1. Spirit Fanfics >
  2. Através Das Sombras >
  3. Capítulo 15 - Um Novo Poder

História Através Das Sombras - Capítulo 16


Escrita por:


Capítulo 16 - Capítulo 15 - Um Novo Poder


Fanfic / Fanfiction Através Das Sombras - Capítulo 16 - Capítulo 15 - Um Novo Poder

"Está ali, dormindo sobre a alma. A suspeita, a espreita, espera o momento oportuno para despertar. Só precisa de um coração seguro para começar a semear o horizonte de desertos. O medo é seu aliado que abre a porta e uma vez que ele se instala a paz se torna impossível."

*-*-*

Chovia.

Chovia tanto que mesmo estando presa dentro daquela sala, Sakura conseguia ouvir os trovões. 

Estava ofegante, suada, já havia prendido os cabelos em um coque apertado, a calça que usava estava rasgada em vários lugares. A camisa preta de manga ( havia se aquecido, pois, como chovia muito, estava frio) também estava rasgada, deixando parte da barriga, braços e costas da Haruno expostos.

A sua frente, ofegante, estava Kakashi. O sharingan ativo, posição de defesa, os cabelos bagunçados. Ele olhava Sakura de forma fixa. Ao redor deles, tudo estava numa mistura de bagunça e destruição. 

Estavam em um tipo de sala para treinamentos da Ne. Era como um enorme galpão com todos os tipos de ambientes para usuários de vários tipos de elementos. A baixa luz deixava o clima mais tenso. 

A luta estava difícil para ambos os lados. Sakura encontrava-se no limite, havia saído do controle duas vezes desde que começara o treinamento e ainda nem havia chegado o almoço. Assim que começaram o treinamento, Kakashi desativou o selo nas costas dela, disse que seria melhor se ela perdesse o controle e assim, eles tentariam retomá-lo, mas nas duas vezes, foi preciso ele usar o sharingan.

Agora, por exemplo, ele já via o losango na testa dela, mas as listras negras ainda não haviam aparecido, o que era um bom sinal.

Kakashi passou o punho na testa, enxugando o suor que escorria enquanto Sakura fechava os olhos brevemente, sentindo o peito arder diante do pouco fôlego.

Quando abriu os olhos, viu uma kunai ser lançada na sua direção e surpresa, se jogou para o lado. A kunai prendeu na parede oposta. A Haruno olhou para o Hatake com os olhos estreitos e então correu na direção dele, com o punho fechado.

- Shannarooo! - gritou, desferindo um soco.

Ele desviou, girando o corpo para o lado e desferindo um chute na Haruno que foi atingida, mas ela caiu com os pés no chão e apoiou a mão no chão, deslizando.

A jovem inclinou a cabeça para o lado e sacou uma kunai do bolso, jogando na direção dele.

Kakashi se distraiu com a kunai e quando defendeu, correu na direção dela, mas Sakura deu um soco no chão, fazendo o mesmo estremecer. Ele saltou, desviando do golpe, pois, perderia o equilíbrio. No mesmo instante, ele fez sinais com as mãos.

- Kage bunshin no jutsu! - e no mesmo instante outro Kakashi apareceu.

Sakura deu alguns passos para trás no mesmo instante em que o outro Kakashi apareceu, correndo na direção dela, mas ele desapareceu.

- Suiton: Daibakufu no jutsu! - ouviu a voz do prateado.

Atordoada, piscou confusa, olhando ao redor procurando pela cópia, mas ela havia desaparecido. Quando olhou para frente, viu uma enorme quantidade de água se formar e "cair" em sua direção. Um segundo, foi todo o tempo que ela teve para pensar, mas no que poderia pensar?

Sentiu medo, pois, aquela quantidade de água a levaria para longe.

E o medo, despertou outro sentimentos: Proteção.

Na mesma hora, os cabelos de Sakura que até então estavam presos em um cóque, soltaram com fúria, armando-se em volta dela, como uma flor que se abre para a primavera. As listras negras desceram pelo corpo da Haruno e os olhos dela ficaram claros. Diferente das outras vezes que ficavam escuros, agora, os olhos dela ficaram quase brancos.

Quando a enorme cascata de água se aproximou, Sakura ficou etera e ergueu a mão direita em frente ao corpo, espalmando-a no ar. A água se chocou com força contra a mão dela, mas dali não passou. Uma enorme parede de água se formou em frente a Haruno, tendo a mão aberta dela como limite.

