História Aulas de Sexo - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jackson, Jeon Jeongguk (Jungkook), Kim Namjoon (RM), Mark, Park Jimin (Jimin)
Tags Adaptação, Bts, Jackson Wang, Jeon Jungkook, Jikook Versão, Jimin Passivo, Jung Hoseok, Jungkook Aitvo, Kim Namjoon, Kim Taehyung, Kookmin, Lemon, M4d_eva, Mark Tuan, Park Jimin, Yaoi
Visualizações 123
Palavras 542
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OLÁAA 💙

Bom dia, boa tarde, boa noite, boa madrugada :'3

Perdoem-me por demorar quase UM MÊS! Mas estava com problemas em casa e consequentemente sem tempo por tantos problemas.

Espero que compreendam!!!

Boa leitura, amorxs! 😘😙

Capítulo 8 - 08


- Desculpe-me, eu...

Jimin parou a frase ao meio quando olhou nos olhos do seu ex-noivo.

Taehyung fez uma careta.

- Jimin. – Jackson disse.

- Oi, Jackson. – Jimin respondeu com educação.

- Passeando? – o loiro ensaiou um sorriso.

- Sim. – Jimin respondeu sem corresponder.

- Eu gostaria de falar com você sobre algumas coisas que eu deixei em seu apartamento e...

- Claro. – cortou-o. – Já embalei tudo, mandarei entregar em sua casa amanhã pela manhã.

Jackson iria falar algo, mas foi cortado por seu namorado.

- Mande entregar em minha casa, Jackson, está morando comigo. – disse Mark abraçando o namorado por trás e encarando Jimin.

- Claro. – Jimin respondeu apenas.

Taehyung assistia o embate incrédulo com o controle de Jimin.

- Vamos querido, temos coisas muito importantes para se fazer. Deixe que Jimin continua a se divertir. – Mark sorriu. – Vai encontrar alguém essa noite Jimin? Ou continuará apenas como vela de Taehyung e seu irmão?

Jimin inchou no mesmo momento assumindo uma expressão carrancuda de quem ia revidar, mas parou ao sentir braços quentes envolvendo-o pela cintura e um beijo molhado sendo depositado em seu pescoço, antes de ouvir a voz grossa e alta de Jungkook atrás de si.

A reação de Taehyung e Jackson foi a mesma.

Arregalaram os olhos assustados com a cena, enquanto Mark parecia em choque.

Jeon apenas sorria, enquanto Jimin o olhava confuso.

- Gostou da surpresa, meu amor? – Jeon o perguntou sorrindo.

- Jungkook... – Jimin começou. – O que...

- Senti sua falta. Desculpe-me por ontem, realmente não pude lhe ver. – Jimin esqueceu das demais pessoas à sua volta e virou-se buscando os ouvidos do moreno para sussurrar.

- Era mesmo para tornar isso público?

- Não tenho nada contra isso. – Jungkook o respondeu com bom humor.

- Vocês estão juntos? – perguntou Mark, antes que Jimin respondesse, Jeon confirmou.

- Desde quando? – dessa vez foi Jackson que perguntou.

- Desde a semana passada. – novamente Jungkook respondeu.

- Tão rápido, Jimin? – Jackson perguntou indagado, esquecendo a presença de Mark.

Jimin torceu-se em raiva.

- Não que lhe deva alguma satisfação, Jackson, mas sim, tão cedo. Não tem o mínimo direito de cobrar nada já que você foi quem me abandonou as vésperas do casamento. Não que seja algo do qual eu tenha algum ressentimento, afinal você acabou me fazendo um grande favor. – Jungkook apenas alargou mais o sorriso.

- Vamos, Jimin, temos coisas bem interessante para fazer hoje. Com lincença. – Jungkook o tomou pela mão, depois fez o mesmo com Taehyung e saíram de lá.

- Hoje não, hoje a vela será Taetae. – Jeon disse com o tom brincalhão.

Sem uma palavra sequer, Jungkook, levou Jimin ao seu carro, abriu a porta para ele. Com cuidado o colocou dentro do carro depois virou-se para Taehyung abrindo a carteira.

- Toma maninho, pega um táxi. Depois a gente conversa. – Taehyung nada disse, apenas afirmou.

Jimin ainda estava meio que em choque, quando Jeon entrou no carro no banco do motorista e ligou a máquina ganhando as ruas.

Já estavam a uma certa distância do shopping quando o loirinho falou.

- Esse é meu carro, sabia?

- Uhum, eu sei. – Jeon disse simplesmente.

- Então, supõe-se que eu deveria estar no bando do motorista. – Jeon o olhou de conto e sorriu divertido.


Notas Finais


Eu amo muito um Jikook / Kookmin 😍

Então, o que estão achando? Espero que estejam gostando e continuem acompanhando! <3

Meu perfil: @M4d_Eva 🌹

Até a próxima. 🏃


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...