1. Spirit Fanfics >
  2. Aventuras Intermináveis - O remake >
  3. Saiki Kurikou

História Aventuras Intermináveis - O remake - Capítulo 3


Escrita por: BolindechuvaUwU

Capítulo 3 - Saiki Kurikou


Fanfic / Fanfiction Aventuras Intermináveis - O remake - Capítulo 3 - Saiki Kurikou

➹✿ мαяια ση ✿➷

Era um fim de semana e voltava de um ensaio fotográfico de uma revista famosa aqui do Japão, enquanto caminhava senti que Chyo e Teruhashi estavam na casa dos Saiki's mas não só elas mas senti uma presença a mais porém não consegui identificar bem quem seria. Ao chegar na casa realmente estava certa tínhamos ali a presença das duas garotas no qual estavam sentadas no sofá da sala e conversando entre si e mais um rapaz de cabelos loiros esverdeados, usava jaleco e havia uma espécie estranha tiara na cabeça, cheguei mais perto deles para os cumprimentar. 

- Olá pessoinhas! - disse entrando na sala e botando minha bolsa na mesinha -

- Olá Maria-Chan - Teruhashi diz sorrindo -

- Oi Mari-Chan! - Chyo diz animada -

- O que temos aqui, então realmente é verdade, a incrível e maravilhosa Maria está aqui! Convivendo na casa de meus pais, me pergunto como suporta meu irmão? Me conte seu segredo - fez a piada e ri de leve enquanto vía a cara séria de Kusuo -

- Entendo oque diz porém posso lhe dizer tirando a cara de tédio e os comentários malvados ele é uma boa pessoa - falo e acabo por uma pergunta me vier a mente - Meninas porque estão aqui? 

- Fazia um tempo desde que vimos a irmã de Saiki, então quando viemos perguntar por ela seus pais disseram que a mesma estava em uma viagem porém coincidênmente ela voltaria hoje! O Sr. E a Sra. Saiki saíram agora a pouco para busca-la no aeroporto - Chyo explica e eu apenas olho para a cara de Saiki sem entender nada -

✿Explica esse bagulho direito hehe

☕A um tempo me transformei em uma garota, por causa de uma promoção que estavam fazendo numa loja de doces porém só era válido para garotas, infelizmente acabei por me encontrar com elas duas

✿Oh Kusuo, tudo isso por doces? Eu to me aguentando seriamente para não rir

☕Se você não for ajudar, então arrume suas malas e va embora

O mesmo diz com uma cara ameçeadora e eu apenas seguro a risada e penso em algo. 

- Ah! Eu não sabia que o Kuki-Kun tinha uma irmã! Tem fotos dela? - perguntei as meninas e Chyo me mostrou rapidamente - Ai que linda! Gostaria de poder conhece-la também. - quando olhei a foto tive uma idéia -

Eu com meus incríveis anos de treinos de aulas de teatro pus as minhas mãos nós meus bolsos para pegar meu celular mas logo percebi que ele não estava lá. 

- Ai não! Desculpa gente mas parece que esqueci o meu celular no estúdio! Me desculpem mesmo - apenas fui em direção da porta e dei um tchauzinho a todos, logo saindo da casa -

Ao sair a primeira coisa que fiz foi usar meus poderes para ver se não tinha pessoas por perto, por mais que eu pedisse privacidade de todos para que não encomodassem a família que me hospedava, alguns ainda ficavam em volta para me ver, como sempre, havia algumas pessoas ainda então dei um jeito de os despista-los. Quando feito lembrei-me da aparência da "irmã de Saiki" E materializei em meu corpo e em alguns segundos já havia me tornado a mesma. Dessa vez usei minha telepatia para procurar onde o Sr. e a Sra. Saiki se encontravam, quando os achei me teletransportei para dentro do carro. 

- Mama e agora oque fazemos!!?? Aonde o Kusuo foi nos meter!??

- Se acalme Papa, Kuu-chan já deve ter pensando em algo!.....Eu espero...

Em meio ao desespero de ambos o Sr. Saiki da uma olhada pelo espelho acima e me vê sentadinha no banco de trás quietinha. Ficou uns segundos de silêncio quando ambos olharam pra mim, até que:

- Eh?.... EEEEEEEEEEEEEEHHHHHHHHH!!!?????!?? - O senhor grita pelo meu repetino aparecimento e eu automaticamente tampo os ouvidos -

- Por favor se acalmem apenas sou eu!! A Maria!! Vim ajudar vocês!!! - falei num tom alto o suficiente para que eles me escutassem e vi eles se acalmarem -

- Oh Deus que susto Maria-Chan - a senhora diz colocando a mão no peito - Querido melhor voltarmos pra casa..... 