Espantado, o prateado esbugalhou os olhos, desacreditado. Ela havia parado a água?

A parede de água estava agitada, como se fosse uma cachoeira em um fluxo infinito. Gotículas caíam aqui e ali, molhando ao redor, mas nenhuma gota tocava na Haruno. Kakashi ficou ereto, observando a cena que se desdobrava a sua frente. Os olhos da Haruno voltaram a ficar claros, quase como um branco e as listras começaram a clarear.

Com o sharingan ativo, ele viu o fluxo de chakra se tornar instável em alguns pontos do corpo dela, mas se tornara estável na palma da mão erguida e nos cabelos. Voltou os olhos para os olhos dela, vendo-os começar a escurecer, pouco a pouco, retornando ao verde original, nisso, o chakra do corpo dela esvaiu de uma vez, fazendo com que a chakra da mão também se esvaísse e a água caiu de uma vez só aos pés da Haruno.

Ela ofegou quando toda aquela água caiu. Uma parte, ainda caiu por cima dela, molhando-a. Fraca, a jovem cambaleou e tombou para trás, mas o Hatake correu e a pegou antes que ela caísse.

Com cautela, ele colocou um joelho no chão enquanto apoiava o outro pé, mantendo-a nos braços e a pousando com cuidado no chão, vendo ela fechar os olhos e ofegar.

Sakura estava no limite.

A deitou no chão com cuidado, mantendo a cabeça dela nos braços e parte do corpo dela no próprio colo. Observou com o sharingan o chakra fraco, quase inexistente em alguns pontos. Por estar muito fraca, ela respirava com dificuldades.

Molhada, cansada... Sakura estava um bagaço, ele percebeu e achou melhor encerrar o treinamento daquele dia por ali.

O fato dela ter parado a água significava que ela estava dominando uma outra natureza de jutsu, coisa que não havia nos dados dela. Sakura não era dominadora de suiton. O que significava que, de alguma forma, ela agora o dominava...

Precisava ir com cautela.

Delicadamente, retirou os longos fios molhados do rosto dela, vendo-a com os olhos fechados.

- Sakura? - chamou baixo, tocando-lhe a testa, retirando os fios e vendo se ela estava bem - Consegue me ouvir?

- Hun... - gemeu baixo. Estava tão exausta que só queria dormir.

- Como se sente?

- Eu... - sussurrou quase num fio de voz - Tô tão... can-sada. - suspirou ainda de olhos fechados.

- Compreendo. - olhou ao redor vendo a destruição que o treino dos dois havia gerado. Havia pego pesado com ela - Vamos parar por hoje.

- O-brigada. - sussurrou, virando a cabeça na direção dele.

Ela estava desfalecida, respirava tão fraco que ele pensava que as vezes, ela nem respirava.

Com cuidado, ergueu o tronco feminino para frente, colocando a mão sobre o selo e reativando. Aquilo fez o fluxo de chakra dela diminuir ainda mais. Sakura resmungou, tombando a cabeça para o lado. Os cabelos grudados nos ombros, foram para o rosto.

Mais uma vez, ele afastou os fios do rosto dela, a pegou no colo e levantou.

Já começava a virar rotina ter que carregar Sakura no colo, percebeu.

As roupas dela pingavam, mas ele não se importou em se molhar, caminhou para fora da sala.

No corredor, vários ANBUS observavam os dois e se questionavam o quão pesado Kakashi havia pego com a pobre coitada ao ponto dela ficar daquele jeito, mas sabiam que ele deveria ter forçado ela até o limite, pois, o Hatake não era de ter piedade de ninguém, mesmo que fosse só treino.

Decidiu ignorar todos os olhares que eram direcionado em sua direção, mas ao chegar no corredor dos dormitórios, viu Anko em um canto, conversando com um ninja. 

- Anko? - chamou, seguindo na direção do quarto de Sakura.

A ANBU olhou para ele e ao ver Sakura desfalecida nos braços do prateado, a mulher esbugalhou os olhos se aproximando.

- Por Kami, Kakashi, o que fez com a menina!?

- Treinamos... - resmungou.

Anko abriu a porta do quarto de Sakura e ele entrou com ela, sendo seguido por Anko.

