História Através Do Espelho - Park Jimin ( BTS ) - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys, Bts, Chimchim, Jimin, Park Jimin
Visualizações 215
Palavras 1.237
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fantasia, Ficção Científica, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 13 - Discusão


Fanfic / Fanfiction Através Do Espelho - Park Jimin ( BTS ) - Capítulo 13 - Discusão

_ amor, o que você tem? Desde que saímos do hospital, você está um tanto distraído

_ Não é nada querida, só estou um meio apreensivo com a chegada de meus pais – respondeu entrelaçando nossas mãos

_ Nada e nem ninguém irá me separar de você Park Jimin – disse o abraçando

O maior me apertou contra seu corpo selando nossos lábios, mas fomos interrompidos com o soar da campainha, olhei meu relógio e marcava exatamente 8 horas da noite, um calafrio correu pelo meu corpo, me fazendo apertar a mão do maior, respirei fundo e arrumei os cabelos, recebendo gargalhadas do mais velho... Jimin ficou a minha frente passando a mão em meu rosto

_ Você está linda – disse selando minha testa

O mesmo me deixou próximo ao sofá e foi em direção da porta

_ Ooh Meu filho – a Senhora Park disse o abraçando

_ Oi Omma – respondeu com um sorriso no rosto, podia notar o quão desconfortável Jimin estava  - Vamos entrar – disse levando a mais velha em direção ao sofá

_ Omma, está é Lia minha mulher – disse passando a mão pela minha cintura

_ é um prazer conhecê-la Senhora Park – disse me curvando

_ O prazer é meu querida, vejo que meu filho tem um ótimo gosto para mulheres – disse sorrindo

Eu posso jurar a vocês que esse sorriso me deixou angustiada

_ Onde está Meu Appa? – questionou se sentando no sofá

_ Teve uma reunião de negócios de última hora, amanhã a noite ele estará aqui – respondeu simplista

_ Jimin, mostre a sua Omma o quarto dela, enquanto eu coloco a mesa – disse indo em direção a cozinha

O maior sorriu em e foi em direção a mais velha pegando sua mala

- Espero que a senhora goste do quarto Omma – disse guiando a mais velha

Enquanto eu estava pondo a mesa, senti algumas dores me fazendo ficar zonza

_ deixa para judiar da mamãe quando eu me deitar, agora não amor – sussurrei passando a mão por cima da barriga na tentativa de amenizar a dor, o que por incrível que pareça deu certo...

Terminei de colocar os pratos e as travessas com macarronada, carne de panela, canja e sopa de arroz, e duas jarras de suco de maracujá, fui em direção ao armário a procura dos copos, mas como meu tamanho não me favorece foi inútil

_ Aishiii – resmunguei sendo surpreendida pelas mãos do Park os pegando para mim

_ Já lhe disse para os colocar mais baixo pequena – sussurrou me fazendo rir

_ Irei me lembrar disso, obrigada – disse sorrindo – onde está sua Omma?

_ disse que iria tomar um banho para tirar o cansaço da viagem

_ ela é tão tranquila, não sei o porquê estava tão angustiado – disse me encostando no balcão

_ tenho que admitir que foi exagero da minha parte – respondeu rindo

_ quem diria que eu iria ver Park Jimin dizer que é um exagerado – zombei do maior

_ Yaaah!!! Eu não sou exagerado – disse sorrindo me fazendo arquear a sobrancelha – Okay, Okay só um pouquinho – disse levantando as mãos para cima em sinal de rendição

_ Jimin, meu filho será que você tem algum analgésico para enxaqueca? – Questionou entrando na cozinha

_ Ainda temos Lia? – Questionei fazendo a mesma ir em direção a caixinha de primeiros socorros

_ Acabou temos apenas para febre – respondi fazendo a mais velha resmungou de dor se sentando no banquinho da bancada

_ Omma, você consegue aguentar até eu voltar da farmácia? – Jimin questionou indo em direção a chave do carro

_ mais alguns minutos não irá me fazer tão mal assim – disse a mais velha sorrindo  

