História Atráves do Espelho Sterek - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Derek Hale, Isaac Lahey, Liam Dunbar, Lydia Martin, Malia Tate, Scott McCall, Sheriff Noah Stilinski, Stiles Stilinski
Tags Derek, Drama, Sadmoment, Sterek, Stiles
Visualizações 221
Palavras 1.210
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção Adolescente, Lemon, Magia, Sobrenatural, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Estou ressuscitando essa fanfic que eu fiz, eu achei que faltava algo então a editei e estou postando de volta, espero que gostem.
Tenham uma boa leitura.

Capítulo 1 - Capitulo Unico


Uma grossa chuva caia em Beacon Hills como há tempos não fazia, e dois desavisados corriam de volta para a mansão Hale, brincando como duas crianças sem nenhuma preocupação.

-Acho melhor correr mais que isso Stiles.  – a voz do homem gritou para que o garoto pudesse ouvir.

-Te vejo em casa Sourwolf. Não demore muito. – provocou o humano, mesmo sabendo que ele estava o deixando ganhar, mas se não fosse assim a brincadeira não teria graça.

Derek só esperou que Stiles chegasse a mansão para voltar a sua velocidade normal e chegar em casa bem rápido, viu pegadas e seguiu o rastro delas indo até o quarto que dividiam, roupas molhadas foram deixadas no caminho para o banheiro e o som da agua quente foi a denúncia de onde sua presa se encontrava, não pensou ao também se livrar das roupas e invadir o box onde o garoto estava.

-Espero que não se importe em dividir o chuveiro. – sussurrou atrás de Stiles vendo o mesmo se arrepiar.

-Nem um pouco. – respondeu o castanho se virando e cercando o pescoço do homem para logo iniciar um beijo afoito.

Não foi preciso de muito tempo para que tudo se tornasse mais intenso e deixassem o banheiro com Derek carregando o garoto indo em direção a cama.

Toques, beijos e marcas faziam parte da rotina desde que começaram a namorar, mas por algum motivo nunca era a mesma coisa, quando estavam juntos cada contato era sempre melhor que os anteriores.

Stiles tinham os olhos brilhantes naquela noite, seu rosto continuava vermelho de vergonha mesmo depois de tantas vezes que fizeram amor, mas Derek nunca reclamaria achava uma das características mais belas dele, após um tempo o preparando foi Stiles quem o apressou com o olhar mais desejoso que já vira e não teve como negar o pedido dele.

-Der, eu preciso de você.

Naquela noite tempestuosa, dois homens se amavam como se o amanhã nunca fosse chegar, como se nada mais importasse além deles e talvez por um instante realmente nada no universo poderia roubar ou atrapalhar aquele momento, as palavras de amor estariam eternizadas pelas estrelas que caiam após o céu finalmente se acalmar e os amantes poderiam adormecer na paz que pertenciam somente a eles naquela hora. Um estaria com o outro para sempre.

 

 

****

Aquela manhã estava chuvosa e desde meses atrás não sentia vontade alguma de sair de casa, pois tudo o fazia lembrar daquele que partira.

Havia ficado literalmente sozinho em Beacon Hills e se não fosse para ver aqueles olhos âmbares ou ouvir aquela risada preferia continuar assim.

Se perguntava o que havia de errado consigo. Por que todas as pessoas que amava tinham que morrer?

Paige seu primeiro amor de adolescência havia morrido em seus braços sem que pudesse fazer nada para salva-la, Kate o havia enganado e levando com ela toda a sua família junto.

Ele era um sobrevivente ou um largado pelo destino à própria sorte?

Aquilo era um tipo de castigo?

Sua vida passada não tinha sido boa e agora era hora de sua punição?

Falavam que ele carregava toda a culpa nas costas, mas o número de pessoas que amava só ia diminuindo e por mais que tentasse assumir a postura fria e má alguém sempre achava uma brecha, e esse foi Stiles.

 A falta de paciência e implicância com o garoto só ocultaram um sentimento mais forte e que em uma briga ambos acabaram descobrindo que a raiva na verdade era amor e preocupação. Preocupação que um dos dois morresse à mercê das criaturas estranhas que iam parar naquela cidade e amor em querer sempre garantir que o outro estivesse bem.

Mas ele não havia conseguido mais uma vez, havia falhado de novo e outra pessoa boa foi embora.

