1. Spirit Fanfics >
  2. Attraction >
  3. Two

História Attraction - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Oiie ,olha eu dinovo.

Gentee ,muito obg pelos ♡ amo vocês de muitao!!!

Capítulo 3 - Two


      Depois  de mais uma noite intensa, Jeon e eu estávamos  sentados no pequeno sofá  da sala  do moreno . Estava entre as pernas do mesmo. Não  queria  admitir mais estava  se apegando muito  pelo outro , talvez até  de mais.  Aliás  não  era para rolar sentimentos , desde  o começo isso foi claro , mesmo que Jeon não  tenha dito .
  
   - tenho que ir -   disse e me levantei  , pescando minhas  coisas e rumando à  porta. Suspirei  ao sentir um aperto em minha cintura.

  - fica mais um pouco - sussurrou e por fim mordeu seu lóbulo.

   - não  posso , amanhã  tenho coisas para fazer pela manhã - não  menti , tenho mesmo  coisas para fazer .

   - o que ? Com quem? - notei um pingo de ciúmes na voz de Jungkook e estranhei.

   - vou visitar meus pais - expliquei  e o escutei  suspirar ... aliviado? - vou aproveitar  minha folga de final de semana , para passar com eles .

   - ah , sim - me soltou , depois de depositar um beijo na nuca - te levo em casa - assenti desconfiada .
   Desceram pelo elevador até  estar no primeiro andar , saindo em seguida . Rumaram até  o estacionamento  e Jeon abriu a porta do carro, entrou e colocou o cinto , dando  partida em seguida .

   - obrigada - me preparei para sair , ao pararmos em frente  ao meu apartamento   - até  segunda.

   - não  - franzi o cenho e o olhei  - vou com você  .

   - ficou doido? - indaguei   o vendo negar risonho.

   - ainda não,  porque? - o olhei  como se fosse óbvio.

   - sua esposa , Jeon - ele riu soprado.

   - não  precisa se preocupar,  já  passei mais tempo longe de casa .

   - o que eu vou falar para meus pais ? Simplesmente chegar e dizer 'oi mãe,  oi pai esse aqui é  o meu chefe e eu o trouxe para  os conhecer e o fazer me elogiar pelo ótimo  trabalho  que faço ' - um sorriso pervertido  brotou em seus lábios. Neguei  deixando escapar um riso.

   - oh se faz - mordeu o lábio  - e voltando a sua pergunta , oque tem me levar para conhecê-los ? Está  com vergonha de mim , senhorita ?

   - que? Não - bufei   , me sentindo vencida - tá  bom, mas você  vai explicar.  Não  sou obrigada a nada - sai do carro escutando  a risada do outro .

   - te pego amanhã  às oito - assentiu , Jungkook  me mandou um beijo e deu partida sumindo com o carro de minha vista . Não  queria sorrir , muito menos ter sentindo meu coração  vacilar quando ele havia  dito que iria junto e nem esperei que iria querer justamente  na semana de visistar meus pais . Mas escapou , senti uma felicidade enorme,  mais que não  demonstraria em sua frente .

   Pela manhã já  estava de pé  e com tudo arrumado , menos o cabelo que não  sabia como arrumar . Decidi fazer um rabo de cavalo mesmo , são  só  meus  pais , não  iriam ligar para a maneira que estou vestida. Mas não são  eles  que me causavam inseguranças e sim meu chefe . Sempre quero estar bonita para o ver e o impressionar.
   Percebi estar muito tempo no mesmo lugar quando senti  o celular vibrar  em cima da penteadeira. O desbloqueei  e não  contive  um sorriso  largo.

    
       Kookie

   - estou aqui em frente,  quer ajuda com algo ?

   Me.  


Sei bem com oque quer me ajudar-


 
  Kookie


- ;-)


     Sorri ainda mais e disse que poderia subir , não  demorou para a campainha  tocar . Corri até  porta e a abri.


   - oi, amor - esboçou um sorriso  sacana e me puxou para um beijo . Enlacei  o pescoço  de Jungkook retribuindo  com fevor, a língua  aveludada do moreno adentrou minha boca e fez caminho até  a minha  aprofundando  mais e terminando de entrar  em casa, fechou a madeira atrás  de si e me prensou na mesma encostando nossas testas , ao separar o beijo - isso é  saudade  ? - brincou .


   - talvez - deixei  um selar em sua bochecha  e me afastei  do corpo alto e forte - vamos , é  bem longe - peguei a bolsa  de roupa , e deixei minha mão  ser entrelaçada pela dele me guiando para fora de casa .


    Meus pais moravam em uma cidade do interior, muito agradável e calmo e um dos meus lugares prediletos.
   Jungkook parou o carro em frente ao portão  grande da casa  dos mais velhos , deixei o automóvel e toquei a campainha , cruzando os dedos em frente o corpo.


   - filha!  - sorri largamente  quando vi minha mãe - como está  bonita e muito magra , venha , vou te encher de comida.  Fiz minhas especialidades  brasileiras - me puxou para dentro.


   - mãe,  calma - a parei - tenho uma pessoa para te apresentar - olhei  para trás , Jungkook saiu do carro e veio em nossa direção , com seu sorriso lindo .


   - ah , filha , está namorando - se tivesse um prêmio  de maior sorriso com certeza minha mãe  ganharia - e não  me contou ? - cruzou os braços,  ri e neguei de leve .


   - não,  mãe . Esse é  meu ... - busquei uma palavra a vendo franzir o cenho.


   - chefe e amigo - Jungkook  completou.


   - isso - assenti .


