1. Spirit Fanfics >
  2. Através do Espelho >
  3. 03 - Que lugar é esse?

História Através do Espelho - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - 03 - Que lugar é esse?


Assim que a porta se abriu diante de mim, meus olhos brilharam com tanta graça que estava diante deles. Eu nunca tinha visto nada parecido em toda minha vida.

Era um lugar enorme e lindo, eu mal podia mensurar o tamanho.

Eu sai da sala e me apoiei sobre a sacada olhando para baixo. Não acreditei quando vi várias escadas se movendo como se tivessem vida própria. Elas se moviam de um lado para o outro e pessoas transitavam nelas como se aquilo fosse normal.

Nas paredes haviam milhares de quadros, e por um leve instante pensei ter visto eles se mexerem também.

Mas meus pensamentos foram interrompidos quando vi algumas pessoas passando no corredor que eu estava. Continuei ali imóvel, sequer me virei para olhar quem vinha, quem sabe assim eles deixassem passar despercebido que eu estava ali.

Assim que senti eles passarem atrás de mim seguindo o corredor, olhei para eles. Eram duas pessoas vestindo capas pretas quase até o pé, com alguns livros na mão; aquela roupa era no mínimo estranha.

Por um instante fiquei me perguntando que tipo de lugar era aquele, era um tanto... peculiar.

Meu corpo gelou e eu paralisei por uns instantes quando eu senti uma mão tocar meu ombro. Havia alguém atrás de mim.

— O que faz aqui senhorita Clark? — uma voz feminina quebrou o silêncio — E sem uniforme...

Não consegui expressar nenhuma palavra a tempo quando ela colocou a mão em minhas costas e fez um impulso para frente me fazendo andar.

Olhei para o lado para ver o rosto da mulher. Era uma mulher alta de meia idade, usava um vestido preto e uma capa verde por cima. Seu cabelo estava preso em um coque e usava um óculos oval pequeno. Ela se portava com classe e formalidade.

— Vamos, direto para o dormitório trocar essas roupas... se não quiser tomar uma detenção — a mulher disse ainda me guiando.

Olhei sobre meus ombros enquanto andava, vi a porta da sala aos poucos ser deixada pra trás. Observei ao redor algum detalhe que me fizesse lembrar do caminho.

Um quadro. Havia um quadro de dois homens em cima de um cavalo.

Pisquei duas vezes quando vi o cavalo dar um impulso para trás ficando sobre as patas traseiras e o homem que estava sentado atrás cair.

O quadro se mexeu mesmo?????

Meu deus eu deveria estar muito louca ou chapada ou aquilo era um sonho muito louco que eu estava tendo. Não podia ser real. Nada daquilo era real.

Caminhamos por uns minutos até chegarmos no subsolo. A mulher me deixou ali e seguiu andando.

Eu fiquei la parada em frente a uma pilha de barris amontoados em um canto tentando entender que diabos de "dormitório" era aquele. Será que o conceito de dormitório naquele lugar era diferente do que eu conhecia?

Então um menino entrou no local me olhando e logo após deu um sorriso simpático pra mim e seguiu caminho até parar em frente a pilha de barris.

Fiquei olhando analisando o que ele iria fazer e me perguntando pra onde ele iria se ali não tinha para onde seguir.

Então ele se aproximou da parede e bateu algumas vezes sobre o barril e como mágica abriu uma passagem, rapidamente corri naquela direção e passei junto com ele antes que a passagem se fechasse atrás de nós. E o segui até uma porta redonda que se abriu assim que chegamos perto.

Quando a porta se abriu pude ver um espaço enorme, era um espaço meio rústico, haviam várias plantas e folhagens. Era um lugar totalmente aconchegante e gostoso.

Tinham diversas poltronas espalhadas e uma lareira do outro lado da sala, e o lugar era inundado por vozes de várias pessoas conversando animadamente.

— Perdida? — ouvi alguém se aproximar de mim dizendo.

Era uma menina loira de cabelos lisos.

— É... mais ou menos — falei rindo.
— Ana Abott, prazer — a menina disse estendendo a mão.
— Mellina Clarke, prazer — respondi estendendo a mão de volta.
— Ahh, você é Mellina?! Seja bem vinda — ela sorriu ainda mais — Soube que uma aluna nova ia ser transferida para Hogwarts mas não sabia que era você.

Hogwarts? Me segurei para não perguntar que lugar era esse mas tentei presumir pelos livros que aqueles alunos carregavam e pelos uniformes que seria uma escola. Talvez eu estivesse enganada mas até então minha intuição era essa.

Por uns segundos fiquei atônita tentando entender como ela de certa forma ja esperava minha chegada.

— Veio de Beauxbatons né? — Ana perguntou.
— Hum... sim, isso, Beauxbatons — assenti tentando parecer ao máximo convencida da minha própria mentira.

— Vem, vou te mostrar o dormitório — Ana disse dando um sinal para eu segui-la até um corredor.

— Quem informou você que eu seria transferida? Tipo todos ja sabiam? — perguntei tentando parecer o mais natural possível enquanto seguia o corredor com Ana Abott.
— Ah, Dumbledore! Ele fez questão de nos informar para nós te receber assim que chegasse.

Dumbledore... seja quem fosse eu precisava saber como ele ja sabia que eu viria e quem ele era.

— Aqui é seu dormitório... quer dizer nosso — ela disse sorrindo parada em frente a uma porta redonda aberta.

Entrei primeiro observando o lugar. O dormitório era como aquela sala que havia visto antes, era repleta de plantas e flores e haviam várias camas de madeira ao redor. Haviam 5 no total para ser mais exata. 2 camas seriam ocupadas por mim e Ana mas e as outras 3? De quem seriam?

Havia uma cama com uma roupa em cima, tinha uma camisa branca, uma saia preta, uma gravata amarela com preto e uma capa preta com um símbolo de um texugo. Presumi que aquele provavelmente era o uniforme pois tinha visto diversas pessoas com aquela roupa.

— Sua cama — Ana disse apontando para a cama com o uniforme em cima.
— Obrigada — respondi sorrindo.

Me aproximei da cama pegando o uniforme nas mãos. Assim que andei em volta da cama vi uma mala no chão ao lado dela. Pensei se seria minha.

— Ah deixaram suas coisas ai — Ana disse parecendo ler meus pensamentos — Tem um banheiro ali se você quiser privacidade pra se trocar — ela apontou na reta uma porta próximo a uma cama enquanto me via de pé ao lado da cama segurando o uniforme nos braços.

Entrei no banheiro e fechei a porta apoiando meu corpo sobre ela.

Aquilo era loucura...

E por mais que eu estivesse confusa e assustada com tudo aquilo eu me sentia bem, me sentia feliz. Acho que por fim apenas aceitei que se eu estava ali deveria ao menos aproveitar aquele momento e logo depois eu voltaria para casa e tudo ficaria bem.

Então vesti meu uniforme e me encarei por um tempo no espelho. Eu estava me sentindo estranhamente atraente, nunca havia usado um uniforme tão bonito.

Joguei meus cabelos cor de mel para frente os ajeitando e dei uma última olhada no espelho saindo para o dormitório.

— Pronta? — Ana perguntou sorrindo.
— Pronta — assenti sorrindo de volta para ela.
— Vem, vou te mostrar o castelo, você vai adorar! — ela disse animadamente dando um pulinho de alegria enquanto me agarrava pelo braço me levando para fora do quarto.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...