1. Spirit Fanfics >
  2. Ayúdame >
  3. Capitulo 3.

História Ayúdame - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura
:)

Capítulo 3 - Capitulo 3.


Luna Valente


Depos que sai do quarto de Âmbar e fui para o meu, fiquei mechendo no meu computador, vi alguns vídeos mas logo chegou várias notificações

facebook, twitter, instagram e até mesmo no whatspp e assim que abro minha boca se forma um perfeito "O"

Uma foto que acabou comigo! Matteo e uma garota ao beijos. E não parecia montagem, é super real a foto.

Ele disse que me amava, que so me queria, não iria ficar com mais ninguém

Eu boba acreditei.

A foto parecia ser em algum bar pois tinha bebidas por perto, Âmbar me contou que quando matteo fica nervoso ele bebe. Eu sei que não deveria estar chorando pois ouvi sua versão mas também to momento não quero ouvir a voz dele muito menos seu rosto.

Fechei o computador com força e me levantei indo ao banheiro que tem em meu quarto - agora que sou a herdeira benson mudei de quarto - e fechei a porta ao rodar a chave.

Me olho no espelho, odeio me ver chorando pois sempre estou tão feliz.

Eu sei que eu e Matteo não tínhamos nada sério, porque eu sempre disse não

É realmente, quem não sabe o que quer perde o que tem.

Me sentei no chão frio do banheiro abraçando minhas pernas e me permito chorar...

Passo longos minutos ali chorando com raiva, dor, tristeza até que ouço batidas na porta que me fazem limpar as lágrimas

- Luna!? Você está ai? - ouço a última voz que eu queria ver na minha frente

Matteo.

- Luna está ai? Abre a porta - repetiu Matteo

Eu permaneço em silêncio mas ele continua

- Luna!? Eu to preocupado, o que houve?

Ele insiste novamente e eu me rendo me levantando e abrindo a porta.

Matteo fica um tanto assustado ao ver meu rosto todo molhado e vermelho de tanto chorar

- Luna meu deus, o que aconteceu?

E permanece um silêncio, eu não sabia o que falar

- Luna fala algo por favor! Alguém te machucou? Te falou algo?

- você matteo - digo e ele me olha desentendido

- Eu? Como assim Luna,

- Você Matteo - aponto meu dedo em sua testa - VOCÊ me machucou

- Como assim Luna? Seja direta por favor

- VOCÊ É UM CARA DE PAU MESMO - acabei gritando, lagrimas malditas que rolam pelo meu rosto - Você disse que me amava, que queria so eu! Matteo eu iria te falar hoje que te amo e que queria algo serio

- Mas eu te amo Luna

- Ama!? Ama mesmo Matteo? Ama!?

- Claro que sim meu amor, você é o amor da minha vida - ele diz se aproximando para limpar as lágrimas mas eu me afasto - me explica por favor

- Quer saber mesmo Matteo!? - ele acente - Você beijou outra garota, eu vi na foto você aos beijos com outra mas claro você teve a coragem de falar que me ama! Ama eu e mais quantas?

- Que!? Luna eu não sei que video é esse, não entendo, eu juro

- Sai daqui

Foi a última coisa que eu disse antes de empurrar Matteo para fora e trancar a porta.

Matteo Bálsamo


Juro que eu não faço ideia que foto é essa, nem imaginava, mas sabia que Luna não iria abrir a porta então não vou insistir.

Sera que a Âmbar sabe de algo? Espero que sim.

Caminho até o quarto da Âmbar e bato três vezes na porta mas sem resposta, bato novamente e sem resposta.

Bato mais uma vez e  mesmo, mas talvez ela não esteja ai mas então quando me viro para ir em bora a porta é aberta por âmbar que tinha os olhos inchados, o que deu nessas duas hoje?

- Âmbar!? Loira o que foi? O que aconteceu

Pergunto mas sem resposta

- O que aconteceu? Preciso falar com você e....

Ela entra de volta para quarto e se senta na cama de costas para mim. Entrei em seguida depois de fechar a porta e me sento ao seu lado

- perguntar se você está bem seria uma pergunta boba né?

perguntei esperando alguma risada, mas nada

- Âmbar me conta, serio...

- Se eu te contar você não vai me apoiar matteo - finalmente uma frase sai de sua boca - Você vai falar que sou doida e vai ficar contra mim

- Âmbar eu nunca vou ficar contra você, mas posso te ajudar, dizer o caminho certo!

Ela não diz nada, apenas me abraça. Não sei porque mas senti uma coisa triste no abraço, como se fosse o último que nos dariamos. Rapidamente ela me solta e se levanta me mandando sair

- Não vou sair até você me contar o que aconteceu

- Sai matteo - diz com calma na voz

- Não posso

- Sai! - aumentou a voz

- Não posso até você me contar Âmbar...

- SAI DAQUI MATTEO ANTES QUE EU FAÇA ALGO - gritou com fúria na voz, então eu rapidamente sai

Mas antes dela fechar a porta eu falei algo

- Ah Âmbar, Simon me disse que estava bastante preocupado com você, não entendi o porque mas agora entendi! Ele vira amanhã aqui te ver cedo, antes da sua aula começar

Dito isso eu sai do seu quarto, Luna não quer falar comigo então vou ter que descobrir sozinho sobre a "tal foto"



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...