1. Spirit Fanfics >
  2. Babá de um bad Boy (Sasunaru) >
  3. Forever

História Babá de um bad Boy (Sasunaru) - Capítulo 15


Escrita por: e Nathalia_BR


Notas do Autor


Oi mundo!

Estou aqui com o último capítulo para os meus bebês 😚

Desculpe qualquer erro e boa de leitura ❤

Capítulo 15 - Forever


Naruto entrou no carro rapidamente com seu irmão.

Deidara falou com o motorista, mas sua cabeça estava em outro mundo.

Ele só queria abraçar seu moreno e dizer o quanto o ama.

Deidara entrou desesperado em casa, o Uzumaki estava suado, parecia que tinha corrido uma maratona.

— O que que aconteceu, criatura? — Naruto perguntou, vendo o irmão vindo em sua direção. Deidara contou tudo, exatamente como Nagato havia o explicado.

Naruto, ficou com raiva, chorou muito, e prometeu que ia matar Fugaku.

Deidara explicou o plano para Naruto, que tocou sem pensar duas vezes, afinal era a vida do amor da sua vida que estava em jogo.

— Naruto? — fui tirado de seus pensamentos, ao ouvir deidara pronunciar seu nome.

— Sim?

— Já chegamos — Deidara fala enquanto, tira o cinto de segurança e abre a porta.

Naruto fiz o mesmo que o irmão mais velho, assim dando de cara com galpão, que tinha tons de vermelho e preto, com o símbolo de uma nuvem vermelha.

Naruto correu os olhos, Por cada centímetro do galpão, mas foi tirado de seus pensamentos ao ouvir uma voz grave e rouca.

— Deidara, vejo que já chegou — fala o alaranjado em um tom divertido, se aproximando dos irmãos.

— Ha-ha — fingiu rir — não imagina, ainda estou em casa — fala Deidara vendo o alaranjado revirar os olhos.

— Você é tão desprezível! — foi a vez de deidara revirar os olhos.

— vamos logo com isso, sua cenoura ambulante — viu o ruivo fazer uma careta ao escutar o "apelido"

— vamos, já estão todos nos esperando — fala o alaranjado começando a andar para dentro do galpão.

Deidara ficou o tempo todo ao lado de Naruto, não deixando que nenhum de seus "amigos" chegassem perto do loiro.

Naruto estava ficando agoniado com toda aquela demora, ficou o tempo todo olhando para o relógio, mas parece que os minutos se tornaram horas.

Deidara não estava gostando nada disso, por que? bom, seu irmão já tive depressão, após terminar um relacionamento de longa data, ele basicamente se isolou do mundo, não queria falar com ninguém, já teve crises de ansiedade, e foi um sufoco para o reanimar, mas com a ajuda de alguns amigos, eles finalmente poderão ver o Naruto de antigamente, mas só Deus sabe o que o loiro passou com o menor.

Depois de algumas horas, Naruto entrou em seu quarto, rumo ao banheiro que tinha no mesmo, estava com sono, muito sono, mas não sabe se iria conseguir dormir, Não sabendo que seu moreno estava correndo risco de vida.

Foi para o banheiro, tirou suas peças de roupa assim que entrou. O banheiro era simples, todo Branco, uma privada, uma pia, um box de vidro, etc.

Foi rumo ao box, assim que terminou de tirar suas peças de roupa, entrou no mesmo, ligou o chuveiro, permitindo que a água caísse sobre seu corpo, explorando cada centímetro do mesmo, um arrepio bom em todo seu corpo se fez presente assim que a água escorrer por seu corpo.

Colocou uma roupa confortável e se jogou na cama, sua cabeça estava para explodir.

*Dia seguinte*

Naruto acordou, logo direcionando seu olhar para o criado-mudo, onde estava o despertador, logo vendo que estava um pouco atrasado, eram exatamente 11:45.

Levantou, se espreguiçou, foi para o banheiro onde escovou o dente, voltou para o quarto, trocou de roupa e saiu do quarto descendo as escadas.

assim que entrou na cozinha, todos direcionaram seus olhares para o Loiro, que mentiria se dissesse que não ficou desconfortável com a atenção que estava chamando.

— bom dia, bela adormecida — ouvir Hidan fala e alguns que estavam na mesa soltaram risadas baixas, mas o suficiente para o loiro ouvir.

— calem a boca! — ouviu Deidara fala, assim que sentou ao seu lado.

mal conseguiu comer alguma coisa,só ficou brincando com ela, mas foi tirado de seus pensamentos - de novo - por Konan com sua voz Gentil e agradável.

— o que tanto pensa, Naruto-kun? — pergunta ela baixinho para quê só o loiro pudesse ouvir.

— no Sasuke — solta um suspiro cansado.

