História Azul afável - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias DAY6, Harry Potter
Personagens Jae, Young K
Tags ¡6 Wands Project¡, Day6, Fluffy, Happy Bday V, Harry Potter!au, Jae, Jaehyungparkian, Young K
Visualizações 46
Palavras 661
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Crossover, Fluffy, Magia, Slash, Universo Alternativo
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Um passarinho me disse que hoje é aniversário de uma das melhores pessoinhas desse site e por quem eu tenho um carinho e n o r m e (e que escreve mil vezes melhor do que eu). Por isso, eu decidi que iria fazer uma continuação bobinha de Vermelho combalido de presente, porque chega de fazer menino Brian sofrer.
Se este site estiver me trolando com a data, vamos fingir que nada aconteceu, mas que isso continua sendo um presente pra ela porque ela merece todo amor desse mundo.
Feliz aniversário, nenê, agradeço de coração por DAY6 ter me dado a chance de te conhecer <3 @vmustdie

Capítulo 1 - Capítulo único


Fanfic / Fanfiction Azul afável - Capítulo 1 - Capítulo único

— Como se sente? — Jaehyung olhou para o grifinório ao seu lado, o rosto escondido atrás de um livro grosso que não sabia de que se tratava. Tentou a sorte mais uma vez ao enfiar a mão na caixinha de feijõezinhos de todos os sabores, se sentindo aliviado ao sentir o sabor de maçã verde se espalhar por sua boca.

— Melhor de que ontem, acho — a resposta veio baixa, mas isso era um tanto normal de Brian, já que diferente de si, o volume de sua voz não era tão alto e elevá-lo poderia acabar fazendo com que ficasse rouco.

— Isso é bom... — olhou de relance para o namorado antes de procurar por mais um feijãozinho dentro da caixa que lhe parecesse não ter um gosto ruim... Que pena, cera de ouvido. — Ei, Bri — chamou com a voz igualmente baixa, deitando sua cabeça no ombro do grifinório. — Semana que vem, quando formos a Hogsmeade, o que acha de termos um encontro?

— Um encontro? — Brian parou sua leitura e olhou para o namorado, o cachecol azul da Corvinal enrolado de qualquer jeito no pescoço.

— Um encontro — repetiu com um sorriso, passando os braços pela cintura de Brian.

— Você não queria ir ao Cabeça de Javali com a Ali e o Percy?

— Posso ir em uma próxima vez, não se preocupe, só íamos para lá porque o Percy queria jogar cartas com um cara esquisito que sempre aparece lá no bar — franziu a testa e fez uma careta. — Aquele lugar tem cheiro de cabra e tem uma galera estranha, quanto menos tempo passar lá, melhor.

— Qual seria sua ideia então? — marcou a página do livro e o colocou fechado sobre o colo, voltando toda sua atenção para o corvino.

— A gente pode ir na Dedos de Mel e comprar aqueles doces que você gostou da última vez, aquele que parecia uma borboleta, e depois pensei em te levar no Café Madame Puddifoot. O que acha? — Jae soava esperançoso, os olhos escuros praticamente brilhando enquanto encaravam os de Brian.

O grifinório deu um sorriso pequeno, sentindo seu peito se aquecer ao ver o quanto Jaehyung se esforçava para faze-lo se sentir bem, amado, feliz. Algo lá fundo, aquela voz que nunca ia embora, dizia que não merecia aquilo, que deveria deixar Jae ir embora e encontrar alguém que não fosse quebrado como ele, que não fosse um peso morto, que não envergonhasse a própria casa, que não fosse... um sangue-ruim... Mas aquele sorriso enorme e aqueles olhos que mais pareciam duas pérolas negras, de alguma forma, pareciam falar muito mais alto que a voz naquele momento.

— Se você não usar aquele cachecol horrível que a Ali te deu de natal no ano passado, pode me levar até na Casa dos Gritos — Jae riu, o empurrando de leve.

— Não fale mal do Senhor Cancan.

— Você deu um nome para o seu cachecol? — questionou divertido, não acreditando no que ouvira.

— Você deu um nome para a sua vassoura, Bri — o grifinório revirou os olhos, mostrando a língua para o namorado em um ato infantil, fazendo Jaehyung rir.

— Pelo menos ela é bonita.

— Combinado então, fim de semana, você, eu, um café bonitinho e muito açúcar — Jaehyung apertou os braços em volta de sua cintura, lhe roubando um beijo breve. — Agora vamos, tenho que te levar para aula.

— Quando você vai parar de agir como meu guarda-costas?

— Quando as pessoas pararem de ser babacas — se desvencilhou do mais novo e se levantou, estendendo a mão para ajudá-lo.

— Acho que vou ter que te contratar formalmente, então — se pôs em pé ao lado no corvino, ajeitando as roupas e batendo nelas para tirar a poeira, segurando o livro em uma das mãos.

— Será um prazer.

Jaehyung deu outro de seus sorrisos enormes, beijando sua bochecha e segurando sua mão livre com a dele, colocando ambas dentro do bolso da própria capa de inverno, conduzindo o namorado até a torre norte do castelo de Hogwarts para sua aula de adivinhação.


Notas Finais


Quem disse que eu não dou continuação pros meus universos???? Vamos torçer pra que isso aconteça com todos os outros trocentos que eu tenho.

Ia dizer pra mandar plot, mas to sem cc até o twitter resolver me devolver minha conta, então... Só manda amor mesmo (mas se quiser mandar plot também a gente da um jeito de escrever q).

Obrigada por ler e um muito obrigada adiantado caso tenha favoritado ou comentado ~ <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...