um verdadeiro príncipe. 


-- Claro, nasci pronta querido. -- falo sarcástica e ele solta uma gargalhada estridente.


-- Ok Srt. Nasci pronta pra tudo vamos? Ou esqueceu alguma coisa?  --- fala se levantando e eu solto um resmungo de preguiça. 


-- Temos mesmo que ir agora Baek - Ah? -- pergunto fazendo minha melhor cara de cachorro que caiu da mudança, e ele riu concordando com a cabeça. 


-- Infelizmente sim madame então vamos logo. -- corta meu barato me puxando pelo braço.


-- Ai ta chato. -- falo saindo do quarto e desço as escadas, encontrando meus pais abraçados em frente a porta, o amor deles e lindo, da ate inveja as vezes.


Me aproximo e minha mãe me abraça forte.


-- Juizo, me mande noticias, e venha nos visitar sim. -- fala com a voz embargada e eu ri.


-- Calma mãe eu vou pra faculdade não precisa desse exagero todo. -- reviro os olhos. 


-- Ainda não acredito que meu bebê cresceu. -- me abraça novamente. 


-- Ta agora sai que e minha vez. -- meu pai empurra minha mãe e eu ri da forma mortífera que ela o olhou. -- Minha princesinha esta crescendo, se comporte é nada de garotos Srt. Bella. -- fala em um tom ameaçador e leva um tapa da mãe. -- Ai.


-- Para com isso ela ja e grande e pode muito bem namora Jeon jungkook. -- fala incrédula.


-- Grande nada ela e menor do que eu. -- o olho mortalmente e ele riu. -- nos te amamos querida se cuida. -- fala por fim beijando minha testa.


Apos BaekHyun se despedir de seus pais entra no carro dando partida, olho a janela e vejo minha casa se distanciar, um sorriso se forma em meus lábios.


Após horas de viagem, chegamos no campos da faculdade, o lugar era lindo, olho tudo admirada, enquanto BaekHyun resolvi tudo sobre os dormitórios, devido a influência do meu avô e meu pai, consegui um quarto so pra mim, sem colega de quarto.


Após muita procura acho meu dormitório, era simples mais bonito, amarro o cabelo e comecei a organizar minhas coisas, as horas pareciam voar, so parei quando bateram na porta,  abri e dei de cara com BaekHyun,  ele sorria e estendeu uma sacola con comida, sinto meu estômago roncar. 


#####


-- Sabia que você não ia comer nada. -- BaekHyun reclamava sobre minha irresponsabilidade de ficar sem comer por muito tempo, reviro os olhos comendo.


-- Eu ja entendi Baek-ssi. -- falo e ele me olha com os olhos brilhantes, e sorriso sereno a o me ouvir o chamar de forma tão carinhosa.


Estavamos sentados no chão, ele me observava comer e falava de seu parceiro de quarto, Sehun, ele vai embora devido o horário e por que amanhã começava as aulas, jogo as embalagens de comidas no lixo e vou tomar banho.


Tiro a roupa e entro no box do chuveiro, apoio a cabeça e as mãos no azulejo azul da parede,  a água escória por todo meu corpo, enquanto fecho os olhos erguendo a cabeça e permitindo a água cair sobre meu rosto,  suspiro e soco a parede saindo do chuveiro. 


Visto o roupão, e paro na frente do espelho, olho fixamente meu reflexo, e não demorou nada para minha miragem sorrir perversamente, mais tenho certeza que essa não e minha imagem, pois não estou sorrindo. 


- Sofro de dupla personalidade sim! Não sou doida, ela é. Não sou retardada, ela é! Não sou falsa, ela é! Não sou louca, ela é. Não me me compare a ela. - Bella grita com ao reflexo de sua personalidade no espelho, de  seus olhos caiam lágrimas de fúria e odio.


Hwasa: conseguiu saber quem você realmente é? - a miragem no espelho pergunta debochada mente apoiando os cotovelos na pia. 


Eu:Não... agora, além de você há outra em minha mente... - passa a mão pelos cabelos. 


Hwasa:Eu sei, seu lado mais feliz e alegre, não é? Que você até deu um nome interessante. esse alguém e Hye Jin? -- se refere a personalidade que todos conhecem, a doce e meiga jin.


Eu:Sim, não sei bem por que escolhi esse nome, também não sei por que tenho que ter Você em minha mente. Isso não deveria acontecer... -- fala imitando a posição da miragem. 


Hwasa:Por que não encara isso como algo normal? Todas as pessoas possuem várias "faces"; Seja para apresentar em público, na vida pessoal, na vida sexual, em qualquer ambiente diferente que não seja seu interior. Isso é bem comum, você só deu um nome para elas, para suas "faces". -- Hwasa revira os olhos bufando e olhando suas unhas.


Eu:Não entendo como isso pode ser normal, as pessoas podem até esconder o seu verdadeiro "eu", mas eu não tenho nem isso. Não sei quem eu realmente sou, Hwasa? Ahn Hye-jin? Qual sou eu? -- Questiona fechando os olhos.


Hwasa:Talvez todas nós, apenas aceite isso, tanto eu quanto ela moramos em sua mente, só você sabe que existimos...

Não se torture por algo que não irá mudar...-- Bella abre os olhos e percebi que tudo voltou ao "normal" , seu reflexo avia voltado a ter sua forma verdadeira e não falava mais com a mesma, então se abaixo lavando o rosto.


Era so mais uma noite. 


So mais uma conversa. 


Os remédios não faziam mais efeitos. 


Então so resta enlouquecer. 


Num simples toque a máscara vai ao chão, e sua verdadeira face se revela.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...