História Aventuras de Zaac "O inicio" - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Aventura
Visualizações 2
Palavras 786
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Romance e Novela
Avisos: Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - Seu primeiro confronto!


Meses depois.

Zaac chegara, a algum tempo em Tirynn, a cerca de 1 mês ele estará a trabalhar no mercado, como vendedor de frutas, conseguiu esse emprego devido ao seu grande carisma. Não esta onde ele imaginara um dia, em suas grandes aventuras, caçando monstros, sendo um “Herói”. Isso é a vida real, tem que ter os pés no chão.
Era mais um dia comum, até que em seu horário de intervalo, que ele usava para comer, e como de praxe ele sempre levava algumas frutas, para as crianças de rua, dali. Enquanto entregava as frutas, avistou um homem encapuzado, porém suas vestes eram familiar. Uma olhada mais atenta, percebeu um símbolo, que isso sim lhe era familiar, sim era o símbolo de seu antigo clã. Esta pessoa estava passando com um passo apressado, zaac logo não perdeu tempo, foi de trás desta pessoa furtivamente, quando percebeu que a sua presa tinha percebido a sua presença já era tarde de mais, naquele instante ela dobrou um corredor, e logo em seguida zaac fez o mesmo só que um pouco apressado, mas ela já não estava mais ali, ela não estava mais ali, sumiu como se tivesse virado fumaça. Ali onde ela tinha sumido, ficou uma carta no chão, Zaac parou e pensou. “ Deve ser uma carta de meu irmão, ou de Racheal.” Logo não perdeu tempo, quando se abaixou afobado para pega-la, naquele instante a sua espinha gelou, e percebeu a bobagem que fizera, mas seu instinto derivado de seu treinamento falou mais forte, seu corpo agiu tão rápido que ele se impressionou com ele mesmo. Num movimento tão rápido, ele deu um rolamento defensivo para frente, que foi o suficiente para desviar de um projétil que foi lançado de cima contra ele, foi por poucos centímetros que não o acertou. Antes mesmo de terminar seu rolamento, Zaac sacou a sua adaga que sempre anda escondido com ele, e no momento que ele termina esse movimento ele lança sua adaga contra o oponente que estava a aterrissar atrás dele, e no mesmo instante que arremessa a sua adaga, ele passara sua mão no projétil que quase tinha o acertado, no momento que ela bateu no chão e subiu ao ar ele a pegou, e se posicionou em relação ao inimigo. O inimigo desviou facilmente da adaga, mas para a surpresa de zaac o inimigo estava sem o capuz e com um sorriso estampado em seu rosto, batendo palmas, dizendo – Muito bom, nada que não fosse esperado do irmãozinho de Nick. Todos diziam que você era fraco, mas pelo jeito ninguém o confrontou de verdade!- Foi interrompido por outra presença parada atraz de Zaac. Zaac estava com dificuldades com um inimigo, agora tinha dois, estava com muito medo, mas sabia que não podia recuar, caso fizera isso, ira abrir a guarda e será seu fim. Passou alguns instantes e ninguém falou algo e mexeu um músculo sequer. Até que Zaac resolveu quebrar o silencio.

 

 

-O mestre mandou irem atrás do traidor certo? - fez uma pausa e suspirou – Bom, sem ressentimento, podem vir! Estou preparado.
A pessoa de traz resolveu falar:

 

 

 – Quando Nick descobrir o que estamos fazendo com seu irmãozinho ira querer nos matar! – pra surpresa de Zaac, era uma voz feminina e familiar – bom sem mais de longas, vamos terminar nosso serviço Tordeck.

Quando ela terminou de falar, Zaac se preparou para o pior, e naquele instante, aconteceu algo que Zaac não esperava, apareceu um homem de traz da mulher, andando como se tivesse passeando, sem pressa ou medo algum, parecia que ele não estava entendendo a situação ali. O rapaz jogou seu corpo pro lado para desviar da mulher e poder manter um contato vizual com Zaac, e meio que inusitado, ele falou – Iai Zaac, bom te ver, está com algum problema? – sua voz estava estranha, parecendo que estava bêbado. Zaac não o conhecia, não estava entendendo o que estava acontecendo, ficou muito confuso, mas sem querer percebeu algo que os seus inimigos não tinham, ele estava fingindo estar bêbado, e por traz desse treato, ele tira uma bomba de dentro de suas roupas, e joga nos pés da mulher. No instante que a bomba explodiu, Zaac viu uma oportunidade de fugir em  meio a fumaça que saia da bomba, e ele não êxito, quando se agachou para pegar impulso, ele pegou a carta do chão e partiu em direção a esse rapaz que o ajudou, muito rápido ele passa pela mulher, correndo ele puxa seu aliado, para sair daquele lugar que seria o túmulo dos dois, ele sabia que os ninjas não fariam nada em meio a multidão, então esse foi o lugar para onde os dois correram, para o mercado.


Notas Finais


Espero que gostem, uma boa noite, meus amigos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...