1. Spirit Fanfics >
  2. Awake and life >
  3. Capitulo-6-contact and out of control

História Awake and life - Capítulo 6


Escrita por: e Nara2020


Notas do Autor


Bom, Esta ai mais um capitilo e espero que gostem

Capítulo 6 - Capitulo-6-contact and out of control


Fanfic / Fanfiction Awake and life - Capítulo 6 - Capitulo-6-contact and out of control


chapter six-first contact and out of control


Sonic decidiu dar uma volta com Shadow, já que o dia estava ensolarado. Saiu de casa e fechou a porta, e ao se virar tomou um susto ao ver dois mobianos na sua frente, um deles lembrava estranhamente a criança que estava em seus braços: Tinha pelagem escura e listras verde escuro. O outro mobiano, sua pelagem e os espinhos verde, mas parecia muito consigo, só que mais revoltado e sádico. Segurou bem o pequeno Shadow e sorriu debochado aos visitantes.

— Então, aquele Jackal realmente mandou as marionetes! Tava demorando e me perguntando quando vocês iriam aparecer.

— Não seja tolo ouriço! - Mephiles rosnou em resposta – Só viemos pegar o que pertence a nós! E pelo visto está bem perto.

— Argh! Por que tanta demora? - Scourge rosnou irritado, assustando o pequeno que deu um grunhido de medo, Shadow se aconchegou no peito cor de pêssego, escondendo seu pequeno rosto. - Vamos seu idiota azul, passe logo essa praga! - Scourge sem paciência, partiu pra cima de Sonic, que desviou, mas não esperava o golpe surpresa de Mephiles. 

Sonic foi jogado contra uma árvore, batendo sua costas azulada, olhou para cima vendo que Scourge e Mephiles estavam indo em sua direção. Sonic checou o bebê, vendo se o impacto não tinha ferido ele, Shadow estava com os olhinhos arregalados, com cuidado, Sonic colocou Shadow atrás da árvore. 

— Fique aqui Shads! - Sorriu para o bebê, que levantou a mãozinha e choramingou - vai ficar tudo bem.

— Foi á mesma coisa que você falou para o seu amigo de metal? - Zombou o esverdeado, acendendo um cigarro e notou que Mephiles sumira, o xingou mentalmente, mas o faria pagar de um jeito bem gostoso quando voltasse à nave ARK. Olhou de volta ao ouriço azul. Por enquanto ia adorar provocar aquele idiota.

— O que foi?! Sabe seu amigo de metal, ele era muito idiota, por que morrer por idiotas como vocês? Foi muito fácil enganá-los. Principalmente aquela gatinha. Acreditou em tudo que o Nazo falou, tão ingênua, mas serviu pra algo útil.

— Cala a boca…. - Sonic rosnou irritado, sentia que seu autocontrole ia embora.

— É incrível que vocês sejam tão otários. - Ri alto. - Por favor, lutadores da liberdade? Como podem se chamar assim? É ridículo. O seu amigo de metal explodiu de tanta emoção e... - Não conseguiu terminar sua piada, devido a Sonic lhe dar um soco bem no meio da cara, acertando seu focinho com força, o fazendo voar quebrando várias árvores em seu caminho.

— Eu mandei calar a poha da boca…. - Sonic rosnou entre dentes, as presas estavam grandes, garras tinham crescido, seus pelos estavam grossos e da cor cinza escuro, seus espinhos mais altos com detalhes brancos nas pontas. Salivava enfurecido, seus olhos demonstravam total descontrole de si, Metal tinha sido destruído por causa dele, usaram Blaze para causar discórdia. Trincou mais os dentes, rosnando ele correu para dentro da floresta com um grunhido enfurecido. Silver passava pelo local, e viu o pequeno Shadow chorando no chão, o pegou no colo, o pequeno soluçava devido ao choro, e seu rosto bronzeado já estava vermelho. 

— Calma pequeno, vai ficar tudo bem! Cadê o sonic? - Viu o local bagunçando e uma trilha de árvores destruídas, sentiu um arrepio e não era boa coisa. Então partiu para o local onde estava a trilha e ouviu um som de luta não tão longe, saiu voando rapidamente para o local da luta. Teve uma surpresa e terror ao ver Sonic em sua forma werehog, pegando um mobiano verde pelo pescoço e fazendo bater nas árvores, várias vezes, até quebrá-las.

 O lobo levantou o ouriço verde pelo pescoço, rosnando com suas presas à amostra. Quando Silver pensava em ajudar o ouriço azul, outro mobiano apareceu atingindo o werehog em cheio, e o afastando de Scourge, que caiu no chão inconsciente e sangrando. Mephiles foi até o esverdeado, ele estava vivo e suspirou aliviado. Que? O que diabos estava pensando? Não tava nem aí para o merda do Scourge, mas se ele morresse agora, aquele Jackal ia torrar seu saco e também já conseguiu o que viera buscar. 