— ele deve ser bem importante para você — a azulada sorri doce.

— Sim, ele é o amor da minha vida, às vezes eu fico pensando, que se ele morrer eu não vou conseguir me despedir dele — Naruto fala cabisbaixo, junto a um suspiro, largando o garfo.

Ela coloca sua mão em cima da sua

— vai ficar tudo bem — fala com um sorriso Gentil em seus lábios, que fez pela primeira vez nessas 24 horas, naruto sorri.

Naruto levanto e foi leva seu prato e seu copo, onde ainda havia suco de morango.

depois que terminou, foi para a sala de reuniões junto com o resto do pessoal.

Naruto se perguntava porque seu irmão nunca havia o falado que trabalhava na Akatsuki.

(explicações da Autora-chan: Akatsuki é uma organização para botar pessoas na cadeia)

— então — Nagato começa — acho que todos vocês já sabem o que aconteceu com um parente do nosso fiel companheiro, Deidara Uzumaki — rapidamente todos balançam a cabeça em confirmação, direcionando seus olhares para deidara.

— é quem fez isso é uma pessoa muito perigosa para todos! — foi a vez de Konan falar — que merece ficar na cadeia, por isso é o nosso dever achá-lo e o colocar aonde ele deve ficar, atrás das grades! então Akatsuki eu quero que vocês dêem o seu melhor — assim que Konan termina de falar, alguns membros batem palmas.

os líderes saem da sala, E então alguns membros começam a conversar um com os outros, Naruto que estava admirando o nada, toma um susto ao sentir alguém pronunciar seu nome.

— Naruto...? — era Deidara.

— Ah? é vc deidara — solta uma leve risada ao ver o irmão revirar os olhos.

— Claro que sou eu! Mas então, o que você tanto pensa? — pergunta Deidara, colocando a cabeça do irmão em sua coxa, acariciando os cabelos dourados.

— nada, só pensando na vida — Fala Naruto com os olhos fechados, o loiro mais novo adorava quando acariciavam seu cabelo.

— pensando no Sasuke? — Deidara parecia adivinhar o que se passava dentro da cabeça do irmão mais novo.

— Como você sabe, Nii-san? — Deidara sorriu ao escutar "Nii-san" fazia tempo que não escutava Naruto o chamar assim.

— coisa de irmão, ōtoto — viu Naruto se aconchegar mais em sua coxa.

— fazia tempo que você não me chamava assim — Naruto falava enquanto permanecia de olhos fechados.

— assim como?

— de ōtoto — Naruto abre os olhos e encara o nada.

— e fazia tempo que você não me chamava de Nii-san — Os irmãos riram juntos.

era bom ter um irmão para te aconselhar as vezes.

Naruto e Deidara ficar um por um bom tempo conversando, que não viram o tempo passar, quando foram ver já era 14:00 hora do almoço.

*De noite*

todos já estavam prontos, esta seria a noite do resgate de Sasuke e à noite que fugaku iria para a cadeia de uma vez por todas.

Naruto estava nervoso, nunca tinha passado por uma situação dessas, mas faria qualquer coisa pelo seu amor.

As duas vans chegaram, Hidan estava dirigindo uma van e a outra e quem estava dirigindo era Kisame.

as duas vans eram iguais, pretas com o símbolo da Akatsuki - a nuvem vermelha - Naruto foi na segunda van e Deidara foi na primeira que estava seguindo na frente.

cada vez que chegava mais perto do esconderijo, a ansiedade de Naruto aumentava, ele apertou o seu pulso, que estava coberto pelo casaco moletom preto que usava, mordeu o lábio inferior com força, fechando os olhos, para tentar se acalmar.

assim que chegaram no esconderijo, os 10 membros desceram das vans junto com Naruto, os olhos azuis-piscina exploraram cada centímetro do esconderijo de fugaku.

que era quase uma mansão, Naruto pode ouvir o barulho das armas sendo carregadas, Deidara foi para o lado do irmão e sussurrou em seu ouvido.

— Não sai de perto de mim, Naruto — Naruto apenas confirmou com a cabeça.

Eles andaram mais um pouco, logo adentrando o lugar, onde havia alguns capangas que começaram a atirar em direção a o grupo.

Deidara pegou na mão de Naruto o guiando para o andar de cima, lá havia um capanga, mas antes que ele pudesse fazer qualquer coisa, Deidara já havia a tirado em seu peito, o acastanhado caiu no chão com a mão no peito, que não parava de sangrar, nessa hora Naruto quiz vomitar, odiava ver sangue.

Deidara o guiou mais uma vez, para uma sala, onde havia uma câmera que mostrava onde Sasuke estava, deidara olhou atentamente para a televisão.

pegou na mão de Naruto o guiando para o andar de baixo, Só que dessa vez eles foram para a cozinha, onde encontraram uma escada para o porão.

desceram essa escada quase correndo, até que finalmente virão um Sasuke desmaiado, com um pano na boca e uma corda amarrando suas mãos.