- O-ok - o senhor diz meio preocupado pois a mulher parecia que infartaria a qualquer hora -

- Me desculpem não foi minha intenção os assustar - me desculpei e ambos disseram que estava tudo bem -

+:。.。 Ϙ.Ԃ.Ƚ 。.。:+

- Chegamos! Desculpem a demora, o aeroporto era bem longe - O Sr.Saiki diz e logo Teruhashi e Chyo vêem em minha direção -

- Kuriko-Chan! Me diz como foi o Estados Unidos!? - Chyo pergunta animada e apenas respondo com um joinha -

- Irmãzinha querida! Quanto tempo não à vejo! - o rapaz de cabelos loiros estranhos me abraça e por mais que eu tivesse estranho o fato dele me chamar "irmãzinha" Apenas reagi da forma que Kusuo reagiria, não reago - Você deve ter algum vínculo com o Kusuo bem forte para poder fazer algo assim, interessante né? - o mesmo diz como num cochicho no meu ouvido e eu estranho mais ainda -

- Kuriko-Chan não temos tempo a perder! Temos que botar as novidades em dia e você nós contará tudo sobre sua viagem - Chyo coloca seu braço em volta do meu animada -

- Nós poderíamos ir no shopping comprar roupas pra Kuriko e depois podíamos comer algo naquele Café perto do Centro, onde tem aquela gelatina de café que a Kuriko tanto gosta - Teruhashi sugeri e eu assinto com o rosto neutro - Am, falando em gelatina, K-kusuo você... Não gostaria de ir com a gente também? - Teruhashi pergunta esperançosa, pois tinha certeza que o rapaz aceitaria porém Kusuo nega o pedido -

Kusuo se levanta e vai em direção da geladeira e a abre revelando varios potes com gelatina de café, com formas e tamanhos diversas, até tinha uma que era meio uma escultura do rosto de Kusuo oque era meio estranho. 

- Aonde compraram tudo isso? - Teruhashi pergunta surpresa ao ver tanta gelatina -

- Maria-Chan os fez! Eles são realmente muito bons, depois que ela os começou a fazer nunca vi o Kuu-chan tão feliz - a Sra.Saiki diz com um doce sorriso oque me faz sorrir também -

- Ah... Melhor irmos - Teruhashi diz e nós despedimos de todos -

Incrivelmente foi um dia bem divertido, enquanto caminhavamos passamos por um parque e lá tombamos com um cara com um cachorro muito fofo, me conti pra não começar a me fazer de idiota pra cima do doguinho e apenas fiz carinho nele com o rosto meio neutro e meio levemente feliz. Quando chegamos no shopping foi outra alegria, provamos várias roupas legais e compramos algumas, no caso a Teru-Chan comprou pra nós mas logo em seguida fomos á uma loja de fantasias e ficamos de bobeira lá apenas experimentando as roupas, ao terminar compramos sorvetes na praça de alimentação, eu peguei de chocolate e flocos, Teru-Chan pegou apenas de morango e já a Chyo-Chan pegou baunilha com limão. Saímos do Shopping e demos mais um passeio no qual dessa vez encontramos um senhor vendendo balões as meninas queriam comprar porém eu tenho Globofobia e não consigo chegar perto de balões, depois de muita resistência delas eu apenas cedi aquela vez e elas compraram alguns balões porém eu não. Nisso lá estávamos, no café onde pediriamos alguns doces, bolos e claro, gelatina de café. 
Foi um dia bem cheio e animado porém tive que dar a triste notícia que voltaria para os E.U.A, apenas havia voltado para rever as amigas e família, me despedi das meninas e voltei para casa, quando fechei a porta atrás de mim voltei minha forma original e me joguei no sofá ao lado de Kusuo 

- Isso foi tão legal, Kuki! Posso ser sua irmã? - perguntei num tom manhoso e o rapaz me olha com uma cara de repulsa -

☕Nem sequer ouse

Bufei e logo percebo que o loiro estranho continuava ali, sentado na poltrona sorriso bizarramente. 

- Kuki não sabia que tinha um irmão, pq não me contou antes!? 

☕Não tem necessidade de você saber sobre a minha vida familiar

- Claro que tem!!..... Oh, olhando bem vocês não são nada parecidos de aparência física - comentei -

☕Graças a Deus

- Que cruel Kuki!! É.... Não espera! - me ajeitei no sofá rapidamente - Desculpa a falta de educação eu se quer perguntei seu nome - falei ao me lembrar do fato e o loiro sorriu ainda mais -

- É Kusuke, Saiki Kusuke - Kusuke responde é eu faço um "O" Com a boca -

- É um nome bem bonito, mas Kusuke-Kun oque faz aqui exatamente? - perguntei curiosa e o rapaz suspirou -

- Eu irei estar me mudando de volta pra cidade e vou vigiar vocês de mais de perto a partir de agora, até que eu finalmente descubra uma fraqueza do Kusuo e ganhe dele - o mesmo explica com um largo sorriso no final e eu fico com uma expressão confusa -

ESSE CARA É MALUCO!!!???



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...