História B de Boate - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Sehun
Tags B De Que, Bissexualidade, Boate, Chanbaek, Droubble, Exo, Fem!chanyeol, Sebaek
Visualizações 92
Palavras 847
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Droubble, Universo Alternativo
Avisos: Bissexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


oi seres! como vocês vão, hum?
fiquem com essa pequena droubble aqui enquanto eu posto outra (kaixing, xing!fem //rindo de nervoso) :)

boa leitura, bebês <3

(ps: +18 pela bissexualidade e linguagem imprópria, ok? ok.)

Capítulo 1 - Único: B de Byun


Sentado naquele sofá de couro, enquanto a música remixada ecoava no último volume pelo local lotado e seus amigos extrovertidos até demais gargalhavam ao seu lado, Byun Baekhyun se sentia indeciso. 

Era para o jovem estudante de Letras estar curtindo a noite, com um copo de whisky numa mão e um cigarro aceso na outra, rindo junto aos seus acompanhantes e só voltar para casa depois das três da manhã, mas o Byun só conseguia roer as próprias unhas – se é que ainda tinha unha para ser roída – enquanto encarava os dois lados opostos daquela boate cheia. 

De um lado, na pista de dança, era possível ver uma garota; uma linda garota. Ela era alta – até demais, convenhamos –, acompanhada de uma amiga, dançando meio que desengonçadamente no meio daquele empurra-empurra todo. 

A primeira coisa que Baekhyun notara nela fora seu cabelo, pintado num tipo de fusão de um rosa bebê e um cinza – ou seria prata? – bonito, lembrando-lhe um algodão doce de tão macios que os fios longos dela pareciam ser. Depois, ele encarou o rosto angelical e até mesmo meio infantil e inocente dela; os traços delicados e gentis, o sorriso que era posto diversas vezes em sua boca carnuda, e os olhos bem redondos e chamativos – sem contar as orelhas levemente grandes, o que a deixava mais bela ainda. 

A jovem vestia um vestido que ficava simplesmente estonteante em seu corpo magro, mas ao mesmo tempo bonito, realçando toda a beleza de seu rosto. As pernas longas podiam ser vistas de longe, e os saltos-não-tão-altos-assim cabiam como luvas em seus pés. Sua pele meio morena parecia brilhar sob aquelas luzes que piscavam repetidas vezes as mesmas cores. Divina, essa palavra a definia bem. 

Porém, quando Baekhyun estava prestes a se levantar daquele sofá e andar até a garota para começar uma conversa animada sobre seu cabelo maravilhoso e conseguir, talvez, até uns pegas nos escurinhos do local, os olhos bem delineados do garoto paravam na silhueta alta sentada em um dos bancos do bar da boate, lá do outro lado – o lado oposto à onde a menina se encontrava. 

Era um homem, um homem de cabelos ruivos e sobrancelhas grossas. Ele tinha feições duras, quase bravas, mas bonitas e sedutoras. O maxilar era mais que perfeito, e a cada tragada de ar que ele dava, o Byun sentia que ia ter um ataque do coração pela forma tão sedutora que ele fazia isso – sim, até respirando o ruivo conseguia ser... Sensual. 

O cara vestia uma calça inacreditavelmente colada, que marcava tanto suas coxas, como sua bunda – e que bunda. Sua blusa era de uma banda qualquer americana dos anos 80, e continha até alguns rasgos, que deixava claro o quanto era velha e como o homem que a vestia não queria estar ali ao ponto de não se vestir adequadamente; mas não era como se ele não ficasse bonito, pois a jaqueta de couro que escondia seus ombros largos o deixava com um ar de bad boy irresistível que fisgara o jovem estudante em questões de segundos. 

Mas, mesmo assim, com o ruivo ali, lhe encarando sugestivamente vez ou outra, Baekhyun não conseguia tirar a bunda daquele estofado que fedia a porra e ir até ele, puxar um papo e quem sabe arrumar uma transa, porque novamente sua atenção era chamada pela garota de cabelos de algodão doce. E ele ficara nessa a noite toda, tentando se decidir e tomar a iniciativa com um dos dois, mas simplesmente não conseguia.

Ah, porque a vida tinha que ser tão má com os bissexuais? 

Ele suspirou, franzindo o cenho com a grande decisão que estava em suas mãos: a garota ou o garoto? Era difícil, bem mais do que ele achava que poderia ser. 

Pegou seu copo ainda cheio de alguma bebida alcoólica qualquer e deu um longo e grande gole, sentindo o líquido descer rasgando sua garganta; quem sabe um pouco de álcool não ajudava-o a escolher, não é? 

Bem... Não

Trinta minutos depois, Baekhyun já queria arrancar os próprios cabelos recém-pintados de preto por não saber o que fazer. Ele queria muito ir falar com a moça, jogar papo fora e rir pra caramba do jeito desengonçado dela, mas também queria muito sentar ao lado do ruivo gostosão e apertar as coxas fortes e bem marcadas dele. 

Baekhyun queria fazer um sexo calmo e devagar com a garota, fazê-la suspirar e segurá-la com precisão pelos quadris largos; mas também queria transar loucamente com o homem de cabelos alaranjados enquanto gemia para que todos pudessem ouvir. 

E enquanto divagava em seus pensamentos impuros, mas românticos e indecisos, o Byun chegou a uma decisão – ou quase isso. Sorriu abertamente com sua brilhante ideia, estralando os dedos e deixando seu copo sobre a mesa mais próxima ao levantar-se, abandonando seus amigos sozinhos acompanhados de suas bebidas e risadas escandalosas. 

Caminhou dentre todos aqueles corpos o mais rápido possível, o sorriso ainda presente em seus lábios finos ao se elogiar mentalmente por ser tão inteligente e demais.

Afinal, por que ficar com um, se Baekhyun poderia ficar com os dois? 


Notas Finais


e aí? gostara? mereço comentários? ;-;

link do projeto "B de Que?": https://spiritfanfics.com/jornais/projeto-b-de-que-10889729
meu twitter (flopado): https://twitter.com/nannie_ah?s=09

até logo pluricelulares!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...