História Através do olhar (Leiftan) - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Eldarya
Personagens Ewelein, Ezarel, Jamon, Keroshane, Leiftan, Mery, Miiko, Nevra, Personagens Originais, Valkyon
Tags Guardiã, Leiftan
Visualizações 222
Palavras 1.912
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Amores a imagem do episódio, não ficou com a cor do cabelo e também a cor dos olhos da nossa protagonista, então finjam que ela de cabelos ruivos com a cor dos olhos azul e verde ♥💙💚

Capítulo 5 - Algo que não pode se apagar


Fanfic / Fanfiction Através do olhar (Leiftan) - Capítulo 5 - Algo que não pode se apagar

               

                    *Miiko*

Vejo o Nevra no corredor, agora é a hora de colocar meu plano em ação

- Oi Nevra - Digo

- Oi Miiko e alguma missao para mim? - diz Nevra

- Não, vamos direto ao ponto eu sei que você gosta da Eliza - digo

- Isso não é verdade, ela só é minha amiga - diz o Nevra

- Vamos não precisa se esconde, aliás eu gosto do Leiftan - digo 

- S-serio isso? Por que você está me falando isso?

- O Leiftan está caidinho pela Eliza, se nós juntamos podemos separar os dois o que você acha? Eu fico com o Leiftan e você com a Eliza - digo

- Olha só, ela que tem que escolher, eu não vou ficar forçando ninguém - diz o Nevra se virando para ir 

- Você não está forçando ninguém! Muito pelo contrário você está abrindo os olhos dela, nós dois sabemos que isso não nunca iria dá certo , vamos você não iria se arrepender - Quando digo isso o Nevra se vira 

-...O que eu preciso fazer?.... - diz o Nevra 

Meu plano só está começando...

                *Eliza

- O Karuto não cansa de nos surpreendendo - digo 

- Sim essa comida está deliciosa - diz a Ykhar 

- Concordo perfeitamente - diz o Kero quando tinha acabado de comer 

Quando eu e a Ykhar terminamos entregamos os pratos, e fomos em direção  biblioteca, de longe vejo o Valkyon e o Ezarel,  eu preciso falar com eles

- Gente vocês podem ir na frente? Eu prometo que depois eu encontro você lá e rapidinho - digo 

- Sem problemas vamos Kero - Diz a Ykhar puxando o Kero 

Me aproximei dos meninos e quando cheguei na frente deles, ficaram surpresos 

- E-eliza? Precisa de alguma coisa - diz o Valkyon ainda sem entender nada

- Não...e que eu preciso falar com vocês mesmo - Digo

- Tudo bem pode falar estamos te ouvindo - diz Valkyon

- Eu não quero que as coisas continue assim entre a gente, eu quero que um dia tudo volte ao normal mas eu preciso perdoar vocês totalmente... - fui interrompida pelo Ezarel

- Então você está nos dizendo que você precisa de tempo? - diz o Ezarel

- Sim, eu não quero que a gente fique assim pra sempre - digo

- Estão quer dizer que a escrava está sentindo nossa falta? Você pode repetir? Não ouvi direito - quando o Ezarel disse isso caímos na gargalhada 

- Você vai ver, ainda vou arrumar um apelido pra você - digo

- Vai sonhando o seu não superar de ninguém -  diz o Ezarel

- Fico muito feliz com sua escolha Elisa te damos todo o tempo do mundo, mas agora precisamos ir - diz o Valkyon e depois disso nos despedimos

Depois disso fui para a biblioteca para continuar ajudando o Kero e a Ykhar

- Caraca acabei de me lembrar! - digo

- O que ? - diz o Kero e a Ykhar ao mesmo tempo 

- Eu tinha esquecido de fazer o relatório da missão de ontem, estava tão tarde - digo

- Verdade, pode pegar a folha alí - o Kero aponta para uma pilha de folhas 

- Prometo que vou ser rápida - digo me sentando, começando a fazer o relatório

            *Leiftan*

Finalmente terminei todos meu afazeres... Quando eu estava caminhando pelo corretor alguém segura o meu pulso 