Jimin depositou um selar nos cabelos da Mãe e foi de encontro a porta

_ Tome cuidado – disse vendo o mesmo adentrar no carro

_ Volto logo não se preocupe – disse ligando o veículo e sumindo do meu campo de visão, girei meus calcanhares e fui em direção a casa, assim que adentrei na sala senti outra pontada em meu ventre, mas desta vez foi mais forte, resmunguei um pouco mas logo recompus minha postura e fechei a porta, assim que me virei para ir em direção ao sofá, me assusto com a figura da Senhora Park a minha frente me fazendo se assustar, a mesma está com um semblante sério e frio no rosto, fui em direção ao sofá na tentativa de me sentar quando Ji Hye segura meu braço me fazendo dar um tranco no corpo, isso só aumentou a minha dor

_ Então você é a vagabunda, que fez o meu filho sumir todos esses anos – disse simplista apertando meu braço

Cadê aquela mulher doce e serena que conheci a minutos atrás? Cerrei meus punhos a ouvir tal coisa

_ Como é? – Questionei seria por mais que a dor estivesse presente

_ quanto você quer para sair da vida do meu filho? – indagou

Essa foi a gota d’água

_ com todo respeito, com quem você acha que está falando? não sou nenhuma vagabunda ou prostituta para estar com seu filho por dinheiro... – parei por conta de outra pontada – então eu espero que a senhora pense antes de me acusar, estou pouco me lixando para o seu dinheiro e para sua informação eu não encontrei seu filho no meio da noite ou em uma balada qualquer – Na verdade eu o encontrei no espelho do meu quarto, mas isso não vem o caso – então eu peço que me respeite, se não for por mim que seja pelo Jimin, eu não sei o que você veio fazer aqui?, mas eu lhe digo uma coisa se você vir me insultar novamente ou tentar algo para me separar dele não me importa se você é Omma do Jimin ou a raínha da Inglaterra eu irei te colocar para fora da minha casa sem pensar duas vezes – disse séria encarando a mais velha

_ Vadia desgraçada, você não irá destruir o futuro do meu filho – murmurou proferindo um tapa em meu rosto me fazendo cair no sofá com a mão na bochecha

_ VOCÊ ESTÁ FICANDO LOUCA – Jimin gritou adentrando na sala vindo em minha direção

Meu rosto ardia, e as dores em meu ventre só pioravam me fazendo me encolher meus olhos estavam embaçados

_ Saia da minha casa agora – Jimin disse em alto tom se abaixando ao meu lado – você está bem? – sussurrou me abraçando de lado

_ Meu Filho me escute – disse a mais velha

Jimin apenas a olhou sério

_ escutar para que? Se eu sei que irá mentir dizendo que foi a minha mulher que fora para cima de ti e você apenas se defendeu – disse serrando os dentes

_ Filho não é bem assim...eu só....

_ Pare de querer se justificar Ji Hye, eu ouvi tudo, eu só quero que saiba que eu estou com ela é porque eu a amo e nada do que você fale ou faça eu não vou largá-la, eu amo Lia e amo o filho que ela está carregando e não vou abandona-los para voltar a Busan com você Omma – disse ficando cara a cara com a mais velha

_ Ji...Jimin.. – Sussurrei vendo tudo fica turvo

_ Lia?... vamos querida fique acordada – Disse pegando a menor nos braços a levando para o quarto – Se algo acontecer com ela ou com o meu filho, você pode esquecer que um dia foi a minha Omma

_ Park Jimin – disse a mais velha

_ Quando eu sair desse quarto eu realmente espero que você tenha saído da minha casa, não precisa voltar a Busan, pois eu quero que meu Appa a conheça e diferente de você ele irá nos dar sua benção, procure outro lugar para passar a noite – disse adentrando em seu quarto fechando a porta logo em seguida


Notas Finais


Boatos de que quando a sogra não vai com a tua cara ela inferniza até sua sétima geração....
Boatos de que Ji Hye não vai deixar barato não viu...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...