"Tão típico de você, Derek."  - sua consciência dizia.

Lembrava-se perfeitamente o desespero de não saber onde o garoto destrambelhado e verborrágico fora,  de perguntar para todos os membros do Pack e receber sempre respostas negativas,  lembrava-se do medo que sentiu ao descobrir que ele tinha sido pego por um bando de vampiros sanguessugas. Lembrava-se da raiva, lembrava-se da aflição de não tê-lo por perto e lembrava-se também da agonia que sentiu ao chegar a um deposito abandonado e ver um corpo pálido e imóvel repleto de mordidas e com sangue escorrendo por seu corpo pendurado pelos pulsos amarrados a cordas. E com dor lembrou-se das palavras que aquela voz disse ao encara-lo uma última vez:

-Fique bem Sourwolf... Eu amo você.

Era tarde demais para tirar qualquer dor que o menor sentisse, os olhos âmbares que eram cheios de vida se apagaram e os lábios antigamente rosados assumiram um tom arroxeado selando para sempre a voz contagiante do garoto.

Triste e tomado pela raiva acabou com cada um dos vampiros daquele lugar e tirou o corpo sem vida de Stiles de lá, não seria justo não contar aos outros mesmo que lhe doesse mais que qualquer coisa perder seu companheiro. A família e os amigos dele tinham o direito de saber.

A reação de todos foi como achava que seria, semelhante a sua. Scott ficou descontrolado tiveram que usar wolfsbane para controlar um pouco seus poderes que saíram do controle, a sorte era que Isaac o apoiou sendo a nova Âncora do Alfa, Malia não disse nada, mas sumiu por dias e quando souberam pra onde ela tinha ido foi graças a notícia que vários animais da floresta foram encontrados mortos, Lydia por sorte não estava com eles, mas de nada melhorou dar a notícia por telefone, todos sentiram o seu grito mesmo a longa distância, Liam pareceu ser o único a não transparecer a dor, mas teve que ficar na casa de Scott por alguns dias.

Mas a pior parte foi dizer ao pai de Stiles. Somente não havia levado um tiro por que o xerife percebeu em seus olhos que uma parte de seu coração e alma haviam morrido junto ao garoto, assim como era com ele. Olhando para o homem Derek percebeu que ao menos ainda tinha Malia e Peter, mas o xerife agora estava sozinho. Primeiro sem sua esposa e depois pela única coisa boa que tinha lhe restado e que também foi tirada dele.

Enquanto todos estavam no velório, ele observava de longe incapaz de se aproximar das pessoas prestando homenagens e aos amigos dele. Quando todos se foram que fez sua última despedida alisando o nome escrito na lapide e deixando um buquê com rosas brancas no túmulo. Foi embora sabendo que nunca mais seria o mesmo e aquele vazio que sentia não iria embora.

Ao voltar ao loft deixou-se envolver pelas lembranças que o quarto que dividia com o garoto trazia permitindo-se chorar sentindo a fragrância do menino nos lençóis e travesseiros lembrando quantos momentos passaram ali, dormindo, brigando ou simplesmente fazendo amor. Quase escutava a voz dele dizer “eu te amo” antes de pegar no sono e quando o respondia após ele já estar adormecido via um pequeno sorriso pairar no rosto cheio de pintas, como se ouvisse o que falava.

 

Naquela manhã quando entrou no banheiro percebeu através do espelho que o destino brincava com sua cara, através do espelho percebeu que a única coisa que queria havia sido tirada de si.


Notas Finais


Sei que muita gente quer me matar, mas calma pessoal, está friozinho e geralmente eu penso em historias assim e as musicas acabam me influenciando mais.
Nosso Derek ficou sozinho tadinho, mas nosso Stiles sempre vai estar com ele.
Se alguém chorou ou se sentiu emocionado bem vindo ao clube, não costumo escrever essas sad fics, mas de vez em quando faz bem.
Espero que tenham gostado e deixem comentários aqui pra mim saber como me sai escrevendo esse drama.
E pra quem quiser vou deixar o link de outra Sterek que estou escrevendo dêem uma olhada lá: https://www.spiritfanfiction.com/historia/de-repente-lobo-sterek-7975173
Agora já estou indo já devem estar cansados de mim duas vezes num dia só. Até a próxima pessoas, tchauzinho e boa noite (no caso pq estou postando a noite).


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...