- Não pegue tão pesado assim com ela. Mesmo sendo forte, ela ainda não está acostumada com tudo isso. - ralhou, ajeitando a cama, mas Kakashi não colocou a Haruno na cama - Vamos!

- Ela precisa trocar essas roupas ou vai adoecer. - alertou - Sakura, consegue manter-se sentada? - baixou os olhos para a jovem nos braços.

- Hun... - murmurou, abrindo brevemente os olhos em duas fendas.

- Eu acho que não. - a ANBU resmungou, suspirando - Vamos, coloque ela naquela cadeira e deixe que eu faço o resto. - seguiu para o guarda roupas de Sakura e pegou um vestido folgadinho. Praticidade era melhor que qualquer coisa.

Em silêncio, o mascarado colocou a Haruno sentada na cadeira, encostou a cabeça dela no encosto e a segurou pelos ombros, impedindo que ela caísse. Anko se aproximou e segurou Sakura por um ombro, afastando Kakashi com a outra mão.

- Pra fora, Hatake... - suspirou.

Ele apenas meneou a cabeça e lançando uma última olhada para Sakura, se retirou do quarto. Do lado de fora, foi alvo de vários olhares. As pessoas sussurravam que ele estava pegando pesado com a garota, mas só ele e apenas ele sabia o quão perigosa e forte Sakura era, porém, ninguém jamais imaginaria que ela fosse usar todo o chakra para parar um ataque como aquele que imitava uma cachoeira.

Encostou as costas na parede e esfregou o rosto, confuso. Precisava pensar a respeito do que estava acontecendo consigo. Fechou os olhos e colocou as mãos nos bolsos.

Sakura era um enigma perigoso que ninguém sabia por quais caminhos percorrer para desvendá-lo. Naquela manhã, havia decidido que testaria os limites dela, mas baseando-se no que havia acontecido, era difícil saber o limite que ela possuía, principalmente quando o chakra dela ocultava-se e depois aparecia do nada.

Precisava ser cauteloso.

Sem falar no perigo que ela representava quando se descontrolava. E aqueles olhos claros? Todos os momentos que viu o byakugou despertar, os olhos ficavam escuros, mas agora, estavam claros. Era algum tipo de dupla personalidade de chakra ou ela estava mudando? Era algo que também precisava estudar.

Santo Deus, eram tantas coisas que precisava aprender sobre ela!

Ficaria louco.

Antes, Danzou não o tivesse designado para aquela missão, porque agora, tudo o que ele tinha era trabalho, dúvidas, dor de cabeça e confusão.

Soltou um gemido baixo. Estava muito fodido, mas agora que a missão estava em suas mãos, desistir não era uma opção, até porque sabia que se largasse a Haruno de mão, ela acabaria sendo treinada por carrascos, e bem... aquele seu maldito lado humano não permitiria que alguém tão indefeso como ela fosse mal tratada novamente.

Tomou uma decisão.

Abriu os olhos e caminhou pelo corredor, seguindo para onde certamente encontraria Danzou.

Enquanto caminhava, sentia que estava tomando uma decisão sem volta e que aquilo lhe traria grandes problemas, afinal, nunca havia aceitado aquilo antes, mas agora, diante das circunstâncias, era necessário.

Sabia que perderia boa parte da pouca liberdade que possuía, mas no fim, torcia para não estar errado.

Parou em frente a porta que era protegida por dois ANBUS e eles apenas menearam a cabeça.

- Capitão...

- Danzou está?

- Sim.

E sem falar nada, ele bateu. Ouviu um "entre" vir lá de dentro e sem cerimônias, abriu a porta e entrou. Seus olhos logo focaram na figura de pé próximo a uma janela, observando a paisagem. Ele sabia que Danzou olhava Konoha. Caminhou até metade da sala e então se ajoelhou, baixando a cabeça.

- Fico surpreso em tê-lo aqui, Kakashi. Pensei que estaria treinando a Bela Flor de Konoha. - brincou ainda de costas.

- Digamos que o treino foi um pouco demais para ela, senhor. A Haruno ficou esgotada e apagou.

- Compreendo. - deu um leve sorriso - Não seja tão carrasco com a menina, hun? - olhou para o Hatake por cima do ombro - Como está o avanço?

- Não obtive muito sucesso, mas ela se mostrou bem determinada. Acredito que em breve, conseguirá se manter sob controle por mais tempo, porém, precisará usar o selo. - mentiu.

