História Ayla - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 7
Palavras 363
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, FemmeSlash, LGBT, Magia, Mistério, Romance e Novela, Slash, Universo Alternativo
Avisos: Bissexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - O início


Últimos dias na cidade de Erimotta, para Ayla, são os mais difícieis, ainda mais que esse foi o lugar em que ela mais se adaptou nesses últimos meses de mudanças e não quer se mudar, e agora ela não está em um momento tão agradável com a mãe que não suporta a ideia em ficar nessa cidade em que Ayla gosta tanto.

No quarto guadando roupas na mala vemos Ayla falando sozinha:

"Por que tudo tem que ser assim? Eu me apego em um lugar e minha mãe que se mudar DE NOVO!"

Ela pega seu livro favorito e fala:

"As vezes eu queria ficar sozinha, só com os meus livros e meus pensamentos, e chorar..."

A mãe de Ayla bate na bota, tenta entrar pois não consegue porque está trancada.

-Ayla precisamos conversar, você tem que me ouvir!- Rita (mãe de Ayla)

-Na hora em que eu falo a minha opinião niguem escuta. Por que eu te escutaria?- Ayla

-Por que eu sou sua mãe e, você precisa me escutar e , aliás você vai gostar do que eu vou te contar.- Rita

-Conte.- Ayla

-Abre a porta.- Rita

Ayla guarda seu livro na mala, levanta, e abre a porta.

-Eu só abri porque preciso de uma notícia boa.- Ayla

-Filha, eu não te contei mas essa nova cidade pra onde a gente vai é a minha cidade natal, onde eu nasci, onde minha família morou e eu resolvir que ja está na hora de você saber a sua origem.- Rita

- O que!?- Você me esconde sobre meu passado meus parentes por todos esses anos e agora de repente vem com esse papinho de "Agora vamos dar uma voltinha no parque onde eu caí pela primeira vez"(sarcasmo alert).- Ayla

- Ayla, não é porque eu quero mudar é porque eu PRECISO e eu nem lembro onde caí pela primeira vez.- Rita

-PRECISA POR QUE!?- Ayla grita

-PORQUE ESSE LUGAR NÃO É MAIS SEGURO PARA VOCÊ! Não mais...- Rita

-como assim?- Ayla

-Nada...Quando terminar de arrumar sua mala desça para jantar.- Rita

-Mas mãe...- Ayla

-Mas nada.- Rita

Rita sai do quarto e, Ayla que agora a raiva que existia dentro dela se tornou uma dúvida que ela nem queria comer, só deitar para descansar um pouco, amanhã o dia da viagem lhe espera.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...