História Atrações Platônicas - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Visualizações 31
Palavras 1.258
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá cupcakes! Sejam bem vindos a mais um capítulo da Fanfic! Hoje promete! Boa leitura ❤

Capítulo 4 - Agora ou nunca


Fanfic / Fanfiction Atrações Platônicas - Capítulo 4 - Agora ou nunca

Farei isso por você, Kentin.

...

[POV'S Alexy] 

O sinal tinha acabado de tocar. Eu ia sair da sala, quando sinto um braço me puxar para trás. 

Pensava que era meu irmão Armin, já iria dar uma enorme bronca nele. Mas para minha surpresa, era o KENTIN. 

O que ele queria? Ai, meu coração...

- Alexy, eu queria saber onde a gente pode fazer o trabalho. Na sua casa ou na minha?

Meu Deus! Na minha casa ou na dele? .. Ai, será que rola algo? .. PARA ALEXY! 

- Pode ser, na minha?

- Sim, sim. Amanhã?

- Exato! Às duas da tarde está bom? - Falei anotando o endereço da minha casa num papel e o entregando.

- Está ótimo! Até amanhã!

- Até.. - O observei até sumir no fim do corredor.

Eu estava saltitante por dentro e por fora, não conseguia conter minha alegria. Meu sorriso estava tremendamente exposto. Mas eu não ligava.

Fui para casa na maior tranquilidade. Quando cheguei tomei um banho, almocei e fui direto para meu quarto.

