História Baby 2D... - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Gorillaz
Personagens 2-D, Murdoc Niccals, Noodle, Russel Hobbs
Tags Comedia, Drama, Fase 2, Golliraz, Novela, Romance, Saga
Visualizações 53
Palavras 939
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Lírica, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ai...que alivio, ainda bem que finalmente consegui enviar essa p*rra!!!!!!!!!!!!
desculpem pelo meu subito desaparecimento -e pelo meu ataque de raiva, é que tive problemas para conseguir postar essa fic, todo vez que iria postar o site dava erro.

Problemas a parte eu gostaria de dedicar este capitulo para o usuário An_Ilustrador, que sempre me dá motivação para eu continuar neste ramo de historias sem sentido kkkk e me inspirar com as suas fic extraordinarias e mirabolantes kkkk E além de tudo isso ela é a minha melhor amiga, e gostaria de recomendar a sua fic POISON, cara é MUUUUUUUUUUUIIIIIITO bom, eu garanto.
aproveitem....

IMAGENS FONTE:GOOGLE.

Capítulo 12 - Castigo...


Fanfic / Fanfiction Baby 2D... - Capítulo 12 - Castigo...


- VOCÊS NÃO PODEM FAZER ISSO COM A GENTE!!! 
Noodle Gritava furiosa enqanto batia na porta sem parar, Ambas as crianças estavam presas em seus próprios quartos. Trancadas pelos únicos adultos da casa - Ou do prédio - Uma pequena punição vinda deles depois de terem melado Murdoc e Russel de Chantilly.
- Passamos a poder Pequena travessa! - Russel retrucou chateado no lado de fora.
- É isso mesmo balofo, - A voz caracteristica do baixisra surgiu também. - Depois de nos enfeitar e tentar pilotar o meu Geep vocês achariam que iriam sair imune dessa?! 
- Russel-san, faça alguma coisa! - A japonesa implorou.
- É dificil concordar mas o Murdoc tá certo!
- Papais me tirem daqui! - 2D choramingava enquanto se reencostava na porta.
- Ah qual é Grandão, foi só uma brincadeiinha, Mudz-san? Vocês nos perdoam?
- Sinto muito, mas vamos tomar banho. - No meio da frase do Murdoc Noodle gritou, seu grito agudo estourou os tímpanos de todos por perto. - Gritem a vontade pirralhos, vamos tomar banho.
- Eca, tô todo cagado com essas paradas gosmentas. - Russ disse enojado enquanto se afastava dos quanrtos com o satanista.
2D chorava alto, e isso era audível, ele não suportava a solidãõ e o desprezo dos únicos pais adotivos que ele amava. Noodle que já era acostumada com esse tipo de castigo não entrou em choro como o azul. Naquele momento ela só estava com pena do cantor.
- Não chore Tootie, eles vão nos perdoar... Bem, mais cedo ou mais tarde eles vão nos soltar, se eles não sairem para beber... - Este último comentário ela sussurrou para si.
- CALA A BOCA! - Gritou Stuart se exaltando. - Por sua ´´casa´´ eles estão com raiva de mim! Eu disse a você que dirigir o carro do Muds seria uma má ideia!
- M-mas eu pensei que...
- Não fale mais comigo! - Eu tô de mal de você.
- Tootie, eu só queria que se divertisse comigo, não fiz por mal.
Com essas palavras o coração do azul se amoleceu e ele repensou sobre o que disse.
- Me desculpe Noo... falei sem pensar...
- Tá tudo bem, Deeh... Só não fique com raiva de mim.
- Lamas! Não esquenta Capitã, Isso vai passar.
- Bobão!
..........
Ambos passaram o dia todo em seus respectivos quartos trancados, Noodle ficou compondo algumas letras de música, e Stu acabou dormindo de tédio em sua cama. No final do dia Russel resolveu ir para os cômodos libertar  as ´´ferinhas´´ de seus cativeiros.
No momento em que o baterista libertou a garota ela fugiu do cômodo sem ao menos dizer um ´´obrigado´´ ou um ´´desculpa´´. É, ela nunca iria se desculpar por suas travessusras enquanto tivesse o seu orgulho japonês.
- Agora é a sua vez Stu, pronto para ser livre de novo?! - Russel destrancou a porta e viu o menino deitado na cama.
- ... - Sem resposta.
O grandão estranhou do porque o garoto não reagir. Ele pensou que 2D fosse se comportar igual a guitarrista: Fugir como um furacão.
Preocupado ele se aproximou do menino que dormia profundamente. Tocou em sua cabeça verificando a tempratura. O afrodescendente suspirou aliviado por ele não estar febril. Até em versão criança o vocalista era bem dramático quando adoecia.
Vendo que o azulzinho estava no mundo dos sonhos ele pegou seu zumbi de pelúcia que descansava na comoda e pousou ao lado dele que imediatamente abraçou o brinquedo inconcientemente.  Sabia que ele não era levado, só ´´influenciado´´, ou seja, Noodle sempre fazia a cabeça do rapaz para que ele aprontasse com ela.
Concerteza ele chorou tanto que dormiu chateado, ele não merecia o castigo, mas na hora da raiva  ninguém quer saber quem é inocente ou culpado.
......
A porta se rangeu fantamasgoricamente, e uma figura se aproximou devagar do baixista que dormia como uma pedra, de repente a figura pulou em cima dele gritando.
- MAS QUE PORR...!!!! - Xingou de susto enquanto arregalava os olhos em surpresa. - O que você quer Mini-Faceache?!
- Posso ´´dumir´´ com você papai? - Ele sorriu de maneira fofa amostrando suas janelinhas.
- Não! - Exclamou secamente deixando o mais novo assustado.
- Ma-mais não posso ´´volta´´ pra lá, os monstros estão esperando para me comer vivo!
- Relaxa, você parece daqueles que tem a carne boa. - Diz maldosamente com o intuito de fazer medo no garoto, obtendo sucesso na tentativa.
- POR FAVOR, ME DEIXA ´´DORMI´´ COM VOCÊ EU, EU NÃO POSS...
O mais velho o cortou.
- Tá bom!  Mas fecha a matraca antes que você acorde a casa toda GÊNIO!
- T-TÁ! - Fala se deitando ao seu lado carregando o zumbi.
- Só não mije na minha cama! - Ameaçou querendo provocar o azulado, sabia que o garoto não gostava quando tocavam no assunto.
- Não começa ´´Mud´´! - Retruca chateado. - Já faz um mês que eu deixei de fazer isso... - Diz ficando vermelho de vergonha.
-  Blá,blá, blá! Agora e dorme. - Enrolou o menino nas combertas.
- Hahaha! Eu te amo papa... - O abraçou.
- Eu não sou o seu pai, e dorme de uma vez por todas.
Ambos ficaram em silêncio por alguns minutos encarando o teto em meio á escuridão.
- Psiu, Pirralho.
- Hum? - Vira o rosto para ele.
- Só não deixe o persevejo te morder! - Brincou.
- O quê!? - Pulou da cama assustado.
- Hehe, brincadeirinha trouxa. - De repente ele começa a fazer carinho no cabelo ciano do rapaz. - Você é um bom garoto... O meu garoto.


Notas Finais


aaaaaaaaaaaaaté a proxima!!!!!!!!!!!!!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...