- M-miiko? Pode solta o meu pulso por favor? - digo olhando para ela e para sua mão 

- Não antes de falar com você, por que você não gosta de mim?! - diz Miiko

- Mas e claro que eu gosto de você.... - digo mas eu sei que no fundo não é verdade

- Leiftan não é dessa forma! E mais além - ela me embura me encostando na parede

- Miiko entenda você só é minha amiga e nada mais - nunca gostei da Miiko muito pelo contrário mas agora só estou adiando cada vez mais 

- Me de uma chance! Eu prometo que vou te fazer feliz... - enquanto ela falava isso ela se aproximava no meu rosto para me beija 

Eu não sei o que fazer, eu não sabia que ela iria fazer isso me pegou de surpresa, acho que ainda ela não entendeu que eu gosto da Eliza 

                 *Eliza*

- Finalmente eu terminei o relatório - digo guardando o relatório 

- Bom Eliza você já pode ir, já estamos terminando, você já nos ajudou bastante hoje - diz a Ykhar 

- Sim muito obrigado sem você não teríamos conseguido terminar isso hoje - diz o Kero

- Foi um prazer ajuda você, bom já vou indo - aceno para os dois, e vou caminhando até o meu quarto

Quando eu iria entra no corredor vi o Leiftan e a Miiko juntos...

                 *Leiftan*

Quando eu iria impedir da Miiko fazer aquilo, de repente me senti observando, virei apenas o meu rosto e vi a Eliza no começo do corredor vendo tudo, até sei o que ela deve está pensando 

- Eliza não é o que você está pensando... - digo pegando a Miiko pelo ombro afastando ela de mim 

- Ficou bem claro para mim Leiftan - quando ela disse isso saiu apressada 

- Olha o que você fez Miiko! Não se aproxime mais de mim desse jeito - vou atrás da Elisa

                 *Miiko*

A primeira parte do plano dei certo, agora só esperar no que dá, logo o Leiftan ira abrir os olhos... eu fico lá sozinha rindo da situação

- Miiko? O que você fez... - diz o Nevra vindo na minha direção

- Ué esse não era o nosso plano? Todos nós concordamos não vem pagar um de santinho para meu lado, que isso não funciona comigo - digo cruzando os braços

- Tá ok, mas esse não era o plano exatamente Miiko... - Interrompi o Nevra antes de ele falar mais coisa desnecessária 

- Eu e apimentei um pouco mais o plano...por que? Não pode? eu gostei assim - me viro eu vou para a sala do Cristal

                  *Eliza*

Andei o mais rápido possível até a praia um lugar que gosto de fica sozinha, quando eu chego eu percebo que o Leiftan tinha me seguido 

- Eliza não isso que você está pensando, você chegou no lugar errado e na hora errada - diz o Leiftan 

- Ae? Pra depois você ficar com ela e obviamente eu a troxa fica pensando que você tinha sentido algo naquela noite?!

- Como assim algo naquela noite? - Leiftan deu uma pausa - no acampamento? Mas você não disse que não sentiu nada 

- Eu não disse isso! - digo 

- Então você sente algo por mim? - diz ele se aproximando de mim, ele olhava o meus olhos e eu os seus 

- Eu ainda não me esqueci o que você fez ! - desvio do seu olhar e dou um passo para trás - me deixa sozinha por favor

- Elisa deixe eu explica - diz o Leiftan

- Já dei tempo o suficiente, aliás você faz o que quiser com sua vida - digo

Quando terminei o Leiftan não insistiu mais, ele saiu e eu pude fica sozinha... me sentei na rocha e fiquei de frente ao mar, primeiramente eu preciso colocar os meu sentimento no lugar, não posso mais mentir...pra mim...pra ele, sim eu estou gostando do Leiftan mas eu não sei quando ele está tão perto de mim eu lembro do pessado que eu tiver no passado...nunca irei esquecer o dia que eu perdi a pessoa que eu amava, e nosso país estava em guerra, até que de repente começo os ataques, bombas...chuva de tiros...e muitas pessoas correndo desesperada para tentar se salvar 

...Algum tempo atrás...

