1. Spirit Fanfics >
  2. Azul Céu >
  3. Prólogo

História Azul Céu - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


OIIIEEEE
VOLTEI KKKK

Olá gente bonita, como estão?
Eu espero que bem ^^


Ok eu sei que eu não deveria ter sumido assim do nada, mais foi preciso ¬¬´


E dessa vez eu voltei com uma nova estória sim estória com ''E'' e nem tente corrigir porque está certo kkkk.
Ah sim, as fanfics antigas vão ser corrigidas e também reescritas

Bom era só isso, fiquem agora com a fic ^^

Capítulo 1 - Prólogo


O Retorno da Escuridão 

Séculos atrás, ocorreu o que podemos chamar da maior Guerra Santa que o mundo chegou a apresenciar. A Guerra Santa durou exatos cem décadas, até que certo dia apareceu aquele do qual os Deuses coroaram como rei.

As pessoas que foram afetadas por essa guerra não conheciam o seu rei, apenas a Bruxa do Oeste junto aos deuses o conhedia. Antes da guerra começar, a filha mais nova do pai dos Deuses acordou de seu sono pertubada. Levantou-se de sua cama aconchegante para relatar ao seu pai e á seus irmãos o que virá enquanto ainda dormia, a mais novamente dentre os deuses era mais conhecida como a Deusa do Amor, mas também é conhecida como a  Fênix Imortal, já que amor nunca morre, apenas renasce.

Correndo pelos corredores do Palácio Dourado, Mariah se encaminhava até os aposentos de seu pai para o contar sobre o que está para acontecer em breve. Ao chegar emfrente dos aposentos o adentrou sem cerimônia alguma.

- Pai, perdoe-me por interromper o seu sono de maneira tão brusca e sem algum tipo de respeito perante o seu tão almejado descanço. - Falou ajoelhamdo-se perante ao pai dos deuses.

- Minha princesa, o que houve? Por que entrastes assim tão temorosa? - Perguntou-lhe

- Pai...Eu vi, o Oráculo me mostrou o futuro atravez de um sonho. Pai, o mal que banimos a séculos atrás está para voltar novamente, e o Oráculo me mostrou como tudo se iniciará, e não há como impedir pai, nenhum de nós deuses consegiram impedir. Eu temo pai, não por nós mais pela humanidade! - O terror e a desesperança transbordavam de seus olhos como um rio de lágrimas, lágrimas essa que banhavam as maçãs de seus rosto.

- Filha não se desespere e não perca as eperanças póis para tudo há uma solução. Porém a maior e a mais sangrenta guerra está para começar! - O silêncio que se  desencadeou era incomodo no quarto - Convoque seus irmãos, leve-os para o pilar dos deuses. E Mariah, a guerra já está aqui, sei que consegues escutar as lámurias daqueles que nessecitam de nós, por isso minha filha vá a terra e se reuna com os quatro reino. Já está na hora da profécia se realizar, logo todos estaremos juntos. - Assim que terminou de falar, Mariah se dispos a fazer aquilo que lhe foi pedido.

 O mundo e a humanidade mais uma vez se encontrava entre a cruz e a espada, o relógio girava a favor do tempo, mais não á favor dos humanos. A humanidade mais uma vez se encontrava em perigo.

Será que os quatro clãs mais uma vez conguiram salvar a todos?

Ou todos perecerão perante ao inferno na terra?


Notas Finais


Bem está ai o prólogo minha gente kkk
Entt desta vez eu irei até o fim, lógico depois de tanto tempo sem escrever para poder clarear minha mente e me desfaze das inseguranças eu voltei.

Epero do fundo de meu pequenino coração que todos vcs gostem ^^


Até daqui a tres semanas ^^ BAY BAY


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...