História Auradon's Third Power - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Descendentes
Personagens Carlos de Vil, Evie, Jay, Mal, Personagens Originais, Princesa Audrey, Príncipe Ben, Uma
Visualizações 16
Palavras 1.201
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ola vocês ai! Beleza? Enfim eu to trazendo este capítulo mais rapido que o previsto por dois motivos...o primeiro é que eu tenho uma festa na sexta a noite e eu creio que não conseguiria manter meu compromisso de um capítulo por semana...e o segundo é que eu tive mais tempo livre e inspiração que o esperado então saiu bem mais veloz
Aproveitem e não esqueçam de comentar lá embaixo

Capítulo 3 - Reconhecimento


Depois de alguns dias desde que deixou Auradon City, Audrey estava conseguindo enxergar o monte olimpo, o lar dos deuses. A filha da Bela Adormecida estava finalmente aliviada...Audrey havia passado por diversas vilas que haviam sido dominadas por revolucionários...apesar de ser da nobreza superior de Auradon, a garota conseguia entender os seus motivos.

 

Ao chegar aos pés da morada dos deuses, Audrey começou a ver que seria totalmente impossível chegar ao topo, chegar ao palácio de Zeus, sem que fosse um deus.

 

Audrey: Droga...como eu vou chegar lá em cima?

 

Enquanto isso no palácio de Zeus, Andrew estava encostado em um pilar observando toda Auradon. Seus pensamentos estavam em Mal, sua meia-irmã, com Auradon em guerra como ela estaria? Mas ele ainda não poderia deixar a morada dos deuses, não sem antes aprimorar seus poderes.

 

Se Mal era filha de Hades e Malévola, Andrew era filho de Hades e Perséfone, ou seja, ele era somente metade Hades, não havia uma metade Malévola para aumentar seus poderes. Na mente do filho de Hades estava apenas a vontade de se tornar digno de sua irmã...e a aprovação de Mal só viria se ele fosse poderoso

 

Andrew não estava muito ligado a sua volta, não gostava de se distrair, mas ele conseguiu ver a pequena princesa aos pés da montanha, por algum motivo ela chamou sua atenção...mesmo com seu vestido rosa, que parecia ser bem caro, a jovem parecia bem determinada a escalar o monte, mesmo que aquilo danificasse suas roupas.

 

Audrey precisava escalar o monte olimpo...o destino de Auradon estava em suas mãos...ela precisava chegar ao topo, mesmo que o suposto Andrew não estivesse lá em cima.

 

A dificuldade que Audrey tinha para se mexer com aquele vestido era o principal obstáculo, mas infelizmente ela não tinha nenhum tipo de roupa e nem preparo para escalar...e quando seu vestido prendeu em uma pedra...ela despencou os poucos metros que havia subido além de rasgar seu vestido.

 

Andrew ficou com pena da garota por um momento, realmente ela havia chamado a atenção do moreno

 

Zeus: Nunca te vi tão focado

 

Andrew: Pois é...eu nunca estive tão focado

 

Zeus: A garota chamou sua atenção, não é?

 

Andrew: Tem algo nela que é diferente...ela parecia ser daquelas princesinhas, mas ela está tão determinada em escalar que nem se importou em rasgar seu vestido

 

Zeus: A pessoas podem surpreender Andrew...

 

Andrew: Quem diria que logo você falaria isso

 

Enquanto isso lá embaixo...Audrey se recompunha de sua queda, mesmo com seu vestido rosa sujo e rasgado...ela seguia encarando a montanha a sua frente

 

Audrey: Eu preciso chegar lá em cima...

 

Foi quando a princesa ouviu uma movimentação próxima...apesar de estar com medo do que poderia acontecer, Audrey não fugiu...

 

Um homem, com aparência de trinta e poucos anos apareceu em frente a uma Audrey assustada

 

Homem: Ora ora...o que é que temos aqui?

 

O homem foi se aproximando e Audrey estava estática no lugar, mas quando a princesa teve sua pele tocada pelo homem...uma luz azul brilhou sobre o monte olimpo

 

Antes disso Andrew continuava observando com Zeus de cima do monte. O deus do trovão não iria auxiliar Audrey, pois sabia que o filho de Hades começava as perceber que possuía sentimentos como todo mortal. Ao ver o toque do homem na garota ele não resistiu e saltou rumo a terra...seu cabelo se tornou uma chama azul que poderia iluminar toda Auradon, assim como seus punhos.