   - oh - mamãe  nos olhou surpresa - essa é  nova , nunca trouxe algum de seus patrões  em casa,  isso me faz acreditar que têm alguma coisa - sorriu maliciosa.  Essa minha mãe  maluquinha - mas deixando isso de lado , vamos entrar ? Como eu havia dito , fiz uma comida especial - abriu mais o portão  , deixando que nós  dois entrassemos - já  comeu feijoada , querido? 


   - para falar a verdade , nem sei oque é  - soltou  um riso e a mais  velha o acompanhou  . Deixei que entrassem na minha frente, conversando,  e acompanhei  em passos lentos sorrindo igual uma idiota . De alguma forma,bem esquisita, havia gostado que tivessem se dado bem.


   Depois que entramos  em casa , minha mãe  fez questão  de intupir meu chefe de comida e sobremesa,  Jungkook  não  reclamou em nada , pelo  contrário,  até  pediu mais . Meu pai  não  ficou de fora , tratando de socializar com o moreno.
   Meus pais moram em um sítio, comprado desde que viemos para cá,  sempre foram muito ligados com a natureza e isso nunca irá  mudar e eu nem quero.


   Ajudei a lavar e guardar  a louça  e fui até meu quarto de infância. Tudo  continuava  o mesmo , menos a cama que foi substituída  por uma de casal. Deixei minha bagagem em cima  da cama e comecei a guardar as roupas no armário,  antes separando uma mais fresca para usar no resto do dia . Tomei banho e me vesti , saindo do cômodo . Do corredor já  podia ouvir risadas e falatórios.


   - essa é _______, quando mais nova - revirei os olhos já  sabendo oque a mais velha aprontava.


   - ah , que fofa - Jeon disse , eufórico - você  era tão gordinha , que linda - disse quando me viu aparecer  na sala .


   - eu sabia que ia fazer isso - reeprendi a outra mulher da sala  - sabe que fico com vergonha quando mostra o álbum de fotos ,é  constrangedor .


   - para nós  é  engraçado - meu pai disse , rindo. Revirei os olhos e me sentei ao lado de Jeon, no braço  do sofá, meus pais começaram  a falar de algo e eu dei atenção  ao moreno .


   - sério, você  era  tão  fofa - disse olhando as fotos, ainda .


   - para - senti minhas bochechas  queimarem. Jungkook  levantou o olhar  e encontrou  o meu , manti  meu sorriso , que nem  havia percebido ter formado .


   - _______ - desviei para minha  mãe - leva ele para dar uma volta no sítio  - assenti  e me levantei .


   - vamos?  - Jeon fez o mesmo que eu e veio até  mim - já  voltamos - avisei e segui para a varanda da frente , desci a pequena  escada sendo seguida pelo moreno.


  - deve ter sido ótimo  crescer aqui - disse e eu assenti , sentindo uma nostalgia por andar pelo lugar onde cresci.


  - sim, sempre foi meu lugar predileto - sorri terna - meus pais ralaram para ter tudo isso , muita econômia , mas no fim tudo valeu a pena.


  - concordo - tive a idéia  de o levar ao pomar , nessa época  não  deveria ter muitas frutas mas era um lugar bem confortável  para ficar e balançar no balanço  que meu pai  me fez. Passamos pela porteira de madeira  branca e eu mirei o pneu no pé  de fruta. Me pendurei e o olhei com cara de cachorrinho.


   - me balança?  - pedi manhosa.


   - sim - riu baixinho  e se aproximou , colocou as mãos  em minhas costas e começou  a me empurrar de leve . Só  aproveitei, fechando os olhos.
   Senti beijos serem depositados  em meu pescoço , me arrepiando.


   - Jeon,  aqui não - ditei baixo .


   - aonde então?  Quero você - sussurrou  e mordeu minha pele, arfei e inclinei  minha cabeça deixando  o espaço  livre para que o explorasse . Seu braço  envolveu minha cintura e ele me levantou , empurrando meu corpo até o tronco da árvore , o prensando. Seus lábios  atacaram os meus em um beijo lascivo e necessitado , com direito a puxadas e mordidas no lábio  inferior. Dei conta de onde estávamos  e separei o ósculo , o olhando ofegante.


  - está  muito safado ultimamente,  Jeon Jungkook  - ri.


   - sempre fui , e posso ser ainda mais - sorriu ladino e deixou um último  selar em  minha boca .


   - vamos voltar , meu pai é  capaz de vir atrás  de nós  - entrelacei nossos dedos e voltamos  para casa .


   Como estávamos  todos  cheios , principalmente  meu chefe , pedi que mamãe  não  fizesse o jantar . Não  queria abusar .
  Como os mais velhos dormiam cedo , apaguei as luzes de casa e fiquei  em meu quarto , lendo , após  por meu pijama . Ia apagar meu abajur, quando batidas são  desferidas em minha porta , estranhei  e fui até  a mesma , a abrindo.


   - só  podia - cruzei meus braços  olhando o asiático em minha frente.


   - pode parecer bobeira , mas estou desconfortável no meu  quarto - disse me fazendo  rir.


   - está  com medo de dormir no mato? - o vi revirar  os olhos e me segurei para não  gargalhar e acabar acordando  meus pais.


   - fique quieta - resmungou - posso dormir com você?


   - e se por acaso,  minha mãe  nos  ver ? Vai ficar falando que eu menti e que , na verdade  , somos namorados ou algo  do tipo - bufei sem parar de sorrir.


  - damos um jeito  - adentrou  meu quarto , sem mais nem menos e deitou na cama - vem - bateu no meu lado do colchão,  neguei e fechei a porta , indo até  o mesmo ,me deitando. Jungkook  me puxou  para mais perto e beijou minha bochecha - boa noite , meu amor - sussurrou. Fechei os olhos e ne deixei dormir de conchinha ,com Jeon Jungkook.


   


 


  


  


  


   

   

  

 
  
     


Notas Finais


Até a próxima ♡♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...