Como será que vai ser amanhã? Será que vai ser bom? Ruim? Só espero que dê tudo certo. Farei de tudo para ser o melhor dia de todos. Eu te amo Kentin..

~~~ QUEBRA DE TEMPO ~~~

- Pode entrar, Kentin! Seja bem-vindo a minha humilde casa! - Digo isso e nós dois caímos na gargalhada. 

- Que casa grande, Alexy! Ela é bem bonita!

- Ah, eu sei, eu sei. Tão linda quanto eu! 

- Pense como não se acha essa criatura! - O Kentin fala e eu caio no riso.

- Enfim, chega de enrolação! Vamos para o meu quarto! - Falo, o fazendo assentir com a cabeça. 

Kentin me segue até o meu quarto e nós entramos. 

- Uauuu! Amei o seu quarto! - Diz o Kentin olhando para tudo quanto é lugar.

- Hehe, obrigado! - Sorrio para ele.

- Bom, melhor começarmos o trabalho Kentin! 

- Sim, sim!

Nós começamos a fazer o trabalho que a professora tinha passado. O trabalho era grande e chato, mas passar um tempo ao lado do Kentin foi maravilhoso. A gente riu, brincou e .. eu tinha a sensação de que ele estava amando aquilo tudo. 

...

Já eram quase oito da noite, não sei como o tempo passou tão depressa.

De repente, começou a chover bastante lá fora.

- Kentin, acho que você vai ter que passar a noite aqui, olha o tempo que está lá fora! - Falei apontando para a janela.

- Poxa, é mesmo Alexy. Que pena, não?

OPA! Foi só eu? Ou ele disse essa parte final em um tom debochado? Ele está g-gostando de passar esse tempo comigo? Ai meu santo purpurina! 

- É-É, você está com fome? - Pergunto ao Kentin.

- Estou sim.. o que tem para comer? - Ele fala se aproximando de mim. 

A-Ai .. é agora ou nunca.

- Tem eu... Serve? 

- Hmm... Serve muito bem 

Meu Deus!!! Ele está correspondendo! Eu nem acredito! 

Delicadamente eu pus minha mão atrás de sua nuca e lhe dei um beijo carinhoso e calmo. Ele me olhou um pouco assustado, mas correspondeu.

Até que de repente ele para e me olha fixamente.

- Alexy.. quem você beijou hoje de manhã?

Socorro..

- Suspiro. Eu beijei meu irmão.. Mas sabe para quê? Para te fazer ciúmes..

O Kentin me olhou totalmente surpreso.

- Hmm, interessante. 

De repente ele me puxou para mais um beijo. Dessa ver um beijo ardente e selvagem. Não vou mentir, eu estava ADORANDO aquilo tudo. 

Após o beijo, eu tirei a jaqueta dele e ele retirou a minha. Depois tirei sua camisa, mostrando seu abdômen lindo e definido. Que delícia. 

Comecei a dar vários beijinhos molhados em torno do seu abdômen. Após isso, chupei os mamilos dele. Ele começou a gemer.

Então ele retirou minha blusa, alternando as posições e dessa vez, lambendo meu abdômen. 

Numa brutalidade, eu fiquei por cima dele e comecei a desabotoar sua calça.

- Kentin, você quer mesmo isso? Está realmente preparado?

- Alexy.. sou todo seu.

Com essas palavras ele me deu seu sinal. Eu abaixei suas calças e vi o que eu mais queria. Meu Deus, eu vou pirar, olha o tamanho do volume da cueca. 

Eu retirei sua cueca e comecei a mexer no seu membro. O Kentin estava gemendo muito, mas vi que aquilo dava prazer a ele. Ainda bem que meus pais tinham viajado, então não precisava me preocupar com isso.

Vi que ele estava começando a ficar excitado. Então pedi para que ele ficasse de quatro para mim, e ele obedeceu. 

Num movimento instantâneo, tiro minhas calças e minha cueca e me vejo em cima dele. Começo a penetrá - lo devagar, para não machucar. O Kentin gemia muito.

- A-Ah.. Alexy..

- Tá tudo bem? Se quiser, eu paro.

- N-Não. Continue, mais rápido.

Ele falou e eu assenti. Comecei a penetrar dentro dele muito rápido. Eu já estava quase gozando quando..

- Alexy! Ainda quero saber o porquê daqui.. Opa! 

Armin falou, entrando no meu quarto e tropeçando em mim e no Kentin. Ele caiu diretamente na cama. Sim! Eu e o Kentin estávamos no CHÃO! 

- O que diachos tá acontecendo aqui?! 

- É-É.. Armin .. então.. 

- Vocês estão transando? 

- É... 

Eu não conseguia falar nada, eu estava com muita vergonha. A única coisa que consegui pensar foi em acalmar o Armin, mas de uma forma bem diferente..

Eu beijei o Armin e caí na cama em cima dele. Ele estava tentando sair dali, mas pus minhas mãos em cima dele. E pra minha surpresa, o Kentin veio logo atrás, puxando as calças do Armin para tirá-las.

- O que vocês estão pensando em fazer comigo?!

- Nós nada, hehehe. 

Rapidamente o Kentin beija o Armin e o Armin retribui dessa vez. Eu retiro as calças do meu irmão e começo a mexer nas partes dele. Eu não sabia que ele tinha uma coisinha tão grande na parte de baixo. 

Percebemos que o Armin começa a se excitar e gemer. Então ele decide entrar no jogo. Ele pega em minhas partes íntimas e começa a masturbá - las. Eu estava sentindo um prazer imenso. Até que ele resolve tirar seu membro e me penetrar. 

Eu sinto dores, mas aquilo é prazeroso demais pra fazer com que eu o mande parar. Até por quê eu estava aproveitando o beijo selvagem do Kentin.

Quando ele terminou, eu continuei o que estava fazendo no Kentin antes dele chegar, e dessa vez gozei dentro dele. Enquanto isso, o Armin "brincava" com as partes do Kentin. Ele estava com a língua metida lá. O Kentin como estava gemendo é bastante excitado, gozou dentro da boca do Armin, e ele bebeu tudo.

Quando tudo isso acabou, nós três nos deitamos na cama e adormecemos.

...

No dia seguinte, acordei, vendo meu irmão é o Kentin dormindo, eles estavam tão fofos. 

Dei um selinho no Kentin.

- Acorda, dorminhoco. 

- Hey! Eu também não mereço selinho não? - Diz o Armin, contrariado e nós dois rimos. O Kentin dá um selinho nele. 

...

Depois de um tempo, cada um tomou banho. Aí o Kentin começou a falar com o Armin.

- Armin, o Lys me pediu para dizer que você fosse na casa dele fazer o trabalho amanhã. Tá aqui o endereço. - Fala Kentin entregando nas mãos do Armin. 

Mas na mesma hora o Armin paralisou olhando pro papel com uma cara estranha, parecia que havia visto fantasma.

- Tá tudo bem, Armin? Que cara é essa? - Pergunta o Kentin preocupado.

-  É-É que.. 

[POV'S Armin] 

- É-É que...

Meu Deus! Que merda que eu fiz? Como vou explicar pra eles agora que eu amo o Lysandre?! Por quê eu trepei com eles? Ai minha nossa senhora dos games! 

O QUE EU FAÇO?

...


Notas Finais


Até a próxima, cupcakes! ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...