Ajudou Scourge e olhou bem ao werehog que rosnava enfurecido, só não revidou indo para cima deles porque aquele ouriço prateado estava usando seus poderes para restringir os movimentos do lobo. Os olhares de Mephiles e Silver se encontraram, o ouriço ébano corou de leve e silver se supreendeu ao ver aquele lindo ouriço negro junto ao esverdeado.Mephiles sumiu com Scourge nas sombras.

Silver depois de ver os dois indo embora, segurou firme Shadow e correu para o lado de Sonic, ficou horrorizado com o estado de Sonic, o pelo azul estava com algumas manchas e o azulado estava com uma aparência cansada. Suas orelhas peludas azuis agitaram-se com o som do choro de Shadow, olhou para o pequeno que parecia que estava com medo de sua forma lobo, prendeu as enormes orelhas na cabeça.

— Não se preocupe Shads! - Disse com sua voz grossa, e olhou para os olhinhos cor de rubis, na esperança do pequeno reconhecer ele. – Sou eu, pequeno, não tenho medo, sou só eu. - Sonic tentou um sorriso com suas enormes presas.

— Calma pequeno... - Silver acariciou os espinhos de Shadow para tranquilizar ele. – É o Sonic, o que está cuidando de você.

— Não vou machucar você. - Falou,  Shadow olhou pro werehog e levantou os bracinhos, e logo  Sonic o pegou no colo, o pequeno ouriço esfregou seu focinho pequeno no peitoral peludo do heroi azul. Sonic sorriu e voltou a ficar sério olhando para o Silver.

— Quero que você alerte todos da cidade, e chame os outros! Mande todos ficarem em alerta! Depois da morte de metal, a maioria dos mobianos estão assustados e humanos também. Faça isso Silver, aqueles cara irão voltar e pode ter certeza …. -rosnou- Vou matar cada um deles.

— Claro Sonic. - Silver levitou e voou pro lado oeste da floresta, deixando Sonic sozinho com Shadow e pegando rumo da sua casa.

Na Ark, Scourge rosnava e chutava tudo pela frente. Como poderia ter perdido para aquele clone mal feito seu? Tinha se curado rapidamente mas não diminuiu a revolta dentro dele. Podia muito bem ter matado todos alí, mas seu chefe deu uma "ordem", e não poderia questioná-la.

— Não deveria sair chutando as coisas, idiota! - Falou Mephiles aparecendo dentro das sombras, o esverdeado olhou para ele e sorriu lambendo os lábios, e se endireitou.

— É meu quarto, não? Posso fazer o que eu quiser... - Se aproximou de Mephiles, que franziu as sobrancelhas desconfiado, foi pego de surpresa ao ser empurrado na parede, com os pulsos sendo presos pelas mãos do outro,  e beijado com desejo. O ouriço ébano ficou em choque por um momento, e sentiu o mais novo segurar e apertar sua cintura, o fazendo gemer inconscientemente.

— Você gosta, não é? Senhor autoridade. - Sorriu malicioso.- Estou muito irritado….- Segurou o queixo do mais velho, e mordendo o pescoço de leve do outro ouriço e fazendo trilha de beijos. Mephiles suspirava e nem sabia o que diabos estava acontecendo alí, nunca se sentira tão impotente na vida, como estava se sentido agora. Scourge mordeu o pescoço de Mephiles e sugou o sangue que escorreu e lambeu os lábios manchados. Num minuto mephiles estava sendo prensado na parede e no outro agora estava deitado na cama.

—;Estou muito irritado e quero tirar esse estresse. - Segurou as coxas do outro e sorriu.- Que tal me entreter?

— I...Idiota…- Sussurrou e gemeu ao se sentir invadido tão brutalmente.-

— Você gosta quando faço isso, não é? - Falou no ouvido do outro.- Farei você gemer meu nome tantas vezes, que não irá aguentar. Você é muito gostoso Mephiles, vou te foder tantas vezes que pedirá por mais  e pra ir mais fundo… Você é meu, esteja ciente disso…


Silver tinha dado o comunicado a todos. Tanto mobianos  quanto às autoridades humanas e também comunicou ao resto dos lutadores da freedom fighters. Pousou no chão da casa de sonic e viu a Blaze afastada dos outros, parecia abatida e cansada. Foi até a gata que recuou ao ver que o prateado estava indo até ela.

— Blaze, onde esteve? Estava preocupado com você!

— Não estou aqui porque quero! Vim trazer Knuckles que estava ferido! - Silver se assustou ao ouvir aquilo, e viu o equidna com ataduras e a cabeça enfaixada.

— Ele ficará bem! Encontrei ele perto de escombro de árvores  e muito machucado. Provavelmente o inimigo o encontrou.

— E você? Como está? Por que fugiu daquela maneira? Sabe o quanto estávamos preocupados?

— Não tente me consolar Silver! Eu sei que vocês me odeiam pelo que aconteceu ao Metal. Eu mesma me odeio.- Falou amargurada e olhando para as próprias mãos.

