História Atração Perigosa - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Boruto Uzumaki, Deidara, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Himawari Uzumaki, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Kakashi Hatake, Karin, Kiba Inuzuka, Kushina Uzumaki, Madara Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Obito Uchiha (Tobi), Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Temari, TenTen Mitsashi
Tags Conflito, Drama, Gravidez, Redenção, Relaçao Abusiva, Sakusasu, Sasusaku, Segredo
Visualizações 594
Palavras 1.466
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eu posso ter demorado,mas esse capítulo veio com polêmica,meus docinhos!
Só posso dizer uma coisa: A carne é fraca.
Eu quero agradecer aos comentários do último capítulo, fiquei mais inspirada a continuar com a fic e esse capítulo foi feito com muito amor!
Boa leitura!

Capítulo 7 - Capítulo 7


Narrador on:

Sakura não soube o que responder,passaram uma semana sem se falar e as primeiras palavras que ele trocava consigo, era uma indireta sobre ela se encontrar triste sem motivo aparente.
- Se você gosta de colocar num padrão que toda dor é baseada,apenas, nos hormônios. O problema é seu,mas não venha rebaixar o que a Sakura sente- Sasori se meteu no meio e Naruto percebendo que o rumo da conversa caminhou para uma seriedade maior, ele resolveu encerrar o assunto.

- Eu concordo com você,Sasori! E acho, também, que vocês deveriam ir jantar. Quero que se alimentem bem, passar o dia comendo besteira na escola nunca é um bom sinal.- Ele riu por fim e sua filha se sentiu aliviada por poder se retirar do ambiente. Depositou um beijo rápido na testa de seu pai e saiu puxando Sasori para fora do escritório.

- O que eu falei de errado?- Sasuke questionou e voltou sua atenção para os documentos a sua frente.

- Não se menospreza os sentimentos de uma pessoa, especialmente de uma adolescente- O loiro se espreguiçou e estreitou os olhos para o amigo que permaneceu calado- Quando tiver filhos, você entenderá.

Essa frase fez um peso cair nas costas do moreno, lembrar do que ele havia feito com a princesinha de seu melhor amigo o preocupava, especialmente, quando Naruto falava sobre ele ter filhos, o Uchiha tinha idade para ser pai de Sakura e isso só fazia o mesmo se sentir pior do que já estava.

Culpa é um sentimento que sempre o desagradou.
..........

- Você precisa ser menos omissa! Eu não moro e, muito menos, sou grudado contigo pra sempre poder lhe defender.

- Mas eu travo, tenho noção que isso não é desculpa...

- Não é mesmo, tenho certeza que ele pensa que temos algo.

- Por que pensaria isso?

- Você não notou como ele me tratou?- O ruivo riu e tomou mais um gole do suco verde que Sakura havia feito- Caso precise, posso fingir que estamos juntos se for para você estar livre dele. Mas, pra mim, isso seria quase um incesto.

Sakura sabia que o certo era encerrar o seu assunto com o mais velho, mas "se ver livre dele" era algo difícil de imaginar. Sempre achava que estava na beirada de um precipício quando precisava romper com alguém. Tinha diversas qualidades,mas o seu maior defeito era ser dependente das pessoas.

- Acha que ele ficou com ciúmes?- A rosada perguntou de forma repentina, ela batia á ponta dos dedos na mesa constatemente e ele sabia bem o que isso queria dizer.

- Sakura,não tente pensar que ele gosta de você. Aquilo que ele sentiu foi,no mínimo, posse. Então não crie teorias sobre isso,certo?

- Certo...- Mentiu, já estava criando diversas possibilidades na sua cabeça.
..........

Sakura se encontrava na escuridão de seu quarto, não conseguia relaxar e muito menos dormi. Seus pensamentos não a largavam, sentia que aos poucos estava enlouquecendo.

Escutou batidas na porta e se virou para o lado oposto. Sua mãe a conhecia bem o suficiente para saber quando sua filha estava passando por algo, então preferia fingir que estava dormindo.

Estranhou o fato da porta ter sido aberta, Hinata não entrava, caso a rosado não respondesse. Mas ela continuou na mesma posição.

Estremeceu com o toque repentino em sua perna e estranho ainda mais quando a mão se aproximou de sua intimidade.

- Você não sabe como eu senti a sua falta..- Sakura estremeceu com aquela voz rouca tão familiar sussurrando próximo de seu ouvido. Ela se virou de imediato e teve certeza de que aquilo não era um sonho.

- Você enlouqueceu? Você sabe que não pode ficar aqui-Falou de forma relutante e se sentou na cama cobrindo com o edredom o próprio corpo.

- Eu não posso tanta coisa,minha menina- Sakura se arrepiou com aquela simples palavra, "minha", ele sabia bem como afetá-la.- Mas já passamos do que não se podia fazer, então por que temos que parar?

Sakura sabia como responder aquele questionamento, por um lado ele estava certo. Porém ela tinham tantos argumentos para rebater, mas a única coisa que passava pela sua cabeça era em como gostaria de beijá-lo.

- Sasuke,eu..