 - Eliza você precisa ficar!! - diz com ele com suas  mãos no meu ombro

- Não vai por favor! Sinto que algo pode de muito ruim pode acontecer, deixe eu ir com você! - digo 

- Não se preocupe, fique aqui não saia de casa eu volto logo, vou ver o que eu posso fazer para sairmos daqui - ele dá um beijo na minha testa e sai apressado

         ...Voltando...

Aquele momento foi a última vez que eu o vi, depois de algum tempo sem respostas me deram a notícia que ele tinha morrido...foi a pior notícia para mim, aqui em Eldarya as coisas não são muito diferentes aqui e um mundo perigoso, se eu amar o Leiftan e algo acontecer com ele vou me arrepender pelo resto da vida, mas eu não posso viver assim acho que vou dá uma chance ao Leiftan,eu fico colocando barreiras e eu odeio isso, fico algum tempo alí, sentindo o vento balançarem meus cabelos ruivos e aproveito e termino de ver o pordo sol, me levanto da rocha e volto ao QG, e aproveito e procuro o Leiftan

- Está procurando ele? - diz a Miiko me olhando séria

- Sim, mas isso não é da sua conta - ainda não me esqueci da cena que aconteceu a pouco 

- Ele saiu para uma missão - diz a Miiko 

- Ele volta hoje? - pergunto

- Não ele saiu de viagem... - diz Miiko sorrinde

- Mas por que eu não fui chamada? Sempre faço esse tipo de missão você sabe disso - digo

- Não precisava aliás já tem muita gente, se você fosse com certeza você iria atrapalhar - diz a Miiko saindo como vitoriosa... isso não vai ficar assim 

Mas não e possível ele saiu assim tão rápido, vou na porta dele é começo a bater 

                 TOC TOC

- Leiftan sou eu Eliza, abre logo a porta - digo 

- Falando sozinha? - diz o Nevra - A Miiko já não disse que ele saiu de viagem

- Sim me recuso acredita, você estava ouvindo a conversa não é ?

- Não só ouvi o final mesmo, vejo que você está endurecida com ela - diz o Nevra 

- Sim, estranho estávamos se dando bem e agora ela voltou a ser a Miiko de antes....mas dessa vez pior... não sei o que fiz a ela - digo confusa

- Relaxa, as vezes ela é assim com todo mundo, só deve ser um dia ruim para ela - diz o ele mas suas palavras não fizeram sentido na minha cabeça - quer me contar o que aconteceu? 

- Não precisa não é nada de mais - vejo que minhas palavras não converceram o Nevra - bom eu estou casada...

- Tudo bem não vou mais te encomodar - diz ele saindo do corredor, depois abro a porta do quarto e me jogo na cama

Preciso falar com o Leiftan urgentemente, no momento da raiva nem deixei ele explica o seu lado, achei até a Miiko suspeita, por que ele teve que ir pra uma missão logo hoje? O que será que ele deve está pensando do mim? Deve está pensando que sou um idiota de não ter ouvido ele....

                *Leiftan*

Quando tínhamos terminado de colocar as barracas com os outros, todos já tinham ido dormir e eu estava encostado numa árvore, eu sei que a Miiko está tentando nós separar mas não irei permite, não sei como explicar, nunca amei alguém como a Eliza, ela é diferente conseguiu me tirar da escuridão por algum tempo, por mais que seja pouco  tempo esse tempo e  valioso principalmente quando estou com ela, capaz de me fazer sorrir, sempre andei sozinho até sua gentileza e bondade chegararam perante a mim, ela conseguiu ser uma amiga valiosa, mas não quero apenas amizade... mas por outro lado tenho minha vingança...eu vou me vingar da morte dos meus pais, e de todos, quando eu consegui destruiu o cristal irei fugir com a Eliza

Continua....



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...