— Ninguém odeia você Blaze! Você foi a pessoa que Metal amou! Afinal ele fez aquilo para proteger você!

— Amou? - Perguntou chorosa.

— Nunca percebeu que aquele idiota amava você? - Sorriu olhando para ela vendo os outros se aproximarem, Rouge brincava com Shadow em seu colo.-

— Tsc, você é bem burra né?

— Knuckles! - Censura Amy.- Seu insensivel!

— Todo mundo percebia que aquele idiota amava ela! Ele sempre dizia que se fosse orgânico, que ia amar levar você para sair. - Respondeu Knuckles olhando a gata.- Você apenas foi egoísta Blaze! Não estou dizendo que sua intenção não foi boa mas foi tola o suficiente para acreditar em um desconhecido qualquer. Metal se sacrificou para salvar todos nós, e eu espero que você tenha aprendido algo nisso tudo: a gente dá valor depois que perde!  Metal era meu amigo e espero que você viva com o peso da culpa, a gente já lidou com problemas de dominação mundial antes e com crises piores. Sua atitude de matar um simples bebê ou seja lá o que ele for, causou a morte da pessoa que te amava. - E assim se afastou.

— KNUCKLES! KNUCKLES! - Gritou Amy irritada.

— Deixa ele Amy, ele estava certo! Só estava errado numa coisa: Eu amava aquele android idiota! - Limpou as lágrimas, não podia chorar ou ficar triste por causa das chamas do desastre que residia nela, então voltou com sua expressão neutra, Sonic observava e suspirou.

— Bom, já estamos todos aqui e já foi tudo resolvido, quero que todos fiquem alertas e qualquer coisa me comuniquem, certo? O sumiço de Eggman me preocupa também.

— Certo. - Responderam.



Em um certo laboratório, Lexus ajeitava tudo para sua experiência final, o android estava completo. Pegou dois frascos, um contendo a Energia gaia e o outro continha Energia do caos. Sorriu, tinha conseguido Energia gaia quando o planeta tinha se dividido e dark gaia andava solta botando terror, e a energia do caos conseguira com aquele gordo idiota. Olhou bem para o android deitado, ele seria o ceifeiro que mataria seus próprios amigos. Foi interrompido de seus pensamentos quando ouviu a porta do laboratório ser aberta.

— Achei que tivesse bem claro que gostaria de ficar sozinho.

— Ahh, que isso Lexus! - Respondeu Sally.- Queremos  ver o que planeja com esse android.

— É, vamos observar. - Debochou Nazo.

— Façam como quiserem! - Deu de ombros. - Ele será muito útil. Vou me deliciar ao ver a cara daquele Equidna e seus amigos. Vamos começar o projeto Neo Metal.

Sonic estava na sua casa, e já estava tendo um surto, Shadow se recusava a comer e fazia birra. O garotinho resmungava e fazia caretas.

— Vamos Shads, você precisa comer! - Sonic exasperou-se. - O que você tem hoje? Tava tão bonzinho com a Rouge! Você ta crescendo rápido, ranzinza!

O pequeno fez careta e se contorceu no seu colo impaciente, o azulado o desceu e o colocou no chão. O pequeno pôs as mãozinhas no chão e tentou se equilibrar, Sonic olhou aquilo surpreso e correu para pegar uma filmadora animado. Shadow ficou em pé vacilando de vez em quando, o azulado apareceu e sorriu ao ver a determinação do menorzinho, que deu o primeiro passo vacilante e caiu no chão, assustando Sonic que correu até o ouriço filhote. 

— Olha só quem ta aprendendo a andar. - O pegou no colo, o garotinho estava emburrado e apertou o nariz do herói azul.

— AIIIIIIII. - Reclamou de dor e ouviu uma risada infantil, parecia que Shadow adorou ver ele com dor. O pequeno bateu as mãozinhas rindo e apertou de novo o nariz do mais velho e puxou. Sonic sentiu lágrimas saírem de seus olhos.

— AIIIIII! Para com isso pirralho. - Reclamou e o carregou para o sofá. - Você tá crescendo e tá ficando teimoso! - O pequeno o olhou com tédio e bocejou e se aconchegou em seu colo e dormiu. Sonic sorriu, ia cuidar de Shadow, o protegeria. E faria de tudo para que nada de ruim o acontecesse.

Eu disse que ele precisaria de você. - Ouviu uma voz do seu lado. - Sonic, as coisas ficarão perigosas de agora em diante, eu sinto muito pelo que vai acontecer. E por favor, não desista de mim.

Sonic olhou pro lado surpreso e em choque, era a voz de Metal, ele estava o alertando? Por que disse para não desistir dele? Um arrepio correu pelos seus espinhos. Algo muito ruim ia acontecer e tinha medo em descobrir o que era.

                       Continua……….







Notas Finais


Bom,esta ai! E primeira vez que to gostando de escrever um fic kkkkk e claro estao me ajudado muito beta ela. Obrigado por lerem^-^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...