Deidara soltou Naruto, que rapidamente foi andando até o moreno, tirou o pano da boca dele e desamarrou suas mãos.

Naruto abraçou o corpo do moreno, permitindo que algumas lágrimas caíssem.

— precisamos sair daqui rápido! — avisa Deidara que estava vigiando a porta, Naruto apenas confirma com a cabeça, limpando seu rosto.

Naruto passa o braço do moreno por seu pescoço o ajudando a levantar, seus olhos estavam semi-abertos assim como sua boca, ele tentava falar alguma coisa, mas estava muito fraco para isso.

Deidara rapidamente fez a mesma coisa que seu irmão fez, subiram a escada para cozinha, um capanga correu até eles, mas Deidara foi rápido o suficiente para dar um tiro em sua barriga, mas mesmo assim o tiro da pistola pegou na perna do Uzumaki mais velho.

— d-deidara... você está bem? — pergunta Naruto trêmulo.

— s-sim... — deidara sorrir para o irmão.

continuarão até chegar na sala, onde tinham alguns membros trocando tiro com alguns capangas.

Deidara aperta o passo, até que finalmente estavam na porta, mas foram parados por uma voz e o som de uma arma sendo recarregada.

— parados ai, mocinhos — Naruto virou seu rosto para ver quem era e lá estava ele, Fugaku Uchiha.

— Naruto, leva o Sasuke para fora! — deidara fala em um tom autoritário, soltando o braço do Moreno.

Naruto confirma com a cabeça, abrindo a porta com um pouco de dificuldade, e Então finalmente estava fora daquela casa.

levou Sasuke para uma das vans, colocou o mesmo deitado na sua coxa.

mesmo de longe dava para escutar o barulho do tiros, Naruto fazia um leve cafuné na cabeça de Sasuke, aproveitando o vento gélido que causava arrepios em sua pele bronzeada.

de longe de poderia ver alguns membros vindo em sua direção, correu os olhos por todos eles, mas não acho seu irmão mais velho, uma fisgada de preocupação se fez presente em seu peito.

— cadê o deidara? — Naruto pergunta desesperado.

— Não sei... — Nagato também parecia está preocupado.

— eu vou lá dentro! — Naruto fala tirando a cabeça de Sasuke de sua coxa.

— Naruto, pode ser perigoso! — Konan alerta, mas já era tarde demais, Naruto já estava correndo em direção à casa.

assim que entrou na mesma, viu o corpo de fugaku com três tiros, um na perna, um no peito e o outro na cabeça, assim que direcionou o seu olhar para a escada, viu seu irmão com a mão no braço onde não parava de sangrar, foi até o mesmo passou o braço dele por seu pescoço, o ajudando a levantar, antes de passarem pela porta, Naruto deu uma última olhada para o corpo de fugaku que já estava sem vida.

enfim tudo isso tinha acabado, tudo iria ficar bem agora e era isso que importava...

*1 ano depois*

Naruto beijava o pescoço do namorado, que gemia baixinho, o loiro foi descendo seus beijos para o mamilo do moreno.

— Ah... N-naruto! — Sasuke gemeu ao sentir uma mordida em seu mamilo.

Naruto empurrou o corpo do namorado, fazendo com que as costas do mesmo colar no colchão, ficou de joelho na frente da cama, um sorriso malicioso se fez presente nos lábios de Sasuke, assim que percebeu O que seu namorado iria fazer.

Naruto tirou a última peça de roupa de Sasuke, logo vendo o membro de Sasuke pular para fora.

Naruto começou com lambidas na cabeça, logo senti as mãos fortes de Sasuke agarrar em seu cabelo, forçando com que ele engolisse tudo, se engasgou quando sentiu o membro tocar sua garganta.

sentir as mãos fortes de Sasuke, puxar seu cabelo o afastando do membro do mesmo.

— só quero gozar na sua bunda — rapidamente Sasuke botou o loiro de quatro, logo enfiando um dedo no interior do mesmo.

— S-sasuke... vai logo eu não sou uma puta virgem — Naruto falava entre gemidos.

— tudo bem, você que pediu — Sasuke tira o dedo, logo se ajeitando entre as pernas do loiro o penetrando, Naruto soltou um gemido alto de dor — eu avisei — Naruto apenas revira os olhos.

depois de um tempo nesse ritmo Sasuke gozou no interior de Naruto, Sasuke se retirou de dentro do mesmo, puxando ele para o banheiro junto consigo.

— vamos nos limpar...

forever


Notas Finais


Talvez uma segunda temporada...

Espero ansiosamente pelos comentários ❤😂


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...