- Entendo... - murmurou e suspirou, girando nos calcanhares, vendo o prateado ajoelhado. O orgulho de Danzou vibrou e ele ergueu o queixo, feliz por ter um dos ninjas mais fortes de Konohakagure ajoelhado diante de si - Diga o que deseja.

- Gostaria de solicitar minha estadia aqui na Fundação.

Por aquilo Danzou não esperava. Seu único olho a mostra esbugalhou e ele arqueou as sobrancelhas, surpreso.

Kakashi estava pedindo para morar na Ne?

Pelos céus, por muito tempo Danzou só faltou se ajoelhar para ter o prateado debaixo de seu nariz 24 horas por dia, mas Kakashi nunca aceitou deixar sua casa para morar ali e agora, ele lhe pedia isso assim, do nada?

- Devo dizer que estou surpreso, Kakashi. Posso saber o motivo?

- Sim. - respirou lentamente - A Haruno se mostrou instável durante o treinamento. Temo que ela não consiga se manter em algum momento e diante do que tenho visto, acredito que ela seja uma ameaça maior do que imaginávamos. - falaria a verdade... ao menos parte dela.

Claro que era por causa dela.

O mais velho quis sorrir, mas preferiu se controlar.

- Entendo... - franziu o cenho analisando o Hatake, mas por ele usar aquela máscara de pano e estar de cabeça baixa, não dava para ver muita coisa, mas sentia que tinha algo mais, porém, não conseguiria arrancar aquilo do Hatake. Sabia que com Kakashi precisava agir com cautela.

Girou nos calcanhares e voltou a observar Konoha, colocando a mão livre nas costas. Suspirou dando um pequeno sorriso de canto.

- Tudo bem. 

- Obrigado. - levantou e começou a caminhar em direção a saída, mas parou quando ouviu a voz de Danzou.

- Posso acompanhar o treinamento amanhã? - sua voz estava carregada de ironia - Ou terá algum problema?

Havia uma ameaça ali, Kakashi era capaz de sentir, mas não se deixaria intimidar por Danzou. Ele já estava preparado para aquele tipo de coisa e sabia bem como agir... Só rezava para que Sakura não saísse de seus planos e colocasse tudo a perder.

- De forma alguma, senhor.

- Ótimo...

E sem falar mais nada, Kakashi saiu da sala, deixando um Danzou muito feliz para trás. Já Kakashi, bem... ele sabia que estava entrando no ninho de cobras e precisava se manter em alerta o tempo todo, mas era cauteloso, cuidadoso e minucioso.

Jogaria aquele jogo com uma peça de cada vez e dependendo da jogada do adversário, ele saberia se deveria avançar ou recuar.

*&*&*&*&*

#Enquanto Isso No Portão de Konoha#

Os olhos negros contemplavam a Vila.

Fazia tanto tempo...

Viu quando ANBUS apareceram em sua frente, todos em posição de ataque. 

Suspirou, cansado. Precisava realmente daquilo? Sinceramente, se a Hokage queria lhe intimidar, deveria ela mesma tê-lo vindo receber e não mandar meia dúzias de mascarados fazer aquilo.

Baixou o capuz e viu quando alguns dos ANBUS deram um passo para trás. Era sempre assim, entretanto, outros se mantiveram parados, observando-o.

Ele caminhou tranquilo até transpassar o enorme portão. Viu quando os ANBUS se posicionaram formando um círculo aberto.

- Venha conosco. - o que aparentava ser o líder anunciou - Não resista. Se tentar algo, iremos lhe prender.

Ainda em silêncio, ele entrou no meio do círculo que se fechou e o escoltou até a torre mais alta daquele lugar.

Finalmente estava em casa.


Notas Finais


Olá kiridas!

Sakura dominando suiton? Babado que chama, né? E Kakashi hein, vai se mudar para a fundação só para ficar de olho na Haruno. Sei não, mas algo não me cheira bem e devo dizer que não estou me referindo a falta de banho de ninguém, viu?

Kakashi e Sakura debaixo dos olhos de Danzou?

Tks, tks, tks!

E olha... Temos um novo morador em Konoha. Queeeeem serááá?

Obrigada por todo o carinho.

Comentem, compartilhem...

Música do Capítulo: https://www.youtube.com/watch?v=uKdYs6xhnhU&feature=emb_title


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...