 

Quando aterrissou uma onda de chamas azuis afastou o homem de Audrey

 

Andrew: Vejo que temos um problema por aqui é isso?

 

Homem: É...é você? Filho de Hades

 

Audrey: Filho de Hades?

 

Andrew: Se você não quer virar churrasquinho...eu recomendo ir embora agora...

 

O homem não teve dúvidas e correu do local, depois de um suspiro as chamas azuis desapareceram de Andrew e ele se virou para a princesa

 

Andrew: Ele não te machucou né?

 

Audrey: Não...

 

Andrew: Eu...te vi tentando escalar o monte

 

Audrey: Eu...vim a mando da rainha

 

Andrew: A Mal te mandou aqui?

 

Audrey: Você é irmão dela? Você é filho de Hades?

 

Andrew: Sou filho de Hades, mas não da Malévola...

 

Audrey: Mal me disse que você é especialista em artefatos e magia das trevas

 

Andrew: Pode se dizer que sim...

 

Audrey: Precisamos de ajuda

 

Andrew: Vem comigo...la em cima você me conta

 

O garoto estendeu sua mão para Audrey, por um momento ela hesitou, mas acabou aceitando. Andrew a colocou em suas costas e usou suas chamas para impulsionar a subida ao palácio de Zeus.

 

Andrew: O que aconteceu?

 

Audrey: Mal e Uma foram derrotadas em batalha

 

Andrew pareceu chocado com a notícia, sua irmã havia tombado e precisava da ajuda dele...ele havia sido reconhecido

 

Andrew: Minha irmã está bem?

 

Audrey: Machucada, mas nada grave...

 

Andrew: O que precisa Audrey?

 

Audrey: Como sabe meu nome?

 

Andrew: Eu observo Auradon inteira há meses...seria difícil não reconhecer a filha da bela adormecida

 

Audrey: Preciso dominar o cetro

 

Andrew: O cetro da Malévola?

 

Audrey: Sim...

 

Andrew: A guerra está tão mal assim?

 

Audrey: Com Mal e Uma derrotadas...nós somos a última linha de Auradon...

 

A princesa agarrou a mão do VK, por impulso...e olhou no fundo dos olhos azuis do moreno

 

Audrey: Eu preciso de você Andrew

 

Andrew: Espero que esteja pronta...eu vou tornar você a maior feiticeira da história

 

Enquanto isso Mal repousava em seu quarto no castelo real de Auradon City. Evie estava ao seu lado e ainda não conseguia acreditar no grande plano de Mal para Audrey e seu irmão

 

Mal: O que você tanto pensa?

 

Evie: Na Audrey...

 

Mal: Vai dar tudo certo...meu irmão está com ela

 

Evie: Como vocês se conheceram?

 

Mal: Eu já sabia que ele existia...ele é filho do meu pai com a primeira esposa Persefone...quando eu tinha 14 anos ele me contou da existência do Andrew, mas ele não ficava tanto com o Hades na ilha

 

Evie: É...não vou julga-lo

 

Mal: Depois que quebramos a barreira eu fiz minhas buscas e acabamos nos encontrando

 

Evie: E por que ele não veio morar com você?

 

Mal: Eu não sei bem...ele quis se isolar

 

Antes que elas percebessem o rei de Auradon estava na porta do quarto das duas

 

Ben: Que bom que acordou Mal...se sente melhor?

 

Mal: Depois de 2 semanas eu teria que me sentir, não é? E a Uma?

 

Ben: Ainda nada

 

Evie: Ela recebeu o dano por vocês duas...é compreensível que ainda esteja descansando

 

Mal: Se a Audrey aprender o que ela precisa...a Uma vai se recuperar rápido

 

Ben: O que me leva a isso Mal...por que a Audrey?

 

Mal: Durante anos minha mãe quis me ensinar a usar o cetro, mas eu nunca consegui

 

Ben: Então você acha que a Audrey tem talento?

 

Mal: Basicamente é isso...com a ajuda do meu irmão ela pode controlar a magia das trevas no cetro e torná-lo uma arma do bem

 

Evie: Conta o seu plano inteiro Mal...

 

Evie ria da cara da melhor amiga e de seu marido

 

Mal: Primeiro vamos ver se dá certo


Notas Finais


E ai? O que pensaram? Audrey vai conseguir dominar o cetro? E Andrew vai finalmente se aceitar como irmão da rainha de Auradon?
Comentem suas opiniões e até semana que vem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...