- Não me chame sem o sufixo- Pediu e se aproximou dos lábios da jovem que não recuou- Eu quero ouvir você dizer que não está com aquele garoto.

Ficou surpresa com a curiosidade do mais velho. Pensou por um momento que deveria mentir e dizer que "sim" para ele deixá-la,mas o desejo carnal parecia falar mais alto naquele momento.

- Ele só é um amigo- Assim que se calou, Sasuke não perdeu tempo e lhe roubou um beijo. Os lábios eram prensados um no outro, enquanto ambos se exploravam de forma apressada. O Uchiha começou a deitá-la e Sakura ficou insegura com a possibilidade de seus pais virem até o seu quarto.

- Sasuke-kun,alguém pode aparecer..

- Já está tarde e nós não iremos fazer barulho, eu prometo.

Aquilo a deixava excitada,o risco que ela corria fazia o seu corpo querer continuar com aquilo ainda mais. Movida pela vontade, ela sorriu de forma malicioso e levou a sua mão até o membro do mais velho que estava sendo coberto por conta a calça. Sasuke estranhou a atitude da Uzumaki, a mesma sempre se mostrou tímida, mas não iria reclamar. Já se sentia duro com aquele toque.

Os dois voltaram a se beijar e Sakura aproveitou para tentar tirar a calça do mesmo e conseguiu isso com êxito. Ela passou a masturba-ló, enquanto Sasuke descia a alça de seu pijama revelando os seios rosados. Fez um caminho de beijos e chupões até chegar no seio esquerdo, aonde ele passou a chupá-lo com certa intensidade.

A rosada soltava gemidos baixos e Sasuke arfava com a velocidade que a Uzumaki movia seu membro. Sakura era muito boa nessa "área",pensou por um momento, se ela já havia feito isso com outra pessoa.

- Por favor... Eu preciso de você dentro de mim- Sakura estava molhada e queria pular as preliminares. Queria se sentir conectada com ele,o mais rápido possível. Sasuke sorriu com o pedido e pegou na sua carteira, que se encontrava no palitó,uma camisinha. A rosada se sentiu aliviada por não ter que recorrer a pílula novamente.

Ambos tiraram as peças de roupas que faltavam e Sasuke a impediu de se deitar novamente.

- Quero te fuder de quatro- Sakura corou com tal pedido, que pela intonação parecia mais uma ordem. Estava curiosa para saber como seria e então ela o obedeceu.

Tão exposta,tão inexperiente, e tão.... Sua. Aquilo o deixou ainda mais duro, passou apenas um pouco de saliva pela camisinha  e tratou de penetrá-la.

- AH!- Sakura conseguiu abafar o próprio gemido e, diferente da sua primeira vez, ela não sentiu nenhum tipo de dor,no máximo desconforto,mas nada grave.

Sasuke começou a se movimentar de forma lenta e seu membro deslizava com facilidade.

- M-Mais forte- A rosada gaguejou em meio aos gemidos baixos que soltava. Em resposta, Sasuke aumentou a intensidade das estocadas. Ele levava o membro até a entrada da intimidade de Sakura só para meter com mais força.

Amava a visão que estava tendo e de como o seu pau deslizava. Se inclinou para frente e aumentou a velocidade, aproveitou para agarrar com forçar os seios rígidos da rosada que tinha as mãos sobre a boca,não queria gemer alto,mas isso lhe parecia uma missão impossível. Achava que iria explodir pelo prazer que percorria o seu corpo.
..........
Estavam suados e Sakura já havia tido o segundo orgasmo,se sentia esgostada. Agora se encontrava calvagando de costas para o Uchiha que a ajudava com os movimentos segurando em sua cintura.

- Sua bunda é uma delicia- Elogiou, a maior vontade de Sasuke era de lhe dar tapas fortes naquela região- Deite-se- Ordenou a puxando para trás e assim que se viu ao lado dele. A rosada o beijou e o mais velho retribuiu e aumentou a velocidade das estocadas quando a viu gemendo, ele tapou a boca da mais nova e com a outra mão, o mesmo segurou em seu seio direito.

O moreno tirou o seu membro quando gozou e o conteúdo branco ficou preso na camisinha. A rosada se deitou ao lado do mesmo exausta e ficaram alguns minutos sem dizer nada, pois estavam esperando a respiração normalizar.

Sakura o encarou com um largo sorriso no rosto, não poderia estar mais feliz.

- Por que está sorrindo desse jeito?- Sasuke perguntou e a puxou para si. Ele a abraçou e fechou os olhos, queria apenas sentir o cheiro doce que a mais nova tinha. Movida pelo impulso e a coragem repentina, a Uzumaki acabou deixando escapar algo que ela não queria admitir.

- Sasuke-kun,eu acho que amo você.

Narrador off
 


Notas Finais


Eu posso ter demorado,mas você leu tudinho e teve um hentai show. Então se manifeste nos comentários,nem que seja pra me xingar pela demora, porque eu estou curiosa para saber o que você acharam! Especialmente sobre o hentai.
Obrigado por ler!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...